quinta-feira, 31 de maio de 2012

Boato de toque de recolher imposto pelo PCC assusta Zona Leste de SP

O medo de um ataque do Primeiro Comando da Capital (PCC) levou moradores de Cidade Tiradentes, na Zona Leste de São Paulo, a viverem uma quarta-feira atípica. 

Um boato sobre um suposto toque de recolher imposto em represália a um dos seis mortos pelas Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) na segunda-feira fechou escolas, creches, postos de saúde, uma unidade de pronto-atendimento e lojas do bairro.

José Carlos Arlindo Júnior, de 35 anos, era morador de Cidade Tiradentes e conhecido como um dos principais criminosos da região. Ele participava, na noite de segunda-feira, de uma reunião com outros suspeitos em um estacionamento na Penha, quando foi morto pela Rota. Segundo a PM, uma denúncia anônima informou que o grupo planejava resgatar um preso no Centro de Detenção Provisória do Belém.



Seis suspeitos foram mortos, três acabaram presos e outros cinco conseguiram fugir, por volta das 21 horas de segunda-feira, durante uma ação de policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (ROTA), do 1º Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), no interior de um estacionamento, na Rua Osvaldo Sobreira, 38A, ao lado de um bar e próximo à Favela Tiquatira, região da Penha, na zona leste da capital paulista. 

De acordo com os policiais, ao chegarem ao local foram recebidos com tiros. No local, os policiais apreenderam um Renault Logan, um Ford Fiesta, um Fiat Pálio, R$ 3 mil, oito tijolos de maconha, cinco tabletes de cocaína e várias armas: um fuzil 762, uma pistola calibre 45, uma pistola e uma submetralhadora, ambas calibre 9mm - armas de uso exclusivo das Forças Armadas. Também foram apreendidos uma pistola calibre 380, três revólveres calibre 38 e quatro coletes à prova de balas.

Traficante e se veste de mulher para tentar fugir da polícia

O disfarce de nada valeu. Mesmo vestido de mulher, com saia, blusa feminina e um pano de prato na cabeça fazendo as vezes de lenço, Benedito José Leal, de 39 anos, foi de imediato reconhecido por policiais civis que o haviam surpreendido momentos antes com drogas. 

Novamente, ele recebeu voz de prisão, com as agravantes de furtar as peças com as quais tentou enganar os agentes e de resistir à segunda detenção.

Policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) prenderam Benedito na Rua Conselheiro João Alfredo, no Macuco, por volta das 20h30 de terça-feira, após receberem informação anônima de que um homem com as suas características vendia drogas no local. Abordado, o acusado foi revistado, sendo achado com ele um saco plástico contendo 19 cápsulas de cocaína.

O acusado alegou ser viciado e nada disse sobre a procedência do tóxico, sendo algemado e colocado em uma viatura descaracterizada. 

Nesse momento, os autores da prisão souberam que outra equipe da Dise precisava de apoio para prender mais duas pessoas na João Alfredo sob a acusação de tráfico. Imediatamente, eles foram auxiliar os colegas, e Benedito aproveitou a ocasião para fugir da viatura, apesar de estar com as algemas.

Contornada a situação com os policiais que precisavam de apoio, os investigadores que prenderam Benedito constataram a sua fuga, mas logo foram informados de que ele correu até um beco da própria rua constituído por algumas casas. Imóvel por imóvel foi vistoriado, e a moradora de um deles chamou a atenção, porque estava muito nervosa e a sua “boca tremia ao falar”, conforme destacou Paulo Álvaro Ribeiro.

Da porta, essa mulher disse que tudo estava bem, mas os policiais viram o acusado travestido dentro da sala e lhe deram nova voz de prisão. Benedito se rebelou e, mesmo algemado, investiu contra os investigadores, tentando mordê-los. Após ele ser dominado, a moradora contou que o acusado invadiu a residência e a obrigou a vesti-lo com os trajes femininos.
O delegado Francisco Garrido Fernandes autuou Benedito por tráfico e, ainda, por resistência e pelo furto das peças de roupas e de dois celulares da casa da mulher. Na Dise, um dos aparelhos foi achado com o acusado, enquanto o outro não foi recuperado.

Concluída a elaboração do auto de prisão em flagrante, os policiais conduziram o preso, sem os trajes de mulher, à cadeia anexa ao 5º DP. As informações são do site A Tribuna.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Policial Militar morre após ser baleado em Guarujá


Um policial militar morreu após ser baleado em Guarujá. Segundo informações da Policia Militar, o policial Edilson Avelino de Sales, de 38 anos, foi surpreendido por um criminoso quando chegava em sua casa, em Vicente de Carvalho, logo após terminar o seu plantão noturno, por volta de 7h30 desta quarta-feira. Segundo a policia, o criminoso fugiu após efetuar os disparos. 

O policial chegou a ser encaminhado ao Pronto Socorro, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo será encaminhado ao IML onde será feito o exame necroscópico.

Dono de bar e amigo são executados a tiros em Cubatão


Três marginais encapuzados executaram o dono de um bar e um amigo dele, dentro do estabelecimento da vítima, na Vila Esperança, em Cubatão, na madrugada desta terça-feira. O crime contra o comerciante Carlos André Paiva Barreto, de 36 anos, e Juraci Lopes de Oliveira, de 52 anos, foi perto de onde um homem foi morto após troca de tiros com a PM, na segunda-feira.

O bar de Carlos fica na Avenida Principal. Por volta das 2 horas, as vítimas estavam no comércio, junto com uma testemunha, quando apareceram os três marginais. Eles estavam usando toucas ninja.

O trio se dirigiu ao comerciante, que estava atrás do balcão, disse “e aí Carlos” e começou a atirar. Durante ação, um dos autores olhou para Juraci. Em seguida, disse: “Olha o outro aí”. 

Juraci teria tentado se esconder, mas também foi baleado. Os atiradores fugiram do bar a pé. A Polícia Militar e o Samu foram acionados. Quando o Resgate chegou, foi constatada a morte das duas vítimas. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Santos, para realização de exame necroscópico.

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram na cena do crime e foram apreendidos projéteis. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Cubatão. Um parente de Carlos, que preferiu não se identificar, contou que o comerciante tinha o bar havia mais de dez anos. O comércio funcionava durante a noite. 

O familiar disse que Carlos sofreu ameaças no começo do ano. Elas estariam relacionadas ao fato de viaturas da PM serem vistas parar no estabelecimento. Marginais da região teriam achado que a vítima passava informações para a polícia, o que nunca ocorreu, segundo seu parente.

Ele comentou que o bar fica cerca de 200 metros do local onde um suspeito foi morto em tiroteio com a polícia. O familiar acha que pode haver alguma relação entre as ocorrências. Denúncias que ajudem a esclarecer as execuções podem ser feitas por meio do telefone 181. Não é preciso se identificar.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Diretor do DHPP, disse que há indícios de execução em ação da Rota

O diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Jorge Carlos Carrasco, disse, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, que a polícia tem indícios de que um dos seis mortos na ação da Rota em um bar da Penha, na Zona Leste de São Paulo, na noite de ontem, teria sido executado por três integrantes de uma das equipes desta tropa de elite da Polícia Militar. "Temos indícios de que ele teria sido executado", afirmou Carrasco. As informações são do portal G1.
O diretor do DHPP, no entanto, afirmou que toda a ação da Rota no episódio "foi legítima". "Houve perseguição e troca de tiro em diversos lugares e não apenas no estacionamento do bar. E houve uma reação com a chegada da polícia", declarou. O coronel Salvador Madia, comandante da Rota, na entrevista falou em "conduta fora do padrão, um desvio de conduta", por parte dos seus comandados na ação. "Há indícios que estão sendo investigados pelo DHPP. O inquérito está sob sigilo", completou.

O coronel Rui Conegundes de Souza, corregedor da Polícia Militar, disse, por sua vez, que foi uma testemunha que entrou em contato com a sala de comunicação da corporação, o Copom, para avisar que um homem estava sendo agredido por policiais militares. "Após as primeiras investigações, concluímos que a equipe fez parte inicialmente da ação da Rota no bar na Penha. Deliberamos, então, pela prisão em flagrante destes policiais militares, que vão responder a um inquérito policial-militar (IPM) e inquérito criminal", disse Souza.

Teriam participado da suposta execução um sargento e dois soldados da Rota; um quarto integrante da mesma equipe teria permanecido no local da ação com outros três suspeitos que tinham sido presos - duas mulheres e um homem. No total, a primeira ação na qual seis equipes da Rota se envolveram resultou na morte de seis suspeitos e na prisão de três pessoas. Na segunda ocorrência, da equipe da Rota que teria supostamente participado da execução de um dos seis mortos, resultou em três policiais presos.

De acordo com o coronel Madia, a Rota recebeu uma denúncia anônima referente a uma reunião de integrantes de uma facção criminosa que iria organizar o resgate de um chefe, um traficante de drogas, que estava preso do CDP do Belém e que seria transferido para o presídio de Presidente Venceslau, no interior do estado.
O encontro seria no estacionamento de um bar na Penha. De acordo com Madia, ao chegarem ao local, os suspeitos reagiram à voz de prisão. Três foram presos, cinco fugiram e seis foram mortos na ação. O comandante da Rota negou que tenham ficado sabendo da reunião dos suspeitos por meio de grampo (escuta ilegal). "Não existe esse tipo de coisa (grampo), se não for com base na legalidade", ressaltou. Quanto ao número de mortos resultante do confronto, destacou: "Eu acredito em treinamento e capacitação".

O corregedor da PM, por sua vez, relatou que o Copom recebeu uma ligação de uma mulher que tinha sido avisada pelo filho de que uma pessoa estava sendo agredida por policiais militares em um local próximo à Rodovia Ayrton Senna, cerca de seis quilômetros distante da ação inicial da Rota. "Ela deu informações que PMs estavam com um civil, o mesmo que posteriormente entrou em óbito. Em princípio, esta equipe está junto na ação do Tiquatira (onde está localizado o bar da ação inicial)", disse Souza.

De dentro de casa, ela passou a observar a atitude dos policiais. "Ela descreveu as agressões e que ouviu disparos. Não estamos dizendo o local, porque a testemunha está sob proteção", explicou o corregedor.

Policiais da Rota que mataram 6 bandidos são detidos em SP

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo afirmou na tarde desta terça-feira que foram detidos os policiais da Rota envolvidos no tiroteio que causou a morte de seis pessoas, na noite de ontem.

O tiroteio ocorreu por volta das 21h em um lava-rápido e estacionamento da rua Osvaldo Sobreira, na Penha, Zona Leste da cidade. Os seis suspeitos baleados foram socorridos, mas não resistiram e morreram. Outras três pessoas, entre elas duas mulheres, foram presas e outras cinco conseguiram fugir.

Segundo a polícia, o grupo planejava uma ação para libertar um detento que seria transferido do CDP (Centro de Detenção Provisória) do Belém, na capital paulista, para a Penitenciária 2 de Presidente Venceslau (611 km de SP).

No ocasião, o major Marcelo Gonzales Marques afirmou que o plano de resgate do detento chegou à PM por meio de uma denúncia anônima. Já no local indicado, os criminosos teriam disparado contra os policiais, segundo o major.

No estacionamento a polícia apreendeu três veículos, drogas (maconha e cocaína), quatro coletes a prova de balas e diversas armas, entre elas, algumas de uso exclusivo das Forças Armadas: um fuzil 762, uma metralhadora 9mm, uma pistola calibre 45 e uma pistola calibre 9mm. Também foram apreendidos no local quatro revólveres calibre 38.

A Secretaria da Segurança não informou o número de PMs presos ou a razão. As informações são do portal UOL.

Rota invade reunião do PCC e seis bandidos morrem em São Paulo


Seis suspeitos foram mortos, três acabaram presos e outros cinco conseguiram fugir, por volta das 21 horas de segunda-feira, durante uma ação de policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (ROTA), do 1º Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), no interior de um estacionamento, na Rua Osvaldo Sobreira, 38A, ao lado de um bar e próximo à Favela Tiquatira, região da Penha, na zona leste da capital paulista. 

Segundo o major Marcelo Gonzales, 26 policiais foram até o endereço após uma denúncia anônima ter informado que um grupo, supostamente ligado à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), estaria reunido no estacionamento com o objetivo de traçar um plano de resgate de um preso que seria transferido do Centro de Detenção Provisória (CDP) do Belém, zona leste da cidade, para a Penitenciária II de Presidente Venceslau, no extremo oeste paulista.

De acordo com os policiais, ao chegarem ao local foram recebidos com tiros. Seis dos suspeitos foram baleados. Três morreram no pronto-socorro da Vila Maria, dois no pronto-socorro do Tatuapé e um no pronto-socorro de Ermelino Matarazzo. Duas mulheres e um homem, que também estavam no grupo, entregaram-se sem resistir. Outros cinco suspeitos fugiram em um veículo branco, de placas e modelo não informados. Nenhum policial se feriu.

No local, os policiais apreenderam um Renault Logan, um Ford Fiesta, um Fiat Pálio, R$ 3 mil, oito tijolos de maconha, cinco tabletes de cocaína e várias armas: um fuzil 762, uma pistola calibre 45, uma pistola e uma submetralhadora, ambas calibre 9mm - armas de uso exclusivo das Forças Armadas. Também foram apreendidos uma pistola calibre 380, três revólveres calibre 38 e quatro coletes à prova de balas.


segunda-feira, 28 de maio de 2012

Força Tática faz ofensiva contra o tráfico de drogas na pista de skate


O serviço de Inteligência da policia militar monitorava o tráfico de drogas nos arredores da pista de skate em Caraguatatuba e na noite do ultimo sábado 26/05, de posse das informações sobre um menor com traços orientais (vulgo CHINA) o qual era constantemente denunciado como o fornecedor de drogas pelo local, as equipes de Força Tática, equipe do sargento J.Carvalho , os soldados Leite e Modesto, juntamente com a equipe de Tático Comando, tenente Pelegrine e equipe, realizaram uma ofensiva contra o tráfico de drogas no local.
De posse das informações as equipes abordaram no local que era monitorado o menor W.K.Y de 17 anos o vulgo “China”, que estava acompanhado do maior A. G. R o vulgo “Alemão” no momento que efetuavam o comércio de entorpecentes ao usuário confesso E.F.L o vulgo “Dentinho”. Com menor conhecido por “China”, foram encontradas 02 (duas) cápsulas de cocaína, 11 (onze) porções de maconha e uma porção maior da mesma droga. Com o maior “Alemão” foi encontrada uma sacola de pano com 24 (vinte e quatro) porções de maconha, uma porção maior da mesma droga e também 05 (cinco) cápsulas de cocaína, além de diversos celulares.


Durante a realização da abordagem foi percebida uma movimentação suspeita por parte de um ciclista que ao avistar as viaturas desviou-se de seu itinerário e empreendeu fuga com destino ao quiosque KATIRA sendo acompanhado e abordado quando já se evadia adentrando sem autorização ao estabelecimento citado. O abordado foi o menor G.G.S. de 16 anos que é irmão do vulgo “Alemão”,que era abordado pelos policiais e portava em sua bermuda 03 (três) porções de maconha, um celular e R$37,00 (trinta e sete reais) em espécie além de uma grande porção de maconha no bolso de sua blusa. 
 Antes de conduzir todos à Delegacia Central de Caraguatatuba, foi realizado contato com a genitora do menor para acompanhá-lo, onde a mesma franqueou a entrada em sua residência, onde os militares localizaram nos pertences do menor uma mochila contendo uma balança de precisão, 04 (quatro) porções grandes de maconha, uma faca e R$ 100,00 (cem reais) em espécies.
Na Delegacia Central os policiais constataram que o menor G.G.S já esteve internado na Fundação Casa pelo crime de Roubo..
Diante dos fatos delegado de plantão ratificou a voz de prisão e sindicou os  menores por tráfico de drogas, já o único maior o vulgo “Alemão”, foi indiciado e preso por tráfico de drogas e corrupção de menores.

Polícia identifica corpo encontrado esquartejado em lago de Bragança Paulista

A polícia divulgou neste domingo 27/05 que identificou a vítima encontrada esquartejada dentro de uma mala no Lago Orfeu, em Bragança Paulista, na última quinta-feira 24/05. A jovem Renata da Silva Monteiro tinha 15 anos e morava na capital paulista. 

A mala foi localizada depois de uma denúncia anônima feita por meio do telefone 190, da Polícia Militar. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, pessoas informaram à polícia ter visto uma mala dentro da qual foram encontradas pernas e cabeça em estado de decomposição, além de quatro pedaços de bloco de cimento. Por volta das 13h, agentes encontraram um tronco humano em meio a um bambuzal. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML). 

A tia da jovem, a corretora de seguros Tânia Lígia da Silva Pereira, de 52 anos, disse que a sobrinha estava desaparecida desde 13 de maio, quando saiu com uma amiga para um almoço. O bebê, que tinha duas semanas na época, foi junto com a mãe e também desapareceu. Segundo a família, o menino foi localizado há uma semana no Rio Grande do Norte e já está sob cuidados dos avós maternos. O recém-nascido estava hospitalizado neste domingo, segundo Tânia, por causa de uma infecção no ouvido. A família credita os problemas de saúde dele à longa viagem. 

O sepultamento de Renata ocorreu na tarde deste domingo 27, no cemitério da Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte da capital paulista. "Era uma menina que não saía, não bebia, não fumava. Teve um namorinho e acabou tendo o filho, mas era uma criança ainda, com 15 anos de idade. Ela queria ser veterinária", disse a tia. 

A polícia vai investigar a morte da adolescente. Até a tarde deste domingo, ninguém havia sido preso. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, mais informações sobre o caso serão divulgadas nesta segunda-feira, em uma entrevista coletiva.

Garçom utiliza motel e foge sem pagar a conta em Praia Grande


Depois de usufruir de sua diária em Motel da Vila Tupi, em Praia Grande, um garçom de 44 anos fugiu na manhã de sábado sem pagar a conta.

Ao ver o portão de saída aberto para outro cliente, ele não pensou duas vezes antes de acelerar com seu Fox preto e deixar para trás a conta de R$ 44,00.

O detalhe é que ele esqueceu de buscar o RG na recepção do local, que acionou a Polícia Militar e ainda apresentou a documentação do rapaz como prova.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Homem é preso acusado de abusar sexualmente da enteada em São José

Um homem de 37 anos foi preso acusado de abusar sexualmente da enteada de sete anos, na zona rural de São José dos Campos. Na tarde desta quinta-feira 24/05, a vítima relatou o crime para a professora da escola onde estuda no bairro do Turvo. 

A direção da escola acionou a Polícia Militar, que foi até o local e ouviu a criança. A viatura da PM foi até ao sítio onde a família mora, e acompanhou o padrasto até a unidade escolar, onde foi feita a confirmação do abuso frente à menina. 

A mãe da criança confirmou o crime e disse que flagrou o abuso no meio da noite desta quarta-feira (23). A mãe contou ainda que a criança se queixa há seis meses do padrasto. A mulher tinha dois filhos com o atual companheiro e outros dois com o ex-marido. 

O caso foi encaminhado para a Delegacia da Infância e Juventude (DIJU) de São José dos Campos, que vai conduzir as investigações. De acordo com a polícia, o homem foi preso em flagrante por estupro e já tinha passagem na polícia por homicídio. Já a mãe da criança poderá ser indiciada por condescendência criminosa.

Polícia apreende menor de idade com foto de Bin Laden'

Um jovem de 17 anos foi apreendido nesta quinta-feira (24) por policiais da Delegacia da Infância e Juventude (DIJU), de São José dos Campos, com pinos de cocaína. O curioso é que o material tinha fotos do terrorista Osama Bin Laden. 

O rapaz estava em uma rua do bairro Campo dos Alemães, zona sul da cidade. Segundo o delegado da DIJU, Fábio Joaquim, esse tipo de prática (de colocar fotos nos pinos de cocaína) é utilizada pelos traficantes para demarcar o território de venda do entorpecente. Outras apreensões do tipo já foram feitas pela polícia. 

Ao todo, o adolescente estava com 3 pinos da cocaína, 8 pedras de crack e uma porção de maconha. Os policiais chegaram a ele depois de denúncia anônima. O menor foi levado a DIJU e será encaminhado à Vara da Infância e Juventude, onde vai ficar à disposição da Justiça. A polícia trabalha agora para prender o traficante responsável pela 'droga do Bin Laden'.

Porções de droga são apreendidas com a foto de Amy Winehouse

A cantora Amy Winehouse, que morreu em julho do ano passado, foi usada como uma espécie de garota-propaganda em porções de cocaína apreendidas pela polícia no Macuco, em Santos. Além do entorpecente, adesivos com a foto da cantora foram apreendidos. Duas pessoas foram detidas na ação.

Por volta das 22 horas de quarta-feira, policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Santos foram até a Rua Conselheiro João Alfredo checar uma denúncia. Durante campana, a equipe viu o indiciado, identificado como o estudante Stanley São José Madureira, de 20 anos.


Segundo a polícia, o homem foi visto em movimentação típica de tráfico, entrando em um imóvel durante as transações. Algum tempo depois, um Astra prata apareceu. Ele era conduzido por um adolescente de 17 anos.

Foi feita a abordagem e o estudante tentou fugir, mas foi capturado. Com ele foram encontrados R$ 80,00 em dinheiro.

Dentro do imóvel, os policiais encontraram um saco com 64 flaconetes plásticos com cocaína. Alguns estavam com a foto da cantora.

Também foram localizadas 35 pedras de crack, dois tabletes de maconha, outros adesivos com a imagem de Amy Winehouse e um caderno com anotações.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante para o acusado. O adolescente do carro foi entregue para sua mãe. O automóvel foi encaminhado ao pátio.

Advogados de São Paulo estão na mira do MPF por cobrança excessiva de honorários

O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo denunciou três advogados por cobrança excessiva de honorários, segundo informações divuldagas nesta quinta-feira. De acordo com o MPF, em um dos casos os advogados chegaram a receber 47% do benefício do INSS de seus clientes.

A ação foi proposta pelo MPF em março desta ano, a partir de inquérito que analisou reclamações frequentes de cidadãos que revelaram cobranças exorbitantes ou indevidas de honorários dos advogadoes em questão em demandas previdenciárias.

Em uma das irregularidades narradas pelo MPF, dois advogados cobraram quase metadade do valor retroativo do benefício previdenciário a título de pagamento pelos serviços prestados. "Dos R$ 43.189,30, valor corrigido das parcelas retroativas, R$ 20.300,35 foram revertidos em favor dos advogados", revelou o procurador da Republica, Thiago Lacerda Nobre.

Motorista de van denuncia professora por bater em aluno cego

Uma professora está sendo investigada sob suspeita de bater em um aluno cego de apenas 6 anos, em uma escola municipal na região do Grajaú, na zona sul de São Paulo. A agressão foi presenciada pelo motorista da van que transporta o garoto para a escola. 

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso ocorreu no último dia 21. O motorista disse à polícia que a docente arrastou o menino da sala de aula até a perua, pelo braço. Ao colocá-lo no banco, deu dois tapas na boca criança, que é deficiente visual.  

Ainda de acordo com o motorista, a atitude da professora teria sido justificada pelo mau comportamento da criança dentro da sala de aula. A professora ainda teria ameaçado dizendo que se isso se repetisse, ela iria bater nele com o cinto. 

O caso foi registrado no 85º DP (Jardim Mirna) como maus tratos. A Secretaria Municipal de Educação está investigando a denúncia. 

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Foragido do Pemano é preso por tráfico de drogas no Rio do Ouro


O foragido da justiça Denilson Ferreira de Jesus de 38 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira 24/05, na Rua. Quatro no bairro Rio do Ouro em Caraguatatuba. O acusado foi preso por tráfico de drogas e era foragido pelo mesmo crime do Pemano (Presídio Edgar Magalhães Noronha) de Tremembé. A prisão foi efetuada por policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais), que foram até o local para cumprir mandado de prisão contra o foragido que não retornou de uma saída temporária.

Os policiais da delegacia sede de Caraguá, receberam denúncias que o homem era foragido e continuava vendendo drogas em sua casa. No local o acusado foi preso e em buscas no local os investigadores encontram 47 cápsulas de cocaína. Dada voz de prisão ao detento, ele foi conduzido á delegacia de policia, onde foi registrado o flagrante de tráfico de drogas e condenado capturado. 

Mulheres são presas com 4 kg de droga em Praia Grande

Pouco mais de quatro quilos de drogas foram apreendidos, após uma denúncia, na Vila Sônia, em Praia Grande. Duas mulheres foram presas na ação. Segundo a polícia, o dono da biqueira é um homem que atualmente está preso.

O flagrante aconteceu na Rua Arnaldo Augusto Batista, por volta das 19h30 de terça-feira. Informações indicavam que no local funcionava a “biqueira do Cabeça”. Cabeça foi identificado como André Lima do Nascimento, que está detido no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Praia Grande.

No endereço indicado, policiais da Delegacia Sede encontraram as donas de casa Cristiane dos Santos Damasceno, de 34 anos, e Carla Bruna Rodrigues da Silva, de 22 anos.

Durante buscas, os policiais encontraram pouco mais de 2,5 quilos de maconha, distribuídos em 180 trouxinhas, três tijolos, duas porções e um saco a granel, 880 gramas de cocaína em três sacos, um tijolo e 171 pinos, e 660 gramas de crack, que estavam divididos em 295 pedras e um tijolo.

Além da droga, foram achados pinos vazios, sacos com pó branco, uma balança digital, três rolos de plástico transparente, dois radiocomunicadores, duas facas e R$ 20,00.

As suspeitas e o material foram encaminhados para a delegacia, onde foi registrado o flagrante de tráfico de drogas e associação para o tráfico. A polícia apurou que dois homens atuariam como gerentes da biqueira. Eles foram identificados apenas como Dudu e Zoreia e não foram localizados.

Bandidos roubam cerca de R$ 300 mil agência bancária em Peruíbe

Bandidos levaram aproximadamente R$ 300 mil do cofre de uma agência bancária em Peruíbe, na manhã desta quarta-feira. A ação levou cerca de 45 minutos e foi flagrada pelo circuito interno de monitoramento do banco. O bando conseguiu fugir. 

De acordo com informações da Delegacia Sede de Peruíbe, o crime aconteceu por volta das 10h30, em uma agência do Banco do Brasil, localizada na Avenida Padre Anchieta, 1200, no Centro da Cidade. 

Quatro homens armados teriam invadido a agência após conseguirem destravar a porta giratória do estabelecimento. Nenhum dos bandidos se preocupou em proteger o rosto para não ser identificado. 

Cerca de 15 funcionários, entre atendentes e vigilantes, foram rendidos pelos marginais, que recolheram toda a quantia que estava no cofre do banco, além do dinheiro guardado nos caixas da agência. 

Após recolher o montante, eles deixaram o local sem chamar a atenção. Ainda não se sabe se outros bandidos auxiliaram na fuga da quadrilha. 

Além das imagens no interior do banco, gravações feitas pelo circuito de monitoramento da Prefeitura de Peruíbe, em frente ao local, também deverão ser utilizadas pela polícia para identificar os envolvidos. 

O caso está sendo registrado na Delegacia Sede de Peruíbe. 

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Homem acusado de assaltos é preso pela PM


Na tarde desta terça-feira 22/05, por volta dàs 10h36, policiais militares, apos receberem informações de caracteristicas de um meliante que havia praticado roubo, deslocaram ate o bairro tinga onde se depararam com F.S.A. de 18 anos com as mesmas caracteristicas. Abordado pelo policiais miliatres, foi encontrado um simulacro de Pistola (objeto parecido com uma arma de fogo/ “Arma de Brinquedo”),  no bolso esquerdo da bermuda foram localizados os pertences de uma vitima de roubo.

Foi dada voz de prisão ao acusado, que foi conduzido a Delegacia de Policia, onde o delegado de plantão, tomou conhecimento dos fatos e determinou  voz de prisão.

Na delegacia  foi feito o Boletim de Ocorrência de Roubo “flagrante delito”, e logo apos compareceram mais três vitimas, as quais reconheceram o meliante em roubos efetuados por ele.

 Diante dos fatos, o indiciado foi recolhido à Cadeia Publica deste município.

Homem que roubou casa duas vezes se entrega à polícia, mas é liberado

Um suspeito de roubar uma chácara em São José dos Campos se entregou à polícia nesta terça-feira 22/05. O rapaz de 28 anos, autor do crime se entregou no Distrito Policial de Santana, na zona norte. Ele confessou que roubou a chácara junto com o primo dele. Ele é vizinho das vítimas e disse que sabia da rotina das pessoas. 

O crime foi em um fim de semana de abril. Os ladrões invadiram a chácara e levaram diversos aparelhos eletrônicos. Não havia ninguém no local. Quando a família foi registrar boletim de ocorrencia, os bandidos voltaram e roubaram outros aparelhos e roupas. Tudo isso em um prazo de 12 horas. 

O rapaz, mesmo confessando o crime, não foi preso. Ele vai ser indiciado e pode ter a prisão decretada. A polícia investiga agora a participação do primo dele no assalto.

Aposentado é baleado durante assalto em Praia Grande

Um aposentado de 69 anos foi baleado no rosto na noite de segunda-feira, após ter sua residência assaltada, no bairro Solemar, em Praia Grande. Um dos envolvidos no roubo foi preso.

Armindo Soares de Souza estava dentro de um carro, em frente à casa onde mora, quando quatro bandidos, dois deles portando armas de fogo, o abordaram e o levaram para dentro do imóvel. O bando estava escondido em um veículo  próximo ao local.

Além do aposentado, a auxiliar de serviços gerais Izabel Cristina de Oliveira também foi feita refém. Segundo informações dadas à polícia, ela levaria a vítima até o velório do avô, quando foi surpreendida pelos marginais. 

Após amarrar os dois, os ladrões reviraram a casa em busca de dinheiro e joias. Antes de deixar o local, um dos assaltantes atirou no rosto da vítima. Eles fugiram a pé, já que o veículo onde estavam parou de funcionar. 
Dois homens, suspeitos de envolvimento na ação, foram avistados pela Polícia Militar de Mongaguá, horas depois do assalto, na divisa entre os municípios. Um deles conseguiu fugir por um matagal. O outro foi preso e reconhecido posteriormente pela vítima, por meio de fotografia. 

O acusado foi levado à Delegacia Sede de Praia Grande. Os outros três envolvidos no assalto permanecem foragidos. A vítima foi encaminhada para o Hospital Irmã Dulce e seu estado de saúde é regular.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Plantão Policial 21 Maio 2012


Homem é morto a tiros na festa do Rodeio em Potim

Um homem de 25 anos foi morto com três tiros na região da cabeça durante a festa do Rodeio em Potim na madrugada desta segunda-feira (21). 

Segundo testemunhas a vítima estava em uma das barracas quando um homem chegou e efetuou os três disparos. 

O autor do crime fugiu e não foi identificado. A vítima morreu enquanto era socorrido. 

Servente de pedreiro é assassinado a tiros em Guarujá


O servente de pedreiro Fernando Cardoso Dias, de 27 anos, foi assassinado a tiros, na manhã desta segunda-feira, na Vila Maia, em Guarujá. A vítima ia para o trabalho quando foi baleada. No ano passado, o rapaz foi alvo de tentativa de homicídio. Na época, levantou-se a hipótese do envolvimento no crime de um antigo relacionamento da mulher da vítima.

O servente foi alvejado por volta das 7 horas, na Avenida Deputado Emílio Carlos. O jovem conduzia uma bicicleta e foi levado ao Hospital Santo Amaro. A unidade de saúde informou que o paciente faleceu pouco após dar entrada.

A Polícia Militar recebeu duas versões sobre a dinâmica dos fatos. Alguns populares disseram que dois ocupantes de um Gol preto tinham disparado contra a vítima. Eles teriam fugido na direção da Enseada.

Outros relatos também falam de uma dupla, mas afirmam que os autores fugiram correndo na direção da Rua Raul Ricardo de Barros.

A perícia foi acionada e houve a apreensão de um projétil. Policiais militares que atenderam a ocorrência fizeram contato com a mulher do servente.

Ela contou que está em união estável com a vítima há um mês, mas que namoram desde junho do ano passado. A mulher comentou sobre um antigo relacionamento e sobre uma tentativa de assassinato que Fernando sofreu no último dia 17 de agosto.

A testemunha disse que no dia seguinte ao atentado, o ex-companheiro teria ido na casa de sua mãe. O homem teria feito ameaças e dito que mataria toda a família se fosse acusado do atentado.

O assassinato foi registrado na Delegacia Sede de Guarujá para investigação. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 181.

Médica é presa após furtar bolsa da própria colega em hospital


A médica G.A.P.G., de 31 anos, foi presa após furtar a bolsa da própria colega, no Hospital e Maternidade São Miguel, em São Miguel Paulista, na zona leste da capital, por volta das 10 horas deste domingo.

Policiais militares foram avisados do furto pela própria vítima, uma médica de 26 anos. Ela afirmou que sua bolsa havia sido furtada do quarto de acesso restrito aos médicos.

O segurança do local disse aos PMs que viu outra médica entrar neste quarto e que ela era a única que estava de plantão naquele horário.

G. confessou ter furtado a bolsa, encontrada dentro de seu carro com os demais documentos, que foram devolvidos à vítima. A médica foi presa em flagrante e encaminhada ao 22° Distrito Policial (São Miguel Paulista), onde permaneceu até o pagamento da fiança de R$ 1 mil, paga pelo pai.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Pai entrega o próprio filho para a policia no Perequê-Mirim


Um pai entregou o próprio filho para a policia militar, após não saber mais o que fazer com relação ao comportamento do filho. O homem chamou a Polícia Militar no ultimo domingo 20/05, para que fosse realizada uma busca na casa onde moram no bairro do Perequê Mirim, na região sul de Caraguatatuba. De acordo com a policia , N.C.O acionou a policia militar pelo telefone 190 após saber que o filho teria sido o autor de um assalto a mão armada no final de semana. O menor já tinha sido internado na Fundação Casa e não cumpria com regularidade as exigências de presença junto ao fórum do município.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, o pai se mostrou indignado com a possibilidade de mais um “ato infracional”, cometido pelo filho. O pai autorizou a realização de busca e apreensão na residência onde os militares encontraram um revólver calibre 32 com numeração raspada.

A policia apurou junto com testemunhas, essa teria sido a arma utilizada por F.C.O em alguns roubos cometidos pela redondeza. Após acharem a arma os policiais conduziram pai e filho à delegacia, para mais esclarecimentos. A arma foi recolhida e o menor liberado após o registro do boletim de ocorrência. 

Mais de 20 mil já se inscreveram no concurso da Polícia Militar


Mais de 20 mil candidatos já se inscreveram para o concurso público para Soldado PM 2ª Classe (masculino e feminino). Há 1.160 vagas para unidades da polícia militar espalhadas por todo o Estado, inclusive Santos. A remuneração inicial oferecida no posto é de R$ 2.242,38.

Uma novidade neste concurso é que, pela primeira vez, a corporação seleciona candidatos masculinos e femininos em um mesmo processo seletivo.

O candidato deve ter o nível médio concluído, ter entre 18 e 30 anos de idade, carteira de habilitação de, no mínimo, categoria "B" e estar quite com as obrigações civis, eleitorais e militares (no caso dos homens).

Ao ingressar na corporação, o novo soldado permanece em período de estágio probatório, com duração de dois anos, enquanto realiza o Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública.

Inscrições
As inscrições são recebidas no site da Fundação Vunesp, em www.vunesp.com.br, até as 16h desta quarta-feira (dia 23). A taxa é de R$ 50.

Os candidatos deverão passar por seis etapas. A primeira (parte I) é de prova escrita objetiva, com questões de língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais (história, geografia e atualidades). A avaliação acontece em 24 de junho, às 14h. A segunda parte da prova escrita inclui uma redação.

As outras etapas são a prova de condicionamento físico, exames de saúde, exames psicológicos, investigação social e exame de documentos e títulos, todas de caráter eliminatório.

As provas escritas serão aplicadas na capital e nas cidades de Santos, Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto,São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Mulher se joga de janela após ser agredida pelo marido


Uma doméstica de 38 anos pulou da janela do quarto, de uma altura de aproximadamente quatro metros, com medo de ser morta pelo ex-marido no Rádio Clube, Zona Noroeste de Santos, na madrugada de ontem. Antes de saltar ela tinha levado dois socos no rosto, na frente dos filhos. O acusado, o mecânico Francisco de Assis Alves Monteiro, de 44 anos, acabou preso.

A agressão aconteceu na Praça José Derito. A vítima contou à reportagem que está separada há mais de um ano e que a relação durou, aproximadamente, 19 anos. O casal tem quatro filhos e continua morando na mesma casa, mas dormem em quartos separados.

Segundo a doméstica, o mecânico não se conforma com o final do relacionamento e tem ciúmes da vítima. Um dia antes de atacar a ex, o acusado a viu de mãos dadas com seu atual relacionamento, em São Vicente. 

Por volta da 1h30 de ontem, a doméstica estava em seu quarto acompanhada de dois filhos, que tem 3 e 10 anos. O acusado foi até o cômodo, que fica na parte de cima da casa, e teria começado a ofender a ex-companheira.

Em seguida, o mecânico deu os dois socos e pegou uma faca, do tipo peixeira. Ele alegou que mataria a mulher.

Temendo pela sua vida, a doméstica saltou pela janela do quarto. A vítima contou ter fraturado o braço e joelho esquerdos.
Uma equipe da Polícia Militar foi acionada até a casa e deteve o acusado. Conforme dados da polícia, Francisco admitiu que sua intenção era matar a doméstica. Ele estaria irado por ter visto a vítima com outra pessoa.

A doméstica foi levada para o Pronto Socorro da Zona Noroeste, onde foi medicada e liberada. O suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ).

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante por lesão corporal e violência doméstica. Foi estipulada fiança de R$ 630,00, mas o valor não foi apresentado até o final dos trabalhos e o mecânico acabou recolhido à Cadeia Pública de Santos.

Polícia apreende van com arma, munição e drogas na Rodovia Cônego Domênico Rangoni

Uma van foi apreendida na noite deste domingo na Rodovia Cônego Domênico Rangoni. Os policiais encontraram armas, munição e drogas no interior do veículo.

A polícia abordou o veículo após receber uma denúncia anônima. Ao vasculhar a van, os policiais encontraram cinco pistolas, sendo duas de origem israelense, muita munição, drogas e uma grande quantidade de lança-perfume escondida em um compartimento no assoalho. 

Segundo a Polícia Civil de Guarujá, os passageiros, que vinham de uma excursão do Paraguai, foram levados para a delegacia e, depois liberados, pois foi constatado que eles não sabiam de nada.

Três assaltantes de posto morrem após tiroteio com a Rota

Em uma tentativa de assalto a um posto de gasolina localizado na esquina da Avenida do Estado com a Rua Barão de Jaguara, no Cambuci, zona sul de São Paulo, terminou em troca de tiros entre os suspeitos e policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota). Os três assaltantes acabaram morrendo no início da madrugada desta segunda-feira.

Os três bandidos armados chegaram, por volta de 0h30, em um Peugeot 206 preto roubado, renderam os dois funcionários e cerca de seis clientes e anunciaram o assalto. Os criminosos então entraram na loja de conveniência. 

Uma viatura da Rota entrou no posto para abastecer no momento do assalto. Procedimento padrão, um dos policiais desceu para verificar se havia algum problema. Foi quando descobriu o crime em andamento.

Segundo a Polícia Militar (PM), os bandidos atiraram contra os policiais, que revidaram. Baleados, os assaltantes foram socorridos no pronto-socorro da Santa Casa, onde morreram. Com eles a polícia apreendeu dois revólveres calibre 38 e uma pistola. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

sábado, 19 de maio de 2012

Corpo de rapaz desaparecido em Ilha Bela é encontrado na praia Martim de Sá


O corpo de Peterson Kenedy dos Santos de 20 anos, foi encontrado por volta das 18h30 de sexta-feira 18/05, na praia Martim de Sá em Caraguatatuba.

O corpo estava boiando mar adentro e foi localizado por populares que acionaram o Corpo de Bombeiros e a Policia Militar. O cadáver foi retirado do mar pela equipe do Salvamar do Corpo de Bombeiros e removido ao IML (Instituto Médico Legal).

No instituto médico legal o corpo foi identificado horas depois. Segundo informações a vitima era morador de Ilha Bela e estava desaparecido desde sábado 12/05, quando teria sido agredido e jogado ao mar pelos seguranças de uma casa noturna. O caso será investigado pela policia civil. 

Rapaz é executado á tiros no Tinga


Um rapaz foi morto a tiros por volta das 19h30, de sexta-feira 18/05, na Rua. João Pinto Filho no bairro Tinga na região central de Caraguatatuba.

A vitima, Fabiano Paulino da Silva de 26 anos, conhecido pelo vulgo “Paraíbinha”, foi morto com três tiros, sendo um nas costas e dois na cabeça. Segundo populares, um individuo desconhecido em uma moto não identificada se aproximou da vitima e efetuou os disparos á queima roupa. Após o crime o atirador desconhecido fugiu tomando rumo ignorado.

A principal suspeita da policia é de acerto de contas ou disputas por pontos de venda de drogas. O local onde ocorreu o crime é conhecido ponto de drogas, onde constantes flagrantes são realizados. “Paraibinha” estaria no local há pouco tempo vindo da cidade de Ubatuba. Segundo a policia a vitima tinha antecedentes criminais pelo crime de tráfico de drogas. 

sexta-feira, 18 de maio de 2012

São Paulo tem noite violenta com oito pessoas mortas


Tentativas de assalto, confrontos entre suspeitos e policiais e possíveis acertos de contas entre supostos criminosos resultaram em um saldo de oito pessoas mortas, entre elas um cabo da Polícia Militar, entre as 21 horas de quinta-feira, 17, e as 2 horas desta madrugada de sexta-feira, 18, na capital e na Grande São Paulo.

O cabo José Fábio Soares Bandeira, de 40 anos, lotado no Comando de Operações Especiais, pertencente ao 3º Batalhão do Choque, foi morto com um tiro no rosto, às 22h30 de quinta-feira ao reagir contra dois assaltantes que o abordaram na altura do nº 56 da Rua Cecília Bonilha, em Pirituba, região noroeste da capital paulista. Sem levar nada, a dupla, que chegou em uma moto, continua foragida. O policial, segundo boletim de ocorrência registrado no 33º Distrito Policial, de Pirituba, pelo delegado Marcos Antonio Santanieli, morreu no local do tiroteio. 

Um pouco antes das 21 horas, Everton Pires Doracioto foi encontrado morto a tiros na altura do nº 109 da Rua Rufino Alves Lopes, na Vila Barros, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O rapaz, segundo a Polícia Militar, foi reconhecido por R.S.L., que teve uma moto Honda CG-150 vermelha roubada minutos antes na mesma região por dois criminosos. Os policiais, acionados pela vítima, chegaram ao local do roubo e, após relato feito pelo dono da moto, seguiram na direção tomada pela dupla. Ao entrarem numa das ruas próximas, encontraram Pires caído e morto. A vítima de roubo afirma que o rapaz seria um dos que participaram do assalto. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Guarulhos pelo delegado Adriano Menechini.

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida, às 21h45, durante uma tentativa de roubo no interior de um bar na altura do nº 532 da Estrada do Pequiá, no Jardim Ângelo, em Carapicuíba, também na Grande São Paulo. Após anunciar o assalto, um dos dois bandidos que entraram no estabelecimento atirou contra duas das vítimas, entre elas José Gonçalves da Silva, de 43 anos, que, baleado no peito e socorrido por testemunhas, morreu no pronto-socorro da Vila Dirce. A outra vítima, de prenome Francisco, que segundo a polícia já tem passagem pela polícia, continua internada no Hospital Regional de Carapicuíba. Nada teria sido levado pelos criminosos.

Confrontos
No inicio da madrugada, ocupando um Volkswagen Fox roubado, placas EUF 8252/SP, um rapaz de aproximadamente 20 anos, ainda não identificado, foi perseguido pela PM e teria atirado contra os policiais, na Rua Rego Barros, no Parque Teotônio Vilela, na zona leste da cidade, ao bater o veículo em outro carro e descer do Fox. Ferido, o rapaz morreu quando era atendido no pronto-socorro do Jardim Iva. O caso foi registrado no 69º Distrito Policial, de Teotônio Vilela, pelo delegado Diego Castanheira Resende.

Por volta das 2 horas, Alexsandro Herculano Pereira, segundo o relato feito por policiais militares no 30º Distrito Policial, do Tatuapé, ao delegado Avelino Jorge Alves Costa Júnior, estava ao volante de um veículo roubado e, ao ser perseguido, invadiu a Praça Comendador Adelino Ribeiro, no Parque São Jorge, zona leste da cidade. Os policiais afirmaram que o suspeito estava armado e que desceu do carro atirando. No revide, foi atingido e morreu no pronto-socorro do Tatuapé.

Acerto de contas
Foragido desde o dia 3 de março deste ano da Penitenciária de Guarulhos, na Grande São Paulo, Diego Machado Ribeiro da Silva, de 24 anos, foi morto a tiros, às 21h15 de quinta-feira, por um desconhecido no interior de um conjunto habitacional da CDHU localizado na altura do nº 525 da Rua Mangalde, no Capão Redondo zona sul da capital paulista. Segundo testemunhas, Diego, desde que fugiu da cadeia, morava no local e, ontem, ao ser procurado por um homem, ainda não identificado, foi baleado e morto. O acusado continua foragido. Acredita-se em crime de acerto de contas. O homicídio foi registrado no 47º Distrito Policial, do Capão Redondo.

Um homem, identificado como Regivaldo de Lima Soares, de 40 anos foi atingido por quatro tiros, às 21h45 de quinta-feira, 17, na altura do nº 391 da Rua Antonio Sebastião Sobrinho, no Parque Panamericano, na zona norte da cidade. Mesmo encaminhado para o pronto-socorro de Parada de Taipas, Soares não resistiu e morreu. Não se sabe ainda o que motivou o crime, registrado no 72º Distrito Policial, da Vila Penteado, pelo delegado Tiago Reis. 

Às 20h45, na altura do nº 46 da Avenida Alfredo Crestana, no Distrito de Judiapeba, em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, um homem, identificado apenas como Mauro, foi encontrado morto, possivelmente a pauladas. Ao lado do corpo, peritos encontraram um pedaço de madeira manchado de sangue. O homicídio foi registrado pelo delegado Vinícius de Melo Coutinho no 2º Distrito Policial de Mogi das Cruzes.
Fonte: A Tribuna

terça-feira, 15 de maio de 2012

Homem e adolescente são presos com arma e drogas no Perequê-Mirim


O desocupado K.F.S de 30 anos e uma adolescente de 17 anos, foram surpreendidos pela policia militar com drogas e uma arma por volta das 11H00 da manha desta terça-feira 15/05. Os policiais miliatres Tenente Martuci e os soldados de Lucca, Carmo, Sodré e Nenus, em operação na Rua. Dois no bairro Perequê-Mirim na região sul de Caraguatatuba, encontraram os produtos ilícitos com a dupla.

Na casa do acusado, os policiais encontraram 1 revólver calibre 38 municiado e 60 pedras de crack. O homem que já possuía duas passagens por roubo irá responder por porte ilegal de arma e tráfico de drogas, já a menor deve ser encaminha á Vara da Infância e Juventude.