segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Zelador é preso por tráfico no Sumaré


O zelador W.M.Q de 30 anos, foi preso por tráfico de drogas, por volta das 2:30 da madrugada desta segunda-feira 30/11.

Os policiais, Tenente Pelegrine e soldado Ruan, estavam em patrulhamento pela Rua. Aparecida do Norte no Sumaré, quando avistaram o acusado em atitudes suspeitas que ao perceber que seria abordado o mesmo dispensou algo e pisou em cima.

Abordado foi localizado no bolso uma chave de veículo e debaixo do pé do acusado 9 porções de cocaína.

Os militares revistaram o veículo Fiat Pálio que o homem possuía a chave, e localizaram 14 pedras de crack , R$287,80 e um cheque no valor de R$2.000,00.
Conduzido à delegacia, o acusado foi preso por tráfico de drogas.

Pela segunda vez, estagiário de Fórum é preso por tráfico de drogas


O estagiário de fórum M.M.G.G de 19 anos, e o primo dele o menor A.C.J de 14 anos, foram presos em flagrante por tráfico de drogas.

O flagrante ocorreu por volta das 23h30min do ultimo sábado 28/11, na rua. Teotino Tibiriçá Pimenta no Centro.

Os policiais Carvalho e Santos patrulhavam quando deparam com os rapazes em atitudes suspeitas.

Abordados, foi localizado com o menor 5 pedras de crack, já com o maio a quantia de R$47,00 em espécies.

Em diligências na casa dos mesmos, em frente ao local da abordagem, os policiais localizaram uma mochila onde havia 100 pedras de crack, balança digital e 3 celulares.Em baixo de um colchão foi localizado um tijolo de maconha com peso de 166 gramas.

Dada voz de prisão ao acusados, eles foram conduzidos à delegacia, onde o maior foi preso pela segunda vez este ano por tráfico de drogas e o menor permaneceu à disposição da vara da infância.

Granada é encontrada no Jardim Gaivotas


Por volta das 15h40min do ultimo sábado 28/11, o representante comercial S.D.P de 39 anos, teve uma surpresa ao sair de casa, localizando uma granada que estava dentro de um saco de papel.

O encontro do artefato explosivo ocorreu na rua. Gaivotas no bairro Jardim Gaivotas.

O homem pegou o artefato e levou até uma base móvel da policia militar na Praça Candido Mota, onde posteriormente foi encaminho à delegacia Central que fez a apreensão da granada.

A orientação da policia, é para nestes casos não se aproximar de objetos explosivos e uma viatura deve ser chamada.

Autor de assalto a policiais militares é preso trabalhando no projeto mexilhão


O ajudante geral F.J de 20 anos, vulgo “Nenê”, foi preso na tarde da ultima sexta-feira 27/11, enquanto trabalhava no projeto mexilhão que faz a canalização dos tubos para a base de gás em construção.

Segundo a policia, o mesmo teve participação num assalto a policiais militares de São José dos Campos no dia 01 de novembro no Jardim Jaqueira.

Os policiais, Tenente Martucci e os soldados Roque, Carvalho e Santos, chegaram até o acusado após denúncia anônima.

Ao ser detido o rapaz confirmou participação no assalto, e disse que os outros autores eram indivíduos conhecidos pela alcunha de “Preto e Vamp ou Beijo”, J.A.L.N o “Preto”, morreu numa troca de tiros após o assalto, já R.C.P o “Vamp” é o único que ainda não foi localizado.

Os militares que foram vitimas do assalto, compareceram à delegacia e reconheceram sem sombra de dúvida “Nenê” como um dos autores.

Diante do reconhecimento e confissão do acusado no crime, o delegado Marcelo Abreu Magalhães, pediu a prisão temporária que foi concedida pela justiça.

MP investiga máfia de merenda em Caraguá



O que parecia ser uma investigação normal de um sequestro pode levar a Polícia Civil de São Paulo a desvendar as ramificações da chamada máfia da merenda escolar.

Escutas telefônicas interceptadas pelo setor podem provar o pagamento de propinas e o financiamento ilegal de campanhas políticas em 21 cidades do Brasil, entre elas, Caraguatatuba.
O ilícito financeiro teria partido de duas empresas, a Verdurama e a SP Alimentação, acusadas pelo Ministério Público do Estado e MP Federal de terem ligações.

O promotor Orion Pereira Costa determinou o envio de cópias para os promotores de todas as cidades citadas para a apuração de “eventuais crimes”.

Para chegar às ligações, a Polícia Civil investigava o caso de uma empresária sequestrada em agosto do ano passado na zona Sul de São Paulo

Um dia após a ação, os sequestradores telefonaram (através de celular) para o marido da vítima e exigiram R$ 1 milhão de resgate. Os bandidos usaram um número com prefixo 8855, mas a polícia descobriu que naquele mesmo telefone celular havia sido colocado um chip com prefixo diferente.

Na investigação junto à operadora, policiais verificaram na lista de contatos desse número um telefone fixo e outro celular, de prefixo diferente. Em posse dessas informações, a Divisão Antissequestro (DAS) pediu a quebra do sigilo de todas as linhas, pois elas estariam em poder dos sequestradores.

Em 20 de setembro, a vítima foi libertada.
Mas os diálogos gravados entre os dias 2 e 17 de setembro motivaram uma nova investigação. Conversas interceptadas revelaram supostos esquemas comerciais para pagamento de propinas a secretários municipais e políticos de diversas cidades.

Um dos prefixos, segundo a investigação, estaria cadastrado em nome de Marco Antônio Tressoldi, ex-financeiro da Verdurama.

Um dos presos acusados do sequestro era quem arrumava os telefones clonados usados pela quadrilha e que foi parar nas mãos de Tressoldi que, segundo a polícia, aparece falando em cinco interceptações.
Outras duas pessoas, além de Tressoldi, aparecem nas escutas feitas pela polícia e que tem ou tinham ligação com a empresa: Genivaldo Marques dos Santos, o Tiquinho, sócio da empresa até o ano passado, e Luiz Cezar Gonçalves, um gestor contratado.

Segundo a Polícia Civil, nas conversas fica claro que os suspeitos tentaram se aproximar de candidatos a prefeito e ainda revelam a insatisfação com a qualidade da merenda fornecida em cidades como Porto Ferreira, Pindamonhangaba, Araçariguama, Monte Mor, todas no estado de São Paulo, e em Volta Redonda, no Rio de Janeiro.
A Delegacia de Caraguatatuba deve ouvir ainda na primeira quinzena de dezembro Luiz Cezar Gonçalves e Marco Antônio Tressoldi, intimados para serem ouvidos.

O advogado José Maria Trepat Cases, que defende a empresa Verdurama, informa que as conversas não revelam nenhum pagamento de propina. Já a SP Alimentação informou que “só vai se pronunciar pelas vias judiciais depois de ser informada oficialmente”.
A Prefeitura de Caraguatatuba esclareceu, via setor jurídico, que o contrato com a empresa citada foi feita por outra gestão, mas vai colaborar com as investigações. O contrato entre a Verdurama e a Prefeitura de Caraguatatuba foi rompido em março deste ano, por determinação da Justiça.

O ex-prefeito de Caraguatatuba, José Pereira de Aguilar (DEM) não foi localizado para comentar o assunto. Já o ex-secretário de Administração de Caraguatatuba e hoje vereador, Pedro Ivo (DEM), relatou à época da polêmica envolvendo a Prefeitura e a empresa ter apresentado todas as planilhas de custo e pagamentos feitos à empresa.

MP de Caraguá pediu rompimento do contrato; Câmara montou CPI e não encontrou irregularidades

A Verdurama prestou serviços de cesta básica e merenda escolar à Caraguatatuba desde 2000. Em 2005, por meio de processo de licitação, a empresa fechou contrato com a atual Administração no valor de R$ 8,923 milhões.

O contrato tinha vigência até 2009. Ao todo, eram atendidas 53 instituições públicas municipais e estaduais.
Baseado em uma denúncia de suposto superfaturamento e beneficiamento è empresa Verdurama, apresentada em outubro de 2007 pelo então vice-prefeito de Caraguatatuba, Lúcio Fernandes (PSB), o Ministério Público abriu inquérito para investigar o caso, concluindo pelo rompimento do contrato em março deste ano. Além disso, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi montada na Câmara de Caraguatatuba em 21 de novembro para investigar o caso. As oitivas, até que fosse apresentado o relatório final duraram quatro meses, documento entregue em 21 de março.

A CPI ouviu o autor da denúncia, o então vice-prefeito, Lúcio Fernandes, e a secretária de Educação à época e hoje vereadora Silmara Selma Mattiazzo (DEM), que disse apenas que elaborava a lista que irá compor a merenda, com a preocupação quanto à demanda e à qualidade nutricional. Os vereadores que formavam a CPI também ouviram o proprietário da Verdurama, Ari Campos Junior, e o secretário de Administração à época, Pedro Ivo.

O relatório final, que não encontrou indícios que evidenciassem as acusações, continha seis volumes e 142 páginas.

Ladrões são presos por roubar cofre no interior de SP

Dois assaltantes foram presos neste final de semana após serem flagrados pela polícia transportando um cofre roubado no porta malas de um carro em São José do Rio Preto, no inreiro de São Paulo. Detalhe: o cofre é maior do que o porta-malas, o que chamou a atenção dos policiais.

O cofre havia sido roubado de um posto de gasolina e colocado no porta-malas aberto. Os assaltantes passaram por três cidades, até que a polícia desconfiou e prendeu os dois homens em flagrante.

À Polícia, os suspeitos teriam dito que só transportaram o cofre porque não conseguiram arrombá-lo. Então resolveram levá-lo para casa. Segundo os policiais, os bandidos nem chegaram a saber o que havia dentro do cofre, que foi devolvido ao posto. Os valores não foram divulgados.

Frentista vendia drogas no cartão em posto de gasolina

A polícia prendeu um frentista de 26 anos que vendia drogas no trabalho e aceitava pagamento em cartões de crédito e de débito. Ele trabalhava em um posto em São José do Rio Preto, cidade a 438 quilômetros de São Paulo. No momento da prisão, ele estava com dez porões de cocaína e R$ 352 em dinheiro, segundo a polícia.

O posto de combustível onde ele era empregado é ponto de encontro de jovens de classe média da cidade. De acordo com os investigadores, o suspeito entregava as porções de cocaína no caixa e recebia com cartões de crédito e débito.

O dono do posto, Roberto Uehara, diz que nunca desconfiou do funcionário e que a descoberta foi uma surpresa para todos. A polícia pediu as imagens das câmeras de segurança do local para tentar identificar os compradores.

Ladrão é morto ao tentar assaltar PMs

Um homem de 36 anos foi morto durante uma tentativa de assalto a dois policiais militares na noite de anteontem, no Jardim Paulista (zona oeste de SP).

Segundo a polícia, os PMs saíram da Assembleia Legislativa, onde trabalham, às 21h, para abastecer um carro oficial e foram abordados por dois homens armados ao parar em um semáforo na rua Chris Tronbjerg.

Ainda segundo a polícia, um dos suspeitos bateu no vidro do carro com um revólver, e o policial que dirigia o veículo atirou. Após troca de tiros, um dos suspeitos fugiu. O outro, o servente Antonio Luiz Ribeiro, que foi atingido, acabou morrendo no hospital. Os PMs não foram feridos. As armas de um dos PMs e de um dos sus-peitos foram apreendidas.

Garçom se desequilibra ao comemorar gol e cai de prédio em SP

O garçom Albino Neves Cardoso, de 37 anos, caiu no começo da noite de domingo do terceiro andar de um prédio onde uma amiga dele mora, no Jardim Leônidas Moreira, região do Campo Limpo, na zona sul de São Paulo.

O acidente ocorreu quando Cardoso assistia ao jogo entre Goiás e São Paulo, válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Ao comemorar um dos gols, o garçom resolveu subir em um sofá e começou a pular. Ele se desequilibrou e caiu pela janela.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e encaminhou a vítima ao pronto-socorro do Hospital Municipal Doutor Fernando Mauro Pires Rocha, no Campo Limpo, onde Albino segue internado em estado grave. O caso foi registrado no 37º Distrito Policial, do Campo Limpo.

sábado, 28 de novembro de 2009

Advogado é preso em Boracéia após deixar de pagar combustível

Policiais militares prenderam no início da tarde de ontem, por volta das 13h, na avenida Manoel Ribeiro Filho, em Boracéia, na Costa Sul da cidade, o advogado Gustavo Adolpho dos Santos, 32 anos, por fugir de um posto de gasolina situado na avenida Francisco Loup, em Maresias, na hora de pagar pelo combustível.

A surpresa ficou para o fato do advogado, natural de Campinas (SP), ser recém liberado da prisão pela prática de estelionato.

Segundo informações da Polícia Militar, a detenção do infrator foi feita no momento em que uma equipe da corporação desenvolvia o patrulhamento na Região Sul.

De acordo com a corporação, o advogado não teria pago a quantidade de combustível solicitada para colocar em seu veículo, modelo Pegeout. “Ele fugiu logo depois de abastecer todo o tanque de gasolina do carro”, conta o soldado Cavalcanti, que esteve envolvido na ocorrência juntamente aos soldados Roberto, Alex e Marcelo.

Detido, Ribeiro Filho foi levado ao 2º Distrito da Polícia Civil, baseado em Boiçucanga, onde foi novamente enquadrado por estelionato, crime previsto no Artigo 171 do Código Penal brasileiro. Pela nova infração cometida, o advogado foi encaminhado novamente à prisão, porém, desta vez, para o CDP de Caraguá.

Homem de 56 anos é baleado enquanto vigiava garagem

José Raimundo Pereira dos Santos, de 56 anos, foi baleado na cabeça enquanto vigiava uma garagem náutica no Parque Estoril, em Bertioga. O crime aconteceu na madrugada deste sábado.

De acordo com dados do boletim de ocorrência, a tentativa de assassinato ocorreu na Rua Manoel Gajo, por volta das 2h30. A vítima estava dentro do imóvel tomando conta quando teria ouvido passos no quintal.

Em seguida José Raimundo foi observar pela fresta de uma janela, momento em que foi atingido por um disparo. Segundo informações da Polícia Militar, o tiro atingiu o rosto da vítima, entrando por uma das bochechas e saindo perto de um dos olhos. Nada foi levado do local.

Inicialmente, a vítima foi encaminhada ao Pronto Socorro de Bertioga, sendo encaminhada depois à Santa Casa de Santos. A unidade hospitalar informou que o estado de saúde da vítima é considerado regular até o fim da manhã deste sábado.

Passageiro anuncia assalto e taxista invade delegacia em busca de socorro

Um taxista, para fugir de um assalto, por volta das 3h30 deste sábado, invadiu o estacionamento do 36º Distrito Policial, do Paraíso, na zona sul de São Paulo. Assustado com o passageiro que embarcou e segundos depois anunciou o assalto, o taxista não pensou duas vezes e acabou jogando o carro no pátio da delegacia.

O criminoso então abriu a porta e correu para não ser preso e começou a invadir as casas no bairro do Ibirapuera, uma delas, a de nº 79 da Rua Charles Camoin. Na residência, um casal e a filha ,de 21 anos, perceberam a movimentação estranha e se trancaram em um dos quartos. O bandido destruiu objetos, arrombou portas, quebrou vidros e danificou o carro da família, mas não conseguiu entrar no quarto em razão de uma cômoda que foi colocada junto à porta.

O assaltante continuou a fuga e pulou para a casa ao lado, mas acabou caindo de uma altura de seis metros e se feriu. O fugitivo foi levado ao pronto-socorro do Hospital São Paulo, onde segue internado em estado grave. Enquanto o ladrão era preso o taxista deixou a delegacia sem prestar queixa. Ele ainda não foi identificado. O delegado acredita que o táxi esteja irregular.

Em São Paulo, polícia realiza maior apreensão de cocaína do ano

A Polícia Civil apreendeu 273 quilos de cocaína em São Paulo. É a maior apreensão da droga este ano no estado. Dois brasileiros e três colombianos foram presos por tráfico internacional de drogas na operação realizada na sexta-feira. A polícia ainda tenta identificar outros dois suspeitos de integrarem o grupo.

A polícia investigava a quadrilha havia três meses. Dois investigadores se fizeram passar por traficantes e nas últimas semanas marcaram vários encontros com dois integrantes do grupo, que estavam hospedados num hotel de luxo, perto da Avenida Paulista. Os policiais encomendaram a droga e prenderam a quadrilha no momento da entrega. O ponto de encontro foi próximo à Rodovia Castello Branco, numa estrada de terra.

O entorpecente veio da Colômbia e já estava embalado em oito sacos para serem distribuídos pelo país. São Paulo era um dos pontos de venda da droga. Segundo a polícia, os traficantes traziam em pequenas quantidades para não chamar a atenção.

O grupo usava diversos meios de transporte para entrar com a droga no país, entre eles veículos, caminhões, ônibus e até aeronaves de pequeno porte que pousavam em pistas clandestinas no Brasil. A droga agora ficará num cofre no Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) até ser incinerada.

Doméstica mata a patroa e muda cena do crime para parecer suicídio

Uma empregada doméstica foi presa anteontem, em uma fazenda no Paraná, acusada de assassinar a empresária Kátia Bedinger, 48 anos, em Indaiatuba (102 Km de SP) em fevereiro deste ano. A suspeita, de acordo com a polícia, teria alterado a cena do crime para simular um suicídio.

Segundo a polícia, a motivação do crime teria sido "a inveja que a empregada sentia da empresária". A ex-funcionária foi detida enquanto se escondia do cerco da polícia em uma fazenda em Guaíra, no Estado paranaense. Na véspera do Carnaval, dia 20 de fevereiro, a vítima foi encontrada morta no banheiro do apartamento onde morava, no centro de Indaiatuba.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Denúncia anônima resulta na prisão de traficante no Tinga

O atendimento de uma denúncia anônima feita ao serviço 190 da Central de Operações da Polícia Militar (Copom), em São José dos Campos, fez com que homens da corporação prendessem V.I.C., 22 anos, com nove porções de maconha.

A ação ocorreu na Rua João Silvério da Cruz, no Tinga, bairro situado na Área Central e também apontado com um dos locais com maior incidência de ações de combate à comercialização de drogas.

A prisão do infrator foi realizada em plena luz do dia, por volta das 11h de quarta-feira. Nesse caso, de acordo com o 20º Batalhão da Polícia Militar do Interior (20º BPM/I), as nove porções de maconha foram localizadas depois de uma revista pessoal.

Levado à delegacia, o infrator foi enquadrado por tráfico de entorpecentes, crime previsto no Artigo 33 da Lei 11.343/06 e que pune o indiciado com cinco até 15 anos de reclusão e, em seguida, foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP), no bairro Porto Novo, na Região Sul da cidade.

PM prende homem com pistola enrolada na camisa no Perequê-Açu

Policiais militares prenderam no final da tarde de quarta-feira, por volta das 16h, A.C.V., 41 anos, por portar uma pistola beretta modelo 950 de calibre 6.35. A detenção do infrator ocorreu na Avenida Padre Manoel da Nóbrega, no bairro Perequê-Açú, na Região Central, após o atendimento de uma denúncia.

Diante da denúncia, os PMs conseguiram localizá-lo com o armamento enrolado em sua camisa. Segundo dados da 3ª Companhia da PM, o infrator não ofereceu resistência ao ser abordado e passar pela revista pessoal.

Detido, A.C.V. foi levado ao Distrito da Polícia Civil, no Centro, onde prestou depoimentos e foi enquadrado por porte ilegal de armas. Em seguida, o mesmo foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), em Caraguatatuba.

Duas pessoas morrem e uma fica ferida em Bragança após esfaqueamento

Dois homens morreram esfaqueados nesta madrugada e um outro ficou ferido depois de uma briga na Vila Bianque, em Bragança Paulista. Segundo a polícia, por volta da meia-noite um homem chegou do trabalho e viu sua esposa na casa do vizinho. Ele foi até a casa e esfaqueou o homem na frente da mulher.

Um primo da vítima, que também estava na casa, foi esfaqueado pelo marido logo em seguida. Os dois morreram. Um outro homem também estava na residência, foi atingido por golpes de faca e está internado no pronto-socorro da Santa Casa de Bragança.

O autor dos crimes foi preso por duplo homicídio. Já a esposa saiu sem ferimentos.

Rapaz morre em confronto com a polícia em Cubatão

Vagner Ferreira da Silva, de 26 anos, morreu na quarta-feira após ser baleado por policiais militares na Vila dos Pescadores, em Cubatão. O rapaz teria pego um revólver mas não chegou a disparar contra os PMs.

Por volta das 21h30, de acordo com dados do boletim de ocorrência, uma equipe da PM foi até a Rua Santa Júlia apurar a informação se no endereço estaria algum suspeito de ligação com o assassinato do policial Assis, ocorrido no início do mês.

Em uma casa, a equipe começou a vasculhar os cômodos do imóvel. Quando entraram na cozinha, os PMs suspeitaram que alguém poderia estar no banheiro. Um dos policiais abriu a porta e Vagner teria apontado um revólver calibre 38, momento em que foi baleado. Conforme o apurado, ele foi alvejado por oito projéteis no tórax.

O rapaz chegou a ser socorrido ao Pronto Socorro de Cubatão, mas não resistiu. Seu corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Santos.

O chefe dos investigadores do 2º DP de Cubatão, Acácio Pitta, contou que Vagner tinha passagens pela polícia por roubo e porte de arma. Ele explicou que no momento não há como relacionar Vagner com a morte do soldado.

Ladrões invadem fórum em SP pela segunda vez para roubar banco

Pela segunda vez, em duas semanas, criminosos invadiram o fórum de Penápolis, a 479 quilômetros da capital paulista. Neste furto, que ocorreu na madrugada de quinta-feira, o alvo foi o banco que fica dentro do local.

Os suspeitos entraram pelos fundos do prédio e arrombaram a porta de agencia bancária que funciona dentro do fórum. Segundo a polícia, foram levados R$ 35 mil que estavam em um cofre e também um revolver calibre 38 da agência.

Um vigia, que trabalhava desarmado e sem telefone celular para poder avisar a polícia, se escondeu até os criminosos deixaram o local. No outro assalto, que ocorreu há menos de 15 dias, os suspeitos levaram 17 armas apreendidas que faziam parte de processos judiciais. O prédio não tem alarmes, nem monitoramento por câmeras.

Suspeitos atiram contra delegacia no interior de SP

A delegacia de Bady Bassitt, município a 450 quilômetros de São Paulo, foi alvo de um atentado na madrugada de quinta-feira. Criminosos atiraram onze vezes contra o prédio e fugiram. As balas atingiram o portão e um carro da polícia que estava estacionado na garagem. A delegacia estava fechada e ninguém trabalhava de plantão.

Uma vizinha do prédio, que não quis se identificar, disse que ouviu o barulho de tiros e de motos e conversas que pareciam ser entre duas pessoas. Uma garrafa plástica com líquido inflamável também foi jogada contra a delegacia e danificou parte da janela e de uma parede. A polícia investiga o caso e ainda não sabe o que motivou o atentado.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Polícia Civil de Ilhabela fecha o cerco contra ladrões e receptadores


Esta semana, a equipe de investigadores de Ilhabela, sob o comando da chefe dos investigadores Carla Toledo e da Delegada Titular do Municipio Dra. Josely Campos S. A. Araujo, desmantelou uma quadrilha responsável por diversos furtos em Ilhabela.

Segundo a Investigadora Carla, os investigadores Carlos e Willian já estavam trabalhando na investigação dos furtos e roubos que estavam ocorrendo na cidade e já havia um suspeito sob investigação e na segunda-feira, dia 23 de novembro, a equipe, juntamente com a chefe dos investigadores realizaram diligências que culminaram com a prisão de I.I.P, de 19 anos, na casa onde morava no bairro Barra Velha, com ele foram pegos aparelhos de telefone celular, vários carregadores de celular, um notebook, bem como dogas e munição de arma de fogo.

O acusado I.I.P ainda tentou se evadir do local, mas foi detido e levado para a Delegacia de Polícia, onde foi autuado em flagrante pela posse da munição e ainda por trafico de entorpecente.Em conversa informal com os investigadores, IIP, disse que de fato possui um revólver, o qual havia deixado com seu comparsa, ao obter tal informação, os policiais foram até a casa indicada pelo preso,onde seu comparsa, ao notar a presença da polícia, conseguiu se evadir .

Prosseguindo nas diligências, os investigadores chegaram a outro responsável por furtos, W.J.R, de 21 anos, com ele foi localizado um aparelho de TV de LCD de 32".

Com a prisão dos dois, a policia civil conseguiu chegar a receptadores, levando-os também para a Delegacia e conseguindo recuperar outros objetos produto de furto.

Nesta ação da Polícia Civil foram identificados vários responsáveis por furtos e receptação na cidade cujos nomes não serão divulgados para não atrapalhar as investigações, porém a chefe dos investigadores de Ilhabela, Carla Toledo deixa um alerta, principalmente aos jovens que adquirem produtos baratos, mesmo sabendo tratar-se de produtos de crime, dizendo que, comprar tais produtos também é crime previsto no artigo 180 do CPB, com pena de 1 a 4 anos de reclusão, podendo chegar até a 8 anos dependendo do caso.

Caso alguém tenha informações sobre a autoria de furtos, roubos e outros crimes, denunciar pelos telefones 181 e 197 da POlícia Civil.

Jovens são estupradas no Morro do Santo Antonio


Duas jovens com idade de 14 e 17 anos,foram estupradas na noite da ultima quarta-feira 25/11, na estrada que dá acesso ao Morro do Santo Antonio.

Segundo a policia, as adolescentes foram rendidadas no bairro Praia das Palmeiras, por 4 indivíduos que estavam em duas motos.

Os rapazes obrigaram as jovens a sentar entre garupa e motociclista, e as levaram de olhos vendados ao local, onde uma das vitima contou que após ter a cabeça ser chocada contra o solo, foi estuprada por dois dos indivíduos. Já a amiga foi obrigada a fazer sexo oral com um dos acusados.

Após o crime as jovens foram deixadas no local no meio do matagal, e a quadrilha que estava com dois revólveres fugiu tomando rumo ignorado.

As vitimas ligaram para a policia militar, que encontraram as mesmas em estado de choque na estrada que dá acesso ao morro.Ninguém foi preso.

Polícia Federal apreende carro importado de Andelmo Zarzur

Uma decisão da 1ª Vara da Justiça do Trabalho do município levou policiais federais a apreenderem no final da tarde de ontem, um veículo importado, modelo Mitsubishi Pajero Full de cor prata, de propriedade do empresário Andelmo Zarzur Júnior.

Avaliado em aproximadamente R$ 140 mil, segundo estimativa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o automóvel foi apreendido para a realização de penhora, cujo objetivo, é pagar dividas trabalhistas de funcionários de um antigo estabelecimento de comunicação visual do empresário.

A apreensão foi confirmada por Inacy Ferreira de Jesus, delegado da Polícia Federal. Ele informou que a corporação fez o apoio do recolhimento do veículo. “Foi solicitado apoio por parte da Justiça do Trabalho e apenas cumprimos o que foi determinado”, disse. O carro foi guardado no pátio da PF, no bairro Porto Grande, na Região Central da cidade e, segundo a 1ª Vara da Justiça do Trabalho, deverá ser leiloado em breve para o pagamento das dividas.

Porém, antes disso, uma operação foi montada na residência de Zarzur, localizada em frente à Unidade da Polícia Militar Ambiental, no bairro São Francisco, também na Área Central da cidade. Uma viatura da PF ficou em frente ao portão durante boa parte da tarde até o momento da escolta do veículo, chamando a atenção de vizinhos e populares que trafegavam pelas imediações.

Fuzil de uso do exército é encontrado pela polícia em Jacareí

Um fuzil de uso do exército foi encontrado em uma casa em Jacareí. Uma pessoa foi presa em flagrante.

Policiais da delegacia de investigação sobre entorpecentes - Dise, de São José dos Campos, foram averiguar uma denúncia de tráfico de drogas no Parque Meia-Lua, em Jacareí. Em uma casa encontraram 18 pedras de crack, documentos e placas de carros.

O que mais chamou a atenção dos investigadores foi o fuzil calibre 762, com 14 munições. A arma de fabricação alemã é utilizada pelo exército.

O armamento será periciado e colocado à disposição das forças armadas.

Menina morre vítima de bala perdida na volta de culto religioso

Uma estudante de 14 anos morreu após ser atingida por uma bala perdida, na Avenida Martins Fontes, em frente ao número 1084, atrás da Fábrica de Vidro, no Catiapoã, em São Vicente. Segundo a polícia, o crime ocorreu quando Larissa Araujo de Lima voltava de um culto religioso acompanhada dos pais, na noite de quarta-feira.

A menina chegou a ser socorrida pelo Centro de Referência em Emergência e Internação (Crei), mas não resistiu e morreu.

Segundo o Boletim de Ocorrência, registrado no 1º DP de São Vicente, três rapazes - dois aparentavam ser menores de idade - tentaram assaltar um carro no local do homícidio, mas o motorista percebeu e "saiu cantando pneus".

Em seguida, dois assaltantes fugiram enquanto um disparou o tiro que atingiu Larissa, que passava perto do local. O corpo da menina foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). Larissa era estudante do Ensino Fundamental e morava no bairro Catiapoã.

Homens armados invadem lan house e matam jovem em Mirassol

Dois homens armados invadiram uma lan house em Mirassol, a 452 quilômetros de São Paulo, e mataram um jovem de 22 anos na tarde de quarta-feira. Um adolescente de 17 anos ficou ferido, foi atendido em um hospital e liberado em seguida.

Segundo a polícia, o homem que morreu era suspeito de ter praticado três homicídios na região. Como os homens que efetuaram os disparos fugiram sem levar nada, a polícia investiga se o crime foi motivado por um acerto de contas.

Outras duas pessoas estavam na lan house no momento do crime. Uma funcionária, que não quis se identificar, disse que se escondeu atrás do balcão do local. “Eu nunca tinha ouvido um tiro. Imaginei que era um computador explodindo e me joguei no chão”, contou.

Laboratório de refino de droga é descoberto em Praia Grande

Com a ajuda do helicóptero Águia da Polícia Militar, a PM prendeu duas pessoas em um barraco da Rua Santa Clara, no bairro Caieiras, em Praia Grande.

No local, os policiais encontraram grande quantidade de cocaína e bicarbonato de sódio, substância usada para misturar a droga. A PM também apreendeu uma balança de precisão, rádios comunicadores, uma folha para emitir cédulas de identidade, materiais para produção da droga e corantes - usados para determinar o destino da droga.

"Só com a análise do laboratório que poderemos ver o que está puro e o que já está misturado", afirmou o capitão da PM, Maurício Vieira Izumi. Segundo o policial, foram encontrados no barraco cerca de 8 a 10 quilos de droga. "Eles adquirem a cocaína pura, misturam e lucram um pouco mais", disse.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Homem é preso com 40 porções de maconha após tentar furtar fios elétricos

Uma ligação feita ao serviço de emergência 190 da Central de Operações da Polícia Militar (Copom), com sede em São José dos Campos, fez com que homens da corporação prendessem no final da manhã da última segunda-feira, por volta das 11h, o desempregado E.S.M., 28 anos.

Ele foi detido com 40 porções de maconha, o equivalente a 241 gramas da droga, após tentar furtar os fios elétricos de uma residência de veraneio, situada na Avenida Três, no bairro Morro do Algodão, na região sul do município.

O acionamento dos policiais militares foi feito pelo caseiro da casa V.G.D., 49 anos, que escutou os barulhos da ação do infrator, o surpreendeu e o conteve até a chagada da viatura de radiopatrulhamento. A maconha, por sua vez, que estava escondida dentro de uma mochila e em meio a um matagal, só foi encontrada momentos depois. Inicialmente, mesmo com a abordagem e a revista pessoal, nada de irregular havia sido constatado.

Detido, o infrator foi levado até a delegacia, onde prestou depoimentos e informou ao delegado de plantão que residia no bairro Pegorelli. Na unidade policial, ainda foi constatado que o mesmo já possuía antecedentes criminais por furto, crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, que prevê de um a quatro anos de reclusão.

Além disso, de acordo com informações da 2ª Companhia da PM, responsável pela atuação da corporação na cidade, E.S.M. estava em regime aberto desde o último dia 1º de julho, porém, como voltou a praticar ações ilícitas, retornou ao Centro de Detenção Provisória (CDP), em Caraguatatuba.

Empresário sofre tentativa de homicídio no Olaria

Uma discussão quase provocou uma tragédia na Rua José Pedro Januário Leite, no bairro Olaria, na região central do município. Isso, por conta do fato de o ajudante geral L.J.L., 21 anos, ter disparado dois tiros contra o empresário A.R.S., 32, no início da noite de segunda-feira, por volta das 19h.

A ocorrência teve origem no momento em que policiais militares desenvolviam o patrulhamento pelo bairro e foram alertados sobre a briga e os disparos de uma arma, jogada em um matagal pelo autor e ainda não localizada. Já no local, segundo dados da 2ª Companhia, PM’s avistaram o ajudante sendo agredido por populares e, em seguida, se evadindo. Localizado momentos depois dentro de sua residência, o mesmo portava 28 pedras de crack e mais 36 papelotes de cocaína, além de mais três cápsulas de revólver calibre 22.

No Distrito da Polícia Civil, o empresário informou que todas as pessoas que agrediram o infrator eram seus amigos e que apenas estavam o defendendo. O indiciado, por sua vez, alegou que os disparos foram efetuados por conta de uma suposta ameaça de morte feita pela vítima.

Mesmo assim, L.J.L. foi enquadrado por tentativa de homicídio e tráfico de entorpecentes. Após prestar depoimentos, o mesmo foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP), em Caraguatatuba.

Gerente de hipermercado é preso em flagrante por vender carne vencida em SP

O gerente de um hipermercado localizado na avenida Paulo Faccini, em Guarulhos, na Grande São Paulo, foi autuado em flagrante por manter no freezer do estabelecimento peças de carne com datas de validade vencidas, segundo a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.

Ao ser preso, na tarde de domingo, ele admitiu que toda a carne refrigerada recebia uma nova embalagem com uma nova data de validade. O gerente pagou fiança de R$ 3 mil e vai responder em liberdade por crime contra as relações de consumo.

A polícia foi até o local depois que um consumidor notou, quando descongelou uma pequena porção de carne moída, que o produto estava deteriorado. A compra havia sido feita na sexta-feira. No sábado, ele voltou ao hipermercado para receber de volta o valor pelo qual havia pago a carne moída - R$ 7,86. O gerente explicou ao cliente então que "o problema estava no sistema de refrigeração", mas que já tinha chamado o técnico para os devidos reparos.

Mesmo com as explicações, na tarde de domingo o consumidor resolveu relatar o ocorrido no plantão do 1º Distrito Policial de Guarulhos, que enviou dois investigadores ao hipermercado. No setor de frios, os policiais encontraram duas peças de patinho suíno, que estavam com as datas de validade vencidas.

Como o gerente, de 33 anos, explicou que toda carne refrigerada recebia uma nova embalagem e nova data de validade, recebeu voz de prisão e foi conduzido ao 1º DP da cidade, onde acabou sendo autuado em flagrante por crime contra a as relações de consumo.

Ladrão é preso após apanhar da vitima

Com socos e tapas, uma advogada reagiu a um assalto, no fim da noite de segunda-feira, na região de Sapopemba, Zona Leste da capital.

Yousra Amad Charruf, de 59 anos, chegava em sua casa no bairro Vila Portuguesa, por volta da meia noite, quando foi abordada por um ladrão que queria as chaves do seu EcoSport preto.

Com a mão direita sob a camisa, o criminoso dizia estar armado. Ao perceber que não havia arma, a advogada partiu para cima dele. Yousra conta que abriu a garagem e, quando voltava para o carro, o ladrão apareceu.

Num impulso, ela entrou no veículo e o bandido tentou tirá-la do volante. Para não acordar os vizinhos, ela buzinou várias vezes, até ser retirada. “Revidei batendo nele, agi descontroladamente porque vi que ele não estava armado e eu queria proteger meu patrimônio.

Achei injusto ele levar meu carro, que não tem seguro. Reagi sabendo que é perigoso,” . Em casos de assalto, a polícia sempre orienta a vítima a não reagir, pois é muito arriscado.

Mecânico, suposto fundador do PCC é preso em Guarujá

Policiais civis do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) acreditam ter encontrado, na cidade de Guarujá, um dos criminosos fundadores do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção que age dentro e fora do sistema prisional paulista.

O mecânico Valdeci Aparecido Vicente vinha sendo procurado por latrocínio - roubo seguido de morte. A prisão ocorreu nesta terça-feira no distrito de Vicente de Carvalho.

Segundo a polícia, Vicente é foragido desde 1996, quando escapou de um presídio em Campinas, no interior do Estado.

De acordo com a Delegacia de Repressão a Roubo e Furto de Veículos, o mecânico de 46 anos, conseguir ficar todo esse tempo solto após obter documentação em nome de Efraim Teixeira de França, abrindo assim uma oficina. Na casa em que foi detido, os policiais apreenderam uma pistola calibre .380 com silenciador e um coleta à prova de balas.

Família é presa acusada de tráfico de drogas em Praia Grande

Uma família inteira foi presa nesta terça-feira em casa, no bairro Anhanguera, em Praia Grande, sob a suspeita de traficar drogas na cidade. Os suspeitos foram pegos em flagrante pela Polícia Militar enquanto embalavam cápsulas de cocaína e porções de maconha. "O portão estava entreaberto e deu para presenciar eles sentados na mesa com o material", disse o policial Erivelton Gonçalves.

Ao todo, seis pessoas foram levadas para a Delegacia Sede de Praia Grande para prestar depoimento - um homem, a esposa (grávida de quatro meses), dois filhos adolescentes e dois amigos da família. Um dos integrantes era menor de idade. "Os pais deviam ser coniventes com a situação que estava ocorrendo. Os dois adolescentes e o outro rapaz maior de idade comercializavam a droga", contou o policial militar.

Jovem é executada com oito tiros quando saía para trabalho em Vicente de Carvalho

Para a polícia, a execução a tiros da escriturária Thalita Tamiris dos Santos, de 22 anos, na manhã desta terça-feira, é um mistério. A vítima foi morta na rua onde morava, em Monteiro da Cruz, Guarujá, quando caminhava para pegar um ônibus para o trabalho.

O assassinato aconteceu por volta das 7 horas na Rua Antônio Monteiro da Cruz. Segundo informações, a jovem tinha saído de casa para ir até a Escola Municipal Ary Silva Souza, onde trabalhava.

O soldado Avelino, da Polícia Militar contou que as informações indicam que dois marginais em uma moto escura abordaram a escriturária e o garupa disparou. O PM disse que Thalita foi alvejada por oito disparos. “Seis no tórax, um na mão direita e um na coxa esquerda. Nada foi levado”. A polícia não acredita em latrocínio (roubo seguido de morte).

A jovem chegou a ser socorrida com vida e levada ao PS de Vicente de Carvalho, mas não resistiu aos ferimentos. O chefe dos investigadores do 1º DP de Guarujá, Nivaldo Ribeiro, informou que ainda era cedo para estabelecer teses e que não havia pistas. “A vítima não tem passagem pela polícia”.

O irmão da vítima, Márcio Alexandre dos Santos, de 35 anos, contou que Thalita tinha uma filha que completará 1 ano no próximo dia 1º. O pai da criança está preso por tráfico no presídio de Mongaguá, que funciona em regime semiaberto, mas Márcio afirmou descartar qualquer ligação do rapaz com o ocorrido. “Se gostavam muito e tinham um bom relacionamento. Estavam juntos há 4 anos e nas saídas temporárias sempre vinha visitar a filha”.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Policial é morto com tiro na cabeça

Um policial civil foi assassinado nesta segunda-feira (23), no bairro Caetetuba, em Atibaia. Ele e um guarda municipal estavam numa viatura e faziam ronda pelo local quando avistaram dois homens suspeitos.

Ao tentar fazer a abordagem, o policial e o guarda foram surpreendidos por tiros. Um deles acertou o policial na cabeça. A polícia já identificou um dos suspeitos, mas até o momento, ninguém foi preso.

Estudante morre com tiro nas costas ao tentar fugir de assaltantes em SP

Um estudante de 20 anos foi assassinado durante uma tentativa de assalto na noite de segunda-feira no bairro de Vila Rica, Zona Leste de São Paulo.

Hélio Alves Júnior saiu da escola onde cursava o terceiro ano do ensino médio por volta das 23h. Em seguida, ele foi até a casa de uma amiga. Quando saía no portão, dois homens a pé anunciaram o assalto.

Um deles estava armado com uma pistola. O rapaz tentou correr para dentro da casa, mas acabou levando um tiro nas costas. Ele morreu no local.

Os dois assaltantes fugiram sem levar nada. Ninguém foi preso.

Ex-vereador é morto a tiros em Itaquaquecetuba

Com pelo menos quatro tiros foi morto no começo da noite desta segunda-feira o ex-vereador do PSB por Itaquaquecetuba José Carlos Ferreira da Silva, de 54 anos. Ele era líder do Movimento Pró Moradia da cidade localizada na Grande São Paulo e consultor da Secretaria de Habitação, chefiada por Raimundo Cassiano de Assis.

"Zé Carlos Sem Terra", como era conhecido o ex-vereador, voltava do trabalho em seu carro quando foi surpreendido por um automóvel no Parque Nossa Senhora das Graças, onde morava. do veículo suspeito. Elas dispararam contra o carro do líder habitacional. Gravemente ferido, Silva morreu no local antes mesmo da chegada de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O corpo de José Carlos deixou o Instituto Médico Legal (IML) de Suzano, cidade vizinha, no começo desta madrugada e foi encaminhado para o Serviço Municipal Funerário de Itaquaquecetuba. O velório será realizado na Câmara Municipal da cidade da Grande São Paulo.

Além de atuar como uma espécie de diretor da Secretaria de Habitação, Zé Carlos também era presidente do Movimento Nacional dos Desempregados do Brasil e presidente do PSB de Itaquaquecetuba. Ele começou ganhar destaque ao comprar brigas com as autoridades em prol de melhorias no setor habitacional. Uma delas foi com o prefeito de Poá, Francisco Pereira de Sousa (PDT), e outra com o já falecido ex-prefeito de Mogi das Cruzes Waldemar Costa Filho.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Ex presidiário é preso com quase meio quilo de maconha no Morro do Algodão



O ex presidiário E.S.M de 28 anos, foi preso com quase meio quilo de maconha por volta das 10:30 da manhã de segunda-feira 23/11, na avenida Três no bairro Morro do Algodão.

Os policiais Carvalho e Santos, foram acionados ao local para atender uma ocorrência de furto em andamento, quando detiveram o acusado que portava uma mochila onde estava a droga.

O acusado era ex presidiário da Pemano de Tremembé, e estava em liberdade condicional.

Na delegacia do Porto Novo, ele acabou preso por tráfico de drogas.

Rapaz pede emprego em obra, “consegue” mas furta celular do patrão antes de começar trabalhar

Por volta das 09h00min da manhã da ultima sexta-feira 20/11, o desocupado D.A.P.S de 24 anos, acabou preso após furtar um aparelho celular pertencente ao empreiteiro J.A.R.S de 43 anos.

O fato ocorreu em uma obra localizada na rua. Irmã São Francisco no Caputera.
Segundo a vitima, o rapaz foi ao local e pediu emprego de ajudante, o mesmo foi aceito para trabalhar e começar na segunda-feira, mas antes de começar o trabalho o acusado pegou um celular e tentou sair sem ser percebido pelo dono.

O empreiteiro notou falta do aparelho e deteve o rapaz nas imediações em posse do produto.

A policia militar foi acionada, e conduziu o desocupado à delegacia onde ele acabou preso por tentativa de furto.

Menor é pego com droga no Centro

O menor A.F.O de 16 anos, foi surpreendido na noite da ultima sexta-feira 20/11,portando uma porção de 53 gramas de cocaína.

Policiais da Força Tática, patrulhavam pela rua. Prestes Maia no Centro, quando depararam com dois rapazes dentro de um carro em atitudes suspeitas.

Abordados, com o condutor nada de ilícito foi encontrado, mas com o menor os policiais localizaram a droga acondicionada em saco plástico.

Conduzido á delegacia, o menor permaneceu à disposição da Vara da Infância e Juventude.

Idosa é presa por tráfico de drogas


A enfermeira D.S de 63 anos, foi presa em flagrante por tráfico de drogas na noite da ultima quinta-feira 19/11. O flagrante ocorreu na rua. Nossa Senhora Aparecida no Perequê-Mirim na região sul.

Os policiais da Força Tática, equipe do sargento J.Carvalho e os soldados Marcelo e Gonzaga, realizavam patrulhamento quando receberam denúncia de tráfico de drogas.

Ao avistar a viatura a acusada passou a se comportar de maneira suspeita e apresentava muito nervosismo, o que fez com que os militares, desconfiassem da suspeita.

Abordada a idosa teve localizado em seu poder 2 trouxinhas de maconha e 7 pedras de crack, que ela mesma retirou das vestes ao ser questionada pela guarnição.

Em buscas na casa os militares localizaram em uma gaveta no armário da cozinha mais 32 pedras de crack, e R$180,00 em espécies.

Conduzida à delegacia de policia, ela acabou presa por tráfico de drogas, e foi encaminhada para a cadeia feminina de Ubatuba.

Briga entre irmãos acaba em tragédia

Uma briga familiar terminou em tragédia na noite deste domingo (22), em Taubaté. Durante uma discussão entre pai e filho, o irmão interveio e efetuou um disparo no peito do próprio irmão.

O crime aconteceu no bairro Parque Três Marias. A vitima chegou a ser socorrida mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O irmão fugiu levando a arma do crime.

Polícia diz que armas apreendidas no ABC teriam sido usadas em roubo a carros-fortes

A Polícia Civil vai investigar de onde vieram e para que seriam usadas as armas apreendidas no fim de semana numa favela em Santo André, na Grande São Paulo. O arsenal tem grande poder de fogo e a polícia não descarta a hipótese de o armamento pertencer a quadrilhas envolvidas nos últimos assaltos a carros-fortes e bancos, no estado.

No último dia 5, uma quadrilha armada com fuzis atirou em veículos para bloquear a Rodovia Anhanguera em Araras, a 168 km de São Paulo, e roubou R$ 5 de carros-fortes. O motorista de um automóvel que passava pelo local foi atingido por um tiro e morreu na hora.

A perícia vai revelar se as armas apreendidas têm ligação com as que foram usadas nos assaltos no interior do estado. Uma granada antitanque e diversas armas de uso exclusivo do Exército foram apreendidas por policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) no sábado passado em uma favela em Santo André, no ABC. Seis pessoas foram detidas, incluindo um jogador de futebol afastado e um adolescente.

Na favela, na Avenida Alfredo Angelini, foram encontrados, além da granada, quatro fuzis, quatro carabinas, uma metralhadora 9 mm, uma submetralhadora e um revólver calibre 38. O arsenal foi encaminhado ao Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado (Deic).

Cerca de 1.300 munições de diversos calibres, três tabletes de maconha e um de cocaína, além de celulares e dinheiro, também foram encontrados.

Briga antiga teria motivado tiroteio em praça

Uma antiga rixa política pode ser o motivo de o ex-prefeito de Areias (257 km de SP) João Patinho (PV) ter matado uma professora, baleado seu sucessor, José Antônio Fernandes (PSDB) e ainda acertado um eletricista que passava pelo local de raspão. O crime ocorreu na manhã da última quinta-feira, em plena praça pública da cidade.

A professora Cristiane Guimarães teve cargo na gestão João Patinho e hoje era mais próxima do PSDB. Segundo o marido da vítima, Ricardo Araújo, ela havia discutido com o ex-prefeito depois que ele deu uma carona ao filho dela e a criticou para o garoto, o que a levou a tirar satisfações com Patinho.

sábado, 21 de novembro de 2009

Doméstica se passa por religiosa para roubar aposentada e ainda suborna polícia

Depois de se passar por religiosa para furtar cartões bancários de uma mulher de 81 anos, uma empregada doméstica de 51 anos foi presa ao ser reconhecida pela vítima quando tentava fazer um saque em uma agência bancária em Suzano, na Grande São Paulo, na manhã desta sexta-feira.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a doméstica é foragida da Justiça e tentou subornar policiais militares no momento em que foi detida.

A suspeita foi até a casa da vítima na tarde da quarta-feira, disse pertencer a uma igreja e se ofereceu para fazer uma oração. Depois que a doméstica havia ido embora, a idosa notou a falta de cinco cartões bancários, um pingente dourado, R$ 120 e uma agenda que estavam na sua bolsa.

Na manhã seguinte, a vítima foi até a agência da qual é correntista e viu a suspeita utilizando dois dos cartões furtados. A doméstica, que teria jogado os cartões na rua, saiu correndo mas foi detida por pedestres até a chegada da PM.

A doméstica estava sem documentos. Conforme a SSP, na Delegacia de Suzano, ela chegou a passar dois nomes falsos antes de ser identificada por meio das impressões digitais. Na casa da acusada foi apreendido o restante dos objetos furtados da aposentada.

Ainda de acordo com informações da SSP, a doméstica chamou um PM enquanto aguardava na delegacia e ofereceu R$ 20 mil para escapar do flagrante. Além de ser procurada, ela acabou presa por furto qualificado e corrupção ativa.

Polícia encontra mulher morta em carro incendiado em SP

Uma mulher de 42 anos foi encontrada morta no porta-malas de um Fiesta prata na Rua Matias Albuquerque, na Vila Galvão, em Guarulhos, na Grande São Paulo, na madrugada desta sexta-feira, por uma equipe do Corpo de Bombeiros, segundo informações da assessoria da Secretaria da Segurança Pública. Quando os bombeiros chegaram ao local, depois de acionados por moradores, o veículo já estava em chamas.

Quando tentavam apagar o incêndio do carro, os bombeiros encontraram o corpo da mulher. Com os dados do veículo, foi possível localizar o endereço da vítima. Posteriormente, um irmão da mulher, um industrial de 51 anos, foi identificado. Ele reconheceu o corpo e entregou para a polícia uma cópia da chave da casa da vítima.

Na residência dela, que fica no Jardim Vendite, também em Guarulhos, havia manchas de sangue e vestígios de drogas. O delegado que registrou o caso no 2º Distrito Policial de Guarulhos pediu perícia para o local, exame necroscópico e assessoramento do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Homem anuncia assalto e estupra empregada doméstica na Rio-Santos

Um homem foi preso na noite desta quarta-feira (18), na rodovia Rio-Santos, em Ubatuba, após estuprar uma empregada doméstica de 45 anos. Ela saía do trabalho, quando foi abordada pelo suspeito que anunciou um roubo.

Segundo a Polícia Militar, ele teria estuprado a vítima num matagal às margens da rodovia. Um motorista que passava pelo local desconfiou da ação e chamou a polícia.

O homem foi preso, levado para a cadeia de Ubatuba e deve ser transferido ainda hoje para Caraguatatuba.

Estudante é espancada até desmaiar em Guarulhos

Uma estudante foi espancada na porta da escola até desmaiar nesta quinta-feira. A violência foi registrada no Bairro dos Pimentas, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

No meio de um grupo de estudantes, uma menina puxa o cabelo da outra. Começa a briga e as duas caem no chão. Com tantos socos, a garota de 14 anos desmaia. Enquanto alguns amigos tentam socorrer, outros se divertem com a cena.

A vítima foi levada para o hospital e não voltou mais à escola. Em nota, a Secretaria de Estado da Educação informou que a direção da Escola Estadual Pimentas vai conversar com as alunas para evitar que este comportamento se repita.

A secretaria disse ainda que distribui uma cartilha sobre bullying em todas as escolas da rede.

Pai tenta salvar o filho e é recusado em hospitais

O motorista José Gomes Neto, 45 anos, pai do adolescente que morreu após o tiroteio de anteontem à noite no Grajaú (zona sul de SP), disse que enfrentou uma verdadeira peregrinação para tentar salvar a vida do filho Lucas Cordeiro Gomes, 17. Levado por um carro da polícia, o estudante passou por dois hospitais até receber o atendimento adequado, em uma terceira unidade, o que ocorreu após cerca de duas horas.

"Meu filho morreu por falta de socorro", disse o pai ontem à tarde, chorando, ao lado de familiares, em sua casa no Grajaú. "Ele teve de ir comigo dentro do carro da polícia [até o primeiro hospital] porque a ambulÔncia demorou. Passou por dois hospitais, um deles não tinha médico para atender", lamentou.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Após reclamações e cobranças, vereadores vistoriam reforma da antiga cadeia

A polêmica em torno da reforma da cadeia de Caraguatatuba teve um novo capítulo ontem quando as instalações foram abertas à visita de vereadores. O convite foi feito pelo delegado Seccional do Litoral Norte, Múcio Alvarenga, e contou com a presença do delegado assistente do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deinter -1), de São José dos Campos, Edilzo Correia de Lima.

Dos 10 parlamentares, compareceram Aurimar Mansano (PTB), Cristian Alves de Godói, o Baduca Filho (PDT) e Vilma Teixeira Santos (PSDB).
Na semana passada, Baduca usou a Tribuna da Câmara para cobrar um posicionamento da Polícia Civil em torno da reforma, alegando a preocupação da população sobre o local voltar a abrigar detentos por tempo indeterminado.

O prédio, que fica no bairro Jardim Primavera, na região central, está desativado há vários anos quando todos os presos foram transferidos para o Centro de Detenção Provisória (CDP), localizado na estrada do Rio Claro, no bairro Porto Novo, região sul da cidade. Uma das condicionantes para o município abrigar o CDP era a interdição e desocupação da cadeia local.

“A gente não tinha nenhuma informação oficial sobre o que de fato vai ocorrer aqui, por isso a nossa cobrança”, disse Baduca Filho durante a visita. Após acompanhar as obras e as explicações do delegado seccional, o vereador disse ter ficado satisfeito com o que foi falado e mostrado. “Ele (Múcio), nos garantiu que aqui será uma cadeia transitória e não haverá acúmulo de detentos. Por isso, vamos dar o voto de confiança, mas sempre acompanhando o que acontecesse por aqui”, adiantou o vereador.

A parlamentar Vilma Santos também disse ter dirimido suas dúvidas e que vai acompanhar de perto dos trabalhos. “Afinal, esse é o papel do vereador”.

De acordo com o delegado seccional, o local vai abrigar presos em trânsito em pelo menos seis situações – flagrante, temporário (preventivo), condenados, pensão alimentícia, detido com curso superior e adolescentes apreendidos.
A obra

A reforma do prédio ficará em torno de R$ 480 mil e a previsão é que seja entregue em seis meses. Todas as oito celas estão sendo quebradas para receber reforço na estrutura. No piso, serão cerca de 50 centímetros de concreto e malha de ferro para evitar túneis. Pelo menos 10 homens trabalham na reforma e são usadas duas retro escavadeiras para auxiliar no serviço.

O funcionário Elbert Benites Fernandes conta ter ficado impressionado com os buracos que encontrou debaixo do piso, cavados pelos antigos detentos. Até ventilador ele encontrou durante a escavação. “Mas com a quantidade de material que será usado aqui, não vai dar para fazer mais buraco”, disse.

Tiroteio perto de escola mata policial e deixa seis feridos em São Paulo

Sete pessoas foram baleadas durante um tiroteio próximo a uma escola na noite de quarta-feira, na Zona Sul de São Paulo. Dois policiais civis, dois suspeitos e três estudantes adolescentes foram atingidos. Um policial morreu, e um adolescente de 17 anos teve morte cerebral.

Os policiais transportavam os dois homens - suspeitos de tráfico de drogas - algemados no banco de trás de um carro, sem identificação, quando passaram a ser perseguidos pelas ruas do Grajaú. Houve uma intensa troca de tiros. O carro foi alvejado por mais de 15 disparos.

O tiroteio começou por volta das 22h. As aulas em um colégio estadual próximo tinham acabado havia poucos minutos. Os alunos que saíam ficaram no meio do tiroteio. Três estudantes foram baleados, de 15, 16 e 17 anos.

Os quatro ocupantes do carro – dois policiais e dois suspeitos – também foram atingidos pelas balas. Todos foram socorridos para o Hospital do Grajaú. Duas adolescentes permanecem internadas.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Presos de Caraguá sofrem com reforma da cadeia


Dezenove presos transitórios que estão na antiga cadeia de Caraguatatuba, sofrem com a poeira e os barulhos das máquinas que estão sendo usadas para reformar o local.

As reformas começaram no início do mês, e as oito celas voltarão a funcionar no ano que vem para abrigar presos transitórios segundo informações da Delegacia Seccional de São Sebastião.

Entre os dezenove presos estão três menores, que aguardam remoção para a unidade da Fundação Casas ou liberdade assistida.

Familiares dos presos devem procurar o juiz corregedor para reclamar da situação, que segundo os parentes é caótica.

A cadeia localizada no bairro Jardim Primavera (área residencial), estava interditada pela justiça mas agora passa por reformar e passará á abrigar presos novamente.

Ajudante de pedreiro sai de Caraguá para furtar residência em Ilhabela

Uma ocorrência registrada no início da noite da última segunda-feira, por volta das 18h, chamou a atenção de policiais militares de Ilhabela. Isso porque, um furto praticado pelo ajudante de pedreiro S.D.L., 18 anos, contra uma residência localizada na Rua da Zabumba, no bairro Barra Velha, na Região Central do arquipélago, mostrou até onde a criminalidade pode chegar.

Para realizar o crime no município ilhéu, o infrator teria se deslocado da sua casa, no bairro da Tabatinga, em Caraguatatuba e percorrido uma distancia de mais de 60 quilômetros.

Na ação, o jovem teria contado com a ajuda de um outro comparsa, ainda não identificado pela Polícia. Segundo o ajudante de pedreiro, ele e o outro individuo arrombaram a janela da residência e retiraram um aparelho de DVD, um toca CD e mais diversas mídias (CD’s e DVD’s). Outro ponto que chamou a atenção no caso foi um acordo estabelecido entre o ajudante de pedreiro e o comparsa.

Em depoimento, ele disse que mesmo ambos terem realizado a ação juntos, ele ficou com todos os produtos furtados em troca do pagamento de R$ 15 ao companheiro de ação. A ocorrência, já segundo policiais militares, surgiu depois que o proprietário da casa, o pedreiro J.I.K., 30 anos, percebeu o arrombamento da janela e a falta dos eletrônicos e das mídias e ligou para o serviço de emergência 190.

Após patrulhamento, os PM’s localizaram o infrator e o encaminharam à delegacia, onde prestou depoimentos e foi enquadrado por furto, crime previsto no Artigo 155 do Código Penal brasileiro e que pune o indiciado com um a quatro anos de reclusão. Em seguida, foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP), situado no bairro Porto Novo, na Região Sul de Caraguatatuba.

Homem é preso com mais de um quilo de cocaína


O cozinheiro Fernando Aparecido Silveira da Cruz de 29 anos, foi preso no terminal rodoviário de Caraguatatuba, na noite desta terça-feira 17/11, portando mais de um quilo de cocaína.

Os policiais Tenente Paluri e motorista Ruan, juntamente com a equipe da Força Tática Sub-tenente Lazzari e os soldados Lopes e André Alves, chegarm até o acusado após denúncia anônima feita ao serviço reservado da Policia Militar.

Segundo as informações um homem com idade aproximada de 25 anos, que trajava camiseta vermelha,desenbarcaria no terminal rodoviário vindo de Guarulhos, trazendo um tijolo de cocaína.

Ao ser preso o homem que é morador de São Sebastião, contou que entregaria a droga em Caraguatatuba.

Conduzido à delegacia, ele acabou preso por tráfico de drogas, o peso do entorpecente era de Kg1.166.

Taxista é assassinado com um tiro no rosto em Jacareí

Um taxista foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (18), em Jacareí. De acordo com a polícia, um colega de trabalho da vítima achou estranha a demora dele em uma corrida e passou a procurá-lo.

Valdir Albino foi encontrado no bairro Parque Santo Antônio, já sem vida. Ele levou um tiro no rosto. Nada foi roubado da vítima e ninguém foi preso. A polícia investiga o caso.

Homem é encontrado morto na Área Continental de Santos

Moradores do bairro Monte Cabrão, Área Continental de Santos, encontraram na mata o corpo de um homem, nesta terça-feira.

De acordo com informações do 1º Distrito Policial de Santos, a vítima foi baleada e levou diversas facadas pelo corpo. A polícia verificou também a falta de um dos olhos, no entanto ainda não é possível saber se o olho foi arrancado no momento do crime, ou se algum animal o teria comido durante o tempo em que o corpo ficou exposto no local.

O corpo da vítima ainda não foi identificado. O departamento de investigação do 1º DP de Santos pede auxílio de quem possa ter alguma informação sobre o caso.
O homem tinha uma tatuagem de águia na perna direita e no momento do crime usava uma camisa vermelha listrada. O telefone é 3228-6430.

Polícia investiga homicídio em Praia Grande

Arnaldo Nascimento, de 29 anos, foi executado a tiros na Vila Tupi, em Praia Grande na noite desta terça-feira. De acordo com a polícia, o homem foi encontrado pelos vizinhos no portão de casa baleado no pescoço, abdômen, cabeça e braços.

No momento do crime, Arnaldo carregava seu alvará de soltura, pois cumpria pena na cadeia de Praia Grande. O caso ainda está sendo investigado pelo 1º Distrito Policial da Cidade.

Detentas em SP vão cumprir pena em casa por falta de vagas em penitenciária

A Justiça de Santa Adélia, a 371 km de São Paulo, determinou que cinco detentas da cidade cumpram o restante da pena em casa por falta de vagas nas penitenciárias que funcionam no sistema semiaberto. Elas vão aguardar uma vaga em prisão domiciliar.

“É bom, dar um voto de confiança para a gente. Porque às vezes as pessoas acham que porque a gente veio presa, a gente vai sair e vai continuar fazendo os mesmos erros, e não é bem por aí”, disse uma das beneficiadas.

A mulher foi a quinta presa a ir para casa. A medida foi tomada evitar que elas cumpram a pena em regime fechado. Pela lei, toda a pessoa presa tem direito a cumprir parte da pena no semiaberto, uma etapa para a reintegração da sociedade. Mas faltam vagas nos prédios do estado que funcionam nesse sistema.

O juiz diz que só determinou a saída das presas depois que passou o prazo de 30 dias para que a Secretaria de Administração Penitenciária providenciasse as vagas. “Eu acho que é injusto você deixar a presa aguardando indefinidamente uma omissão estatal. Ou seja, vencido o prazo elas são colocadas em casa como se fosse uma prisão domiciliar, e não em regime aberto”, explicou o juiz Rodrigo Fernandes.

O diretor da cadeia de Santa Adélia, que abriga 24 presas, apóia a decisão do juiz. Para ele, na ausência de vagas, essa é a única forma de tentar garantir a ressocialização das mulheres. “A própria sociedade está sendo prejudicada, porque a pessoa vai ter mais dificuldade na ressocialização quando do cumprimento da pena”, disse Antonio Junqueira Vilela.

Quem ganhou o direito de voltar para casa antes do fim da sentença promete cumprir todas as determinações. “A partir de agora eu não vou poder ficar na rua, vou ter que ficar em casa. Não vou poder freqüentar casas noturnas, nem bebida alcoólica. E vou cumprir, porque jamais eu quero voltar para um lugar desses”, disse uma das presas.

Agente penitenciário é detido suspeito de levar celulares para dentro de presídio

Um agente penitenciário foi preso nesta terça-feira em Taubaté suspeito de tentar levar aparelhos de telefone celular para um detento do Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade.

A direção do CDP recebeu uma denúncia anônima de que algum agente tentaria entrar na unidade com celulares. Na troca de turno, a fiscalização foi intensificada, e o funcionário acabou detido em flagrante, depois de passar pelo detector de metais.

Com ele, a polícia diz que foram apreendidos seis telefones celulares, além de baterias e fones de ouvido. Segundo a polícia, o agente teria dito em depoimento que receberia R$ 1 mil por aparelho entregue. E que essa já era a terceira vez que fazia esse tipo de trabalho. O preso que receberia o material também foi ouvido. Ele já responde por tráfico de drogas, e será indiciado agora por corrupção ativa.

Polícia encontra engenheiro morto em Peruíbe

Um engenheiro de 60 foi assassinado na noite desta segunda-feira em Peruíbe. O carro da vítima ficou completamente destruído. Ele foi queimado pelos bandidos e abandonado próximo a Itanhaém. O corpo do homem foi encontrado na rua no bairro Ruínas, com marcas de tiros e sinais de briga.

O engenheiro morava no bairro Jardim Casa Blanca. Ele pode ter sido surpreendido por bandidos quando chegava em casa por volta das 10 horas. O portão do imóvel ficou aberto durante toda a madrugada.

Segundo o delegado Natham Rosembalnt, pelo que foi possível apurar, há uma convicção forte de que se trate de latrocínio. “Estabelecemos uma linha de investigação voltada para este aspecto e estamos investigando todos os suspeitos que residem na nossa área”.

No início da investigação chegaram informações de que a vítima seria um policial federal, mas a hipótese foi descartada. “Esse foi um boato que surgiu, ele na realidade era engenheiro. Então não procede este informação”.

Comerciante é morto após discutir com servidor

Um comerciante foi morto com sete tiros após ter discutido com um funcionário da Subprefeitura da Casa Verde (zona norte de SP). A briga teria sido motivada, segundo a polícia, por uma multa que a vítima havia recebido. O corpo dela foi encontrado baleado em Pirituba (zona norte de SP) na manhã de anteontem.

A polícia procura o funcionário da subprefeitura V.P.J., 33 anos, para tentar esclarecer a autoria do crime. Segundo testemunhas, Obdulio Gomes dos Reis, 31 anos, foi procurar o servidor para tirar satisfações sobre uma multa no valor de R$ 20 mil, referente à obra de ampliação de sua oficina mecânica.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Ventiladores em Caraguatatuba "Polo Norte Ventiladores"


Desde 1971 a "Polo Norte Ventiladores" vem prestando bons serviços e oferecendo produtos de qualidade, com bom preço e garantia.

"Ventiladores de teto,parede,mesa e pedestal além de exaustores e peças"

A Polo Norte tem garantia nos produtos, e neste verão corra pra lá e adquira o seu ventilador com o melhor preço da cidade.



Aproveite: Ventilador de teto com luminária e controle de velocidade apenas R$85,00.



Ventilador de parede grande apenas R$165,00, com 1 ano de garantia.


Polo Norte Ventiladores, Avenida Ministro Dilson Funaro 119, no Jardim Britânia, próximo à Ford, telefone: 3887-18-83

Dois morrem em troca de tiros com policiais da Rota na Grande SP


Dois suspeitos de assaltarem uma residência em um bairro residencial considerado nobre em Guarulhos, na Grande São Paulo, foram mortos na tarde desta segunda-feira depois de trocarem tiros com policiais de uma equipe das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), grupo de elite da Polícia Militar.

De acordo com a polícia, os dois homens armados renderam a empregada da casa, localizada no bairro Bosque Mais, quando esta chegava para trabalhar. Em seguida, invadiram o local e renderam o proprietário do imóvel. Recorrendo a ameaças de morte, os suspeitos obrigaram os moradores a entregarem os objetos de valor. Depois, roubaram o veículo do morador, um Fiat Stilo prata, de acordo com a polícia.

Os ladrões foram localizados pela Rota na estrada do Cabuçu, na Vila Galvão. Na fuga, eles bateram em um barranco e ao saírem do veículo dispararam contra os policiais da Rota, que revidaram. Baleados, os dois foram socorridos e encaminhados ao Hospital Padre Bento, também em Guarulhos, onde não resistiram aos ferimentos.

No veículo, a polícia encontrou uma tevê de LCD, joias e dinheiro. Apesar das ameaças feitas, ninguém na residência roubada foi agredido ou se feriu. O caso foi registrado no 2º DP de Guarulhos.

Base da PM é alvejada em Vicente de Carvalho

Uma base da Polícia Militar na Vila Zilda, em Vicente de Carvalho (Guarujá), foi alvo de tiros durante a madrugada desta terça-feira. Ninguém ficou ferido. Segundo a polícia, o atentado ocorreu por volta da 1h30.

A polícia ainda não tem informação sobre a autoria dos disparos. O Boletim de Ocorrência está sendo registrado no 1º Distrito Policial da Cidade. A base fica na Rua Lídio Martins Correa, próximo ao bairro Morrinhos.

Preso homem que vendia gabarito de vestibular em todo o país

Foi preso em Minas Gerais um homem suspeito de vender resultados de provas de vestibular em todo o Brasil. Fernando Aparecido Cantarelli tem 65 anos, e é advogado em Caconde, no interior de São Paulo. Ele teve a prisão preventiva decretada por dez dias.

Por telefone, o estelionatário oferece o resultado das provas do vestibular para medicina. Produtor: “você tem um esquema aí para o vestibular hoje, é isso?”.

Estelionatário: “o preço é R$ 35 mil, e paga depois. Normalmente eu cobro a vista, entendeu? Agora posso parcelar no cheque. Dá R$ 25 mil de entrada e R$ 10 mil você me paga cinco de R$ 2 mil. Se não passar, não paga nada”.

A equipe acompanhou um policial à paisana no encontro com o estelionatário em um hotel, em Pouso Alegre. Ele revela que uma outra pessoa faz a prova e envia as respostas pelo celular aos candidatos.

Ele diz que aplica o golpe há muito tempo, em muitas faculdades - a preços variáveis. “Há 19 anos. Brasil inteiro, os de São Paulo eu cobro R$ 40 mil. Para o pessoal de Minas é mais barato. Pessoal da capital, em São Paulo, tem mais dinheiro”, afirma o estelionatário.

Ao final da conversa, o policial anuncia a prisão. No quarto do hotel, a polícia encontrou cartelas de chips de celulares e uma agenda com nomes e números de telefones.

Fernando Aparecido Cantarelli tem 65 anos, e é advogado em Caconde, no interior de São Paulo. Ele teve a prisão preventiva decretada por dez dias.

“Quem tem conhecimento de como funcionou o esquema, que viu o funcionamento, procure a policia. Venha trazer para nós as informações e colaborar com a Justiça e com a polícia”, afirma o delegado Tomás Edson Vivas de Resende.

Porsche é furtado de delegacia de SP durante o apagão

Um Porsche Cayenne V6 que havia sido recuperado pela Polícia Militar após um roubo sumiu do estacionamento do 15º Distrito Policial (Itaim Bibi) na semana passada, durante o apagão. A polícia investiga o caso.

"As pessoas estavam voltadas para casos urgentes, nada funcionava, não tínhamos computador e a cidade estava um breu. Havia rumores sobre bandidos nas ruas. Todas as precauções foram tomadas, mas não em virtude de um apagão", disse a delegada titular do DP, Nilze Scapulattiello.

Empresário é morto ao parar em semáforo

Um empresário de 56 anos foi morto a tiros enquanto estava parado em um semáforo na avenida Paulo Faccini, em Guarulhos (Grande SP), no começo da noite de anteontem. A polícia trabalha com a hipótese de execução.

Testemunhas relataram à polícia que um homem saiu de um carro verde, seguiu pelo lado esquerdo da caminhonete Hilux do empresário, disparou várias vezes contra ele e fugiu sem levar nada.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Mulher é presa por tráfico de drogas na Praça Diógenes Ribeiro de Lima


A desocupada Danielle Leite da Silva de 25 anos, foi presa em flagrante por tráfico de drogas por volta das 01h10min da madrugada da ultima sexta-feira 13/11.

Os policiais militares Carvalho e Santos foram até a Praça Diógenes Ribeiro de Lima no Centro, onde segundo denúncia anônima uma mulher loira de camisa azul de nome “Danielle” estaria comercializando droga.

No local os policiais localizaram a acusada, que indagada sobre a presença de entorpecentes, veio a tirar do sutiã um saquinho onde estavam acondicionadas 12 pedras de crack e R$25 em espécies.

Em diligências na casa que a mulher estava em Caraguá, localizada na Rua Bartolomeu Bueno da Silva na Martim de Sá, os militares localizaram no quarto 10 porções de maconha e 1 papelote de cocaína.

Após receber voz de prisão a acusada disse que havia pegado à droga de um indivíduo conhecido por “Baiano” morador em Guarulhos.

Conduzida à delegacia, ela acabou presa por tráfico de drogas, e foi encaminhada para a cadeia feminina de Ubatuba.

Visita é presa tentando entrar com droga no CDP


A doméstica Suzana Ribeiro dos Santos de 22 anos foi presa ao tentar entrar com droga no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Caraguatatuba.

O flagrante ocorreu durante a entrada de visitas na manhã de sábado 14/11.
Segundo a agente penitenciário feminino que encontrou a droga, o entorpecente maconha estava dentro da vagina da acusada, que entregaria a droga á um preso da unidade.

Uma viatura da policia militar foi acionada, e a mulher foi conduzida à delegacia, onde acabou presa por tráfico de drogas.

Homem é esfaqueado no Poiares

Por volta das 15h10min do ultimo domingo 15/11, os policiais militares Gonzaga e Osmar, foram acionados para comparecerem próximo ao Centro Esportivo “Ubaldo Gonçalves”, onde segundo populares um casal estaria perseguindo um homem que estava ferido por facadas.

No local, os policiais depararam com o montador W.L.O de 43 anos, que estava todo ensangüentado com facadas no braço, perna e costas.

Indagado sobre a autoria da tentativa contra sua vida, a vitima informou que havia discutido com a esposa, quando o cunhado e a mulher dele entraram na discussão e passaram á esfaqueá-lo.

Os policiais detiveram o pedreiro R.S de 40 anos, e a diarista M.J.S de 47 anos, que foram conduzidos à delegacia, onde o caso foi registrado e posteriormente todos acabaram liberados.

Balconista é assaltada em plena luz do dia no Centro de Caraguá

Nem a presença de uma base comunitária da policia militar, e a presença de viaturas na região central preocuparam um marginal em praticar um assalto em plena luz do dia no Centro.

Eram 12h10min da ultima quinta-feira 12/11, quando a balconista C.G.M de 22 anos, foi vitima de roubo na rua Sebastião Mariano Nepomuceno. Um indivíduo chegou ao balcão do estabelecimento, colocou uma faca no pescoço da jovem que entregou ao criminoso cerca de R$600,00 em dinheiro.

Após pegar a grana o assaltante largou a faca e fugiu tomando rumo ignorado.

Líder do PCC na cadeia planejava morte de policiais civis responsáveis pela sua prisão

O Ministério Público Estadual, por meio dos promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Núcleo Vale do Paraíba, ofereceu no início deste mês, à Justiça Pública, denúncia (acusação formal) contra quatro integrantes de uma associação criminosa ligada ao PCC, voltada à prática do tráfico de drogas em Ubatuba.

As investigações tiveram início após a prisão em flagrante de Carlos Henrique Lopes de Oliveira, vulgo “Caio” ou “Barrigudo”, em setembro último. “Caio” comandava o comércio de drogas há mais de 3 anos no Litoral Norte, mantendo, inclusive, um laboratório para preparação e refinaria da droga, local em que foram apreendidos mais de 18 quilos de cocaína, por ocasião de sua prisão.

Logo após a prisão de “Caio”, o setor de inteligência da polícia recebeu informações de que ele planejava a morte dos policiais civis responsáveis por sua prisão, bem como de uma outra denunciada, que o delatou no IP. Para executar os crimes, convocou Fernando Alexandre dos Santos, vulgo “Galego” ou “Irmão Psicopata”, que cumpria pena em regime semi-aberto em Tremembé.

A partir desta informação, foi interceptada a linha telefônica utilizada por “Galego”, o que permitiu a identificação de outra organização criminosa, também voltada para a prática do tráfico em Ubatuba, diretamente ligada à facção criminosa, PCC. Fernando, vulgo “Galego” ingressou recentemente para o PCC e assumiu o posto de “disciplina” da cidade de Ubatuba.

Fernando comandava o tráfico na cidade de Ubatuba junto com Ivo da Silva Santos, vulgo “Chico Bento”, também denunciado pelo Gaeco, sendo ambos auxiliados por Cristiano Alexandre dos Santos e Juraci de Araújo.
Na residência de Fernando a polícia apreendeu material comprovando sua ligação com o PCC, como o estatuto manuscrito do partido e sua certidão de batismo. Foram apreendidos, também, 78 quilos de cocaína na residência de um adolescente, que guardava a droga para Cristiano e Juraci, a mando de Fernando.

Foram denunciados pelos crimes de associação para o tráfico, com aumento de pena em razão do envolvimento de adolescente: Fernando, Cristiano e Juraci. Ivo foi denunciado apenas pelo crime de associação para o tráfico.

No último dia 6, a juíza Daniela Pazzeto Meneghine Conceição, da 2ª Vara Criminal de Ubatuba acolheu o pedido de prisão preventiva dos denunciados Fernando Alexandre dos Santos, Ivo da Silva Santos, Cristiano Alexandre dos Santos e Juraci Dias de Araújo, estando todos presos, com exceção de Juraci que está foragido.

Polícia apreende drogas e armamentos em Taubaté

A Polícia apreendeu 43 pedras de crack na tarde deste domingo (15), no bairro Água Quente, em Taubaté. Após uma denúncia anônima, os policiais chegaram a uma casa e efetuaram a busca.

Foram encontradas dentro de um vaso de flor, 41 pedras de crack e embaixo de uma gaveta de um guarda-roupa mais duas pedras da droga, bruta, pesando aproximadamente vinte gramas cada, além de uma faca usada para o corte do entorpecente, um cachimbo, um relógio, seis celulares e R$ 301,00 em dinheiro.

Também foi encontrado no local, munição para armas de uso exclusivo das Forças Armadas. Sete cápsulas de arma calibre 30, e seis cápsulas de arma 762. A dona da residência recebeu a voz de prisão e foi encaminhada ao 1º DP.

Motoqueiro baleia 4 na saída de casa noturna em SP

Quatro pessoas ficaram feridas na madrugada de domingo após serem baleadas por um motociclista, ainda não identificado, enquanto estavam na porta de um forró, no Parque Bristol, zona sul da capital paulista. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), um homem e três mulheres foram baleados por um motoqueiro. As três mulheres, de 14, 20 e 34 anos, tiveram ferimentos na perna, enquanto o homem, de 44, foi atingido na barriga.

Todos foram encaminhados ao Pronto-socorro Dr. Augusto Gomes de Mattos, mas a menina de 14 e o homem de 44 anos foram transferidos ao Hospital Saboya. O caso foi registrado no 83º Distrito Policial (Parque Bristol) como tentativa de homicídio. Devido aos ferimentos e estado de choque, as vítimas ainda não foram ouvidas pela polícia, informou a SSP.

Polícia Militar aprende 95 quilos de maconha em Peruíbe

Policiais da Força Tática do 29º BPM/I apreenderam na madrugada de domingo em Peruíbe quase 95 quilos de maconha, além de quantidades menores de crack, cocaína e haxixe, que estavam dentro de três carros e duas casas. Foi a maior apreensão de maconha deste ano no Litoral Sul.

Três homens e uma mulher foram presos. Eles integram uma quadrilha que buscava os tóxicos no Paraguai.

Munidos de informação anônima que foi passada ao número 190, os policiais militares detiveram inicialmente Everaldo Menezes da Silva, de 23 anos, morador em São Paulo.

Já em uma casa da Rua Sorocaba, 843, também no Caraguava, na moradia dos fundos, os policiais flagraram o acusado José Augusto Pinho mantendo relações sexuais com uma menina de 14 anos. No imóvel havia 191 porções pequenas de maconha, uma cápsula de cocaína e cinco bolinhas de haxixe.

Na moradia frente, onde havia quatro tabletes grandes de maconha, materiais para embalar drogas e anotações relacionadas à contabilidade do tráfico de drogas, foram presos Adriana Pereira e Ronaldo de Oliveira Assis. Eles residem, respectivamente, no próprio local e em São Paulo. Ostentando no pulso um valioso relógio Breitling, o homem afirmou ser "manobrista".

Na frente do imóvel estava estacionada a Parati, de placa BUM-4024. Relacionado a Ronaldo, esse automóvel foi revistado. No porta-malas havia grande quantidade de maconha. O tipo de embalagem dos tabletes é idêntico ao dos apreendidos no Peugeot, no Gol e nas duas casas, estabelecendo um vínculo entre os acusados.

domingo, 15 de novembro de 2009

Mulher coordenava furto em residência na Martim de Sá

Policiais militares prenderam em flagrante no início da tarde da última quinta-feira, por volta das 14h, a jovem E.C.S., 21 anos, pela prática de um furto contra uma residência situada na Rua Brejauva, no bairro Martim de Sá, na Área Norte da cidade. Ela coordenava dois comparsas para a retirada de uma geladeira do local, mas que diferentemente dela, conseguiram escapar.

O acionamento da ocorrência, segundo informações da PM de Caraguatatuba, surgiu depois do acionamento por meio da Central de Operações (Copom), instalado em São José dos Campos. Ao chegarem no local, os PM’s flagraram a infratora retirando o eletrodoméstico.
Depois de ser abordada e passar por revista pessoal, E.C.S. foi levada diretamente ao Distrito da Polícia Civil, no Centro, onde prestou depoimentos e foi enquadrada por furto, crime previsto no Artigo 155 do Código Penal brasileiro e que pune o indiciado com um a quatro anos de reclusão. Em seguida, a mesma foi conduzida à Cadeia Pública Feminina, em Ubatuba.

Integrante do PCC é preso em Mongaguá

Policiais da Delegacia Sede receberam a informação que um integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC), responsável pela venda de entorpecentes em bares das avenidas Nossa Senhora de Fátima e Dom Pedro I, ambos em Agenor de Campos, Mongaguá, estaria com duas moças em uma residência na Rua Santa Teresinha.

Daniel Vicente da Silva, o Irmão Daniel, de 32 anos, foi preso com drogas e arma em Agenor de Campos, Mongaguá. Géssica Alves da Silva, de 18 anos, e Michele Elias Alves de Moura, de 25, também foram detidas.

Dentro de um tênis de Daniel foi encontrado um revólver calibre 32, além de munições do mesmo calibre e também de 762. A polícia também encontrou no local 16 papelotes de crack e 10 cápsulas com cocaína, além de uma balança digital, saquinhos plásticos e papel com anotações sobre tráfico.

Questionado, Daniel alegou que a arma era para sua defesa e admitiu que vendia entorpecentes nos arredores dos quiosques da Plataforma de Pesca e também próximo a bares de Agenor de Campos.

PF descobre fábrica de droga

Quatro pessoas foram presas e mais de 500 kg de cafeína foram apreendidos ontem, em uma operação da Polícia Federal para combater o tráfico de drogas. O produto, que tem venda controlada, seria adicionado à cocaína.

Por volta das 21h, A.M., 32 anos e A.R.D., 28 anos, se encontraram com L.B.M., 24 anos, no estacionamento de uma lanchonete na avenida Ricardo Jafet (zona sul de SP) para comprar 50 kg de cafeína, dividida em dois tonéis.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Carro furtado aparece jogado na costeira

Um veículo furtado durante a madrugada, foi localizado ontem cedo, abandonado e capotado sobre a costeira do Itaguá, praia localizada na região central do município.

Eram cerca de 8h quando um morador acionou a PM pelo fone 190, depois de avistar o carro sobre a costeira, no final da rua Joaquim Lauro Montes Claros, onde existe um píer. O veículo estava com as quatro rodas para cima e, segundo a polícia, foi preciso fazer o resgate rapidamente antes que a maré subisse e alcançasse o carro, um Ford Fiesta, ano 97, azul, placas CLL 8315, de São Paulo. A proprietária, V.R.A., ainda nem sabia que tinha sido roubada quando foi avisada pela polícia.

Diarista é estuprada por ex-marido no Pegorelli

Um problema que, em sua maioria é escondido entre quatro paredes, mas que na realidade é comum em todo o país. Assim é a violência doméstica, que entre tantas mulheres fez mais uma vítima. Trata-se da doméstica A.B., 42 anos, que foi estuprada pelo ex-marido, o pedreiro A.F.S., 39, dentro da própria residência, situada na Rua 3, no bairro Pegorelli, na Região Sul do município.

A doméstica, segundo informações da 2ª Companhia da Polícia Militar, acionou a corporação por volta das 20h da última quarta-feira, quando chegou em sua residência e encontrou o ex-marido em um dos cômodos. Surpresa com a presença do pedreiro, já que estavam separados, ela informou que na noite anterior havia sido agarrada a força e estuprada. Já o pedreiro, ao ser questionado pelos PM’s, negou as acusações e ainda acrescentou que residia com a vítima desde dezembro do ano passado.

Da residência, os dois foram levados ao Distrito da Polícia Civil, onde prestaram depoimentos e foi feito um exame de corpo de delito, que confirmou a violência. Além disso, foi constatado que a diarista já havia até feito um Boletim de Ocorrência (B.O.) na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

O pedreiro foi enquadrado na Lei número 11.340, também conhecida como Lei Maria da Penha. Sancionada pela presidência da Republica no dia 7 de agosto de 2006, a norma alterou o Código Penal brasileiro e possibilitou com que agressores de mulheres no âmbito doméstico ou familiar fossem presos em flagrante ou tenham sua prisão preventiva. Por isso, foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), no Porto Novo e, caso condenado, poderá ser penalizado com três meses até oito anos de reclusão.

Casal é preso com um quilo de maconha na Tamoios

Um casal, que estava em uma moto, foi preso com um quilo de maconha na rodovia dos Tamoios durante uma blitz da Polícia Rodoviária Estadual.

A droga estava na bolsa da mulher. A dupla e o entorpecente foram levados para a delegacia de Jambeiro.

Líder do tráfico em Minas Gerais é preso em Guarujá

A Polícia Civil do Guarujá prendeu um dos bandidos mais procurados de Minas Gerais: Geraldo Magela Pereira Monteiro, vulgo Gê, de 24 anos, é acusado de comandar o tráfico de drogas na região de Juiz de Fora junto com seus irmãos mais novos - Alexandre Marcos Monteiro, o Nanim, e Peterson Pereira Monteiro, o Zóio, que continuam foragidos.

Os três irmãos e mais 12 pessoas da quadrilha foram presas em novembro do ano passado durante a operação Metralha, realizada pelas polícias militar e federal de Minas e que recebeu esse nome em alusão aos Irmãos Metralha. Entretanto, os três irmãos conseguiram habeas corpus em fevereiro e fugiram de Minas Gerais. A prisão preventiva de Gê foi decretada em junho.

Gê foi preso por volta das 14h de ontem no apartamento de alto padrão, há 200 metros da praia das Astúrias, em que estava morando com a mulher há cerca de um mês. A polícia chegou até ele através do serviço de inteligência. Durante uma semana, os investigadores da Delegacia Sede do Guarujá realizaram campana em frente ao edifício de Gê e o filmaram da varanda para ter certeza de que se tratava do bandido procurado.

Ao ser detido, ele não apresentou resistência, e nenhum pertence suspeito, como drogas ou armas, foi encontrado em sua casa. Segundo a Polícia Civil, ele não estava atuando no crime do Guarujá e tentava levar uma vida calma para despistar a polícia.

Acusado de tráfico de entorpecentes, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e homicídio de rivais Gê está na carceragem anexa ao 1º. Distrito Policial do Guarujá e segundo o delegado titular do município, Claudio Rossi, deverá ser levado para Minas Gerais em breve.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Reforma na cadeia volta a ser alvo de críticas e apreensão


A reforma iniciada nos final de outubro na Cadeia Pública de Caraguatatuba voltou a ser alvo de críticas por parte dos vereadores da cidade. Uma das vozes mais elevadas foi do parlamentar Baduca Filho (PDT) que, inclusive, fez seu 17º requerimento ao governo do Estado, como fez questão de frisar.

No documento, ele ressalta a obra preocupações. “O que nos chamou a atenção é que a sede do Batalhão da Polícia Militar, que há tempos encontra-se instalada em outro local, já está de mudança para prédio localizado ao lado do DER, no nosso município”.

Ele questiona o secretário de Segurança Pública do Estado, Antonio Ferreira Pinto, sobre qual destino será dado ao prédio que abrigada a Delegacia de Polícia após a reforma, se vai abrigar outro órgão e, em caso positivo, quais serão.

“Espero que desta vez tenhamos uma reposta porque nada que é encaminhado ao Estado nos é respondido”, disse durante sessão na Câmara.

Na avaliação de seu colega, vereador Celso Pereira (DEM), deveria ser feita uma demolição simbólica para evitar que o local volte a funcionar como cadeia. Já o vereador Pedro Ivo, do mesmo partido, disse que o governo está deixando de cumprir seus compromissos. “Nós não vamos deixar que isso aconteça com a cadeia que já foi desativada”.

Líder do PSDB na Câmara, o vereador Neto Bota disse que todos estão apreensivos com a reforma, “inclusive, o prefeito (Antonio Carlos da Silva) acompanha de perto a situação”.

Ele ainda convocou os vereadores a participarem das reuniões da Frente Parlamentar do Litoral Norte – a próxima será em Caraguá, no dia 18 e deve contar com a presença do secretário de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin – ocasião que podem reforçar a cobrança junto ao Estado.

Tão logo foi iniciada a reforma do prédio, o delegado seccional do Litoral Norte, Múcio Alvarenga, informou que as oito celas vão abrigar presos em trânsito. Hoje, o prédio já conta com quatro celas construídas entre 2007 e 2008, com essa finalidade. O prédio recebe todos os detidos do sexo masculino do Litoral Norte.

A média é de 12 presos por dia, em pelo menos seis situações – flagrante, temporário (preventivo), condenados, pensão alimentícia, detido com curso superior e adolescentes apreendidos.

“Posso garantir que as cadeias não serão reativadas, pelo menos até o final da administração do governador José Serra”, disse o seccional na ocasião. Ele acrescentou ainda que a cadeia está interditada pela Justiça e as estruturas só podem ser utilizadas se os problemas forem resolvidos. “Por isso iniciamos a reforma, mas para usar as cela

Casal é preso suspeito de manter abatedouro de cães em Suzano

Policiais civis da 2ª Delegacia de Saúde Pública do DPPC (Departamento de Polícia e Proteção à Cidadania) localizaram, na manhã desta quinta-feira, um abatedouro de cachorros, que funcionava nos fundos de uma residência, na avenida Miguel Badra, no bairro de Miguel Badra, em Suzano, na Grande São Paulo. Um casal foi preso em flagrante.

A carne era vendida para a comunidade oriental. No local, foram encontrados um cachorro que seria abatido, duas mesas para abate, um freezer com carnes, ganchos, entre outros instrumentos.

A investigação durou mais de um mês. Segundo o delegado Anderson Pires Giampaoli, o abate funcionava havia três anos. Os animais eram recolhidos das ruas, mantidos presos para engorda e depois mortos. Os donos, ainda, incineravam o que não era aproveitado. Cada animal era vendido pelo valor entre R$ 180 e R$ 200.

Marcola é condenado a 29 anos de prisão


A Justiça de São Paulo condenou Willians Herbas Camacho, o “Marcola”, a 29 anos de prisão pelo assassinato do juiz-corregedor Antônio José Machado Dias. O crime ocorreu no dia 14 de março de 2003.

O julgamento de Marcola durou pouco mais de nove horas, no Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste da capital. Começou por volta das 14h15 desta quarta-feira e terminou às 23h45.

Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o réu não compareceu ao julgamento. Marcola está preso em Presidente Venceslau, a 611 km de São Paulo.

Marcola deveria ter sido julgado no dia 1º de outubro. O júri, no entanto, teve de ser remarcado, pois seu advogado, Roberto Parentoni, se retirou do plenário após ter pedidos de adiamento da sessão negados.

Marcola já foi condenado a quase 40 anos de prisão por vários roubos. Ele responde a processos decorrentes da onda de ataques a bases da Polícia Militar (PM) e policiais em 2006.

Também acusado pela morte do juiz-corregedor, Júlio César Guedes de Moraes, o “Julinho Carambola”, foi condenado a 29 anos de prisão no dia 2 de outubro. Ele já havia sido condenado a 73 anos de prisão por roubo e três homicídios.

Crime

O juiz-corregedor Antônio José Machado Dias foi morto em uma emboscada quando deixava o Fórum de Presidente Prudente, a 558 km de São Paulo. Ele fiscalizava o Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, apontado, na época, como o presídio mais rígido do país.

O Ministério Público denunciou Marcola, Carambola e outras quatro pessoas pelo crime com base em depoimentos de outros acusados. De acordo com a Promotoria, descobriu-se que a ordem da execução foi dada por Carambola e Marcola por causa da rigidez do juiz na concessão de benefícios a presos. Ambos negaram o crime.

Dois rapazes são assassinados em Guarujá

Em quase quatro horas, dois rapazes de 18 anos foram assassinados em locais diferentes em Guarujá na madrugada desta quarta-feira. Ninguém foi preso.

O primeiro crime ocorreu na Rua Brasília, em Vicente de Carvalho, no Pae Cará. Milton Menezes Domingos dos Santos foi morto com um tiro na cabeça.

O outro homicídio ocorreu na Rua Ignácio Nascimento Opázio, no Santa Maria. Renato Libânio Dias Nogueira foi alvejado com dois tiros no tórax.

As duas vítimas tinham envolvimento com drogas. A polícia investiga os crimes e há relação entre eles.

CDP de São Vicente tem tumulto após fuga frustrada

Uma tentativa frustrada de fuga de presos na tarde desta quarta-feira gerou tumulto no Centro de Detenção Provisória de São Vicente, de acordo com a Polícia Militar.

Três funcionários foram feitos reféns por aproximadamente uma hora. Entretanto, foram liberados sem a intervenção da polícia.

Os próprios carcereiros entraram em negociação com os presos. Ninguém ficou ferido. Quando a Polícia Militar chegou ao local, a situação já estava resolvida.

Familiares de presos, que estavam do lado de fora, disseram escutar disparos por volta das 14 horas.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Suspeito de homicídio durante o apagão é executado com cinco tiros em Taubaté

Um jovem foi assassinado hoje (11) no Bairro da Estiva, em Taubaté. Ele era suspeito de matar a tiros outro rapaz durante o apagão de ontem, no mesmo bairro.


O jovem de 20 anos foi morto no início da tarde com cinco tiros, em frente a uma casa da rua Princesa Isabel, no Bairro da Estiva. As marcas de bala e sangue estão na parede. Segundo a polícia, um morador que passava pelo local também foi atingido.

"Nós temos uma outra vítima que estaria passando pelo local na hora que aconteceu o homicídio. Ela está sendo medicada", diz o tenente da PM, Luciano Prudêncio.

O caso foi encaminhado para o 2°DP e está sob investigação. Segundo a PM, o jovem assassinado já tinha passagem pela polícia e era o principal suspeito de um homicídio cometido, ontem à noite também no Bairro da Estiva.

Ele teria matado um rapaz com dois tiros nessa rua, durante o apagão dessa terça-feira. A vítima ainda correu até esse bar para pedir ajuda e chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

"Está sendo feito ainda o levantamento para ver a correlação entre o crime cometido ontem e o fato de ter sido vítima de homicídio na data de hoje", diz o tenente.

O homem atingido com a bala perdida está internado no Hospital São Lucas e não corre risco de morte. Até o momento, ninguém foi preso.