sexta-feira, 29 de junho de 2012

Dupla é presa por tentativa de homicídio e assalto em Caraguá


Na tarde desta sexta-feira 29 de Junho, um rapaz foi baleado por volta das 14h15, quando estava em um quiosque no bairro Praia das Palmeiras. Enquato a vitima era socorrida os mesmos criminosos que tentaram contra sua vida praticaram um assalto em um mercado no mesmo bairro.

Eram por volta das 15h00, quando dois individuos armados efetuaram roubo ao supermercado Donato, e roubaram: 03 celulares,10 maços de cigarro e certa quantia em dinheiro do caixa( ainda nao contabilizado) e evadiram-se em duas bicicletas preta.

As viaturas da policia militar de Caraguatatuba, em patrulhando com vistas aos criminosos localizaram a dupla no bairro Morro do Algodão. Os produtos do roubo foram recuperados e duas armas apreendidas (1 revolvér calibre 38 e outro calibre 32, cada uma com 3 munições). A vitima reconheceu a dupla como autores do atentado contra sua vida e informou que antes haviam discutido no bairro Morro do Algodão.

A dupla será indiciada e presa por tentativa de homicídio e roubo. 

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Bandidos tentam incendiar ônibus em Caraguá


Um ônibus do transporte coletivo da empresa Praiamar de Caraguatatuba, foi atacado por criminosos quando fazia a linha Golfinhos-Morro do Algodão.
O ataque ocorreu por volta das 19h30 desta quinta-feira 28 de Junho no bairro Golfinhos na região sul de Caraguatatuba.
 Segundo testemunhas, um indivíduo entrou no coletivo e armado teria ordenado que todos descessem do veículo que após ser esvaziado foi incendiado na parte da cabine do motorista. Antes de fugir o criminoso teria roubado o dinheiro e fugido com um comparsa que esperava em uma moto. As chamas foram contidas por populares e dois passageiros que estavam no coletivo passaram mal e foram encaminhadas ao hospital. 

A policia investiga o atentado, mas a princípio o caso foi tratado apenas como um assalto. Na grande São Paulo, criminosos já incendiaram mais de dez ônibus e executaram policiais militares nos últimos dias.

A policia em todo o Estado de São Paulo está em alerta devido atentados contra policiais militares e patrimônios. Informações extras- oficiais seriam de que a facção criminosa PCC passaria a promover ataques a partir de hoje em cidades do interior do estado. O governo nega os atentados atribuídos pelo crime organizado, mas alguns comandantes das policiais admitem a crise na área da segurança pública.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Pintor procurado pela justiça é capturado no Perequê-Mirim


O pintor de autos R.N.S de 35 anos, foi preso por volta das 1h45 da madrugada de segunda-feira 25, após policiais militares abordarem o homem e constatar que ele era procurado pela justiça.

Os militares Sd. Teixeira e André Alves patrulhavam pela Avenida Orlando Alves de Souza no bairro Perequê-Mirim na região sul, quando depararam com o homem em atitudes suspeitas. Abordado, nada de ilícito foi encontrado, mas pesquisado os antecedentes criminais do suspeito, foi constatado que ele era procurado pela justiça por furto.

Conduzido á delegacia de policia, a ocorrência de procurado capturado foi registrada e  o foragido foi encaminhado ao CDP (Centro de Detenção Provisória de Caraguatatuba).

Menor é surpreendido com droga e acaba levando para a cadeia tia e pai


Na noite do ultimo domingo 24 de Junho, os policiais Sgt. Luca e os soldados Valdicéia e Macedo, patrulhavam pela Rua. Ostiano Sandeville no Centro de Caraguá, quando depararam com duas pessoas em uma moto que passaram a se comportar de maneira suspeita. Abordados pela guarnição, o menor L.S.C de 17 anos, teve encontrado em seu poder 4 porções de maconha, 1 celular e R$20,00. Que conduzia a motocicleta era a tia do adolescente a operadora de caixa F.C.M de 21 anos, disse que não sabia que o sobrinho portava os entorpecentes. Solicitado a documentação da moto, a mulher relatou não portar os documentos e nem possuir habilitação. Pesquisada a placa da moto foi constatado que o licenciamento estava vencido.

Os militares indagaram o menor sobre a droga localizada com ele e relatou que em sua casa havia mais droga. Na casa do menor na Rua. Guaporé no Indaiá, os pais franquearam a entrada dos militares que encontraram no guarda roupas mais uma porção de maconha. O pai do adolescente o vendedor W.C de 49 anos, disse que não sabia que o filho era envolvido com drogas, mas pesquisados os antecedentes do pai do garoto, foi constatado que ele era procurado pela justiça por receptação .

O menor a tia e o pai foram conduzidos á delegacia, onde o menor e a tia foram recolhidos por tráfico de drogas, e pai recolhido por ser procurado pela justiça por receptação. A tia teve um pedido de liberdade provisória aceita pela justiça e foi colocada para responder ao processo em liberdade nesta terça-feira 26 de Junho. 

Cemitério e Escola são furtados por criminosos em Caraguá


Criminosos furtaram o Cemitério Municipal de Caraguatatuba e uma escola municipal no bairro Sumaré em Caraguatatuba. Os crimes ocorreram durante a madrugada e os criminosos entraram nos prédios públicos mediante arrombamento.

O primeiro caso ocorreu na Avenida Rio Branco no Indaiá, durante a madrugada arrombaram a sala da administração do cemitério municipal e levaram de lá um monitor da marca LG e um cortador de gramas que era novo e estava na caixa.

No segundo caso, invadiram mediante arrombamento a escola municipal localizada na Avenida Campos Sales no bairro Sumaré e levaram de lá uma CPU e monitor. Nos dois casos os criminosos ainda não foram identificados.

Capital e Grande SP têm 9 mortes em menos de 4 horas


Uma chacina, ocorrida em Poá, na Grande São Paulo, e outros cinco homicídios, quatro deles na zona sul e um na zona leste da capital, deixaram um total de nove mortos entre as 20h30 de segunda-feira e o início da madrugada desta terça-feira. 

Até o momento, a polícia não tem pistas dos responsáveis pelos assassinatos nem possui dados que indiquem a causa dos crimes. Entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira, já haviam ocorrido outros oito assassinatos na Região Metropolitana de São Paulo, segundo o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Eram 20h30 quando Dênis Silva Aparecido, de 19 anos, Hederton José Cunha, 16, Raimonde Anunciação Batista, 20, e Estevam Marine de Campos, 19, foram baleados quando estavam reunidos na altura do nº 178 da Rua Pará, no Jardim Picosse, em Poá, região leste da Grande São Paulo.

Policiais militares, acionados por moradores do bairro que ouviram os tiros, chegaram no local e encontraram as quatro vítimas caídas em via pública. Mesmo levados para o pronto-socorro central da cidade, os quatro jovens não resistiram e morreram. Não se sabe quantos eram os atiradores nem se chegaram a pé ou em algum veículo.

A chacina, cuja causa ainda é um mistério, foi registrada no Distrito Policial Central da cidade pelo delegado Cleverson Arnufo Omena e será investigada pelo DHPP. Essa é a quinta chacina do ano registrada na Região Metropolitana de São Paulo, subindo para 16 o número de mortos neste tipo de crime. Foram quatro chacinas nas cidades da Grande São Paulo e uma na capital até o momento, segundo levantamento feito pela reportagem.

Somente na delegacia do Capão Redondo (47ºDP), na zona sul da capital, foram registrados três homicídios na noite de segunda-feira, segundo o DHPP. A catadora de papel, Luciene da Silva, assim identificada por testemunhas, foi encontrada morta, às 20h15, com ferimentos na cabeça em um terreno baldio na Rua Antípodas, no Parque Bologne, região do Jardim Ângela. 

Três horas depois, Alexandre Rodrigues de Oliveira, de 33 anos, foi encontrado ferido com vários tiros na Avenida Fim de Semana, no Jardim São Luís. Também levado pela PM para o pronto-socorro do Campo Limpo, o rapaz acabou morrendo. Era quase meia-noite quando Washington Santos Nascimento, de 25 anos, era alvo de atiradores na altura do nº 1.170 da Rua Francisco Xavier de Sales, também no Jardim São Luiz. A vítima morreu quando era atendida no pronto-socorro do Campo Limpo. Estes três casos comunicados no 47ºDP foram registrados pelo delegado Júlio Ricardo de Oliveira.

Por volta das 22h30, a porta de casa, na altura do nº 414 da Rua Jean Gabriel Villin, Agacis Fernandes da Silva, de 37 anos, foi baleado por desconhecidos. Ferido na cabeça e na barriga, Fernandes morreu quando era atendido no pronto-socorro do Hospital Geral de Pedreira. O caso foi registrado no 98º Distrito Policial, do Jardim Miriam, pelo delegado Ricardo Piva. 

À 0h05 desta quarta-feira, José da Silva Barbosa Júnior, de 30 anos, foi baleado várias vezes na altura do nº 1.000 da Rua Jabiru, no Jardim Robru, zona leste da capital. A vítima morreu mesmo sendo encaminhada para o pronto-socorro Júlio Tupy, em Guaianazes. O homicídio foi registrado no 50º Distrito Policial, do Itaim Paulista, pelo delegado Mateus Cintra de Andrade.

Dois ônibus são incendiados em São Paulo


Dois ônibus foram incendiados na noite de ontem, segunda-feira, 25, e madrugada desta terça-feira, 26, em Sapopemba, na zona leste de São Paulo, e no Sacomã, na zona sul. As ações dos criminosos acontecem no momento em que as polícias do Estado de São Paulo estão em alerta em razão de uma série de execuções de policiais militares e ataques a bases da PM, ocorridos neste mês. Em Guarulhos, na Grande São Paulo, um homem foragido da Justiça foi preso a cerca de 50 metros de uma base da PM, sob suspeita de passar informações para criminosos sobre a movimentação na Companhia da Polícia Militar (PM).
Eram 22h35 de segunda-feira quando um ônibus intermunicipal que saiu do Terminal Rodoviário do Tietê em direção a São Caetano, na Grande São Paulo, parou na altura do número 400 da Avenida Arquiteto Vilanova Artigas. Segundo o motorista, que estava sozinho no coletivo, um menino de aproximadamente 14 anos, com uma garrafa de refrigerante na mão, deu o sinal de parada. Quando a porta se abriu, outros três meninos, de mesma idade aproximada, correram para junto do ônibus. Um deles, com a mão debaixo da blusa, disse estar armado e mandou o condutor descer. O veículo foi então incendiado, provavelmente com o líquido que estava na garrafa, segundo o motorista.
Na Rua Professor João Semeraro, em uma praça próxima à favela do Parque Bristol, quatro homens atearam fogo a um ônibus da empresa Via Sul. O motorista, José Jurandir dos Santos, de 31 anos, contou que estava parado com o coletivo esperando o horário marcado para a próxima viagem. Ele e o cobrador José Sobral da Silva, de 57 anos, foram então surpreendidos pelos criminosos, que os mandaram descer. "Na hora tentei puxar minha bolsa. Um dos homens não gostou e falou 'vou atirar nesse cara'. Corri então sem pegar nada", relatou Santos. Ele disse que um bandido usou um maçarico para atear fogo. A bolsa em que estava a chave e documento do carro particular do motorista foram consumidos pelas chamas.
O detento Fernando Júnior da Silva, de 27 anos, que afirmou à PM ser integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) e que não retornou para a cadeia após gozar do benefício da saída temporária de Páscoa, foi recapturado, por volta das 15 horas de segunda-feira, a cerca de 50 metros da base da 1ª Companhia do 15º Batalhão da PM, na esquina da Rua Silvio Barbosa com a Rua Guaporé, no bairro Mikail, em Guarulhos, na Grande São Paulo.
Ao passar a pé em frente à base e permanecer no entorno observando muito o movimento dentro dela, Silva despertou suspeitas nos policiais e foi abordado. Com tatuagens pelo corpo típicas de integrantes da facção, o criminoso, que cumpria pena na Penitenciária de Itirapina, região central do Estado, a 215 quilômetros da capital, saiu da unidade prisional após receber a liberdade temporária de Páscoa, no dia 5 de abril, mas não retornou para a cadeia, o que deveria ter ocorrido no dia 9. Segundo os policiais, ele seria um "olheiro", auxiliando os comparsas nos planos de ataque à bases policiais. Desarmado, Silva foi encaminhado para a Cadeia Pública anexa ao 1º Distrito Policial de Guarulhos, no centro.
Fonte: R7

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Mais um policial militar é morto durante a folga em Praia Grande


ais um policial militar foi morto, no início da madrugada desta segunda-feira (25), durante uma tentativa de assalto a uma pizzaria, em Praia Grande, litoral de São Paulo. Segundo a PM, criminosos atacaram a pizzaria que fica na Avenida Presidente Kennedy, altura do número 14055, no bairro Caiçara.
O policial estava de folga e aguardava seu pedido ficar pronto. Ao perceber o crime, ele reagiu e ainda conseguiu atingir um dos assaltantes. Mas um dos bandidos conseguiu balear o policial. Ainda não há informações sobre o atendimento dado ao PM, se ele morreu no local ou chegou a ser socorrido para algum pronto socorro. O caso foi registrado no Distrito Policial Central do município. 
Dos 39 PMs assassinados em São Paulo neste ano, 10 foram vítimas de execução, segundo o comandante geral da Polícia Militar, coronel Roberval Ferreira França. Mas este número pode subir, já que outros seis casos ainda não tiveram a motivação esclarecida. 
França informou ainda que mais seis policiais morreram quando realizavam trabalho fora da corporação, os chamados “bicos”; 14 acabaram assassinados por reagirem a roubos; dois foram alvos de crimes passionais e um foi morto ao se envolver em uma briga.

Em todos os casos, as vítimas foram assassinadas fora do horário de trabalho, conforme afirmou o coronel. Só de quarta-feira (20) até sábado (23), cinco PMs foram mortos.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Trio suspeito de vários assaltos é preso pela Policia Militar


Os policiais militares Cabo Marcondes e Soldado Bittencourt, prenderam três criminosos, suspeitos de vários assaltos em Caraguatatuba. A prisão aconteceu quando em patrulhamento pelo bairro do Indaiá, por volta das 23h30 de sábado 16/06, os  policiais localizaram um veículo Vectra de cor preta, placas CTS 0366 de Sorocaba circulando pelas rua Rio Grande do Norte. Os militares tinham informações que os indivíduos que estavam em um veículo com as mesmas características haviam praticado cinco roubos sendo quatro deles em um posto de combustível no Indaiá e um roubo em uma casa de salgados nas proximidades da Casa de Saúde Stella Maris, no Centro. 

O veículo que era conduzido por L.H.A, 24 anos morador da zona leste de São Paulo foi abordado e foi encontrado uma porção de maconha. Questionado sobre o paradeiro dos outros comparsas, o acusado disse aos policiais que os mesmos estavam em um edifício na Avenida Rio Grande do Norte, no Indaiá. 

No local na tentativa de alertar os companheiros da chegada da polícia, o acusado começou a gritar para avisar sobre a chegada da policia mas o prédio já estava cercado de viaturas.
No saguão do imóvel a PM prendeu o ajudante geral C.A.M.S, 19 anos e o mecânico J.R.A.G. também de 19 anos. 

No apartamento a PM encontrou um tijolo de maconha com peso aproximado de 300 gramas, telefones celulares e munição de pistola 380. 

Os criminosos e o veículo foram reconhecidos pelas vítimas dos assaltos. Os três foram encaminhados à Delegacia Central de e autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas e recolhidos para a cadeia pública de Caraguatatuba. Todos serão investigados pelos assaltos que teria cometido na cidade.

Força Tática prende mais dois por tráfico de drogas em Caraguá


Policiais Militares da Força Tática, “Tático Comando”, equipe do tenente Pelegrini e os soldados Lobo e Modesto, apoio da viatura Ronda Tática de Apoio composta pelos policiais, sargento Paes e Sd. Leite, além da viatura setorial composta pelos soldados Renato e Santos, detiveram na noite de domingo dia 17 de junho, mais dos indivíduos pela prática de tráfico de drogas na região da pista de skate na região central de Caraguatatuba.

Os militares depararam com o menor D.W.S.G de 17 anos vulgo “Bagrão”e o desocupado M.S.M de 21 anos o vulgo “Cara de Vaca”, que tentaram fugir mas acabaram detidos pelas viaturas. Com a dupla os policiais militares encontraram 28 porções de maconha e R$111,00 em espécies. Os acusados que já tinham antecedentes por envolvimento com drogas na menor idade, são oriundos da cidade de Pindamonhangaba e já estiveram internados na Fundação Casa.

Conduzidos é delegacia de policia, o maior foi indiciado e preso por tráfico de drogas e corrupção de menores, já o menor foi sindicado por tráfico de drogas e associação para o tráfico. 

Policia Civil prende autor de crime bárbaro ocorrido em Caraguá


Policiais Civis do SIG (Setor de Investigações Gerais), da delegacia sede de Caraguatatuba, prenderam na quinta-feira 14 de junho, o ajudante geral D.F.S.S de 24 anos, um dos autores de um crime bárbaro ocorrido na cidade no ano passado. Segundo a policiai civil, na madrugada do dia 19 de Junho de 2011, a vitima Wilson santos Correia foi morta a facadas com requintes de crueldade na Rua. Odete Machado Pinto no bairro Tinga. Na ocasião, a vitima foi esfaqueada várias vezes em diversas partes do corpo e teve uma das orelhas cortadas. Além disso uma das facas usada no crime cravada no ânus da vitima.

Os policiais civis esclareceram que os autores do crime seriam dois indivíduos que moravam com a vitima de nomes “David e Ceará”. Os suspeitos que fugiram após o assassinato foram para o estado de Santa Catarina, onde os policiais conseguiram localizar o paradeiro de um dos suspeitos o ajudante geral D.F.S.S, que teve sua prisão decretada pela justiça e acabou preso em Camburiú no estado de Santa Catarina com apoio de policiais daquele estado.

O acusado confessou participação no crime e teria dito os investigadores que ele e “Ceará”, mataram a vitima após uma discussão entre os três. De acordo com policiais de Santa Catarina, o acusado é suspeito de outro assassinato ocorrido naquele estado e ainda havia contra ele uma queixa de ameaças contra o padrasto de “David”. O acusado vai permanecer á disposição da justiça na cadeia transitória de Caraguatatuba, e se tiver sua prisão preventiva decretada deve ser encaminhado ao CDP (Centro de Detenção Provisória de Caraguatatuba). O indivíduo de vulgo “Ceará”ainda não foi localizado pela policia. 

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Soldado da PM é morto com cerca de 20 tiros na porta de casa em SP


O soldado Valdir Inocêncio dos Santos, de 39 anos, foi morto, com cerca de 20 tiros, de pistola calibre 380, e revólver, no início da madrugada desta quarta-feira após ter o portão da casa localizada na Rua Camargo e Leme, em Guaianazes, zona leste da capital paulista, atingida por uma picape Saveiro.

A vítima, que era lotada na 1ª Companhia do 48º Batalhão, cuja sede fica no Jardim Robru, também na zona leste, estava dormindo e, ao ouvir o barulho, foi até o quintal. Acompanhado do filho, o policial ainda tentou atrair a atenção de um desconhecido que já havia deixado a Saveiro e caminhava.

Ao dar as costas para a rua, o policial foi surpreendido, segundo o filho, por pelo menos seis homens armados, alguns deles encapuzados, que abriram fogo contra Valdir. O policial ainda foi levado para o Hospital Geral de Guaianazes, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O filho da vítima, em depoimento, segundo a polícia, afirmou que conseguiu reconhecer um dos atiradores, um usuário de drogas conhecido como "Ziza", morador da região. Não se sabe ainda o que motivou o crime, registrado no 53º Distrito Policial, do Parque do Carmo, pelo delegado Roberto Salomão Júnior, e que será investigado pelo DHPP.

Empresário é morto por bandidos ao lado da esposa

Acompanhado da esposa, o empresário Wellington Fernando Lana, de 31 anos, foi morto, com um tiro na testa, por volta das 21 horas de terça-feira, ao deixar o local de trabalho, na altura do nº 8.845 da Estrada de Itapecerica, no Capão Redondo, zona sul da capital paulista.

O casal fechou a empresa e, ao entrar numa picape Montana prata, foi abordado por dois assaltantes, um de cada lado do carro. Segundo relato feito pela mulher à polícia, os criminosos ordenaram ao casal que descesse da picape, mas o assaltante que estava ao lado do empresário atirou antes mesmo da vítima conseguir deixar a picape.

Mesmo encaminhado para o pronto-socorro central de Itapecerica da Serra, Wellington não resistiu aos ferimentos e morreu. A dupla fugiu com o carro das vítimas.

Ladrões roubam dinheiro e caixas de viagra em farmácia

Dois homens assaltaram uma farmácia na manhã desta terça-feira, na Avenida Presidente Wilson, em São Vicente. Além de levarem parte do dinheiro que estava no caixa da loja, os assaltantes aproveitaram para roubar dezenas de caixas de medicamentos contra disfunção erétil.

De acordo com uma das funcionárias da farmácia, que preferiu não se identificar, a dupla invadiu a loja logo após uma das atendentes abrir o local, por volta das 7h. A funcionária conta que os dois homens estavam armados quando anunciaram o assalto. "Não houve conversa. Eles iam mandando as funcionárias pegarem os produtos e elas iam entregando", conta.

Durante a ação, que durou poucos minutos, os assaltantes recolheram cerca de R$ 1 mil e aproximadamente 15 caixas de Viagra, além de outros remédios específicos para o tratamento da disfunção erétil.

A Polícia Militar foi acionada mas, quando chegou ao local, os criminosos já haviam fugido. A ocorrência foi registrada no 1º Distrito Policial de São Vicente. Ninguém ficou ferido. 

Adolescente é morto com quatro tiros em Taubaté

Um adolescente de 17 anos foi morto com quatro tiros na noite de terça-feira 12/05 em Taubaté no Vale do Paraíba.


Segundo a Polícia Militar, o crime foi em uma viela da Avenida Rodolfo Moreira de Almeida Junior, no Parque Três Marias. O menor estava na viela quando um homem chegou de moto e disparou. Ainda segundo a polícia, a vítima foi atingida por dois tiros na cabeça e outros dois no peito. Socorrido ao Hospital Regional, o adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Bandidos executam rapaz de 20 anos em São Vicente

Um rapaz de 20 anos foi morto com quatro tiros na madrugada desta quarta-feira, em São Vicente. O crime ocorreu na Rua Euclides Zenóbio da Costa, na Esplanada dos Barreiros, por volta de 1h.

Segundo a Polícia Civil, a vítima estava em um Fox preto, com mais duas pessoas. Eles tinham acabado de sair de um restaurante quando foram emparelhados por um veículo de cor escura. Um indivíduo, que estava dentro do carro, efetuou alguns disparos contra o Fox. 

Logo em seguida, os agressores jogaram o veículo em que estavam contra o carro da vítima, forçando-o a subir na calçada. Ele colidiu com duas lixeiras e foi obrigado a parar o veículo. 

Segundo testemunhas, dois bandidos, que estavam no outro automóvel, desceram e arrancaram o rapaz à força de dentro de seu carro. Após jogarem o jovem no chão, os criminosos efetuaram quatro disparos contra a vítima, sendo que três atingiram o rosto e um atingiu a perna esquerda. 

A polícia foi acionada por moradores que ouviram o barulho dos tiros. Ao chegar no local, os policiais encontraram a vítima deitada na calçada, já sem vida. As duas moças, que estavam com a vítima, afirmaram que não conseguiram ver os bandidos, pois ficaram abaixadas dentro do carro e, quando se levantaram, os atiradores já haviam fugido. Elas não sofreram nenhum ferimento.

Conforme informações do Boletim de Ocorrência, uma das testemunhas, que é namorada do rapaz assassinado, e tem 23 anos, disse ,que antes de efetuar os disparos, um dos bandidos gritou: "Foi o comando que mandou matar! Foi o comando que mandou!". Ela afirmou também que uma corrente de ouro e um pingente foram levados do pescoço de seu namorado. 

A polícia encontrou oito marcas de disparos no carro da vítima e algumas cápsulas no chão. O boletim de ocorrências foi registrado no 1º DP de São Vicente.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Quatro são presos por tráfico de drogas pela Força Tática no Tinga


Policiais Militares da Força Tática de Caraguatatuba, lograram êxito em surpreender na noite de sábado 09 de Junho, mais quatro indivíduos (um maior e três menores) na prática de tráfico de entorpecentes pela Rio Santo no bairro Tinga.

Em patrulhamento pelo local dos fatos a viatura do Tático Comando equipe do tenente Pelegrini e os soldados Ribeiro e Lobo, juntamente com a viatura de ronda tática de apoio composta pelos soldados Leite e Modesto, visualizaram no local conhecido como ponto de venda de drogas quatro indivíduos que ao avistarem as viaturas tentaram fugir para um matagal próximo, mas acabaram detidos e abordados. Em poder dos suspeitos foram localizadas aproximadamente 76 pedras de crack e R$97,00 em espécie em cédulas de pequeno valor. Foram presos o maior R.O.T de 22 anos, foragido da justiça por roubo e com passagem por tráfico de drogas, além dos menores D.V.S de 16 anos, I.I.L.S de 15 anos e N.A.C.J de apenas 13 anos, (o qual o pai do mesmo havia sido preso semana passada nas mesmas condições).

Conduzidos todos ao DP Central, o Delegado ratificou a voz de prisão indiciando o indivíduo maior por tráfico de entorpecentes e corrupção de menores, sindicando todos os menores pelo ato infracional de tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico.

Os acusados permaneceram recolhidos a carceragem e seriam posteriormente recolhidos ao CDP e Fundação Casa.

Trio é surpreendido com drogas pela Força Tática no Tinga


Policiais Militares da Força Tática de Caraguatatuba detiveram na ultima quinta-feira 07 de junho, três indivíduos (um maior e dois menores) na prática de tráfico de entorpecentes na Rua: João Pinto Filho no bairro Tinga.

Após levantamento do setor de inteligência da PM, sobre indivíduos que estariam efetuando o tráfico de entorpecentes no bairro, os policiais militares do Tático Comando e Ronda de Apoio, equipe do tenente Pelegrini e os soldados Ribeiro, Lobo, Modesto e Leite, em patrulhamento pelo local visualizaram três indivíduos que ao avistarem as viaturas tentaram fugir para um matagal próximo.

Foram abordados o desocupado E.R.S de 19 anos e os menores J.S.G de 16 anos, (este já apreendido por tráfico de drogas e estava em liberdade há 3 dias) e W.S.S de 15 anos. Durante a abordagem o maior E.R.S, entrou em luta corporal no intuito de tentar fugir da prisão, e acabou lesionando a mão de um dos policiais  com cortes profundos e escoriações, sendo contido pelos demais militares.

Em poder do trio, foram localizadas 160 pedras de crack, 06 porções de cocaína, uma porção de maconha, 02 celulares, 02 rádio comunicadores e R$250,00 em espécie em cédulas de pequeno valor.

Conduzidos todos ao DP Central, o Delegado ratificou a voz de prisão ao indiciando e sindicados pelos crimes de tráfico de entorpecentes, resistência e lesão corporal, sendo que o indivíduo maior de idade também autuado na corrupção de menores.

Os acusados permaneceram recolhidos a carceragem e seriam posteriormente recolhidos ao CDP e Fundação Casa.

domingo, 10 de junho de 2012

Pai obriga filho de 11 anos a cheirar cocaína sob ameaças de espancamento


Um vidraceiro de 42 anos foi preso na noite de sábado, em Praia Grande, após ser flagrado obrigando o filho, de 11, a cheirar cocaína. O caso ocorreu em um posto de gasolina localizado na Avenida Presidente Kennedy, na Vila Caiçara.

Segundo depoimento de um funcionário que presenciou a situação, assim que chegou ao local, o  pai tirou do bolso da blusa um frasco, que continha a droga, e sobre um cartão telefônico fez uso dela, sem importar-se com as demais pessoas e clientes que passavam por lá. 

Na sequência, ordenou que o filho fizesse o mesmo, ameaçando "quebrar sua cabeça" e "batê-lo muito", caso insistisse em não obedecê-lo.

Acionada, a Polícia Militar chegou rápido ao local e conteve o vidraceiro, que demonstrava descontrole emocional e comportamento agressivo. Durante revista, foram encontrados com ele cerca de cinco gramas de cocaína, divididas em três frascos. 

Isso já foi suficiente para prendê-lo em flagrante por posse de entorpecente (artigo 28 da Lei 11343); por oferecimento e indução ao uso indevido de droga (artigo 33 da Lei 11343), assim como por consumo de droga em local de trabalho coletivo (artigo 40 da Lei 11343) .

Em depoimento prestado na delegacia, a mãe do garoto contou que está separada do acusado há 10 anos e havia deixado o filho na casa dos avós paternos, para passar o fim de semana.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Corpo é encontrado carbonizado em Nazaré Paulista

O corpo de um homem foi encontrado, na tarde desta quinta-feira (09), dentro de um carro carbonizado em Nazaré Paulista. 

O veículo estava no bairro Cuiabá, na estrada que faz ligação com Guarulhos, local próximo onde foi encontrado o corpo da advogada Mércia Nakashima, há dois anos. 

A perícia foi ao local para fazer a identificação da vítima e dar início às investigações.

Meia Valdívia é vítima de sequestro relâmpago em SP

O meia Valdívia, do Palmeiras, foi vítima, na noite de quinta-feira, de um sequestro relâmpago na capital paulista. A Polícia Militar confirma o assalto sofrido pelo atleta, mas, a pedido da vítima, não pôde passar mais detalhes sobre o caso.

O jogador, segundo informações preliminares, teria sido dominado pelos criminosos por volta das 21 horas e, após o assalto, abandonado em frente do Centro de Treinamento (CT) do Palmeiras, localizado na Avenida Marquês de São Vicente, região da Barra Funda, zona oeste da cidade.

Por volta das 23 horas, Valdívia ligou para o 190 solicitando uma viatura que o levasse para casa, pois ainda estava com medo de voltar sozinho para a residência. Não se sabe o que foi levado da vítima. O atleta, que a princípio não quer registrar boletim de ocorrência em delegacia, não sofreu ferimentos.

Agente da Fundação Casa é assassinado a tiros em Guarujá


Agente de apoio socioeducativo da Fundação Casa, em Guarujá, Josiel Souza Ferreira, de 30 anos, foi assassinado com dois tiros na cabeça e um no braço direito, por volta das 23 horas de quarta-feira, em Vicente de Carvalho. Segundo a sua família, ele era evangélico e retornava de um culto.

Execução sumária, relacionada ou não com o cargo da vítima, e tentativa de roubo são hipóteses investigadas pela Polícia Civil. No momento do crime, o agente da Fundação Casa pilotava uma Honda CBX 250 Twister, modelo de moto bastante cobiçado pelos ladrões.

O assassinato ocorreu na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, no Jardim Boa Esperança. Acionados por meio de um telefonema anônimo ao número 190, do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), patrulheiros se depararam com Josiel já sem vida.

O corpo do agente estava caído ao lado da Twister. Josiel usava um capacete e outro equipamento de segurança do gênero se encontrava preso à moto, que aparentemente estava intacta e foi entregue a uma irmã do funcionário da Fundação Casa.

A delegada Juliana Buck Gianini estava de plantão na Delegacia de Guarujá e compareceu ao local do crime com a sua equipe e peritos. Três cápsulas deflagradas de pistola calibre 380 foram arrecadadas perto do corpo e poderão ser úteis no esclarecimento do caso.

Testemunhas não foram localizadas durante o atendimento da ocorrência, mas investigações são realizadas para identificar quem eventualmente tenha presenciado a morte de Josiel. Policiais da Delegacia e do 1º DP de Guarujá apuram o homicídio. 

Casado e com uma filha de 4 anos, o agente de apoio socioeducativo residia na periferia de Guarujá e será sepultado hoje, às 10 horas, no Cemitério da Vila Júlia. A sua mãe viajava à Paraíba e, após ser avisada sobre o crime, retornou ontem de avião a São Paulo para acompanhar o velório e o enterro.

Bombeiro é morto durante show em Boituva


O bombeiro municipal William Genaro, de 29 anos, foi morto a tiros, na madrugada desta quinta-feira, quando participava de um show sertanejo numa casa noturna de Boituva, a 115 quilômetros de São Paulo. 

O autor dos disparos fugiu. Os dois haviam discutido, momentos antes, no interior do estabelecimento. De acordo com testemunhas, após a discussão, os dois saíram para a rua e o acusado sacou uma pistola calibre 380 e descarregou a arma.

Três tiros atingiram Genaro. A vítima atuava no Corpo de Bombeiros da cidade e foi socorrida pelo serviço de resgate da própria corporação. O bombeiro foi levado para um hospital da cidade e, após os primeiros socorros, transferido para o Hospital Regional de Sorocaba, mas não resistiu. As causas do desentendimento ainda não foram apuradas. A Polícia Civil deve requisitar as imagens de câmeras existentes no local para tentar identificar o autor do crime.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Após invadir casa, ladrão devolve dinheiro e deixa pedido de perdão

Depois de invadir uma casa e furtar dois envelopes com dinheiro, o ladrão se arrependeu e, além de devolver a maior parte da importância furtada, deixou uma carta com um pedido de desculpas. O caso, divulgado nesta terça-feira pela Polícia Civil, aconteceu em Tatuí (SP). O criminoso, que ainda não foi identificado, invadiu a casa da vítima, um serralheiro, quando não havia ninguém no local. Com uma chave de fenda, ele abriu o quarto e pegou dois envelopes com R$ 400 que estavam sobre o criado-mudo.

De acordo com o proprietário, ele tinha separado o dinheiro para pagar contas, inclusive parte do aluguel do imóvel. Três dias depois do furto, o dono da casa se surpreendeu ao encontrar um dos envelopes sob a porta da residência. Além de R$ 250, parte do dinheiro furtado, ele deixou uma carta escrita à mão se justificando e pedindo desculpas ao morador. Disse que tinha feito o furto num momento de desespero, pois estava desempregado havia muito tempo. "Te roubei, mas estou devolvendo o dinheiro, pois sou evangélico e conheço as leis de Deus".

Na carta, ele conta como praticou o furto e ainda pede "1.000 perdões". No final, dá um conselho à vítima: "Coloque cadeado nas janelas. Abraços". De acordo com o delegado Alexandre Andreucci, que investiga o caso, o arrependimento do ladrão não o livra de responder pelo crime. A carta que respondeu de próprio punho pode servir para sua identificação. O suspeito pode pegar de dois a oito anos de prisão. "Em 20 anos de polícia nunca vi um caso assim", comentou o delegado.

Comerciante é preso por esconder câmera em banheiro de Lan House

O comerciante B.S.P., de 52 anos, foi preso em flagrante por volta das 11h de segunda-feira  em sua Lan House e escola de informática, na Avenida Reinaldo Benedito de Melo, no Centro de Biritiba Mirim. Ele é suspeito de instalar uma câmera dentro do banheiro do local e manter imagens pornográficas na rede de computadores, que é acessada pelos alunos. 

A câmera foi encontrada por uma estudante dentro do frasco de um shampoo. Ela estranhou o objeto e fez a denúncia. Policiais civis da Delegacia de Polícia de Biritiba Mirim apreenderam a câmera e acharam imagens pornográficas de crianças e adolescentes na rede de computadores do local.  

Foram apreendidos 28 CDs e DVDs com cenas de sexo e cópias piratas de programas de computador, dois equipamentos de informática, dois computadores e documentos. 

Foi realizada perícia no local e solicitado exame de IML a B.S.P., que foi preso em flagrante e indiciado por vender ou expor à venda fotografia, vídeo ou outro registro e violação de direito autoral. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Biritiba Mirim.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Homem é morto a tiros na porta de casa em Campos do Jordão


Um homem foi morto, com cinco tiros, na porta de casa, no final da noite de segunda-feira 04/06, no bairro Vila Santo Antônio, em Campos do Jordão. De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava sentada na porta de casa quando uma pessoa, em uma moto, passou e atirou diversas vezes contra a vítima.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e a vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu ao chegar no Pronto Socorro. Segundo os bombeiros, a vítima foi atingida com quatro tiros no rosto e um tiro no pescoço.

A polícia ainda não possui suspeitos, mas trabalha com a hipótese de acerto de contas. 

Acusado de roubo escolhe vítima errada e acaba preso

Acusado de roubo, Bruno Vinícius de Nascimento, de 19 anos, escolheu a vítima errada e acabou preso, na tarde de domingo. Ele abordou um policial militar de 31 anos no Parque Bitaru, em São Vicente.

A tentativa de roubo aconteceu na Rodovia dos Imigrantes, na região da Ponte do Mar Pequeno. De acordo com o apurado pela reportagem, por volta das 15 horas a vítima parou com sua motocicleta Yamaha Fazer, azul. O veículo estava com algum problema mecânico e o PM foi consertá-lo.

Em seguida, o acusado apareceu. Ele abordou o policial fazendo menção de estar armado.

O suspeito teria dito: “perdeu, perdeu” para a vítima. Porém, ele é que estava para perder a liberdade.

O PM conseguiu sacar sua arma e se identificou. Na sequência, o jovem foi detido. Durante revista, a vítima encontrou um revólver, calibre 32, na cintura do indiciado.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada até o local e o caso levado à Delegacia Sede de São Vicente. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante para o jovem. O revólver apreendido foi encaminhado ao Instituto de Criminalística (IC) de Santos para perícia.

Preso PM suspeito de abusar de menino de 8 anos no interior de SP

Um policial militar, de 46 anos, foi preso no último sábado, em Mauá, na Grande São Paulo. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP), o homem é um dos suspeitos de ter abusado sexualmente de um menino de 8 anos. O crime ocorreu em 7 de abril deste ano.

Segundo investigações da Polícia Civil, um adolescente, de 15 anos, também teria participado do crime. Conforme informações da SSP, a mãe do menino afirmou que a criança foi para a escola e, ao invés de ir para a aula, aceitou uma carona onde dois desconhecidos estavam no carro.

Em seguida, segundo a SSP, o menino e os homens foram para um estacionamento. Depois a criança foi deixada em uma praça, próxima a Rua Augusto Maziero, também em Mauá, por volta das 18h e retornou sozinha a sua casa, como está registrado no boletim de ocorrência do caso. Em seu depoimento, a mãe do menino afirma que o filho descreveu um dos suspeitos, entre eles o adolescente de 15 anos que estuda em uma escola na avenida Princesa Isabel. 

Como de praxe, a mãe foi orientada a encaminhar o filho para passar pelo exame de corpo de delito, que comprovou o abuso sexual. O caso foi registrado na Delegacia de Ribeirão Pires.

O policial militar, suspeito do abuso sexual, foi encontrado em uma lanchonete, no último sábado. Dentro do veículo do policial, segundo a SSP, havia centenas de medicamentos e drogas, entre eles antibióticos, analgésicos, antidepressivos e remédios para disfunção erétil, além de seringas, carimbos e maconha. O homem teve a prisão temporária decretada e também foram apreendidos os pertencem que estavam no veículo.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Policiais Civis do SIG esclarecem assassinato de agiota em menos de 48 horas



Policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) da delegacia sede de Caraguatatuba prenderam na última sexta-feira 01/05, quatro pessoas envolvidas na morte do serralheiro Fabio Avelino Gomes o “Fabinho” de 34 anos.
A vitima teria sido morta na avenida da praia e o corpo desovado na estrada que liga a rodovia dos Tamoios ao bairro Pouso Alto em Natividade da Serra.  A vítima foi executada com um tiro de um revólver calibre 38 na nuca.

Segundo informações da policia civil, a vítima teria saído de caso e falado à esposa I.F, que iria ao banco com o corretor de imóveis P.A.V.M., o “Porfirio” de 55 anos, receber um dinheiro e seguiram em um veículo Honda Civic, cor azul.
A mulher de “Fabinho” relatou que “Porfirio”,devia uma quantia a seu marido e que havia ligado para ir com ele receber o dinheiro, não mais retornando para casa. No mesmo dia do desaparecimento da vítima, o acusado teria voltado à sua residência dizer que não havia conseguido retirar o dinheiro e que levaria no dia seguinte ao marido dela. Teria dito, ainda, que mais cedo havia deixado a vítima no Centro da cidade, sozinho.
   
Como o marido não retornava a esposa da vitima fez um boletim de ocorrência de desaparecimento. A principal informação repassada à polícia é que a vítima teria saído de casa com o corretor de imóveis P.A.V.M., 55 anos, em um veículo Honda Civic, cor azul. Após esse fato, foi localizado um corpo com um tiro na nuca na estrada que liga  a rodovia dos Tamoios ao Pouso Alto , com as mesmas características da vítima e posteriormente ele foi reconhecido pela mulher.

Diante dos fatos o corretor de imóveis foi intimado para prestar esclarecimentos e durante seu depoimento chegou a negar autoria e participação no crime, mas diante das evidências e contradições, conforme a polícia, o acusado relatou que ele e seu amigo R.H.P. deviam uma grande quantia em dinheiro para Fábio, que era agiota. Que teriam sido ameaçados pela vítima e por isso arquitetaram um plano para matá-la.

O acusado relatou ainda que ele e o amigo de nome “Rafael”, conseguiram uma arma com o zelador W.A., 31 anos, quando contaram que era para matar uma pessoa, sem dizer quem seria a vítima.  O corretor então teria pego o serralheiro em sua casa com a desculpa de que quitaria a dívida. Já havia combinado com R. de esperá-los na Avenida da Praia e que arma já se encontrava no banco traseiro do carro de R., o Honda Civic azul.

Segundo o acusado em determinado momento na avenida da praia teria ocorrido uma discussão dentro do veículo e que R. teria dado o tiro na nuca da vítima. O corpo teria, então, sido colocado no banco do carro, momento que os dois suspeitos tamparam sua cabeça com um saco preto e subiram a serra para tentar ocultar em um lugar conhecido por “Buraco da Onça”, mas na estrada que segue para o Pouso Alto, decidiram jogá-lo na beira da estrada. Na volta à Caraguatatuba, os acusados esconderam o Honda Civic e devolveram a arma para o zelador que escondeu na casa de seu irmão N.A. 

Durante as investigações o veículo foi localizado e durante a perícia foram constatados vestígios de sangue nos bancos, painel e portas, além de uma perfuração feita por projétil de arma fogo no painel. A arma usada no crime, com numeração raspada, foi localizada em cima do telhado da casa de N. 

Diante das evidências, a Polícia Civil pediu a prisão temporária dos quatro envolvidos e todos estão presos na cadeia de Caraguatatuba. Todos estão em celas separadas. Os irmãos W. e N. também foram presos em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Em duas ofensivas contra o tráfico de drogas equipes da Força Tática detém nove suspeitos


Em uma nova ofensiva contra o tráfico de drogas em Caraguatatuba, equipes da Força Tática logram êxito em deter nove suspeitos em duas ocorrências  em pontos diferentes da cidade.




A primeira ocorrência na madrugada de quinta-feira 31/05, os policiais da Força Tática, equipe do Tenente Pelegrini e os soldados Lobo , com apoio da equipe do Sargento J.Carvalho e os soldados Leite e Modesto, detiveram 5 indivíduos na Rua. Nove no bairro Morro do Algodão na região sul.

Os policiais chegaram até o local após denúncias anônimas, onde abordaram os menores F.S de 13, I.F.S de 17 e L.C.A.S de 16 anos.  Além dos maiores J.C.G.S de 49 anos e C.S.S de 18 anos. No local onde estavam os acusados, os policiais encontraram 270 cápsulas de cocaína, R$ 1.044,00 em espécies e sete celulares.

Todos foram conduzidos á delegacia de policia, onde os maiores acabaram presos por tráfico de drogas e corrupção de menores. Já os menores, entre eles uma grávida de 7 meses, devem ser encaminhados á Fundação Casa.

No segundo caso, ocorrido na noite de sábado 02/04, os policiais militares receberam informações que uma mulher e três rapazes, estariam comercializando drogas nas proximidades do quiosque “Catira”. No local os policiais abordaram o quarteto e localizaram 34 pedras de crack e R$90,00 em espécies.

Conduzidos é delegacia, a desocupada J.S de 20 anos e o menor I.L de 16 anos, foram recolhidos por tráfico de drogas. Já os outros dois menores de iniciais H e W, ficaram como testemunhas de acusação.  A maior responderá por tráfico de drogas e corrupção de menores, já o menor responderá por ato infracional de tráfico de drogas. 

Dupla é presa após matar pedreiro no bairro Caiçara


O pedreiro Valtois Lopes da Silva, de 45 anos, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), na madrugada deste domingo. Ele foi encontrado morto e amordaçado, com ferimentos na cabeça. Os dois criminosos que participaram do crime provocaram vazamento de gás na casa dele, que fica na Rua Deputado Laerte Corte, no bairro Caiçara, em Praia Grande. 

O crime foi descoberto durante um patrulhamento da equipe de Força Tática da Polícia Militar, comandada pelo sargento Reinaldo Ribeiro. 

Por volta das 2h45, policiais suspeitaram de dois homens, Alexsander Ferreira dos Santos e Rodrigo Belizario Machado, que estavam dentro de um veículo Ford Ka preto, na Avenida Presidente Kennedy. Eles abordaram a dupla, que apresentava sinais de nervosismo. Além disso, dentro do veículo, havia um televisor, um aparelho de DVD, ferramentas e diversas chaves. 

Os policias questionaram os suspeitos sobre o que faziam no local. "Eles disseram que tinham pego um carro emprestado de um amigo sem autorização e, por isso, estavam nervosos", conta Ribeiro. A polícia constatou que eles não portavam o documento do veiculo e nem carteira de habilitação. 

A partir desta informação, os policias exigiram que os dois suspeitos acompanhassem os acompanhassem até a casa do amigo que eles apontaram como o dono do automóvel. Chegando à residência, parentes do suposto proprietário do carro desmentiram a informação. Os bandidos ainda insistiram em levar a equipe para uma outra rua, mas a informação foi desmentida novamente. 

Foi então que, por meio de uma consulta do Centro de Operações da Polícia Militar, foi possível  identificar o dono do carro. Com a informação de que o proprietário residia na Rua Deputado Laerte Corte, conduziram os dois suspeitos até o local e iniciaram uma busca na vizinhança. 

Um morador da rua disse conhecer o automóvel que estava com a dupla e apontou para uma casa, que seria da ex-mulher do pedreiro. Os policias mostraram a ela o carro e os objetos armazenados no interior. A mulher confirmou que pertenciam ao ex-marido e indicou o endereço dele. 

Ao chegarem à casa de nº 246, policiais encontraram a porta encostada e entraram. Depois, foram surpreendidos por um forte odor de gás e recuaram. Um dos policias entrou para arejar o ambiente e constatou que Valtois estava morto, amordaçado, ao lado da saída de gás. "Havia muito sangue em torno dele e um pedaço de madeira", descreve Ribeiro. 

A suspeita da polícia é de que os criminosos queriam omitir provas do crime. 

Alexsander Ferreira dos Santos, que já tem passagem criminal por roubo, formação de quadrilha e sequestro, assumiu a autoria o assassinato do pedreiro. Segundo o sargento Reinaldo Ribeiro, ele não confessou o motivo. 

De acordo com o apurado pela equipe de Força Tática, o autor conhecia a vítima. "Trabalhamos com a hipótese de que ele matou para não ser denunciado para a polícia. A vítima pode ter reconhecido. Mas o caso ainda vai ser investigado para identificar a real motivação", explica Ribeiro. 

O comparsa, Rodrigo Belizario, também já tem passagem por roubo. Os dois vão responder por latrocínio. A pena varia entre 20 a 30 anos. O crime foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande. 

Criminosos usam carro para arrombar portão e invadir comércio em Praia Grande

Criminosos invadiram uma loja de roupas e calçados,  no Jardim Samambaia, em Praia Grande, na madrugada deste domingo. Com dois carros, os suspeitos conseguiram derrubar o portão e entrar no estabelecimento. Eles ainda atiraram contra a dono do comércio. 

Por volta das 3h30, o casal de proprietários foi surpreendido por um forte barulho. Eles moram em uma casa nos fundos do estabelecimento, que fica na Avenida dos Corretores de Imóveis, no bairro Jardim Samambaia. 

De acordo com a dona da loja, dois veículos, um Eco Sport e uma Zafira, deram marcha ré e bateram nos portões, derrubando-os. Ao ouvir o estrondo, seu marido e filho saíram para averiguar o que acontecia. Enquanto o marido ía pelo lado de fora com os cachorros da família, da raça pit bull, o filho entrou pelos fundos da loja, surpreendendo os bandidos, que saíram em disparada.


Na fuga, os marginais atiraram na direção do proprietário da loja, mas acertaram apenas os vidros dos veículos que estavam guardados dentro do local. O grupo, de aproximadamente quatro homens, também deixou cair dos carros algumas caixas de leite, refrigerante e uma bola, o que deixou aos proprietários a impressão de que os veículos poderiam ser roubados.

As vítimas tentaram chamar socorro pelo 190, mas sem sucesso. Uma testemunha que passava pelo local percebeu a movimentação e pediu ajuda a uma viatura que passava pela Av. Marginal, próxima ao bairro.

Ninguém ficou ferido e os bandidos não conseguiram levar mercadorias. O prejuízo estimado pelas vítimas é de aproximadamente R$ 3 mil, com o conserto das portas do estabelecimento e das janelas dos carros.

O crime foi registrado na Delegacia Sede da cidade e nenhum suspeito foi reconhecido ou preso até o momento.

Galpão usado pela X-9 era ponto de tráfico de drogas

Um galpão da Avenida Siqueira Campos, no Macuco, em Santos, utilizado pela Escola de Samba X-9, era usado por Nilton de Castro Lemos Filho, de 33 anos, para comercializar drogas. Do interior de uma viatura descaracterizada, policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) vigiavam o local e viram toda a movimentação do acusado.

“Ele (Nilton) ficava em uma janela, na parte superior do galpão, observando o movimento da rua. Quando alguém o chamava na calçada, ele descia, abria uma porta de ferro e entregava algo, recebendo dinheiro em troca. Depois, retornava à janela”, detalha o chefe dos investigadores Paulo Álvaro Ribeiro.

Diante da movimentação suspeita, os policiais esperaram a chegada do próximo suposto viciado para entrar em ação. No momento em que Nilton abriu novamente a porta de ferro, os policiais se aproximaram e o prenderam. O homem que seria atendido por Nilton admitiu ser usuário de drogas.

Na parte superior do galpão, próximo à janela, foram achados dois pratos com resquícios de cocaína, saquinhos para embalar entorpecentes, 14 pedras de crack, 12 cápsulas de cocaína e produtos que são comumente adicionados a drogas para fazê-las render mais. “Achamos fermento, que é usado no batismo da coca”, conta Ribeiro.

Nilton portava a quantia de R$ 40,00, que também foi apreendida. Ele já registra antecedente criminal e foi conduzido à Dise, onde o delegado Francisco Garrido Fernandes o autuou em flagrante por tráfico e determinou a sua remoção à cadeia anexa ao 5º DP de Santos.

Estelionatárias levam R$ 4.800 de idosa de 76 anos em Praia Grande

Com a promessa do bilhete premiado às avessas, duas mulheres praticaram estelionato e levaram R$ 4.800 de uma senhora de 76 anos, em Praia Grande. O crime aconteceu na última sexta-feira, por volta das 9h30, na avenida Presidente Kennedy, altura da Rua José Alencar. Segundo o boletim de ocorrência, a senhora estava passando pela rua quando duas mulheres, ainda não identificadas, se aproximaram em um carro branco pedindo informações de endereço.

A vítima disse que não conhecia o local perguntado. As estelionatárias, então, pediram ajuda para trocar um bilhete premiado de loteria.

Segundo relato da vítima, que consta no boletim de ocorrência, as duas disseram que “não podiam perder essa chance” e perguntaram se ela não podia ajudá-las.

A vítima se recusou, mas depois de insistência, entrou no carro com as duas mulheres, que a levaram até a agência do Banco do Brasil no bairro Boqueirão. As estelionatárias obrigaram a vítima a retirar R$ 1 mil da Poupança e R$ 3.600 da conta corrente. Ainda foram levados R$ 250 que estavam na bolsa da vítima. Também foram levados os documentos pessoais e o telefone celular da vítima.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma das mulheres é branca, cabelos castanhos, magra e usava calça jeans e blusa preta. A outra foi descrita pela vítima como branca, cabelos loiros tingidos e magra. Vestia blusa verde, calça jeans e tênis branco. As duas aparentavam ter entre 35 e 40 anos.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande.