quinta-feira, 30 de junho de 2011

Família acusa PM de execução em suposto assalto

Um policial militar reformado e dono de bar disparou e matou um rapaz de 28 anos ontem à noite, no bairro Vila Barros, em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, Rodrigo Santos da Silva teria tentado assaltar o estabelecimento comercial. Já a família da vítima nega e diz que Silva foi morto por causa de uma discussão.

De acordo com a PM, Silva teria ido ao bar na hora do fechamento para comprar cigarro. O PM teria dito que não poderia vender mais nada por o bar estar fechado. Segundo a PM, Silva então sacou uma arma e anunciou o assalto, em companhia de um comparsa. Houve troca de tiros, Silva foi atingido e caminhou por cerca de 150 metros, até cair. Levado ao Hospital Geral de Guarulhos, não resistiu aos ferimentos.

O pai de Silva, João Bosco, de 49 anos, disse que o filho já havia discutido com o dono do bar pela manhã e que a situação se repetiu pela noite. "O médico me disse que ele deu entrada com cerca de 12 tiros", contou Bosco. A polícia recolheu cinco cápsulas deflagradas no local do crime. Silva, que morava com a família próximo ao local do crime, havia passado sete anos preso por latrocínio (roubo seguido de morte).

Sumiço de carga de droga foi motivo de morte de modelo no RJ, diz polícia

O sumiço de uma carga de haxixe no valor de R$ 30 mil foi o motivo da morte de uma modelo de 20 anos e de uma amiga dela na Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio. As duas jovens eram dadas como desaparecidas desde o dia 9 de maio. As informações são do delegado da Divisão de Homicídios, Felipe Ettore.

Segundo Ettore, a carga pertencia a um traficante de drogas do Morro de São Carlos, no Estácio, na Zona Norte do Rio. O local, antes de ser pacificado, era controlado pela mesma facção criminosa que comanda o tráfico na Rocinha, na Zona Sul.

Cerca de 130 de policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e da Delegacia de Homicídios (DH), com ajuda de cães farejadores, encontraram três ossos durante a operação na comunidade nesta quarta-feira (29). Os agentes foram à favela para fazer buscas pelo corpo da modelo e da amiga dela. O material será encaminhado para análise no Instituto Médico Legal. Também foram achados no local no alto da favela uma sandália feminina, pneus queimados e um local aparentemente usado para queimar inimigos, conhecido como "micro-ondas”.

"O laudo vai apontar se os ossos são humanos e se pertencem a homem ou mulher. Posteriormente, se for uma ossada feminina, vamos tentar identificar através de material genético se é da modelo desaparecida. Esse laudo só fica pronto em, no mínimo 30 dias", disse ele.

Ainda de acordo com a polícia, os traficantes não ficaram satisfeitos com a versão da modelo para o sumiço da droga. Ela teria dito não saber como a droga sumiu da casa dela, na favela. Cinco criminosos, incluindo Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, chefe do tráfico na Rocinha, esquartejaram as duas jovens e em seguida queimaram os corpos.

O delegado informou ainda que a polícia já pediu o mandado de prisão temporária para os cinco traficantes que participaram da execução das jovens. Eles vão responder por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e sem possibilidade de defesa, além de ocultação de cadáver.

Ettore afirmou ainda que as investigações apontaram que a modelo trabalhava com frequência para o tráfico como "mula", pessoa que faz o transporte da droga. Segundo a polícia, a amiga da modelo que também foi assassinada, já tinha passagem pela polícia por tráfico de droga.

A modelo teria tido um relacionamento amoroso com um dos traficantes que participaram da execução dela. De acordo com a polícia, ela dividia uma casa na Rocinha com a amiga também assassinada. Os pais da modelo e a filha dela de 2 anos moravam numa casa na Vila Canoas, também em São Conrado.

O trabalho da polícia vai se concentrar na captura dos cinco criminosos. Durante as investigações, a polícia quebrou o sigilo telefônico da jovem. Ela foi vista pela última vez numa estrada na Vila Canoas, em São Conrado.

Detentos poderão descontar um dia de pena a cada 12 horas de aula

Uma alteração da Lei de Execução Penal publicada nesta quinta-feira (30) no Diário Oficial da União autoriza detentos que frequentam a escola a abater o tempo de estudo da pena a qual foi condenado.

Assinada pela presidente Dilma Rousseff e pelos ministros da Justiça e da Educação, a mudança na lei aponta que cada um dia de condenação poderá ser trocado pela participação em 12 horas de frequência escolar. Tanto condenados em regime fechado ou semiaberto poderão ser beneficiados.

A nova redação dos artigos mantém a possibilidade de trocar dias de trabalho por tempo de condenação. Segundo o texto, três dias de trabalho poderão abater o equivalente a um dia de pena. Desde que sejam compatibilizados os horários, não haverá impedimento para que o preso acumule o desconto da pena com horas de estudo e de trabalho.

Presencial ou à distância

De acordo com a lei, os cursos educacionais poderão ser presenciais ou à distância. Ela prevê ainda um bônus para o caso de o detento concluir na prisão o ensino fundamental, médio ou superior. "O tempo a remir em função das horas de estudo será acrescido de 1/3 (um terço) no caso de conclusão (...) desde que certificada pelo órgão competente do sistema de educação."

Polícia procura homem que jogou dois bebês no lixo em Jacareí

A polícia de Jacareí acredita que um homem tenha deixado no lixo o saco com duas crianças recém-nascidas dentro. Exames comprovaram que as gêmeas nasceram com vida, mas morreram com falta de ar.

A polícia já está com as imagens das câmeras de segurança do condomínio, mas ainda não vai divulgá-las para não comprometer as investigações. O que já se sabe é que foi um homem que deixou dois sacos plásticos, na tarde desta terça-feira (28), na Avenida Santos Dumont, na região central da cidade. Dentro deles, tinham dois bebês. Cláudio foi quem chamou a polícia.

“Vi um rapaz mexendo no lixo, um catador de papelão, um morador veio me avisar que tinha alguém mexendo no lixo e me falaram que tinha uma criança ali. Eu não achei possível, mas quando viemos ver, era isso mesmo, vi a mao de uma menininha, mas não sabia que eram duas meninas. Quando a polícia veio e abriu que vimos que eram duas meninas”, conta o ajudante geral Cláudio de Medeiros.

O lixo do condomínio foi colocado para a coleta, por volta das 15h. O lugar é movimentado, mas, por enquanto, não há testemunhas que tenham visto o homem suspeito. Segundo os policiais que atenderam à ocorrência, as duas meninas ainda tinham o cordão umbilical, mas estavam sem vida.

A necropsia apontou que as meninas, gêmeas, nasceram com vida e de parto normal. O período de gestação foi de 38 a 40 semanas, o que significa que os bebês não eram prematuros. O exame apontou ainda que as recém nascidas viveram por apenas algumas horas.

“Uma das crianças apresentava lesões no crânio, bem como elas foram colocadas dentro do saco logo após o parto. A causa da morte foi asfixia mecânica”, explica o delegado Talis Prado Pinto. Até agora, a polícia não conseguiu identificar o homem que teria abandonado os bebês.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Ciclista é morto a tiros em frente à clínica de recuperação para dependentes químicos

Um homem não identificado foi assassinado a tiros na tarde de segunda-feira no Parque Real, em Itanhaém. O autor dos tiros estava de carro e teria usado uma arma calibre 12.

O assassinato aconteceu por volta das 17 horas na Rua Gentil Alves Carneiro, perto de uma clínica de recuperação para dependentes químicos. De acordo com uma testemunha, de bicicleta, a vítima foi ao portão da clínica e começou a gritar que queria ser internada no local.

Logo depois apareceu um Fiat Strada prata, cujas placas não foram anotadas. Um homem que estava no banco do passageiro desceu, apontou uma arma e deu o primeiro tiro contra a vítima.

A testemunha saiu correndo, mas ouviu o barulho de outros dois disparos. O automóvel foi embora em alta velocidade e a testemunha se aproximou do baleado, que respirava com dificuldade.

O resgate foi chamado, mas o jovem não resistiu. Ele tinha ferimentos nos ombros, braços e tronco. Nenhum documento foi encontrado com a vítima.

Ex-vereador presta depoimento na Vara Criminal por porte ilegal de armas



O ex-vereador Germino de Souza, 44 anos, foi ouvido ontem pelo juiz da 1ª Vara Criminal do Fórum de Caraguatatuba, Fernando Augusto Andrade Conceição, no processo que responde pelo porte ilegal de armas. Ele foi preso no dia 18 de abril deste ano após policiais civis da Delegacia de Caraguá e da Seccional encontrarem em sua casa uma espingarda calibre 12 e um revólver calibre 38 com a numeração raspada.

A audiência durou cerca de uma hora e foram ouvidos, além do acusado, testemunhas de acusação e de defesa. Em seu depoimento, o ex-vereador declarou que teria sido vítima de uma armação e chegou a acusar a polícia de ter plantado as armas em sua casa no dia da operação.

Em outro momento, ele relatou que dois dias antes foi feita uma festa em sua propriedade e que as munições encontradas dentro da casa poderiam ter sido plantadas na ocasião. As testemunhas de acusação confirmam que essa foi à informação do acusado durante a ação.

O advogado do acusado, Daiton Nascimento, chegou a perguntar a várias testemunhas se já havia ouvido que um inimigo do réu traficava armas de fogo. Alguns negaram e outros admitiram ter ouvido falar. As testemunhas também classificaram o ex-vereador como uma boa pessoa e um homem trabalhador.

Como testemunha de acusação, o delegado titular de Caraguatatuba, Mauricio Ahvener de Siqueira e Silva, disse que no dia da operação foram feitas duas busca e apreensão, sendo uma na casa de Germino de Souza e outra na casa do comerciante Eliseu Onofre da Silva, o Ceará, que acusa o ex-vereador de ser o mandante de uma tentativa de homicídio contra a sua vida.

De acordo com relatos do delegado, o ex-parlamentar demorou cerca de 10 minutos para abrir a porta o que causou desconfiança. Durante as buscas os policiais teriam encontrado algumas munições no imóvel e o acusado falava que haviam armado para ele e que alguém queria incriminá-lo. “Tentamos entrar pela garagem, mas havia uma grade que impedia o acesso”, completou.
Disse ainda pela janela do quarto do ex-vereador avistou um quintal que dava para o terreno de parentes do réu, solicitou as policiais para verificarem o local e lá encontraram as duas armas jogadas, além de um pote de remédios, cheio de munições de calibre 38.

O delegado também acrescentou que durante a busca e apreensão o ex-vereador conversou com seu advogado, e que escutou ele dizendo que: “droga não tem aqui”, e só depois de uma pausa, “armas também não”.

O delegado lembrou ainda que dentro do quarto do acusado havia um circuito que dava para visualizar a rua, por meios de câmeras, que podem tê-lo alertado da possível ação da polícia. O ex-vereador, a ser levado para a delegacia, falava de um carro vermelho que parecia segui-los.

Toda a ação, segundo o delegado, teve como base mandados que foram solicitados à justiça como parte do processo de investigação que apura duas tentativas de homicídio e devido aos desafetos entre Souza e Ceará. Germino foi vítima de um atentado há alguns anos, ainda não esclarecido, e Eliseu sofreu uma tentativa de homicídio no ano passado, enquanto participava de uma reunião política no bairro Travessão.

Durante o depoimento, o ex-vereador, que encontra-se preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caraguatatuba, se mostrou emocionado e chegou a chorar em alguns momentos.

Durante o depoimento, ele admitiu ter usado durante um período o remédio que tinha no recipiente onde foram encontradas as munições, em cujo frasco de farmácia de manipulação constava seu nome.

Após os depoimentos do acusado e das testemunhas, o juiz da 1ª Vara Criminal deve emitir a sentença em 15 dias. O ex-vereador, que legislou no município entre 2005 e 2008, retornou para o CDP após a audiência onde deve aguardar julgamento.

Criminosos levam dinheiro de caixas eletrônicos no litoral de SP

Criminosos levaram o dinheiro de dois caixas eletrônicos em Praia Grande, na Baixada Santista, na terça-feira (28). Em uma das ações, num terminal urbano, os criminosos usaram explosivos para arrombar o equipamento.

As máquinas e o dinheiro ficaram manchados com tinta rosa. A polícia vai usar imagens gravadas pelo circuito interno nas investigações.

Na outra ação os ladrões invadiram um supermercado e renderam funcionários. Eles aproveitaram para roubar o dinheiro enquanto um caixa eletrônico passava por manutenção. A polícia não informou a quantia que foi levada das duas máquinas.

Suspeitos morrem após troca de tiros com PM na Zona Leste de SP

Dois suspeitos de tentar assaltar um bar morreram na noite de terça-feira (28) após tiroteio com a polícia na Vila Carrão, Zona Leste de São Paulo. Um policial militar ficou ferido e um terceiro homem foi preso.

O trio entrou no bar e anunciou o roubo. Entre os clientes estava um PM de folga que reagiu. Segundo a polícia, um dos assaltantes morreu no local. O outro ferido foi socorrido e levado a um hospital, onde morreu.

O terceiro foi preso. O PM levou três tiros, foi operado no Hospital do Tatuapé e não corre risco de morte.

Base da Guarda Municipal de Cajamar é atacada a tiros

Uma base da Guarda Civil Municipal de Cajamar, na Grande São Paulo, foi atacada a tiros no início da madrugada desta quarta-feira (29).

O ataque ocorreu por volta de 1h, informou a Polícia Militar (PM). Dois homens que ocupavam uma motocicleta pararam o veículo e um deles atirou seis vezes contra a base, que fica no Bairro Polvilho.

Dois GCMs estavam no posto. Eles não foram feridos pelos disparos, que atingiram vidro e armários da base. Após os tiros, a dupla fugiu.

Vale do Paraíba é a região mais violenta do interior do Estado

Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública mostram uma realidade que preocupa os moradores do Vale do Paraíba e litoral norte. A região é a mais violenta do interior do estado.

Segundo a Secretaria, este ano, de janeiro a maio, foram 165 pessoas assassinadas em todo o Vale. É a segunda região mais violenta do estado, só perde para a capital. Fica à frente das regiões de Piracicaba e Santos, que historicamente registram maior criminalidade.

“Você compara iguais, não dá para comparar desiguais e considerar aqui no cone leste paulista que você recebe no litoral 1,7 milhao de pessoas a mais, 10,5 milhoes de pessoas a mais no circuito religioso e mais um milhão na Serra da Mantiqueira”, explica o comandante da Polícia Militar, Coronel Manoel Messias Melo.

Os números mais graves são de Lorena: nos cinco primeiros meses desse ano foram 11 homicídios, contra dois no mesmo período do ano passado. São quase 5 vezes mais. Em Ubatuba, o número de homicídios quase dobrou. Subiu de cinco para nove.

“Atuamos com uma dinâmica de policiamento, e em Lorena, por exemplo, atuamos com a ação força comunitária, 30 viaturas de força tática, 40 Rocan. Estamos trabalhando na questão do levantamento da inteligência e com certeza já temos resultados a apresentar no próximo mês”, afirma o comandante da Polícia Militar.

Em São José dos Campos, também cresceu bastante. Aumentou de 22 para 31. 40% a mais. “São José dos Campos fechou 2010 com 8.7 homicídios por cada 100 mil habitantes, é uma média fantástica e representa o trabalho forte da polícia ostensiva”, conta o Coronel Manoel Messias Melo.

Segundo a Polícia Civil, só em São José dos Campos, 80% dos assassinatos tiveram relação com o tráfico de drogas ou quadrilhas especializadas. O que também está chamando atenção dos agentes é o número de homicídios motivados por outros fatores.

“Temos percebido que há um aumento de homicidios, aqueles inesperados em que há utilização de arma branca ou pedras. Isso foge daquela rotina dos homicidios com arma de fogo, que são planejados e que são de brigas de quadrilhas”, explica o delegado Vernei Freitas. Em Taubaté, o número de homicídios diminuiu. Caiu de 25 para 24.

Polícia encontra 2 recém-nascidos abandonados em Jacareí

Duas recém-nascidas foram encontradas mortas nesta terça-feira (28) na Avenida Santos Dummont, no bairro Jardim Liberdade, em Jacareí.

Os corpos das meninas gêmeas estavam dentro de sacos de lixo. Os corpos das crianças estão no IML (Instituto Médico Legal) da cidade e passarão por exames.

As gêmeas foram encontradas por um catador de lixo, por volta das 17h. Ele pediu ajuda a um zelador de condomínio, que foi quem fez a denúncia à polícia.

Segundo informações do catador, a sacola com um dos bebês estaria se mexendo. Já a polícia afirma que quando chegou ao local os bebês já estariam mortos. A polícia está investigando o caso.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Internos da Fundação Casa fazem rebelião e ferem funcionários

Internos da Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente), localizada em Caraguatatuba, fizeram uma rebelião na tarde da última sexta-feira. Pelo menos cinco agentes de apoio e um menor ficaram feridos. Foi preciso acionar a Polícia Militar para conter os ânimos.
A rebelião teria tido início no refeitório da Fundação Casa onde se encontravam os agentes orientando alguns internos. Neste momento, alguns adolescentes teriam se revoltado e dado início no quebra-quebra e atacando os servidores públicos.
O reforço então foi chamado e na ocasião teria sido usado de força física moderada para conter os ânimos. Cinco menores com idade entre 16 e 18 anos participaram da ação que teria culminado com a participação de pelo menos 26 internos.
O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Caraguatatuba, que fica no bairro Porto Novo, na região Sul da cidade. Um adolescente chegou a ser levado para o pronto Socorro, onde foi atendimento e depois liberado. Os cinco agentes e os cinco menores passaram por exame de corpo de delito e foi feita a perícia no local. A Polícia Militar foi acionada, mas não pode entrar nas instalações da Fundação Casa.

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Fundação Casa, aparentemente 26 jovens partiram pra cima dos funcionários. O motivo da briga está sendo apurado pela Corregedoria da Casa.

Segundo a nota da assessoria, a priori, os jovens estavam reticentes em acatar normas de disciplina interna. Não teria havido prejuízos significativos na estrutura da unidade e ontem os jovens já estavam mais calmos.

Este foi o terceiro caso mais grave de falta de disciplina dos internos. Em janeiro passado, cinco internos renderam três funcionários e ficaram com eles na quadra de esportes. Reforço da Polícia Militar foi enviado para o local, mas na ocasião não houve registro de feridos.

A confusão teria tido início com um dos internos, de 18 anos, que tem problemas psicológicos e que está na unidade desde dezembro passado. Ele teria começado a gritar que iria fugir e incitado os outros a ‘virarem’ a unidade. Foi quando os adolescente renderam o coordenador da equipe e mais duas professoras, levando-os para a quadra de esportes.

Em março do ano passado houve o primeiro registro de confusão na Fundação Casa. Pelo menos três adolescentes teriam se envolvido numa briga que começou entre um interno e um monitor. Na ocasião, 25 carteiras escolares foram quebradas.

Os internos estavam na sala de aula quando um deles teria iniciado uma discussão com o agente. O clima teria esquentado e houve o confronto com os adolescentes quebrando as carteiras. Outros funcionários da unidade tentaram controlar os jovens e as polícias foram acionadas.

A unidade, foi inaugurada no final de maio de 2009, tem capacidade para 56 adolescentes, sendo 40 em internação e 16 em internação provisória.

Procurado por não pagar pensão é preso no Morro do Algodão

Na sexta-feira 24/06, por volta dás 10h00min, policiais militares de Caraguatatuba prenderam um individuo procurado durante patrulhamento pela Av. Guilherme de Almeida no bairro Morro do Algodão.

Os policiais efetuaram uma abordagem a um individuo pilotando uma motocicleta, e após abordagem e busca pessoal, foi feito a consulta via COPOM, onde constava que o homem era procurado por falta de pagamento de pensão alimentícia.

Motocicleta foi deixada na casa de O.C.S. pai do procurado, e os policiais prosseguiram para a delegacia, juntamente com o procurado R.P.S. de 25 anos.

Diante dos fatos a delegada de plantão elaborou o Boletim de Ocorrência de captura de procurado, e o R.P.S ficou a disposição da delegada.

Menores são surpreendidos com droga no Centro

Na quinta-feira 23/06, por volta dás 19h00min, policiais militares de Caraguatatuba, detiveram dois menores com droga no Centro.

Os militares estavam em patrulhamento pela Avenida Arthur Costa Filho no Centro, quando visualizaram 02(dois) indivíduos, que ao avistarem a força policial se comportaram de maneira suspeita.

O menor R.C.S. de 16 anos, dispensou 01(um) saco plástico contendo 11 (onze) pinos transparentes contendo pó branco aparentando ser cocaína. Indagado a respeito informou que pegou de um desconhecido para venda. Verificado com C.A.S. de 15 anos, foi localizada uma quantia em dinheiro de R$41,00, e informou aos policiais que estava na companhia de R.C.S. fazendo a venda de entorpecente, e que já havia vendido dois pinos.

Diante dos fatos, os menores C.A.S. e R.C.S. foram presos por tráfico de entorpecentes e conduzidos a Delegacia de Polícia, onde prestaram depoimentos, ficando a disposição da justiça para serem encaminhados a Fundação Casa.

Mulher é baleada durante tentativa de assalto em São José dos Campos

Uma mulher de 43 anos foi baleada em uma tentativa de assalto em São José dos Campos, nessa segunda-feira 27/06. Ela foi abordada em uma rua do Jardim Satélite por dois homens armados, que lhe tentaram roubar a bolsa. O tiro atingiu a barriga da vítima.

Segundo a Polícia, ela foi levada para o pronto-socorro da Vila Industrial e não conseguiu dar detalhes dos assaltantes. Ninguém foi preso.

Jovem é preso por abusar sexualmente da irmã de criação

Um jovem de 19 anos foi preso em Cunha acusado de abusar sexualmente da irmã de criação, uma menina de apenas 6 anos, neste domingo 26/06. A mãe do rapaz o entregou à polícia, já que a criança era afilhada dela. "Eu preferio ver ele pagando pelo crime que ele cometeu do que deixar ele solto", contou a mãe do acusado, Lucimara Mendes Da Silva. O jovem está preso na cadeia de Guaratinguetá.

A criança dormia em um quarto, junto com outros dois irmãos de criação, quando foi molestada. Assustada, ela conseguiu se desvencilhar do rapaz, que apesar das tentativas, não conseguiu estuprá-la. Pela manhã, a menina contou à madrinha o que havia acontecido, e a polícia foi chamada.

Quando a polícia chegou ao local, o rapaz foi preso em flagrante. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Sandra Vergal, ele responderá por estupro de vulnerável, e poderá pegar até 15 anos de reclusão.

A delegada seccional da região de Guaratinguetá afirmou que o exame de corpo e delito da menina foi feito juntamente com o flagrante. E que no exame foi constatado que não houve penetração, mas havia lesão na região genital da criança.

Além do próprio crime, que já é chocante, o que causa espanto em Cunha é a grande quantidade de casos semelhantes. Segundo o Conselho Tutelar, apenas esse ano, foram registrados 15 estupros de menores na cidade.

Para combater esse tipo de crime, a orientação dos especialistas é que os responsáveis prestem atenção no comportamento das crianças. E que procurem ajuda a qualquer sinal de que algo está errado. "A maioria das crianças abusadas, elas são abusadas dentro dos próprios lares, por familiares ou pessoas próximas", explicou Dina Zélia Chimello, conselheira tutelar. "Criança que não quer ir à escola, pode ser um indicativo que ela está sendo molestada de alguma forma", concluiu.

Segundo o Conselho Tutelar, a menina voltou a viver com a mãe biológica, que é amiga da mãe de criação. De acordo com a polícia, a criança já passou por um exame médico, que constatou ferimentos nos órgãos genitais.

Quadrilha deixa R$ 112 mil durante tentativa de roubo a caixa eletrônico

Nem o frio recorde da madrugada evitou a tentativa de roubo a mais um caixa eletrônico na região. Quatro homens armados explodiram um equipamento que funciona 24 horas no Terminal Francisco Gomes da Silva, o Complexo de Transporte Tatico, em Praia Grande. Os bandidos conseguiram fugir. No local, segundo a Polícia Civil, foram deixados R$ 112 mil em dinheiro.

O crime aconteceu por volta das 2 horas desta terça-feira e não deixou feridos. A ação foi rápida. Os assaltantes chegaram em duas motocicletas e colocaram os artefatos nas laterais do caixa eletrônico, que explodiu logo em seguida. A polícia não soube informar se os envolvidos no roubo levaram algo, já que grande quantidade de dinheiro foi deixada no local.

A quadrilha fugiu momentos depois. Testemunhas não conseguiram anotar as placas ou modelos dos veículos, mas as imagens das câmeras de monitoramento do terminal de ônibus serão usadas para tentar identificar os ladrões. O caso está registrado na Delegacia Sede da Cidade como tentativa de roubo, mas a polícia aguarda parecer do banco para verificar se algo foi levado.

Ladrão morre ao trocar tiros com PMs em São Paulo

Armado com um revólver calibre 38, Cleiton Franklin da Silva foi morto, às 21h45 de ontem, ao sair da drogaria Bifarma, na rua Cândido Portinari, na Vila Jaguara, zona oeste da capital paulista, e trocar tiros com dois PMs de folga e à paisana.

Os dois policiais ocupavam um veículo. No momento em que o carro era estacionado próximo à drogaria, os policiais flagraram o criminoso deixando o local. Ao atirar duas vezes contra os PMs, o assaltante foi baleado, morrendo quando era atendido no pronto-socorro Pirituba.

Os PMs que registravam a ocorrência no 33º Distrito Policial, de Pirituba, e policiais civis de plantão na delegacia se recusaram a fornecer detalhes sobre a resistência seguida de morte, que será investigada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Casal é preso suspeito de tráfico internacional de drogas

Uma bancária de Votuporanga e o marido dela foram presos em Piacatu, a 535 Km da capital paulista, suspeitos de tráfico internacional de drogas. A polícia diz que, no estepe do carro deles, foram encontrados nove tijolos de crack e quatro de cocaína.

A droga havia sido comprada no Paraguai. A polícia acredita que a dupla esteja entre os maiores distribuidores de entorpecentes de Votuporanga e região.

Policiais da Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes de Votuporanga começaram a seguir o casal em Presidente Prudente. Eles perceberam e tentaram fugir. Na casa deles, um carro, uma moto, uma balança de precisão e dinheiro também foram apreendidos.

O homem de 26 anos e a mulher de 21 casaram em janeiro deste ano e não tinham passagens pela polícia. Agora, podem pegar até 15 anos de prisão.

Câmara de Bertioga apura atropelamento fatal

A morte de uma pessoa em decorrência de acidente automobilístico ocorrido na Rodovia Rio-Santos, independentemente da apuração feita pela Polícia Civil por meio do competente inquérito, também é investigada pela Câmara de Bertioga.

O motivo da apuração paralela decorre do fato de o carro dirigido pelo acusado de causar o desastre pertencer à casa legislativa. Quem guiava o veículo no momento do acidente era Orlando Antônio da Silveira, de 40 anos. Ele é assessor parlamentar do vereador Taciano Goulart (PRP).

O presidente da Câmara, Marcelo Vilares (PTB), disse que foi aberto processo administrativo para apurar as responsabilidades. “A partir disso, tomaremos as providências cabíveis”, prometeu o presidente do Legislativo de Bertioga.

Ainda conforme Vilares, “cada vereador tem um carro à disposição para serviços de gabinete. O vereador tem autorização para dirigir este veículo, podendo, ainda, indicar um assessor vinculado a seu gabinete para isso”.

“Qualquer vereador ou funcionário ao ser autorizado a conduzir veículos da Câmara assina um termo quanto ao uso do automóvel, assumindo para si as responsabilidades civis e criminais”, concluiu Vilares.

Mas a família da vítima fatal deverá ajuizar ação de indenização por dano moral contra a Câmara, conforme adiantou Josefa Muniz dos Santos Borges, de 47 anos, viúva do falecido. Resta saber se a Justiça, na hipótese de julgar procedente a ação, eximirá o Legislativo de pagar indenização por causa do termo de responsabilidade.

Com carteira de habilitação vencida desde 28 de setembro do ano passado, o assessor parlamentar dirigia o Gol, de placa EHE-6436, ano 2010, e alegou à Polícia Rodoviária que adormeceu ao volante. O carro seguia no sentido Guarujá-Bertioga e invadiu a pista contrário, atingindo o Fiat Uno, de placa ENA-6436.

O soldador Oscélio Araújo Borges, de 45 anos, dirigia o Fiat Uno e morreu. Ele era acompanhado por José dos Passos Santos, de 59 anos, e Eliete da Silva Lira, de 57, que se feriram. O motorista do automóvel da Câmara de Bertioga também sofreu lesões.

O acidente ocorreu por volta das 22 horas do dia 12 de junho, um domingo, na altura do Km 247+100 metros, no Monte Cabrão, Área Continental de Santos. Por esse motivo, apesar de o caso ter sido registrado no plantão da Delegacia de Guarujá, o inquérito policial foi instaurado no 1º DP de Santos.

Polícia divulga retrato falado do homem que matou turista em Praia Grande



A polícia divulgou nesta segunda-feira o retrato falado do acusado de matar o turista de São Miguel Paulista, Caio Flores Ghelere, de 21 anos, no final da manhã de sábado, no calçadão da orla do Boqueirão, em Praia Grande.

O acusado é um homem magro, de aproximadamente 1m75 de altura, negro e com lábios grossos. Na ocasião, trajava uma bermuda preta de tactel e usava camisa azul. O retrato falado foi feito com base nas informações de uma testemunha que estava correndo pelo calçadão e presenciou o crime.

“Nós temos também, uma vestimenta do acusado. Um chinelo que ele deixou cair. Como é um chinelo grande, isso confirma a narrativa da testemunha que o elemento é alto”, disse o delegado Luiz Evandro de Souza Medeiros.

Imagens do circuito de monitoramento da Prefeitura de Praia Grande podem ajudar nas investigações. Tudo indica que um homem de bicicleta flagrado saindo da ciclovia em direção ao calçadão pouco antes do meio-dia de sábado seja o assassino de Caio.

Caio foi morto com dois tiros no peito e na cabeça por um ladrão que tentou roubar a sua câmera fotográfica digital. O latrocínio ocorreu às 11h30, no calçadão da orla de Praia Grande.

O jovem estava acompanhado de sua namorada, também residente na Capital. O casal se encontrava sentado em um banco da Praia do Boqueirão, na altura dos quiosques 8 e 9, e tirava fotografias. Repentinamente, surgiu o assaltante e anunciou o roubo.

A polícia conta com a colaboração da população. Qualquer informação pode ser informada pelo telefone 3473-4959, não precisa se identificar.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Polícia invade sítio e prende homem com 1,4 kg de cocaína no Rio do Ouro

A Polícia Militar de Caraguatatuba,prendeu em flagrante L.C.S.L., 28 anos,vulgo "Calango" por tráfico de entorpecentes na tarde do último sábado, em sua residência, na rua Benedito Francisco da Costa, no bairro do Rio do Ouro.

De acordo com a PM, foi encontrado na mesa da cozinha do acusado, aproximadamente, 1,4 kg de cocaína, além de uma balança de precisão.

Em patrulhamento de rotina, policiais avistaram o acusado, no local da ronda, em atitudes suspeitas.

Segundo os policiais militares, quando L.C.S.L. avistou a viatura jogou alguns pinos de cocaína no chão e iniciou uma fuga para dentro de sua residência. Depois de recolher a substância do chão, a PM conseguiu entrar na residência do acusado, onde puderam constatar a prática do tráfico, devido à grande quantidade de droga encontrada.

O homem que já tinha passagem pela polícia por tráfico de entorpecentes foi preso, em flagrante, novamente sob a mesma acusação e conduzido à Delegacia de Polícia onde permanece à disposição da justiça.

Dupla rouba residência em Pinda mas é detida por policiais militares em Taubaté

Policiais militares de Taubaté prenderam na noite de sábado dois homens acusados assaltar uma residência em Pindamonhangaba.

De acordo com a PM, os bandidos entraram numa casa no bairro do Lessa, por volta das 17h30 de sábado. Eles estavam armados e ameaçaram as vitimas.

Depois de roubarem computadores, jóias, cartões bancários e R$ 2.000,00 em dinheiro, eles fugiram num VW Gol preto em direção a Taubaté. A PM abordou o carro em Quiririm e os suspeitos abandonaram o veículo, onde foram encontradas duas armas calibre 38 e os objetos roubados da residência.

Após algumas diligências e vistorias nas casas locais os dois foram detidos. A polícia acredita que a dupla é suspeita de cometer outros crimes semelhantes na região.

Polícia investiga morte de pintor a pauladas em Guarujá

O pintor Aldair Dias, de 41 anos, foi morto a pauladas no final da tarde deste domingo, no Jardim Boa Esperança, em Guarujá. Ele foi encontrado caído no quintal de casa e levado para o Hospital Santo Amaro, onde não resistiu aos ferimentos. Há suspeitas de que o crime tenha sido motivado por acerto de contas.

Informações apuradas pelos policiais que atenderam a ocorrência indicam que a vítima havia ingerido muita bebiba alcoólica e que era usuária de drogas. Naquela manhã, o pintor estava em um bar e foi visto saindo do local com um homem, que foi localizado e disse não ter presenciado o crime.

Aldair, após ser encontrado caído em casa, na Rua Ézio da Costa Gama, com grave ferimento na cabeça, foi levado em estado grave para o Posto de Atendimento Médico de Guarujá, e depois transferido ao Hospital Santo Amaro. Ele morreu momentos depois de dar entrada na emergência.

O caso está registrado na Delegacia Sede da Cidade, mas foi encaminhado para o 1º Distrito Policial para investigação. Já se sabe que a vítima tinha passagem criminal, em razão de já ter traficado entorpecentes.

Ainda não há informações sobre suspeitos e ninguém foi preso.

Bandidos são mortos em tentativa de roubo e sequestro a empresário

A tentativa de sequestro a um empresário de Praia Grande terminou na morte de dois bandidos no final da noite deste domingo, no Bairro Guilhermina. A ação foi notada por vizinhos, que acionaram a Polícia Militar. Houve troca de tiros e ao menos um bandido conseguiu escapar. A família da vítima passa bem.

Pelo menos três suspeitos estavam envolvidos, mas há indícios de que outros homens, ainda não identificados, também participaram da ação. Conforme registro, a casa do empresário fica na Rua Turiassu. O bando armado invadiu o local e rendeu todos. Eles tinham o plano de levar o empresário e pedir resgate.

A movimentação, porém, foi percebida por outros moradores da região. Equipes da Força Tática foram deslocadas até o local e presenciaram a fuga dos bandidos que, assustados, tentaram se esconder nos telhados das casas vizinhas. Dois deles, armados, dispararam contra os soldados.

Houve revide e ambos foram atingidos. Um outro homem, que estava no meio do combate, conseguiu escapar aparentemente ileso. Um dos marginais mortos foi identificado como Eliandro Veloso dos Santos, de 29 anos, que era procurado pela polícia. O outro não portava documentos e ainda não foi identificado.

O caso está registrado na Delegacia Sede da Cidade, onde será investigado. Os corpos dos bandidos permanecem no Instituto Médico Legal de Praia Grande.

Assaltante fica ferido ao tentar invadir casa de delegado no Jóquei Clube

Bandidos armados tentaram invadir a casa dos pais de um delegado da Polícia Civil de São Vicente na tarde deste domingo. A família estava reunida, quando percebeu a ação dos assaltantes, um deles menor da idade. Houve troca de tiros e um dos acusados ficou gravemente ferido. A autoridade policial escapou ilesa da situação.

A casa, localizada na Rua Augusto Severo, no Jóquei Clube, pertence à família do delegado Ruy de Matos, do Distrito Policial Sede da Cidade. Pouco depois do almoço, o irmão do policial abria o portão do imóvel, quando notou a presença do adolescente. O jovem tentou desconversar, quando os outros dois homens, maiores de idade, anunciaram o roubo.

O delegado, porém, percebeu a movimentação e se identificou. Um dos assaltantes atirou contra ele, que revidou prontamente. Foram aproximadamente cinco disparos. A troca de tiros fez com que os outros dois suspeitos se rendessem. O homem ferido foi levado em estado grave para o Hospital Municipal da Cidade, onde passa por procedimento cirúrgico.

A ocorrência, que ainda não foi registrada, mobilizou diversas equipes da Polícia Civil e Polícia Militar. O nome dos envolvidos ainda não foi divulgado, mas segundo informações apuradas, o baleado já tinha passagem criminal e era procurado.

Policial fica ferido durante confusão em frente a casa noturna

O motoboy Alex Soares da Silva, de 22 anos, e o mecânico Rodrigo Ferreira de Oliveira, de 27, foram presos em flagrante, na madrugada deste domingo, após ofenderem e agredirem um policial militar, em frente a uma casa noturna localizada na Avenida Frei Gaspar, em São Vicente.

A confusão começou depois do soldado multar os acusados por estacionarem seus veículos em lugares proibidos. Fora de si, o motoboy feriu o PM com uma garrafada na mão direita. A dupla foi então conduzida ao 1° Distrito Policial da Cidade, mas liberada após pagamento de fiança no valor de R$ 600,00.

Segundo informações da polícia, uma viatura da corporação foi acionada ao local para conter problemas de barulho promovidos por um carro com som em alto volume. Ao chegarem no endereço, eles abordaram o condutor do veículo, que prontamente atendeu a ordem de diminuir o volume das músicas.

Na sequência, os policiais notaram que diversas motos estavam estacionadas em lugares proibidos. Depois de pedir para que os proprietários retirarem seus veículos e não ser atendido, um dos PMs passou a aplicar multas aos condutores.

Inconformado, Rodrigo colocou-se à frente da moto de Alex para impedir o PM de autuar o veículo do amigo. Teve início então uma discussão, e os acusados receberam voz de prisão por desacato.

Nervoso, o motoboy apanhou uma garrafa de vidro e atingiu a mão direita do policial, que precisou receber atendimento médico. Minutos depois o reforço da corporação foi acionado e a dupla detida.

Morte de empresário em São Paulo é investigada pela polícia

A morte de um empresário em São Miguel Paulista na zona leste de São Paulo é investigada pela Polícia Civil. O crime ocorreu no sábado. Yosinobu Okabe, de 68 anos, foi morto após deixar seu estabelecimento comercial por volta das 18h30 em um Corsa.

Seus funcionários foram avisados pouco tempo depois sobre o patrão, ferido a tiros, dentro do carro. A Polícia Militar foi avisada. Okabe foi socorrido ao Hospital Ermelino Matarazzo, mas não resistiu e morreu.

Um Fox prata e uma moto foram vistos por testemunhas próximos ao carro do empresário. Com Okabe foram encontrados um cartão bancário e uma folha de cheque preenchida, no valor de R$ 8.914 46.

A perícia apreendeu os objetos pessoais e o carro da vítima e depois os entregou ao irmão do empresário. O caso de homicídio simples foi registrado no 22º DP, em São Miguel Paulista.

Polícia Militar de São Vicente prende estelionatário

Diego César dos Santos, de 25 anos, foi preso em flagrante no momento em que tentava roubar o cartão de um homem que estava em um caixa eletrônico no Centro de São Vicente. A ação ocorreu nesta tarde.

O estelionatário foi reconhecido por três vítimas. Segundo o policial Rafael José Neves, Diego tinha o hábito de aguardar as pessoas fazerem operação no banco,. “Quando a vítima saía, ele falava que o processo não foi finalizado e alegava que poderia ser debitada uma tarifa na conta. A pessoa ficava receosa, ele fava uma orientação e nessa hora, efetuava a troca de cartão”.

Quem foi vítima de golpe semelhante, deve procurar o 1º Distrito Policial de São Vicente.

Ladrão mata turista com dois tiros em Praia Grande

Turista de São Miguel Paulista, na Zona Leste de São Paulo, o funcionário público municipal Caio Flores Ghelere, de 21 anos, foi morto com dois tiros no peito e na cabeça por um ladrão que tentou roubar a sua câmera fotográfica digital. O latrocínio ocorreu às 11h30 deste sábado, no calçadão da orla de Praia Grande.

O jovem estava acompanhado de sua namorada, também residente na Capital. O casal se encontrava sentado em um banco da Praia do Boqueirão, na altura dos quiosques 8 e 9, e tirava fotografias. Repentinamente, surgiu o assaltante e anunciou o roubo.

Caio reagiu, entrando em luta corporal. Durante a briga, o ladrão não hesitou em disparar contra o turista, fugindo em seguida sem nada roubar. A vítima chegou a ser encaminhada ao Hospital Municipal Irmã Dulce, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Descrito como moreno, com cerca de 1,80 metro de altura e aparentando entre 20 e 25 anos, o marginal não havia sido identificado até o início da noite. Ele calçava chinelos e vestia bermuda preta e camiseta azul. O latrocínio é investigado pela equipe do delegado Luiz Evandro de Souza Medeiros, do 1º DP de Praia Grande.

Agora à tarde, o investigador Ricardo Mendes examinou imagens gravadas pelo sistema de câmeras da Prefeitura e se mostrava otimista quanto ao esclarecimento do crime. “Pelas imagens não dá para identificar o ladrão, mas a sua rota de fuga é uma importante pista”.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Dirigente do São Caetano estava indo buscar carro blindado, diz amigo

Luiz de Paula, vice-presidente de futebol do São Caetano, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro, estava indo buscar o Corolla blindado que havia adquirido recentemente e que apresentara problema em um dos seus vidros quando foi baleado por um motociclista por volta das 16h desta terça-feira (21), na Rua Baía Grande, na Vila Prudente, na Zona Leste de São Paulo. A informação foi revelada pelo empresário Vladimir Rocha Júnior, de 46 anos, amigo da vítima.

O dirigente do clube do ABC e o irmão dele, Adilson de Paula, que dirigia o Fiat Palio que pertence à agremiação, foram atingidos por um único tiro disparado à queima-roupa. O motociclista chegou a abrir a porta do veículo antes de efetuar o disparo. Os dois chegaram a ser levados para o Pronto-Socorro Vila Alpina, também na Zona Leste da capital, mas faleceram. De acordo com o empresário, Luiz de Paula já havia sido assaltado duas vezes e por isso decidiu adquirir dois veículos blindados um Corolla, para ele, e uma picape Montana, para o filho.
"Ele chegou a me dizer: 'Não ando mais sem carro blindado'. Ele estava indo buscar o Corolla blindado dele que estava com um problema no vidro e tinha ido para a revisão", contou o empresário.

Na opinião dele, o motivo mais provável para os irmãos serem mortos a sangue frio seria uma briga de trânsito. "Não acredito em execução. Eles não tinham inimigos. Acredito em briga de trânsito", disse Vladimir Júnior.

Briga de trânsito, aliás, é uma das hipóteses que está sendo cogitada pela polícia para o crime, segundo o delegado titular do 56 DP, na Vila Alpina, Luís Eduardo Maturano. A outra hipótese cogitada é que se trata de uma execução. "A princípio, está descartado crime contra o patrimônio (como roubo e latrocínio), porque não levaram o dinheiro que estava com eles. Além disso, era uma pessoa só em uma motocicleta, o que não é comum se fosse algo pemeditado", disse o delegado.

Os corpos dos irmãos, depois de liberados pelo Instituto Médico Legal central de São Paulo, seriam velados no velório de São Caetano do Sul, localizado na Rua Rio Grande do Sul. Familiares das vítimas e o presidente do clube, Nairo Ferreira de Souza, muito emocionados, não deram declarações sobre o ocorrido.

Segundo a assessoria do clube, Luiz de Paula era vice-presidente de futebol do São Caetano e Adílson trabalhava como funcionário do time. O crime aconteceu a cerca de 3 km da sede do time. Por volta das 18h15, um representante do clube seguia para a delegacia em busca de mais informações sobre o caso.

Irmão gêmeo é ameaçado com faca em São Vicente

Um rapaz de 27 anos ameaçou o seu irmão gêmeo com uma faca, na tarde desta terça-feira, em São Vicente, porque foi impedido de retirar objetos da casa onde ambos moram.

Segundo o jovem ameaçado, o acusado é viciado em crack e queria trocar por entorpecentes os objetos que pretendia retirar da residência, situada na Rua Jarbas Trigo, no Catiapoã.

A Polícia Militar foi avisada sobre o conflito entre os irmãos, acionando o soldado Alysson Murillo Guimarães para comparecer ao local. O policial chegou antes que algo de pior ocorresse e encaminhou os gêmeos ao 1º DP de São Vicente.

A faca foi apreendida. Ela tem cabo de madeira, está com a lâmina enferrujada e mede ao todo 30 centímetros. A equipe do delegado titular Marcos Alexandre Alfino registrou o caso de ameaça.

Presos acusados de matar arquiteta em Campinas


Dois homens foram detidos na manhã desta terça-feira suspeitos de envolvimento no crime que resultou na morte da arquiteta Thaís Tokumoto, no dia 17 de fevereiro, em Campinas, a 93 km da capital paulista. Ela foi atingida durante uma troca de tiros após uma tentativa de assalto.

A jovem de 25 anos voltava para casa, no distrito de Barão Geraldo, quando foi cercada por dois assaltantes. Ela parou o carro em frente a uma guarita de segurança de um condomínio e um policial militar à paisana, que estava no local, percebeu a movimentação e reagiu. Houve troca de tiros e a arquiteta foi baleada na cabeça e no ombro. Os criminosos conseguiram fugir.

Em março, um laudo apontou que a bala que atingiu a nuca da arquiteta é de uma pistola semiautomática 380, portada pelo PM. Thaís Tokomoto também foi atingida no ombro esquerdo por uma bala de outro calibre. Por exclusão, a polícia concluiu que esse disparo foi feito por um dos criminosos.

A Polícia Civil cumpriu nesta terça-feira dois mandados de busca e apreensão na casa de dois homens. Foram apreendidos uma cartucheira, porções de drogas e uma balança de precisão. Os suspeitos serão ouvidos durante a tarde pelos delegados da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Campinas.

No caminho de volta para casa na Estrada da Rhodia, no dia 17 de fevereiro, a arquiteta parou em uma guarita de segurança da Associação de Moradores no distrito de Barão Geraldo, em Campinas. Por não ter esse costume, a polícia suspeita que ela tenha buscado ajuda com a segurança patrimonial quando percebeu que estava sendo seguida. De acordo com a Polícia Civil, quando ela estacionou foi abordada por dois homens armados e forçada a sair do carro.

Segundo o boletim de ocorrência e os depoimentos ouvidos pelo delegado do 7º Distrito Policial de Campinas, Tadeu Brito de Almeida, na abordagem dos criminosos foi dada uma gravata no pescoço da arquiteta para tirá-la do veículo. Quando o policial à paisana, que estava próximo foi avisado por uma mulher do que estava ocorrendo, gritou para que soltassem a vítima e disse que era policial. Depois teria começado a troca de tiros entre o policial e os criminosos.

A dupla de assaltantes fugiu em um carro com uma terceira pessoa que dava cobertura.

Bala perdida atinge apartamento no Boqueirão e assusta professora de 40 anos

Uma professora de 40 anos levou um grande susto quando uma bala perdida entrou em seu apartamento no Boqueirão, em Santos, na madrugada desta terça-feira. O projétil parou perto de onde a moradora estava, mas ninguém ficou ferido.

O tiro atingiu um apartamento no nono andar de um prédio na Rua Governador Pedro de Toledo, por volta da meia-noite.

A professora contou a reportagem que estava usando seu computador, de costas para a janela, quando ouviu o barulho. O disparo entrou pela janela, bateu no gesso do teto do apartamento e caiu perto de onde a moradora estava.

“Ainda estou abalada”, comentou a professora. Ela acionou a polícia e o local foi preservado até a chegada da perícia do Instituto de Criminalística (IC). O projétil foi apreendido.

O caso foi apresentado no 7º DP de Santos para investigação e foi registrado sob a natureza de disparo de arma de fogo. Denúncias que auxiliem a polícia podem ser feitas por meio do telefone 181. Não é preciso se identificar.

Homem é feito refém por engano no Belas Artes

Um vigilante de 29 anos foi feito refém por engano, por causa de uma “rixa” envolvendo outra pessoa, no Belas Artes, em Itanhaém. A vítima foi rendida por um marginal armado, seguido por outros em bicicletas, e jogada em um matagal com as mãos amarradas para trás.

O crime aconteceu por volta das 20 horas de segunda-feira. O vigilante contou à polícia que estava de moto e, ao trafegar devagar por uma passagem de nível na Avenida São Paulo, foi abordado por um homem armado de revólver.

O marginal mandou o vigilante parar, subiu na garupa da moto e o mandou seguir. Outros quatro homens, todos em bicicletas, acompanharam o veículo.

O grupo seguiu até a praia do Cibratel. Lá o vigilante foi obrigado a parar e teve as mãos amarradas para trás. Em seguida a vítima teve que subir uma parte de um morro e foi empurrada para um matagal.

Só nesse momento os marginais disseram que a abordagem tinha sido motivada por causa de uma “rixa”, mas que o vigilante tinha sido pego por engano.

Mesmo assim, o grupo roubou R$ 100,00, documentos, um telefone celular e o capacete da vítima. Na sequência os ladrões fugiram em direção ao Cibratel II.

Uma equipe da Polícia Militar foi avisada sobre o ocorrido e o caso apresentado no plantão da Delegacia Seccional de Itanhaém. A vítima não soube descrever os autores do crime.

Informações que ajudem a polícia podem ser transmitidas por meio do telefone 181. Não é preciso se identificar.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Menor de 12 anos é apreendido com 20 porções de maconha em São Francisco

A Força Tática da Polícia Militar flagrou na noite de domingo, G., 12 anos, praticando o crime de tráfico de entorpecentes, na quadra poliesportiva do bairro de São Francisco. Depois de abordado, os policiais militares encontraram no bolso do menor nove porções de maconha e R$ 29 em notas pequenas. G. confessou a prática do crime e revelou estar envolvido com o tráfico há aproximadamente quatro meses. Segundo a PM, o menor estaria prestando serviços a um traficante da região mais conhecido como "Magrelo".

Ao ser questionado pela Força Tática sobre a existência de mais droga, o menor levou os policiais até a rua Bernardo Cardim Neto, no Morro do Abrigo, e indicou a localização, debaixo de algumas folhas, onde estavam mais 11 porções de maconha.

Diante dos fatos, a Polícia Militar localizou os pais do menor, e todos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, onde foi lavrado um Boletim de Ocorrência (BO) de Ato Infracional por tráfico de entorpecentes. O menor foi liberado depois da apresentação de um auto de comprometimento dos pais. O termo assinado garante que o menor seja encaminhado ao fórum para que o promotor decida se o menor será conduzido à Fundação Casa ou se serão aplicadas penas alternativas, por se tratar de réu primário.

Ladrões tentam furtar mais um caixa eletrônico em Maresias

Três homens encapuzados tentaram furtar, na madrugada de ontem, mais um caixa eletrônico na Costa Sul. Desta vez a tentativa ocorreu em um terminal localizado em um shopping no bairro de Maresias, na avenida Francisco Loup. Segundo dois vigilantes do shopping, três homens os renderam por volta das 4h30.

De acordo com o Setor de Investigações Gerais (SIG) do 2º DP de Boiçucanga, , os homens não conseguiram finalizar o furto, não tendo acesso ao dinheiro. Contudo, o terminal eletrônico ficou bastante danificado, pois os bandidos usaram maçaricos para a prática do crime. Eles ainda deixaram no local um cilindro de oxigênio, dois extintores, um botijão de gás e uma caixa de ferramentas.

O SIG acredita que a quadrilha envolvida na tentativa de furto do caixa eletrônico em Maresias não seja a mesma da Baixada Santista que atuou em diversos arrombamentos na região nos últimos meses.

O Setor de Investigações Gerais revelou também que o carro utilizado no furto ao caixa eletrônico do bairro de Cambury, na última sexta-feira, foi encontrado na manhã de ontem, na Vila Débora, também em Cambury.

Acidente de trânsito deixa um morto e outro ferido em Bertioga

O gesseiro Ricardo Dias Damaceno, de 28 anos, morreu na noite desta segunda-feira, em Bertioga, depois de se envolver em um grave acidente de trânsito no Jardim Indaiá. Segundo a polícia, ele conduzia uma moto em alta velocidade quando foi atingido por outro motociclista, que seguia em sentido contrário. A vítima teve uma fratura no pescoço.

O acidente aconteceu por volta das 22h30, conforme informações das Polícias Militar e Civil. Ricardo colidiu frontalmente com um jovem de 19 anos, que teve fraturas no ombro e nas pernas, mas não corre risco de morrer. O rapaz foi socorrido para o Pronto Socorro Central, onde permanece internado.

A vítima fatal, entretanto, teve um dos pés dilacerados em razão do forte impacto. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Guarujá, onde aguarda reconhecimento de familiares. O caso está registrado na delegacia sede de Bertioga, onde será apurado ao longo do dia.

Justiça de São Paulo solta 1.972 presos em 43 dias


O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) está mandando presos para o regime aberto e concedendo liberdade condicional em ritmo recorde no Estado. Os beneficiados são os detentos do semiaberto. Entre 3 de maio e 15 de junho, foram colocados nas ruas 1.972 presidiários, média de 61 por dia útil, volume duas vezes maior do que o que vinha sendo feito. Naquele dia, começou a nova fase dos trabalhos da força-tarefa de 8 juízes e 15 funcionários do TJ que analisou 23 mil processos de execução.

O trabalho dos magistrados desperta polêmica até dentro do TJ paulista. “Nos processos da capital, isso não se justificaria. Os pedidos de progressão estão em andamento. Pode ser que no interior tenha algum atraso. Vejo com surpresa”, afirma o promotor Pedro de Jesus Juliotti.

Já a Defensoria Pública do Estado aprova a medida e diz que serve para combater uma situação de ilegalidade nas penitenciárias. E os juízes-corregedores defendem a força-tarefa. “Ninguém é colocado na rua sem ter o direito. Não é abrir a porta da cadeia e jogar a chave fora”, diz o juiz Claudio Augusto Pedrassi, integrante da força-tarefa.

Sobre o exame criminológico, integrantes da força-tarefa dizem que o ideal seria aplicá-lo, mas isso não ocorre por falta de recursos humanos. Hoje, é medida excepcional e a liberdade tem sido concedida, principalmente, com base nas informações do boletim de conduta, fornecido pelo agente penitenciário. “Não havia estrutura e o pouco de exame que se fazia era malfeito. Nunca foi um índice fiel, daí veio a alteração”, diz Paulo Eduardo de Almeida Sorci, coordenador da força-tarefa do tribunal.

Os juízes dizem que, mesmo com exames científicos, não é possível saber se um ex-detento vai reincidir no crime. “Nem com a Mãe Dinah”, brinca Marcelo Matias Pereira, integrante da força-tarefa. Sorci ressalta que não houve aumento da criminalidade desde setembro de 2008, quando foi adotada a medida pela primeira vez. Mas ele se diz consciente sobre as possíveis cobranças. “Soltamos 1.972 pessoas até agora. Se tiver um erro aqui, só esse erro vai aparecer. Os acertos, não.”

Déficit

Atualmente, faltam sete mil vagas no regime semiaberto do Estado de São Paulo. E esse foi justamente um dos motivos que levaram o Tribunal de Justiça a acelerar o ritmo de análise de processos de progressão de pena nas varas de execução.

“Se não tivesse sido adotada a força-tarefa, teriam sido soltos 500 presos desde maio. Soltamos 1.500 a mais, porque houve uma regularização. Reunimos o que há de melhor no funcionalismo e aproveitamos para fazer um curso com os servidores, que vão reproduzir isso nas comarcas”, afirma Sorci.

Babá apresenta nova versão para agressão de crianças

A babá Neusa Berenguel Lossávaro, de 57 anos, admitiu nesta segunda-feira que agrediu duas crianças em Andradina, no interior de São Paulo. Ela foi flagrada por câmeras de segurança instaladas pelos pais das crianças. Ela ficou oito dias presa e conseguiu um habeas corpus na Justiça para responder ao processo de tortura. Neusa afirmou que tem depressão e que estava sem seus medicamentos.

“Eu estava sem meus medicamentos. Eu tenho depressão. Eu, por motivo de não ter dinheiro para comprar, fiquei sem meus medicamentos naqueles tempos. Quando eu estou sem meus medicamentos eu faço coisas que eu não sei. Este é o meu primeiro grave erro que eu fiz, nunca errei na vida, nunca tive passagem pela polícia. Sempre fui uma cidadã honesta”, disse.

Por telefone, ela disse que estava arrependida do que fez. “Eu não sabia que tinha feito aquela barbaridade. Jamais faria isso com criança nenhuma”, disse. Eu me choquei, porque nunca tinha feito aquilo. Dentro da cadeia, eu via minhas imagens e me senti envergonhada. Eu tenho 14 netos e todos estão sofrendo porque sabem que eu não sou desse jeito. Eu peço perdão ao Brasil inteiro”, afirmou.

Ao se entregar à polícia, no dia 10 de junho, Neusa havia negado qualquer agressão e afirmou que costumava brincar com crianças com um gesto "meio arredio”, o que, segundo ela, é o que foi mostrado pelas imagens. “Jamais eu iria fazer qualquer tipo de violência naquela menina, naquela criança tão especial. Jamais! Eu nunca fiz isso, nem nos meus netos eu nunca pus a mão”, disse, na ocasião.

Neusa afirmou nesta segunda-feira sentir saudades das crianças que cuidava. “Esse foi o primeiro erro meu e está me torturando. Não sei o que é comer ou dormir. Minha vida é só chorar porque sinto falta das crianças. Eu pretendo trabalhar, sim, com criança porque sei dar amor e carinho”.

O advogado de Neusa, Gilvaine Ortuzal, disse que a babá irá na manhã desta terça-feira até a Delegacia da Mulher do município para oficializar a confissão. “Depois, vamos aguardar a perícia, que tem 30 dias para ser concluída”, afirmou.

A babá ficou presa na cadeia de Ilha Solteira. Ela irá responder por crime de tortura. Nas imagens, ela aparece agredindo um bebê de 7 meses e um menino de 2 anos que tem síndrome de Down. Em imagem feita na cozinha, a mulher força a menina a abrir a boca. Depois, dá um tapa no bebê.

Em outra imagem, ela bate nas pernas da menina com um arame do carrinho. As agressões também aconteceram na hora de fazer a criança dormir. Depois de ver a filmagem, os pais demitiram a babá e denunciaram o caso à polícia. As imagens foram encaminhadas para o Instituto de Criminalística da Polícia Civil de Andradina.

Preso vice-prefeito de Embu-Guaçu

O vice-prefeito de Embu-Guaçu, Fernando Branco Sapede, de 48 anos, foi preso na tarde de segunda-feira por determinação da Justiça. Ele responde processo por exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica. Em abril de 2010, o vice-prefeito e um rapaz, Rodrigo, de 30 anos, foram detidos em flagrante por ambos os crimes. Segundo informações fornecidas pela Delegacia Seccional de Taboão da Serra naquela ocasião, onde o caso foi apresentado, Sapede emprestava o carimbo e o CRM para Rodrigo exercer a profissão.

Fernando também já se envolveu em dois casos de atropelamento. Na noite de 6 de março de 2010, o vice-prefeito atropelou um menino de 13 anos que andava de bicicleta na porta de casa, no quilômetro 42,5 da rodovia SP-216, em Embu-Guaçu.

Na ocasião, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que testemunhas afirmaram que o vice-prefeito dirigia uma Blazer prata no sentido bairro quando, em uma lombada, perdeu o controle da direção e subiu na entrada da casa, onde o adolescente estava. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas testemunhas relataram sinais de embriaguez.

No dia 12 de abril do mesmo ano, o vice-prefeito foi preso após atropelar um homem de cerca de 50 anos na Estrada Municipal Antonio Gerrassi, no bairro Santa Fé, em Embu-Guaçu. O teste do bafômetro indicou que Sapede tinha 1,6 miligrama de álcool por litro de ar expelido, teor cinco vezes maior que o aceito pela lei. Testemunhas afirmaram que ele tentou fugir do local do atropelamento, mas foi impedido por um caseiro que testemunhou a cena.

Bandidos estouram caixa eletrônico em Guarulhos

Um caixa eletrônico foi roubado, com o uso de explosivos, na madrugada desta terça-feira na Rua Riachão do Jacuípe, nº 11, no bairro Jardim Centenário, em Guarulhos.

Quando a viatura da Polícia Militar (PM) chegou ao local, depois de receber denúncia via Centro de Operações da PM (Copom), encontrou o caixa eletrônico do mercado Ferma arrombado.

Segundo a PM, quantia em dinheiro ainda não contabilizada foi levada e o mecanismo de segurança que libera tinta, acionado.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

A liberação da marcha da maconha

O Supremo Tribunal Federal (STF), nossa Corte do judiciário de última instancia, ao garantir na quarta-feira (15/06/2011), o direito de cidadãos realizarem manifestações pela legalização de drogas em todo o Brasil, decisão esta proferida por unanimidade dos oito ministros que participaram do julgamento, pondo fim de vez a celeuma sobre o assunto e consentindo, a partir de agora, a livre manifestação de protestos e eventos públicos, como a marcha da maconha e tantas outras do gênero que queiram fazer, abre sério e grave problema para a nossa sociedade.

A Corte que julgou ação proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR) que defende o direito a manifestações pela descriminalização das drogas, sem que isso seja considerado apologia ao crime, deixa a dubiedade da interpretação da sentença, vez que, o uso de drogas ilegais é crime previsto em lei no nosso país.

A decisão do Supremo teve como base o direito, garantido na Constituição, de expressar ideias e se reunir para debater sobre elas, ou seja, o direito de livre expressão do cidadão.

Para não muito me alongar no texto, cito somente algumas frases justificativas de votos de dois ministros do STF: O relator do processo, ministro Celso de Mello, defendeu a liberdade de se manifestar desde que seja pacífica e não haja estímulo à violência. Para ele, as chamadas marchas da maconha não fazem apologia às drogas, apenas promovem um debate necessário, ao argumentar: “No caso da marcha da maconha, do que se pode perceber, não há qualquer espécie de enaltecimento defesa ou justificativa do porte para consumo ou tráfico de drogas ilícitas, que são tipificados na vigente lei de drogas. Ao contrário, resta iminente a tentativa de pautar importante e necessário debate das políticas públicas e dos efeitos do proibicionismo”.

A Ministra Ellen Gracie asseverou: "Sinto-me inclusive aliviada de que minha liberdade de pensamento e de expressão de pensamento esteja garantida".

Assim, dos motivos alegados pelos citados ministros da Suprema Corte, baseados que foram no principio da liberdade de expressão, convicto de que a minha liberdade de pensamento também há de ser garantida, é que venho de público, após manifestar o meu respeito pela decisão proferida, discordar da mesma em sua totalidade.

Comungando na cartilha dos cidadãos brasileiros discordantes desta suprema decisão, o Juiz de direito, Onaldo Rocha de Queiroga, da Justiça do estado da Paraíba, em seu artigo intitulado A MARCHA, assim se expressa: “Essa decisão esvazia a aplicação do delito de Apologia ao Crime. E mais, dizer que essa marcha não incita o crime é querer negar o óbvio. É muita filosofia e pouca realidade. Diante dessa elasticidade de liberdade, o STF abriu uma porta muito perigosa, pois amanhã outros cidadãos poderão reivindicar, dentro desse espírito democrático, o direito de organizar outras marchas, agora com a finalidade de defender o Neo Nazismo, a descriminalização do estupro, da tortura, do latrocínio, do homicídio. Aliás, sem medo de errar, tenho consciência de que mais de 50% dos homicídios praticados hoje no Brasil d ecorrem do tráfico de drogas. O aumento de furtos e roubos, como outros delitos, estão também ligados ao tráfico de entorpecente”.

Partindo desse principio, desta decisão histórica, certamente teremos em breve também as marchas pelo haxixe, ecstasy, morfina, heroína, ópio, LSD, cocaína, merla, paco, codeína, crack, oxi...

Por falar em crack e oxi, as duas piores das drogas, tão perigosas quanto avassaladoras, devastadoras e mortais em todos os sentidos, principalmente por conter nas suas composições químicas o lixo da cocaína que é diluído com o ácido sulfúrico, misturados e manipulados com a cal virgem e o bicarbonato de sódio, querosene ou gasolina, transformando os seus usuários em verdadeiros mortos-vivos, seria cômico se não fosse trágico, ver um verdadeiro exército de zumbis a se levantar do imundo chão, das nojentas calçadas, das pegajosas marquises, dos espaços disputados com os ratos e baratas, das fétidas sarjetas provenientes dos lixões da crackolandia paulista e tantas outras, para reivindicar os seus direitos em marcha do crack e oxi. Um batalhão de maltrapilhos que ferem o princípio da dignidade humana, barbudos, imundos, se mimortos ou mortos-vivos, precisando tão somente e exclusivamente da mão do governo para salvá-los em última instancia via tratamento de saúde, psiquiátrico e psicológico, a gritar pelas ruas por seus direitos de usarem essas drogas, ou então da possibilidade de que sejam as mesmas de vez liberadas para consumo legal...

Em contrassenso, a decisão suprema também deixa uma missão espinhosa para a polícia, que terá que garantir a segurança dos manifestantes em tais marchas e ao mesmo tempo coibir o uso dessas drogas. Incompreensível, para não dizer, inexplicável.

Ao mesmo tempo em que a nossa Carta Magna garante a liberdade de expressão, também conduz em seu texto a observância de princípios fundamentais, como o da dignidade humana, da proteção à família e o da moralidade, todos no mesmo patamar de aplicação, entretanto, aparece aos meus ingênuos olhos e pensamentos confusos que a liberdade de expressão no caso em pauta, sobrepõe os outros princípios citados.

Devemos primar, pela moral e pela família. A liberdade de expressão não está acima da moralidade nem tampouco acima da dignidade humana, vez que é de fato indigno para qualquer ser humano ver o seu semelhante se arrastando como imundo verme nas crackolandias que se espalham a olhos vistos nos quatro cantos do país, matando ou morrendo por um cigarro de maconha, por uma cheirada de cocaína, por uma pedra de crack ou oxi, enquanto seus entes queridos, desprotegidos, choram em lágrimas de sangue suas perdas em vidas como se mortos estivessem.

Se existem leis frágeis, com a máxima vênia, também há decisões igualmente frágeis.

Autor: Archimedes Marques - Delegado de Policia Civil no estado de Sergipe. (Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Segurança Pública pela UFS)

archimedes-marques@bol.com.br

Briga entre vizinhos termina em morte de escrivão em Bertioga

Uma briga entre vizinhos terminou em tragédia na madrugada deste domingo em Bertioga. Um dos envolvidos é um escrivão de polícia de 33 anos que atirou contra o vizinho, um autônomo de 27 anos, dentro da delegacia da Cidade, foi embora e depois se matou com um tiro na cabeça na Rodovia Rio-Santos.

A discussão começou em um prédio no Maitinga, em Bertioga, por volta da 1 hora. O autônomo estava em seu apartamento comemorando seu aniversário junto com a mulher e amigos.

Um terceiro morador reclamou do barulho com o escrivão João (nome fictício), que foi até o apartamento do autônomo. Um dos rapazes que estavam no local bateu no ombro do escrivão dizendo que estava tudo certo. Mas em seguida houve um desentendimento e agressões entre os envolvidos.

Durante a confusão, o escrivão se identificou e saiu para buscar uma arma. Logo depois, o casal foi até a Delegacia Sede de Bertioga registrar boletim de ocorrência.

Já na unidade policial, que fica na Rua Manoel Gajo, no Parque Estoril, o autônomo começou a registar o documento sob a natureza de lesão corporal quando o policial civil chegou. Na sequência, ele abordou o autônomo, apontou uma pistola calibre 380 e deu um tiro.

Segundo dados do Hospital de Bertioga, onde o autônomo foi levado inicialmente, o disparo entrou pelo ombro esquerdo e ficou alojado na região dos pulmões. A equipe de plantão na delegacia foi socorrer o baleado e o escrivão conseguiu ir embora da unidade.

Aproximadamente meia hora depois, um policial civil passava pela Rodovia Manoel Hyppolito do Rego (Rodovia Rio-Santos) quando viu o carro do escrivão parado no acostamento. O veículo estava na altura do KM 245, sentido Bertioga-Santos, já em Santos.

O escrivão foi encontrado sozinho, no banco do motorista, com ferimento de tiro na cabeça e sem vida. Ao seu lado foi achada a pistola.

Dois são assassinados em Caraguatatuba no domingo

Dois assassinatos foram registrados na noite de Domingo 19/06 em Caraguatatuba.

O primeiro assassinato ocorreu por volta das 23:00 horas na rua. Rio Grande do Norte no bairro Tinga. Wilson dos Santos Correia de 50 anos, foi morto a facadas em um bar. Segundo a policia,a vitima foi morta com requintes de crueldade,tendo uma das orelhas arrancadas e uma faca encravada no anús.

Ainda não se sabe o que teria motivado o assassinato que é investigado pela policia civil de Caraguatatuba.

No bairro Perequê-Mirim por volta das 0:00,o pintor Fernando Ricardo da Cruz de 36 anos, foi morto com três tiros na cabeça na rua. Um.

Segundo informações de populares, o autor do assassinato fugiu em uma moto.

Homem é preso acusado de estuprar criança de 6 anos em Cunha

Um homem de 26 anos foi preso, no final da tarde deste sábado (18), acusado de tentativa de estupro, no Bairro do Motor, em Cunha. De acordo com a Polícia Militar, ele foi surpreendido pela esposa, ao tentar praticar sexo com sua enteada, uma menina de apenas 6 anos.

Segundo o depoimento da esposa, ela encontrou o marido sem as calças, de frente para sua filha que estava sentada em uma cadeira da cozinha quando ela iniciou uma discussão com ele.

Após ser contestado, ele se trancou na casa com a menina. Ainda segundo a esposa, ele teria ameaçado a menina a não revelar detalhes do que teria acontecido para sua mãe.

O filho mais velho da mulher chamou a polícia que foi até o local e levou o suspeito para delegacia. Em seu depoimento, o acusado alegou estar há mais de 1 mês sem fazer sexo, e que por este motivo, teria arrancado a roupa de sua enteada, pois desejava ter uma relação sexual com a criança.

Ele foi preso em flagrante por estupro e encaminhado para a cadeia de Guaratinguetá.

Briga entre vizinhos termina em morte de escrivão em Bertioga

Uma briga entre vizinhos terminou em tragédia na madrugada deste domingo em Bertioga. Um dos envolvidos é um escrivão de polícia de 33 anos que atirou contra o vizinho, um autônomo de 27 anos, dentro da delegacia da Cidade, foi embora e depois se matou com um tiro na cabeça na Rodovia Rio-Santos.

A discussão começou em um prédio no Maitinga, em Bertioga, por volta da 1 hora. O autônomo estava em seu apartamento comemorando seu aniversário junto com a mulher e amigos.

Um terceiro morador reclamou do barulho com o escrivão João (nome fictício), que foi até o apartamento do autônomo. Um dos rapazes que estavam no local bateu no ombro do escrivão dizendo que estava tudo certo. Mas em seguida houve um desentendimento e agressões entre os envolvidos.

Durante a confusão, o escrivão se identificou e saiu para buscar uma arma. Logo depois, o casal foi até a Delegacia Sede de Bertioga registrar boletim de ocorrência.

Já na unidade policial, que fica na Rua Manoel Gajo, no Parque Estoril, o autônomo começou a registar o documento sob a natureza de lesão corporal quando o policial civil chegou. Na sequência, ele abordou o autônomo, apontou uma pistola calibre 380 e deu um tiro.

Segundo dados do Hospital de Bertioga, onde o autônomo foi levado inicialmente, o disparo entrou pelo ombro esquerdo e ficou alojado na região dos pulmões. A equipe de plantão na delegacia foi socorrer o baleado e o escrivão conseguiu ir embora da unidade.

Aproximadamente meia hora depois, um policial civil passava pela Rodovia Manoel Hyppolito do Rego (Rodovia Rio-Santos) quando viu o carro do escrivão parado no acostamento. O veículo estava na altura do KM 245, sentido Bertioga-Santos, já em Santos.

O escrivão foi encontrado sozinho, no banco do motorista, com ferimento de tiro na cabeça e sem vida. Ao seu lado foi achada a pistola.

Falso empresário é preso em Itapetininga-SP

Um homem se fazia passar por um bem sucedido empresário para manter relacionamentos e depois aplicar golpes em mulheres de Itapetininga (SP). Pelo menos cinco mulheres foram enganadas e tiveram prejuízos de até R$ 50 mil. O falso empresário, Amarildo Donizete Chagas, foi preso neste domingo pela Polícia Civil. Ele também se fez passar por advogado, engenheiro e até pastor evangélico.

De acordo com a polícia, o acusado escolhia as vítimas - geralmente mulheres divorciadas e ricas , e se aproximava em eventos sociais. Bem vestido, ele usava carros de luxo alugados para impressionar as vítimas. Durante o relacionamento, fazia com que as namoradas assumissem empréstimos e dívidas em seu nome.

Em alguns casos, furtava e falsificava cheques das mulheres. Também usava vários celulares e, depois aplicar o golpe, ele desaparecia. Chagas vinha sendo monitorado desde o ano passado pela polícia.

Homem morre após ser esfaqueado na casa de namorada no interior de SP

Um homem morreu após ser esfaqueado na casa namorada, no bairro Vila Santa Isabel, em Caçapava, a 116 km de São Paulo, na noite de sábado.

De acordo com a Polícia Militar, o homem levou sete facadas no tórax, no braço e na perna.

A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital. A polícia suspeita que quem cometeu o crime tenha sido o ex-namorado da companheira da vítima. Após o assassinato, o criminoso fugiu de carro e até agora não foi encontrado.

Adolescente é flagrado com 13 pedras de crack no Gonzaguinha

Um adolescente de 17 anos foi surpreendido com 13 pedras de crack, no Gonzaguinha, em São Vicente. A apreensão foi feita pelos policiais militares Thiago e Alyson, que estavam em patrulhamento pelo local. Eles perceberam que o rapaz ficou inquieto quando se aproximaram e, durante a abordagem, encontraram com o jovem o entorpecente e R$ 147.

O rapaz confirmou que estavam realmente traficando e foi levado à presença do delegado Juvenal Marques Ferreira Filho, que tomou as providências para o registro do ato infracional e entregou o jovem a um familiar, para que depois seja apresentado à Vara da Infância e Juventude de São Vicente.

Policial é preso com porções de maconha, crack e cocaína

Um idoso de 67 anos foi preso neste domingo por tráfico de drogas no bairro Bosques do Lenheiro, em Piracicaba, a 160 km de São Paulo. Uma denúncia anônima levou guardas municipais até uma praça onde o homem estava.

O suspeito ainda tentou fugir, mas foi capturado. Com ele, os guardas encontraram 35 porções de maconha, sete de crack e 12 de cocaína. Ele foi encaminhado a uma delegacia e será transferido para uma cadeia da região.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Policiais Militares salvam família de Incêndio em residência na Martim de Sá


Por volta das 12:30,de sexta-feira 17/06, Policiais Militares de Caraguatatuba, foram solicitados pelo COPOM, para prestar socorro em ocorrência de Incêndio de grandes proporções em uma residência pela Rua Bartolomeu Bueno da Silva, 570, no Bairro Martim de Sá, a qual estava sendo consumida pelo fogo e que em seu interior havia uma família inteira, sendo um casal, uma criança de 06 anos e um recém-nascido.

De imediato os Policiais Militares se dirigiram para o local e lá chegando providenciaram o desligamento da rede elétrica, adentraram a residência e assim obtiveram êxito em socorrer a família que lá se encontrava.

Com o apoio dos demais Policiais Militares, foi feita a retirada de 05 botijões de gás de cozinha, combustível altamente inflamável, o que colaborou para que o Incêndio não se propagasse ainda mais e atingisse residências vizinhas.

Graças à atitude rápida e eficaz dos Policiais Militares, o Incêndio provocou apenas a perda de bens materiais, não ocasionando nenhuma vítima.

Com a chegada do Corpo de Bombeiros foi iniciada a contenção do fogo, o qual foi inteiramente debelado por volta das 15 horas.

O Comandante do 20º BPM/I, Ten Cel PM Ewandro Rogério Góes lembra que,“A Comunidade cumpre um papel fundamental na prevenção e a sua colaboração com os Órgãos de Segurança é imprescindível". Diante disso e da proximidade das Festas Juninas e Julinas, seguem abaixo dicas de segurança para se evitar ao máximo ocorrências de Incêndio”.

• Não solte balões;
• Cuidado com fogos de artifício;
• Cuidado com “gambiarras” elétricas;
• Evite ligar vários equipamentos elétricos simultaneamente em um único ponto de energia;
• Verifique se não há vazamentos em botijões de gás;
• Não acondicione em sua casa materiais inflamáveis ou combustíveis;
• Não deixe panos de prato sobre ou próximos ao fogão;
• Não deixe ferros elétricos ligados e tenha um cuidado especial em seu manuseio;
• Antes de sair de casa certifique-se que todas as saídas de gás de seu fogão estejam desligadas;

Rapaz é preso por furto no Jardim Aruan

No dia quint-feira 16/06,por volta dàs 12h30min, policiais militares de Caraguatatuba, foram acionados via COPOM, para atender ocorrência de furto no bairro Jardim Aruan.

Ao chegarem na Avenida União das Américas no Jardim Aruan, foi feito contato com as vitimas,que informaram que um indivíduo que se encontrava em atendimento no instituto B.F. furtou 02(dois) celulares dentro de uma sala.

Após as informações os militares efetuaram patrulhamento pelas redondezas onde obtiveram êxito em localizar A.J.S. de 19 anos, com os dois celulares.

Diante dos fatos A.J.S. foi preso em flagrante e conduzido a Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento, ficando a disposição da justiça.

Tiroteio termina com adolescente morto e uma idosa ferida em Lorena

Um adolescente de 15 anos foi morto com três tiros na cabeça e um na cintura na noite dessa quinta-feira (16) em Lorena. Segundo a Polícia, o homicídio foi por volta das 20h, na rua Adelina Ferraz, na Vila Geni.

Na hora dos disparos, uma senhora que passava pelo local foi atingida no pé, socorrida e passa bem. A PM investiga o caso e ninguém foi preso por enquanto.

Caixa eletrônico é explodido no bairro do Camburi em São Sebastião

Quatro homens explodiram um caixa eletrônico na madrugada desse sexta-feira (17) na estrada do Camburi, em São Sebastião.

Segundo a Polícia Militar, o equipamento não ficava próximo a nenhum estabelecimento comercial e não se sabe ainda o valor levado pelos ladrões. Uma perícia foi feita no local e ninguém foi preso por enquanto.

Jovem é detido com porções de drogas e mais de 10 celulares roubados em Santos

Um adolescente de 16 anos foi apreendido na noite desta quinta-feira, no Bairro Aparecida, em Santos, com porções de cocaína e maconha dentro de casa. Uma denúncia anônima levou pelo menos oito equipes da Força Tática e Rocam da Polícia Militar ao local, que permaneceu sob monitoramento durante toda a madrugada.

Após receber a informação de que havia traficantes comercializando entorpecentes nas proximidades da Rua Vergueiro Steidel, próximo ao Shopping Praiamar, viaturas foram deslocadas até um imóvel localizado na região. Lá, apenas a mãe do indiciado estava presente.

Ela liberou a entrada dos soldados, que conseguiram localizar 600 papelotes de cocaína, mais 400 gramas da mesma droga, cerca de 60 papelotes de maconha, R$ 220,00 em notas miúdas - o que caracteriza o comércio dos entorpecentes - e mais de 10 celulares roubados.

Diante disso, os policiais fizeram com que a mulher localizasse o filho que, em seguida, foi detido em flagrante. Com ele estava um garoto de 17 anos, que foi enquadrado como testemunha. O jovem indiciado não foi liberado pelo delegado de plantão e será encaminhado para a Fundação Casa.

Mulher é morta a facadas pelo namorado em São Paulo

Uma mulher foi morta a facadas, no final da noite de quinta-feira, pelo namorado, a 50 metros da casa onde morava, no Jardim Ibirapuera, região do Jardim São Luís, na zona sul de São Paulo.

Vagna de Souza Silveira, de 28 anos, foi ferida com vários golpes no pescoço, peito e rosto. Mesmo encaminhada pelos bombeiros para o Hospital do Campo Limpo, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu.

O assassino, cujo nome ainda não foi divulgado, continua foragido. O caso será registrado no 92º Distrito Policial, do Parque Santo Antonio.

Tentativas de assalto no ABC dois bandidos morrem em tiroteio

Duas tentativas de assalto, uma delas a uma policial militar, terminaram com um saldo de dois bandidos mortos e um preso na zona sul da capital paulista e na região central de Diadema, no ABC.

Eram 19h30 de ontem quando, em sua moto Yamaha, a policial militar Evelyn Cristine de Lara, de 34 anos, lotada no 22º Batalhão, chegava em casa, no bairro de Americanópolis, na zona sul de São Paulo, e foi abordada por um adolescente, de 17 anos.

A policial, que também entregou sua bolsa ao criminoso, esperou o rapaz subir na moto para sacar uma pistola calibre ponto 40 e dar voz de prisão. Na suposta troca de tiros, o assaltante foi baleado e morreu quando era atendido no pronto-socorro municipal do Jabaquara.

O caso foi registrado no 97º Distrito Policial, de Americanópolis, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por se tratar de suposta resistência seguida de morte.

Armado, Alexandre Bonvino dos Santos, de 37 anos, ao lado do comparsa, Gilmar Guimarães Júnior, 31, levou a pior, por volta das 19h45 de ontem, ao, supostamente, trocar tiros com dois guardas municipais à paisana que flagraram a dupla assaltando um bar na altura do nº 130 da rua Tiradentes, no centro de Diadema, no ABC.

Os dois guardas teriam anunciado voz de prisão. Santos foi baleado e morreu no local ao atirar contra os dois agentes municipais. Já Guimarães, como estava desarmado, correu, mas foi alcançado e detido. O caso, que também será investigado pelo DHPP, foi registrado no 1º Distrito Policial de Diadema.

Suspeito de matar estudante da USP é preso e será transferido para CDP

A Polícia Civil de São Paulo prendeu na noite desta quinta-feira um suspeito de matar o estudante Felipe Ramos de Paiva, de 24 anos, no campus da Universidade de São Paulo (USP), em 18 de maio. O aluno foi baleado em um estacionamento da Faculdade de Economia e Administração (FEA), durante tentativa de roubo de seu carro.

Irlan Graciano Santiago, de 22 anos, chegou a se apresentar à polícia no último dia 9, mas por não ter antecedentes criminais, ter residência fixa e não haver flagrante, não ficou detido. Ele foi preso nesta quinta após a decretação da prisão preventiva.

O rapaz foi levado para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro de São Paulo. Ao deixar o prédio para ser submetido a exames no Instituto Médico Legal (IML), negou ter matado o estudante da USP. "Não matei ninguém", afirmou.

Após exames médicos, Santiago deve ser transferido a um Centro de Detenção Provisória (CDP) da capital paulista.

Quando se apresentou à polícia, dia 9, o jovem confessou que participou da tentativa de roubo do carro blindado do universitário Felipe Ramos de Paiva, no campus da USP. Porém, como nesta quinta, negou ter atirado no estudante.

“Fiz por necessidade. Meu filho estava com falta de leite, de fralda. Eu me arrependo”, afirmou na ocasião. Santiago contou que ele e um “parceiro” participaram do assalto e que o estudante foi baleado porque reagiu. O universitário foi atingido por um tiro na cabeça, quando chegava em seu carro. Mas segundo Santiago, quem atirou foi o parceiro.

Na ocasião, o delegado Maurício Guimarães Soares, divisionário do DHPP, disse que Santiago não revelou o nome do homem que estava com ele. O segundo participante do crime ainda não foi preso.

Ex-jogador Edmundo é solto em São Paulo

O ex-jogador de futebol Edmundo, preso durante a madrugada desta quinta-feira em um flat no Itaim Bibi, região nobre de São Paulo, foi solto às 20h10 após passar por exame de corpo de delito no Instituto Médico-Legal (IML) Oeste.

Ele deixou a 3ª Delegacia Seccional Oeste, no bairro de Pinheiros, sem falar com os jornalistas. Acompanhado da advogada, ele entrou em um carro e foi embora.

A Justiça concedeu à tarde um habeas corpus ao ex-jogador. Edmundo foi condenado em 1999 a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, por homicídio culposo de três pessoas e lesões corporais de outras três em um acidente automobilístico, ocorrido no Rio de Janeiro, em dezembro de 1995.

O advogado Arthur Lavigne, que representa Edmundo, afirmou que o crime está prescrito e a que a punição deve ser extinta.

Edmundo passou o dia em uma cela de 6 metros quadrados, sem colchão e janela. De acordo com o delegado Eduardo Castanheira, responsável pela detenção do ex-jogador, ele recebeu a visita de dois amigos, que levaram sanduíches e achocolatado para o café da manhã. Uma advogada também passou pela delegacia.

A polícia chegou até Edmundo depois de receber uma denúncia anônima. “Recebemos denúncia anônima dando conta que ele estava em um flat na Rua Amauri. O recepcionista nos levou ao seu apartamento. Ele não esboçou nenhuma ação. Solicitei que ele tomasse banho e se arrumasse”, disse Castanheira.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Mãe e filhos são presos acusados de homicídio no Perequê-Açu

O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil capturou na manhã de ontem duas pessoas acusadas pelo crime de homicídio. Mãe e filho, L.F. e C.F., respectivamente, foram presos preventivamente por volta das 9h, na rua Maranhão, no bairro Usina Velha.

Segundo a Civil, o crime teria sido cometido na noite da última terça-feira, na rua Baitaca, no bairro do Perequê-Açu, quando os dois acusados teriam assassinado a tiros Fernando de Lima.

De acordo com a esposa da vítima, Fernando teria sido chamado em sua residência por um homem que estava na rua e que quando saiu para ver quem era, foi morto. A esposa revelou também que ouviu três disparos, sendo que um deles acertou seu marido.

Durante as investigações, a Polícia Civil apurou que dias antes do homicídio, a vítima teria tido um desentendimento com C.F. por causa de uma construção irregular, e que devido ao desentendimento, a vítima teria agredido o acusado.

Segundo testemunhas, após a agressão C.F. teria jurado Fernando Lima de morte. Os dois acusados foram capturados e a estão à disposição da justiça.

Polícia Civil prende acusado de tráfico no Jardim Jaqueira


A Polícia Civil, através do Setor de Investigações Gerais (SIG) prendeu na tarde de ontem em flagrante R.S.A., conhecido como Bitão, acusado de tráfico de entorpecentes.

Após denúncia anônima, os policiais civis puderam constatar uma movimentação suspeita em um local conhecido como ponto de venda de entorpecentes na rua Francisco Antônio de Macedo, no Jardim Jaqueira.

Em revista à residência os policiais encontraram cinco pinos de cocaína no quarto do acusado, 90 pinos em cima de um armário na cozinha e 84 pedras de crack escondidas dentro de um aparelho de som.

A Civil conseguiu localizar em outro armário uma porção única de 35 gramas de cocaína, o que segundo a perícia resultariam em mais 70 pinos da substância. "BITÃO" ALEGOU QUE ERA TUDO PARA SEU USO. INDAGADO PORQUE EMBALOU OS ENTORPECENTES DISSE QUE ERA PARA CONSUMIR SÓ DOIS POR DIA. O acusado já teria cumprido pena por roubo e também já possuía algumas passagens na polícia por porte de entorpecentes e tráfico. R.S.A foi preso e permanece à disposição da justiça.

Foragido é preso em Jacareí; ele trabalhava em frente à delegacia


Joaquim Morais, foragido da Justiça, foi preso em Jacareí. O curioso é que ele trabalhava há dois meses bem próximo a uma delegacia. A prisão levanta a questão da captura de presos. Muitos saem do presídio e levam uma vida normal fora das celas. A saída temporária funciona?

Foi durante uma blitz de rotina na Rodovia Nilo Máximo, ligação entre Santa Branca e Jacareí, que Joaquim Morais foi capturado. Joaquim, condenado por tráfico de drogas, é foragido do sistema prisional. Saiu pela porta da frente de uma penitenciária, em Tremembé, durante a saída temporária do dia das mães em 2007.

Há quatro anos, Joaquim andava livremente pelas ruas. Há pouco mais de dois meses, trabalhava como ajudante em uma loja de materiais de construção. Ele não era registrado, faltava bastante e ganhava por semana. O dono, que não quis gravar entrevista, não pediu os antecedentes criminais do funcionário, mas informou que ele nunca levantou suspeitas. Para policia também não. A loja de materiais de construção fica bem próxima à delegacia da cidade. “A pessoa tinha um comportamento normal, dificilmente vai ser abordada pelos policiais”, contou o delegado Roberto Martins.

A falha na captura de presos foi levantada, em março deste ano, quando um foragido do sistema prisional, Ananias dos Santos, matou duas irmãs, em Cunha. Desde que saiu da prisão, ele morava o tempo todo na casa dos pais. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, nas últimas duas saídas temporárias, desse ano, a de Páscoa e dia das mães, dos cerca de 40 mil presos que deixaram os presídios, 2 mil não retornaram e são considerados foragidos.

A Secretaria de Administração Penitenciária informou ainda que o benefício está previsto em lei e é dado a presos de bom comportamento. E que quando os foragidos são capturados, voltam para o regime fechado.

Jovem de 25 anos é sequestrado na porta de casa em Cachoeira Paulista

Um jovem de 25 anos foi sequestrado na madrugada desta quarta-feira (15), em Cachoeira Paulista. A ação dos bandidos começou por volta da meia-noite na frente da casa dele, no bairro Margem Esquerda.

Ele havia acabado de chegar e chamar a mãe para abrir o portão. Quando ela saiu, os dois foram rendidos por três bandidos.

As vítimas foram levadas pra dentro da residência, e os criminosos começaram a pegar produtos como eletrônicos da casa, como televisão e computador. Tudo isso foi levado pro carro da família, no qual os criminosos fugiram, levando o jovem.

Eles já fizeram contato e pediram um resgate. Na delegacia, o caso é tratado com muito sigilo, e poucas informações foram divulgadas. Até o momento, ninguém foi preso.

Mulher dá à luz em banheiro e diz que não sabia que estava grávida

Uma mãe de Atibaia teve uma surpresa e tanto: só descobriu que estava grávida quando o filho nasceu, neste fim de semana. Ela passou nove meses sem sentir qualquer sinal de que um menino estava a caminho.

O casal Fabiana Clarim Ferreira e Edmar Rodrigues dos Santos comemorava o aniversário de 1 ano do filho Felipe, na casa de uma tia. Mas a mãe Fabiana foi embora antes do ‘parabéns’, com dores nas costas.

“Tomei um banho, tentei dormir e fui ao banheiro para ir ao médico. Aí senti uma dor muito forte nas costas. Aí sentei no vaso e fiz força. Saiu algo e chamei meu marido pra ver”, conta a mãe. “Rapidamente percebi que era uma criança. Corri, peguei ela pela perninha, ergui, dei uns tapinhas na bunda da criança, e ela chorou”, relembra o pai.
Depois de dar à luz, Fabiana ficou por quinze minutos debaixo do chuveiro com água quente para manter a temperatura do recém nascido.

Com a chegada dos bombeiros, a mãe e o bebê foram levados até a maternidade da Santa Casa de Atibaia. A mãe e a criança passaram dois dias no hospital. Henrique Gabriel nasceu aos nove meses, com 3,5 quilos e 48 centímetros.

Segundo Fabiana, três meses após ter o primeiro filho ela começou a tomar anticoncepcional. E não percebeu que estava outra vez grávida. “Minha barriga não cresceu. O que inchou foi meu estômago. Não tive enjôo, nem nada e o bebê não mexia”, conta Fabiana.

O médico Jorge Santos, que atendeu Fabiana na maternidade, acredita ser difícil alguém engravidar sem perceber mudanças no corpo. “Provavelmente ou ela tomou a medicação errada, ou começou a tomar a medicação já grávida. É estranho, mas temos que acreditar”, comentou o obstetra.

Edmundo é transferido para cela em delegacia de São Paulo


O ex-jogador de futebol e comentarista esportivo Edmundo Alves de Souza Neto, de 40 anos, deixou por volta das 9 horas a sala reservada onde passou a madrugada e seguiu para uma cela na Delegacia Seccional de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. Ele está sozinho na cela.

Edmundo foi preso nesta madrugada dentro de um flat na cidade de São Paulo, por agentes do Setor de Investigações Gerais (SIG) da 3ª Delegacia Seccional Oeste. Ele estava sozinho no momento da abordagem e não ofereceu resistência. A polícia realizou a prisão após receber uma denúncia anônima por volta das 23 horas de ontem. Depois de ser preso, o ex-jogador foi levado por volta das 5h20 para fazer o exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

O atleta aguarda a chegada de policiais civis do Rio de Janeiro para ser transferido ainda hoje. Procurada, a Polícia Civil fluminense não soube informar de que forma a transferência será feita. Edmundo não possui formação superior, portanto, pela lei, não tem direito a cela especial.

Nesta semana, a Justiça carioca expediu o mandado de prisão contra o ex-jogador. Ele foi condenado em 1999 a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, pelos homicídios culposos (quando não há intenção de matar) de três pessoas e lesões corporais de outras três em um acidente de carro. O acidente aconteceu na madrugada do dia 2 de dezembro de 1995, depois dele sair de uma boate na Lagoa, bairro da zona sul carioca.

Conhecida como 'velha do pó', idosa é presa por tráfico de drogas

Uma idosa foi presa na madrugada desta quinta-feira suspeita de tráfico de drogas em um dos bairros da periferia de Cuiabá. De acordo com as informações repassadas pela Polícia Civil, a mulher de 71 anos, era conhecida na região como ‘‘velha do pó’’.

Ainda segundo a polícia, a idosa comercializava os entorpecentes na região do bairro Tijucal. Na casa da idosa foram encontradas várias porções de drogas que estavam escondidas em diversos locais como pacotes de comida, bolsos de roupas e até mesmo escondido no freezer da casa.

Além da droga apreendida pela polícia, foram encontrados dois celulares e o total de R$1.450 em espécie. A idosa está presa no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) do bairro Planalto para mais averiguações.

Mais caixas eletrônicos são alvos de ataque em São Paulo

Uma quadrilha de ladrões de caixa eletrônico invadiu, no final da noite de quarta-feira, o campus da Universidade de Santo Amaro (Unisa) localizado na rua Humboldt, em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo.

Aproveitando a abertura do portão para que uma professora deixasse o campus, os criminosos renderam o vigia e a docente e foram para o posto bancário dentro da universidade, onde, com uso de maçarico, cortaram um caixa eletrônico do Bradesco e arrancaram o cofre.

Até as 4h30, a polícia não sabia informar mais detalhes sobre o ocorrido. Nenhum bandido foi preso. O caso está sendo registrado no 11º Distrito Policial, de Santo Amaro.

Por volta das 2 horas, criminosos tentaram arrombar um dos caixas eletrônicos instalados no hall de entrada da agência do Banco do Brasil localizada na altura do nº 2.772 da avenida Cupecê, em Cidade Ademar, também na zona sul de São Paulo, mas um incidente no equipamento utilizado pelo bando obrigou o grupo a abortar a ação.

Segundo a Polícia Civil, o botijão de gás que alimentava o maçarico que era utilizado no corte da máquina acabou explodindo. Não se sabe se algum dos bandidos ficou ferido, mas todos deixaram o local e até as 5h45 ninguém havia sido encontrado.

Vizinhos da agência, ao ouvirem a explosão, ligaram para o 190. O caso foi registrado no 43º Distrito Policial, de Cidade Ademar.

Briga de trânsito termina em morte em São Paulo

Uma briga de trânsito terminou na morte de um motoqueiro, na noite de quarta-feira na Marginal do Pinheiros, região do Brooklin, na zona sul de São Paulo.

O crime ocorreu na pista sentido Jaguaré, próximo à Ponte Estaiada. Segundo testemunhas, após discutir com um motorista, o motoqueiro foi baleado e ainda caminhou cerca de 15 metros antes de cair entre dois carros.

O pintor Aurélio Marcos Parreira, de 36 anos, que trabalhava em uma multinacional, não chegou a ser socorrido, morreu no local. O autor do disparo fugiu e uma testemunha chegou a anotar as placas de um veículo que acreditava ser do assassino.

Policiais da delegacia do Brooklin localizaram o proprietário, mas concluíram que a testemunha havia se enganado. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) assumiu as investigações.

Presos são recapturados após fuga de penitenciária; comparsas também foram detidos

O resgate de dois presos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) Dr. Rubens Aleixo Sendin, em Mongaguá, na manhã desta quarta-feira, mobilizou diversos policiais militares em 12 viaturas e um helicóptero. Ao término da perseguição, a dupla foi recapturada, bem como foram presos em flagrante os três homens que a auxiliaram na fuga.

Moradores em Caraguatatuba, no Litoral Norte, Rafael da Silva Santos, de 23 anos, Lucas Felippe dos Santos, de 22, e Leoni Agson dos Santos, também de 22, foram até o CPP de Mongaguá para resgatar os detentos Jefferson Wilson Moura Braga, de 31, e Fernando Gomes Andrade, de 29.

Os participantes da operação de resgate ocupavam a Parati cinza, de placa ADS-8301, dirigida por Rafael. Eles estacionaram o carro próximo à unidade penitenciária, que é de regime semiaberto, e ficaram no aguardo dos presos Jefferson e Fernando, moradores em Caraguatatuba e na Capital, respectivamente.

Os detentos escalaram o alambrado do pavilhão 8, ganharam a rua e correram em direção ao veículo dos comparsas. Agentes penitenciários perseguiram a pé a dupla e conseguiram recapturar Fernando, que se cortou na cerca de arame farpado afixada no alto do alambrado.

Jefferson quase foi alcançado por outros agentes, mas os ocupantes da Parati os intimidaram com uma faca e esse detento conseguiu entrar no carro. Em seguida, o automóvel saiu em alta velocidade, sendo a fuga comunicada à Polícia Militar.

O grande aparato de policiais, viaturas e até um helicóptero possibilitou que, momentos depois, a Parati fosse avistada e interceptada na avenida marginal da Rodovia Padre Manuel da Nóbrega, em Suarão, Itanhaém. Dentro do carro estavam Jefferson e o trio que o resgatou.

A faca utilizada para intimidar os agentes penitenciários foi apreendida dentro do veículo. Rafael, Lucas e Leoni foram conduzidos ao 2º DP de Mongaguá (Balneário Flórida Mirim), onde a delegada Selma Santana Rodrigues os autuou em flagrante pelo crime de promoção de fuga de preso, cuja pena varia de 2 a 6 anos de reclusão. Os detentos, por sua vez, cometeram falta grave e deverão regredir para o regime fechado.