sexta-feira, 29 de abril de 2011

Atiradores ferem quatro pessoas durante pagode em Vicente de Carvalho

A Baixada Santista registrou, na madrugada desta sexta-feira, mais um atentado a tiros sem motivação aparente. Quatro pessoas foram baleadas por motociclistas armados com revólveres, em Vicente de Carvalho, distrito de Guarujá. As vítimas estavam em um pagode, quando os atiradores passaram pela porta e atiraram contra os convidados.

Os alvos dos disparos não foram identificados. Sabe-se, porém, que são três homens, de 26, 34 e 36 anos. A mulher, por sua vez, tem 19 anos. A polícia diz que os feridos não possuem passagem ou ficha criminal, por isso acredita-se, neste primeiro momento, que eles tenham sido vítimas aleatórias, já que no local, esquinas da Rua Santa Isabel com a Avenida São João, encontravam-se muitas pessoas.

A Polícia Militar soube da ocorrência, por volta das 2h30, quando os feridos chegaram ao Hospital Santo Amaro. Os médicos que acionaram o 190 para informar a entrada de quatro baleados. Os projéteis, entretanto, perfuraram regiões não vitais, como braço, perna, glúteos e ombros. Nenhum deles corre risco de morrer, mas permanecem internados em observação.

O caso foi encaminhado para investigação na Delegacia Sede de Guarujá. Os atiradores, segundo testemunhas, fugiram depois dos disparos, na mesma moto, de placa não anotada. Conforme apuração, as vítimas não conseguiram identificar os acusados.

Criminosos explodem caixa eletrônico e fogem com o dinheiro em SP

Criminosos explodiram um caixa eletrônico e fugiram levando o dinheiro que estava dentro dele na noite desta quinta-feira em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Apenas neste mês foram registrados 38 ataques do tipo em todo o Estado.

Em apenas dois dias foi a quinta explosão de caixa eletrônico, com o mesmo padrão, na região metropolitana. O supermercado onde ficava instalado o terminal já estava fechando quando houve o crime. A polícia ainda não sabe a quantia levada. Os funcionários que estavam no local serão ouvidos.

O ataque destruiu a máquina, e uma tinta rosa se espalhou pelo local. Possivelmente um dispositivo de segurança que tinge ou queima o dinheiro estava dentro do caixa.

"Ela não danifica, mas marca aquela cédula de uma maneira que ela fica visível para todos que aquela cédula é fruto de um roubo, de um assalto, de roubo e assim por diante", diz Wilson Gutierrez, diretor técnico da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Em outro caso, na madrugada de quinta, os criminosos desistiram de levar R$ 17 mil porque o dinheiro estava manchado. Em Suzano, na Grande São Paulo, os assaltantes ficaram com R$ 90 mil manchados pela tinta.

As notas manchadas são analisadas pelo Banco Central e substituídas sem custo para os bancos. Já os comerciantes devem ficar atentos mesmo que as notas recebam apenas pequenas marcas de tinta do dispositivo.

"A partir do momento que ela é marcada, a polícia consegue através de inteligência e investigação consegue rastrear essas notas e chegar ao grupo criminoso", conta Vanderlei Reis, gerente de segurança corporativa.

Dois homens assaltam empresa de turismo na Cidade Náutica

Dois marginais assaltaram uma empresa de turismo na Cidade Náutica, em São Vicente, na tarde de quarta-feira. Na fuga, um dos ladrões atirou três vezes, mas ninguém ficou ferido.

Eles conseguiram entrar no estabelecimento por meio de uma falsa contratação de um ônibus para excursão até Aparecida do Norte.

Um dos donos da firma, um empresário de 53 anos, contou que pela manhã um dos marginais foi até a firma. “Ele disse que a mãe estava organizando a viagem e perguntou o preço para alugar o ônibus”, contou.

Por volta das 15h30 o falso cliente retornou à empresa. Enquanto ele negociava com a dona da empresa, seu marido estava de costas, ao telefone. Um segundo ladrão apareceu e o primeiro sacou um revólver.

A dupla mandou o empresário desligar o telefone. Ele e outros dois funcionários foram deixados em um canto do escritório sendo vigiados pelo homem armado. O outro ficou pegando objetos do escritório e da empresária.

Os dois homens fugiram levando um pingente, uma pulseira e dois telefones celulares. Enquanto escapavam, o ladrão armado disparou uma vez dentro da empresa e mais duas do lado de fora. Um dos tiros atingiu a parede da firma.

A dupla foi embora em um Celta vermelho. O caso foi registrado no 2º DP de São Vicente e segue em investigação.

Bandido é morto por policial à paisana em tentativa de assalto a ônibus

Um assalto a ônibus terminou com a morte de um dos criminosos por volta das 21h30 desta quinta-feira, no Km 286 da Rodovia Régis Bittencourt, no Jardim Vista Alegre, em Embu, na Grande São Paulo. Um policial à paisana no ônibus reagiu à invasão dos três assaltantes e disparou contra um deles, que não resistiu aos ferimentos.

Ao entrar no coletivo, o trio, que simulava estar armado, anunciou o assalto e começou a tomar pertences e dinheiro dos passageiros da linha intermunicipal da Viação Miracatiba, pertencente à Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU).

Armado com uma pistola 380, à paisana e em seu dia de folga, o policial militar Valter Andrade Júnior, do 25º Batalhão, de Itapecerica da Serra, sacou sua arma e atirou três vezes contra o assaltante, de aproximadamente 18 anos. Segundo a polícia, o PM temeu ser morto caso o bandido descobrisse que ele era um policial.

O rapaz, que não portava documentos nem arma, morreu a caminho do pronto-socorro central de Embu. Os outros dois bandidos desceram do ônibus e fugiram a pé, levando objetos e dinheiro já recolhidos entre os passageiros.

O policial militar foi encaminhado à delegacia central de Embu e liberado após prestar depoimento ao delegado José Roberto Plazio mas poderá responder pela morte do assaltante. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Tragédia na Tamoios traz à tona problema do sistema de saúde de Caraguá

O motorista da van que capotou na Rodovia dos Tamoios já havia trabalhado durante 15 horas no momento do acidente. A batida com uma carreta foi na quarta-feira à noite e cinco pessoas morreram.

Os corpos das cinco vítimas foram levados para o IML da cidade e liberados para o velório durante a tarde. João Batista dos Santos é parente de duas vítimas. A irmã dele, Conceição Bortolini, de 45 anos, acompanhava a filha, Danielle, de 13 anos, em um tratamento de uma doença cardíaca.

Segundo João, elas se mudaram de Minas Gerais para o litoral paulista justamente para conseguir atendimento médico. “Ela veio para cá para ter recursos, porque lá em Minas não tem muitos recursos, ficou em casa 10 dias e estava indo e voltando”.

A van da prefeitura de Caraguatatuba retornava de São Paulo com 12 pacientes que passaram por hospitais da capital. A viagem terminou na primeira curva da serra da Tamoios. A van bateu numa carreta e capotou. “Invadiu a minha pista, e bateu o lado dela na frente da carreta, como saiu o eixo eu perdi o controle e desci a ribanceira,” conta o motorista da carreta Vanoir de Souza.

Durante o dia, a carreta e muitos pertences ainda estavam na estrada. Oito pessoas ficaram feridas e foram atendidas no Hospital Stella Maris, em Caraguatatuba.

Esse grave acidente trouxe à tona um problema sério do sistema de saúde da cidade: a falta de atendimento médico especializado. Todos os dias, cerca de 140 pacientes deixam Caraguatatuba em carros da prefeitura para fazer consultas e exames em outros municípios.

É o caso de Isabela, que na quarta-feira (27) estava em São Paulo, com outra van do município. Ela conta que a viagem é cansativa para os pacientes e para os motoristas.

“Eles dizem que param na Santa Casa para descansar um pouco, mas se um paciente que chegou às 7h00 da manhã já é liberado às 10h00, ele já liga para o motorista, então o motorista nem dorme,” relata a dona de casa Isabela Carlete.

O motorista não quis dar entrevista, mas a família confirmou que no dia do acidente ele entrou para trabalhar às 7 horas da manhã. No momento da batida, ele completava 15 horas em serviço.

O excesso de trabalho dos motoristas foi citado na última reunião do Conselho Municipal de Saúde (COMUS), no dia 13 de abril. O COMUS recomendou à prefeitura o envio de um relatório para avaliação do quantitativo de horas dos trabalhadores. “Até agora ninguém forneceu nada, avisamos tanto, acontece uma catástrofe como essa. E agora, quem é o culpado?”, contesta Joel da Silva, do COMUS.

O secretário adjunto de Saúde nega que o motorista estivesse cansado, mesmo depois de 15 horas de trabalho. “Foi uma excepcionalidade este horário ter atingido 15 horas, por conta do atraso de um paciente no hospital de São Paulo no momento da saída. Normalmente a van que sai de Caraguatatuba 7h00, por voltas das 17h00-18h00 ela já está de volta em Caraguá,” explica o secretário adjunto de saúde Sérgio Braz.

O secretário disse também que vai contratar mais motoristas que já foram aprovados num concurso, e que solicitou ao governo do estado a ampliação dos serviços do Ambulatório de Especialidades (Ame) para que menos pacientes precisem se deslocar para outras cidades.

O governo do estado informou que o Ame de Caraguá está cumprindo o papel de atender toda a demanda de média complexidade, e que as necessidades da região foram definidas através de um estudo.

Cinco vítimas ainda estão internadas.

Preso acusado de roubar oito mulheres em Mongaguá

A Polícia Civil de Mongaguá esclareceu oito roubos, todos contra mulheres e deteve o suspeito, que nega os crimes. O homem foi detido inicialmente por força de prisão temporária e depois foi expedida a preventiva.

Conforme o apurado pela reportagem, os assaltos esclarecidos aconteceram entre os dias 23 de fevereiro e o último dia 7. Nas ocorrências, geralmente, o autor estava de bicicleta, portando uma arma branca (faca ou canivete) e exigia as bolsas das vítimas. Algumas delas foram abordadas em pontos de ônibus.

O Setor de Investigações da Delegacia Sede de Mongaguá apurou as ocorrências e constatou que, além da forma parecida de cometer os crimes, as descrições do autor eram similares.

Em conjunto com a equipe do 2º DP, os policiais da Cidade identificaram e localizaram um suspeito. Ele foi identificado como Ruvan Berthi de Oliveira, de 34 anos.

As oito vítimas de assalto foram chamadas para ir até a delegacia, onde todas reconheceram o suspeito como autor dos assaltos.

Questionado, o homem negou participação nos crimes e alegou que deviam ter sido praticados por alguém muito parecido com ele. Diante das circunstâncias, no entanto, foi pedida prisão do acusado, que foi expedida pela Justiça.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Colisão entre micro-ônibus e carreta mata 5 na Tamoios


Cinco pessoas morreram na noite dessa quarta-feira (27) em um acidente na Rodovia dos Tamoios quando uma van e um caminhão bateram no trecho de serra. As vítimas são de Caraguatatuba e estavam viajando para fazer tratamento médico.

Treze pessoas viajavam na van, que seguia sentido litoral. O veículo, que é da prefeitura de Caraguatatuba, bateu em uma carreta e acabou caindo no barranco.

As marcas da batida se espalharam pela pista e pelo matagal. Só depois de duas horas após a colisão é que as equipes de resgate tiveram certeza da quantidade de vítimas e informaram que cinco pessoas morreram na hora, entre elas uma menina de 13 anos e a mãe dela.

O motorista da van e os outros sete passageiros que sobreviveram ao acidente foram levados ao hospital Stella Maris de Caraguá. Pelo menos três passageiros estão em estado grave.

Segundo a prefeitura, o motorista da van tinha mais de 20 anos de experiência nesse tipo de transporte.

Os mortos são, Iracema Mendroti Nogueira de 64 anos, moradora do bairro Caputera, Edilson Gomes da Silva de 45 anos e Terezinha do Rosário Ramos de 64 anos, ambos moradores do bairro Rio do Ouro, alem de mãe e filha, Conceição Adriana Moura Bortoline e Daniele Moura Bortoline de 13 anos.

Todos os corpos fora removidos para o IML (Instituto Medico Legal) de Caraguatatuba.

Acusado de participar de golpe de falso sequestro é morto pela polícia

Um suspeito morreu e outro ficou ferido durante uma troca de tiros com policiais militares e guardas municipais em Cotia, na Grande São Paulo, na noite de quarta-feira. Segundo a polícia, a dupla aplicava o golpe do falso sequestro em uma adolescente de 14 anos.

Os criminosos ligaram para a casa da garota e disseram que estavam com sua mãe. Como seus pais estavam fora, trabalhando, ela acreditou e ficou desesperada. “Colocaram uma pessoa para gritar no fundo, uma outra mulher, para simular a mãe da menina. A menina acreditou e começou a negociar a liberdade da mãe”, disse o guarda municipal José Garcia Costa Filho.

A adolescente, que vive em um condomínio fechado, andou 1 km até a portaria. Lá, ela deixou uma sacola com dinheiro em um portão. Em seguida, os criminosos ligaram novamente e pediram mais dinheiro. A garota voltou ao portão e deixou outra sacola com valores. Eles ficaram durante cerca de quatro horas na linha com a vítima para que ela não telefonasse para sua mãe.

O pai da adolescente saiu do trabalho mais cedo porque não conseguia falar com os filhos e, ao chegar à sua casa, descobriu o golpe. A PM e a Guarda Municipal foram informadas e armaram o flagrante. “Quando chegaram para pegar a terceira quantia, foram abordados, reagiram, houve troca de tiros e um deles acabou morrendo”, disse o delegado Claudio Alexandre do Rosário.

Um suspeito de 30 anos morreu ao chegar a um pronto-socorro. Um rapaz de 22 está internado. Parte do dinheiro levado foi recuperado e devolvido para a família. A polícia agora investiga a participação de outras pessoas no crime.

A polícia aconselha as pessoas que tomem alguns cuidados ao receber telefonemas como esse. “Primeira providência é tentar entrar em contato com a pessoa que eles dizem que sequestraram. Porque na maioria das vezes não é nada. De imediato, deve acionar a polícia para que ela tome as providências”, acrescentou o delegado.

Mortos em tiroteio na Zona Sul de SP tinham passagem pela polícia

Dois suspeitos mortos na manhã desta terça-feira durante tiroteio com a Polícia Militar na região do Parque Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo, tinham antecedentes criminais. Um vendedor ambulante que passava pela região também morreu. A troca de tiros aconteceu após uma quadrilha tentar invadir um clube para furtar caixas eletrônicos.

A ação foi registrada por câmeras de segurança. As imagens mostram o momento em que o primeiro ladrão entra carregando uma pistola. Ele cobre o rosto. Outros dois criminosos estão atrás. Em seguida, os três reaparecem. Pulam o portão para fugir da polícia, que foi acionada pelo porteiro. Os policiais chegam e começam uma perseguição. Vários carros da PM passam, até pela contramão.

Armados com fuzis, os criminosos dispararam na direção da polícia; um policial foi atingido na mão e um suspeito também foi baleado. Os tiros acertaram um carro que estava estacionado em frente ao clube.

Parte do grupo fugiu em um carro roubado, mas acabou colidindo em uma árvore. Eles seguiram a pé em direção à Avenida Ibirapuera, pularam a grade do canteiro central e renderam motoristas de uma picape e de um caminhão. Antes de entrar nos veículos, os ladrões dispararam novamente na direção dos policiais. Um PM foi atropelado e um vendedor ambulante de 36 anos foi baleado.

A vítima levava doces e sacos de milho para vender na frente de um hospital, perto do clube. A polícia disse que outro assaltante tentou entrar no carro do vendedor e, por isso, ele pode ter sido confundido. “Ele para no meio do confronto de livre e espontânea vontade, não se tem notícia de que ele é rendido. Ele fica com o veículo parado e o infrator tenta entrar no veículo. Muda de ideia, sai do veículo continua atirando nos PMs, quando o condutor também é alvejado”, afirmou o major da Polícia Militar Sérgio Watanabe.

Outros criminosos seguiram a pé em direção ao Parque Ibirapuera. Um dos ladrões entrou em uma obra e atirou na direção dos policiais. Ele foi atingido e morreu. A polícia fez buscas no parque, em casas do bairro e no próprio clube, mas ninguém mais foi encontrado.

Delegado da Polícia Civil é preso após desviar produtos apreendidos em SP

Um delegado de Cândido Mota, a 431 km de São Paulo, foi preso pela Corregedoria da Polícia Civil nesta quarta-feira. Ele é suspeito de desviar produtos eletrônicos apreendidos.

Na casa dele, foram encontrados videogames que teriam sido apreendidos em uma ocorrência de contrabando. A apreensão foi em janeiro, quando um veículo carregado de aparelhos eletrônicos do Paraguai bateu na Rodovia Raposo Tavares em Cândido Mota.

Além dos produtos apreendidos nesta ocorrência, a polícia apreendeu também uma arma que não estava regularizada. O delegado foi ouvido na delegacia seccional de Assis, a 434 km da capital, pagou fiança e foi liberado.

A partir desta quinta-feira, o delegado entrará em férias e depois que retornar ao trabalho deverá ser afastado provisoriamente do cargo.

Mais ônibus são alvos de marginais na Região Metropolitana de Belo Horizonte

Um terceiro ônibus foi queimado na noite desta quarta-feira na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), dois homens armados obrigaram o motorista e o trocador a sair do veículo, jogaram gasolina e atearam fogo no coletivo. Outros dois ônibus foram queimados nesta terça-feira na Grande BH. A polícia informou que investiga a motivação dos crimes.

Ainda segundo a polícia, as chamas destruíram a parte de dentro do coletivo, que estava no ponto final na Região da Pampulha. Outro motorista teria chegado e usado um extintor para controlar o incêndio. De acordo com a polícia, ninguém ficou ferido.

Outros ônibus queimados

Nesta terça-feira, outros dois coletivos foram alvos de vandalismo. O primeiro foi no bairro Nova Contagem, em Contagem, na Grande BH. Segundo a PM, 10 homens são suspeitos de atear fogo no coletivo.

Um segundo ônibus foi queimado na Região Noroeste de Belo Horizonte. Três homens armados invadiram o veículo da linha 4405 quando o motorista e o cobrador se preparavam para começar mais uma viagem no ponto final e colocaram fogo no ônibus, segundo a polícia.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, em nenhum dos casos houve feridos.

Terminais bancários são roubados na Grande São Paulo

Três caixas eletrônicos foram alvos de criminosos nesta madrugada na capital e na Grande São Paulo.

Duas das três máquinas, todas da rede Banco 24 Horas, estavam instaladas em um posto BR, no Jardim Nossa Senhora do Carmo, região do Parque do Carmo, zona leste da capital.

Por volta das 3h, policiais militares da 2ª Companhia do 28º Batalhão, acionados por testemunhas que ouviram uma explosão, foram para o local, mas não chegaram a tempo de deter algum suspeito. Os caixas ficaram destruídos e não se sabe ainda se algum valor foi levado deles.

O terceiro caixa, também da rede Banco 24 Horas, foi destruído à 1h30 por bandidos munidos de explosivos no interior do supermercado Max, no bairro Miguel Badra, em Suzano, região leste da Grande São Paulo.

Policiais do 32º Batalhão, acionados por vizinhos do estabelecimento, também não conseguiram localizar os criminosos. Não se sabe quantos eram nem em que veículo fugiram. Neste segundo caso, a perícia também foi acionada para verificar se os bandidos conseguiram levar o cofre ou o dinheiro nele contido.

Acidente na Tamoios deixa 5 mortos e 8 feridos

Um acidente ocorrido na noite de ontem 27 de Abril, envolvendo uma carreta e uma Van no trecho de serra da SP-99 (Rodovia dos Tamoios), deixou um saldo de 13 vitimas, sendo 5 fatais e 8 feridas.

Uma Van da prefeitura de Caraguatatuba foi atingida pela carreta que trafegava no sentido Caragua- São Jose dos Campos.

O veiculo foi parar em uma ribanceira e 5 pessoas morreram no local.
Segundo informações da policia rodoviária todas as vitimas foram socorridas ao Hospital Stella Maris em Caraguatatuba.

Os mortos são, Iracema Mendroti Nogueira de 64 anos, moradora do bairro Caputera, Edilson Gomes da Silva de 45 anos e Terezinha do Rosário Ramos de 64 anos, ambos moradores do bairro Rio do Ouro, alem de mãe e filha, Conceição Adriana Moura Bortoline e Daniele Moura Bortoline de 13 anos.

Todos os corpos fora removidos para o IML (Instituto Medico Legal) de Caraguatatuba.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Homem é morto a tiro no Canto do Mar

Um homem foi morto a tiro no bairro do Canto do Mar, Costa Norte, na rua Naes, número 468, na última segunda-feira, por volta das 21h10.

C.H.C.F, 52 anos, que levou um tiro no tórax, foi encontrado deitado na rua por populares que acionaram a Polícia Militar. A PM acredita que a vítima provavelmente tenha sido baleada dentro de sua residência e caminhou até rua para pedir socorro, onde posteriormente foi localizada. O autor do disparo ainda não foi localizado, nem identificado, e a Polícia Civil instaurou um inquérito criminal para apuração do homicídio.

Justiça decreta prisão preventiva do ex-vereador Germinio de Souza

Na tarde de ontem, a 2ª Vara Criminal da comarca de Caraguatatuba decretou a prisão preventiva de Germino de Souza, ex-vereador de Caraguatatuba. Ele, Djalma Cardosoda Silva, vulgo ‘Branco’, e Marcos Gomes de Matos, vulgo ‘Marquinhos’, foram denunciados pelo Ministério Público por tentarem matar o comerciante Eliseu Onofre da Silva.

O crime ocorreu na noite de 11 de setembro de 2010, durante uma reunião política no bairro Travessão, com dezenas de pessoas, entre eles, o então presidente da Câmara Municipal, Omar Kazon. Durante a reunião, ‘Branco’ e ‘Marquinhos’ chegaram ao local com capuzes e este último desferiu dois tiros de calibre 12 contra Eliseu, que foi atingido no ombro e na perna.
Populares conseguiram detê-los e desarmá-los, mas a dupla conseguiu fugir. Germino de Souza é apontado como o mandante do crime. A polícia acredita que o motivo seja vingança, uma vez que Eliseu teria tido um relacionamento extraconjugal com a ex-esposa de Germino, à época em que era seu assessor parlamentar. Eliseu sobreviveu ao ataque.

Germino foi ouvido e negou que tenha atentado contra a vida de Eliseu. Ele está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) desde o dia 18 deste mês, quando foi surpreendido por policiais civis na posse de armas e munição em sua casa, no bairro Travessão.

Agora, a Polícia Civil está a procura da dupla que executou o ataque e, nos próximos dias, promoverá o formal indiciamento de Germino de Souza por tentativa de homicídio qualificado e a reconstituição do crime. O ex-vereador e seus comparsas devem ser levados a Júri Popular e, se condenados, podem pegar de 4 a 20 anos de reclusão.

Bandido segue empresário por 40km e anuncia assalto em São José

Um empresário sacou 8 mil reais em um banco, no Centro de Taubaté e, em seguida, foi assaltado em São José dos Campos, quando levava a esposa até uma clínica médica. A polícia acredita que ele tenha sido seguido por mais de 40 quilômetros pela Via Dutra. Logo quando entrou na clínica, o homem viu o ladrão anunciar o assalto.

Segundos depois o bandido fugiu com parte do dinheiro. O bandido levou cerca de R$1.800,00. “Eu achei estranho, porque eu lidei com duas ou três pessoas no máximo lá no banco e não tinha como a pessoa saber que eu estava com o dinheiro”, comentou a vítima.

O dinheiro seria usado para pagar fornecedores e funcionários. A vítima disse ainda que fez o saque em uma sala separada, distante do público. O caso foi registrado como roubo a mão armada.

A polícia investiga se o mesmo bandido teria cometido um outro roubo em um mercado na região central de São José no fim de março.

A orientação do banco é para que os clientes sempre utilizem os meios eletrônicos para transações de valores elevados.

Polícia prende mulher com 3 kg de maconha em Pindamonhangaba

Uma jovem de 19 anos foi presa por tráfico de drogas, na noite dessa terça-feira (26), na Via Dutra, próximo a Moreira César, em Pindamonhangaba.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a garota viajava de Campinas a Salvador, de ônibus, e na mochila dela foram encontrados três quilos de maconha, um quilo de crack e 300 gramas de cocaína.

Ela foi levada para a delegacia de Pindamonhangaba.

Câmeras registram tentativa de assalto a caixas eletrônicos de um clube

Dois suspeitos mortos na manhã desta terça-feira durante tiroteio com a Polícia Militar na região do Parque Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo, tinham antecedentes criminais. Um vendedor ambulante que passava pela região também morreu. A troca de tiros aconteceu após uma quadrilha tentar invadir um clube para furtar caixas eletrônicos.

A ação foi registrada por câmeras de segurança. As imagens mostram o momento em que o primeiro ladrão entra carregando uma pistola. Ele cobre o rosto. Outros dois criminosos estão atrás. Em seguida, os três reaparecem. Pulam o portão para fugir da polícia, que foi acionada pelo porteiro. Os policiais chegam e começam uma perseguição. Vários carros da PM passam, até pela contramão.

Armados com fuzis, os criminosos dispararam na direção da polícia; um policial foi atingido na mão e um suspeito também foi baleado. Os tiros acertaram um carro que estava estacionado em frente ao clube.

Parte do grupo fugiu em um carro roubado, mas acabou colidindo em uma árvore. Eles seguiram a pé em direção à Avenida Ibirapuera, pularam a grade do canteiro central e renderam motoristas de uma picape e de um caminhão. Antes de entrar nos veículos, os ladrões dispararam novamente na direção dos policiais. Um PM foi atropelado e um vendedor ambulante de 36 anos foi baleado.

A vítima levava doces e sacos de milho para vender na frente de um hospital, perto do clube. A polícia disse que outro assaltante tentou entrar no carro do vendedor e, por isso, ele pode ter sido confundido. “Ele para no meio do confronto de livre e espontânea vontade, não se tem notícia de que ele é rendido. Ele fica com o veículo parado e o infrator tenta entrar no veículo. Muda de ideia, sai do veículo continua atirando nos PMs, quando o condutor também é alvejado”, afirmou o major da Polícia Militar Sérgio Watanabe.

Outros criminosos seguiram a pé em direção ao Parque Ibirapuera. Um dos ladrões entrou em uma obra e atirou na direção dos policiais. Ele foi atingido e morreu. A polícia fez buscas no parque, em casas do bairro e no próprio clube, mas ninguém mais foi encontrado.

Vítima descobre golpe e venda de veículo em Guarujá é impedida

A analista de sistemas Camila Elena Muza Cruz, de 28 anos, descobriu que foi vítima de estelionato ao acessar o site do Programa Nota Fiscal Paulista, para consultar o saldo da restituição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Residente em São Paulo, ela se surpreendeu ao ver que em seu nome, indevidamente, havia sido comprado um carro em Guarujá. Ela registrou boletim de ocorrência no 28º DP da Capital.

A providência evitou que o golpe se consumasse. O Palio 0 km financiado em seu nome e avaliado em R$ 23,5 mil ainda não havia sido retirado da concessionária pela mulher que realizou a transação se passando por Camila.

Policiais da Capital foram informados sobre a data marcada para a retirada do veículo e repassaram essa informação à equipe da Delegacia Sede de Guarujá, que se dirigiu ao local para aguardar a chegada da vítima.

Acompanhada de dois homens, a comerciante Erineide Holanda de Araújo, de 29 anos, chegou à concessionária perguntando sobre o veículo. Abordada pelos agentes, ela se identificou com o nome verdadeiro, mas em sua bolsa foram encontrados RG e cartão de crédito de Camila Elena Muza Cruz.

O documento de identidade estava adulterado, constando a foto da acusada no lugar da original. Erineide disse que comprou o documento e cartão de crédito de um desconhecido por R$ 200,00, na Praça da Sé, São Paulo.

Mesmo sem ter como negar o golpe, ela responderá pelo estelionato em liberdade, porque não pôde ser autuada em flagrante.

Polícia prende quatro assaltantes acusados de invadir academia em SP

Quatro assaltantes foram presos, por volta das 20h30 desta terça-feira, após invadirem a academia de ginástica Quality, localizada na região de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo.

Armada, a quadrilha rendeu cerca de 20 pessoas, entre alunos e funcionários, dos quais foram tomados objetos de valor, como alianças, carteiras, mochilas, relógios e aparelhos celulares. Um aparelho de TV também foi roubado pelos criminosos, localizados pela Polícia Militar na avenida João Dias após uma das vítimas ligar para o 190.

Com o quarteto, que fugia num Fiat Stilo preto pertencente a um dos integrantes do grupo, os policiais apreenderam uma pistola calibre 380. Foram presos Edymar de Lima Genoino, de 24 anos, Rafael Tavares, 21, Wallace Lima Bernardes, de 20, e Názaro Alberto Rodrigues Ferreiras, de 18 anos.

Segundo a PM, os assaltantes não reagiram e nenhum tem passagem pela polícia. O quatro foram atuados por roubo e formação de quadrilha no 11º Distrito Policial, de Santo Amaro.

Porteiro é preso em flagrante por tentativa de assalto na Vila Mathias

O porteiro Alencar Aparecido Dantas da Silva, de 42 anos, foi preso acusado de tentar praticar um assalto usando um pedaço de papel como arma. O crime aconteceu nesta madrugada, na Vila Mathias, em Santos.

As vítimas, um operador de máquina de 30 anos e uma vendedora de 23 anos, estavam em um ponto de ônibus quando foram abordados.

Segurando algo embaixo da camisa, o suspeito mandou uma das vítimas entregar seu telefone celular e R$ 10,00. O operador percebeu que o objeto que o indiciado segurava embaixo da camisa não era uma arma de fogo e nada entregou.

Em seguida o indiciado se afastou e jogou no chão um pedaço de papel que estava segurando como se fosse uma arma, conforme o relato da vítima.
Logo após uma equipe da PM passou e foi avisada do ocorrido. O suspeito foi visto caminhando um pouco na frente e foi encaminhado para registro na Central de Polícia Judiciária (CPJ).

terça-feira, 26 de abril de 2011

Serralheiro e preso após furta igreja no Indaiá

O serralheiro D.G.S de 30 anos, foi preso no domingo de páscoa 24, após ser surpreendido furtando um forno microondas na igreja Messiânica Mundial do Brasil, localizada na Rua. Guaporé no bairro Indaiá.

Os policiais militares Wilian e Pimentel, foram acionados por uma testemunha que presenciou o crime, e ao ser detidos o acusado disse que venderia o eletrodoméstico, para segundo ele comprar ovo de páscoa para a filha.

Com passagens já pela policia, a historia comovente do acusado não convenceu o delegado de plantão, que diante do crime e do pecado praticado pelo acusado, indicou e o prendeu em flagrante por furto.

Homem atira contra a viatura, mas acaba preso por trafico de drogas e porte ilegal de arma

Por volta das 6 horas e 20 minutos de domingo 24, policiais militares de Caraguatatuba patrulhavam pelo bairro Olaria, quando suspeitaram de um veiculo Palio Adventure em atitudes suspeitas pelo bairro.

Ao tentar realizar a abordagem, o condutor empreendeu fuga pelo bairro, abandonando o veiculo pela Rua. Benedito Roque dos Santos, onde o suspeito saiu do veiculo atirando contra os policiais e embrenhando-se em um matagal.

Apoio policial foi solicitado, e após a realização de um cerco o desocupado M.A.C.F de 35 anos foi preso.

No veiculo do acusado, os policiais encontraram uma mochila, onde havia 460 gramas de maconha, celular, balança de precisão, um revolver calibre 22 e 1 quilo e 264 gramas de cocaína.

Diante dos fatos o criminoso de vulgo Japa, foi conduzido a delegacia, onde acabou preso em flagrante por porte ilegal de arma e trafico de drogas.

Idosa e agredida e roubada na Praça Candido Mota


Eram por volta das 6 horas da manha do ultimo sábado 23, quando a idosa V.A.S de 63 anos, foi vitima de roubo em pleno centro da cidade, em plena luz do dia e numa ação de extrema covardia.

Segundo a vitima informou aos policiais militares Sd. Ribeiro e Rodrigues, um individuo moreno, magro, desferiu um soco em sua testa e roubou sua bolsa contendo dinheiro e documentos pessoais.

Com as características do marginal, os policiais realizaram buscas pela área central, e detiveram pela Avenida Prisciliana de Castilho próximo ao semáforo, o menor L.P.R.A.T de 17 anos que estava em posse dos objetos roubados.

O criminoso resistiu à prisão, sendo necessário o uso da força física para conduzir o infrator ao distrito policial.

Conduzido a delegacia, foi registrado o Ato Infracional de Roubo, e o caso será encaminha a Vara da Infância.

A idosa sofreu um ferimento na testa causada pela agressão praticada pelo adolescente.

Polícia apreende documentos de vítimas em casa de falsa advogada

A polícia apreendeu na manhã desta segunda-feira (25) documentos de vítimas de uma mulher que se identificava como falsa advogada.

Ela recrutava clientes com problemas com a previdência social, pegava o dinheiro adiantado e não fazia mais contatos com estas vítimas.

A busca, autorizada pela Justiça, foi feita na casa dela, que está abandonada. Foram encontradas 63 carteiras de trabalho e diversos carnês da Previdência Social.

Nós estamos identificando estas vítimas. É importante que todas venham até o DP retirar os documentos e fazer boletim de ocorrência", explica o Dr. Hugo Pereira, do 6º Distrito Policial de São José dos Campos.

A falsa advogada não é encontrada pelas vítimas e pela polícia há pelo menos duas semanas. Ela não é considerada foragida, já que não há pedido de prisão contra ela.

Sobe para R$ 11 mil recompensa por suspeita de matar dois maridos no RJ


A recompensa por informações que levem à prisão da advogada Heloísa Gonçalves Duque Soares Ribeiro, acusada, entre outros crimes, de matar dois maridos, no Rio de Janeiro, subiu nesta segunda-feira de R$ 2 mil para R$ 11 mil. As informações foram confirmadas pelo Disque-Denúncia. Segundo a central, a advogada também é suspeita de estelionato.

Heloísa ficou conhecida como “viúva-negra” por causa dos vários crimes de que é acusada: quatro homicídios e duas tentativas de homicídio. Ela também já assinou como Heloísa Saad e Heloísa Borba Gonçalves. A viúva-negra é uma espécie de aranha cuja fêmea mata o macho após a cópula.

Ainda de acordo com o Disque-Denúncia, a advogada foi condenada a mais de 19 anos de prisão pela 19ª Vara Criminal. A recompensa aumentou, segundo a central, devido à falta de informações e da periculosidade da criminosa.

A recompensa será paga somente por informações passadas exclusivamente ao Disque-Denúncia. Quem tiver qualquer informação que auxilie nas investigações e ajude a Polícia a localizar e prender Heloísa, pode ligar para o Disque-Denúncia através do telefone (21) 2253-1177. O serviço funciona 24 horas e garante o anonimato.

Maridos e namorados eram alvos

Em uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que lhe negou um pedido de habeas corpus em 2009, está o resumo do histórico de crimes da advogada já registrados na Justiça. Ela foi denunciada pela morte de Jorge Ribeiro, um dos maridos; é a principal suspeita da morte do ex-namorado Wargih Murad, que descobriu seu passado suspeito, e do pedreiro que o acompanhava na ocasião; é acusada ainda de tentar matar o filho de Wargih, Elie Murad, e de mandar matar o detetive por ele contratado para investigar a morte do pai, Luiz Marques da Mota.

Ainda de acordo com o STF, Heloísa teve um marido, Irineu Duque Soares, assassinado em 1983, em Magé, meses depois de ter se casado com ela, com pacto nupcial de comunhão total de bens. Na época, após seu depoimento à delegacia, o crime foi registrado como latrocínio.

O documento afirma ainda que um de seus companheiros e pai de alguns de seus filhos, Carlos Pinto da Silva, chegou a ser denunciado por crimes patrimoniais junto com Heloísa e acabou sofrendo uma tentativa de homicídio durante uma viagem com ela a Salvador. Na época, ele chegou a acusá-la de ser a responsável pelos tiros que o atingiram. A viúva-negra já foi denunciada também por fraude do INSS.

Bígama, tentou registrar o mesmo filho com dois pais

Heloísa já foi condenada por bigamia. Quando era casada com o militar Jorge Ribeiro, casou-se, ao mesmo tempo, com o comerciante aposentado Nicolau Saad, que morreu pouco tempo depois. Com idade avançada, sua morte foi tida como natural. Ela passou, então, a usar uma antiga procuração do marido para transferir imóveis do falecido e acabou condenada por falsidade ideológica.

Enquanto mantinha os dois relacionamentos, Heloísa engravidou e, segundo o Tribunal de Justiça do Rio, induziu os dois a registrarem a criança. Em 1992, Jorge Ribeiro foi assassinado a pauladas, com as mãos amarradas, em uma sala comercial de propriedade dele, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. Heloísa, que estava separada de Ribeiro, é acusada de ser a mandante, ajudar na execução do crime e facilitar a fuga do assassino. O motivo do assassinato seria os bens da vítima.

Após roubar caixa eletrônico, criminosos trocam tiros com a PM em São Paulo

Três policiais militares do 12º Batalhão e pelo menos um bandido foram baleados, por volta das 4h15, em várias trocas de tiros entre os PMs e criminosos que teriam roubado um caixa eletrônico na região do Ibirapuera, zona sul da capital. Dezenas de viaturas da PM se envolveram na caça aos bandidos.

Até as 6h, várias viaturas da PM ainda realizavam buscas pelas ruas da região. O helicóptero Águia, também da PM, auxiliou os policiais em terra. Dois dos tiroteios ocorreram na rua Comandante Ismael Guilherme, próximo ao portão 5 do Parque do Ibirapuera, e na esquina da avenida Ibirapuera com a rua Borges Lagoa. Dois bandidos fugiram pelo parque, o que obrigou o helicóptero a realizar um sobrevoo na região.

Um dos veículos nos quais os bandidos fugiram seria um Fiat Palio. Outro, perfurado a tiros, se envolveu em um acidente na mesma rua onde fica o Ipê Clube, do qual foi roubado o caixa, no Jardim Luzitânia, ao lado do Hospital do Servidor Público Estadual. Um dos policiais baleados é um sargento e foi atingido de raspão na cabeça. Segundo a PM, os criminosos estariam armados de metralhadoras.

Toda a frente do Ipê Clube, local onde teria sido iniciada a série de tiroteios, foi isolada. Uma viatura da PM, atingidas por vários tiros, ainda está próximo ao clube.

Prisão leva polícia a localizar terreno com corpos

Investigadores da 4ª Delegacia do Patrimônio, do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic), localizaram, no início da noite de segunda-feira, na região de Artur Alvim, na zona leste de São Paulo, um terreno onde vários corpos de vítimas de execução podem ter sido enterrados.

O terreno, localizado no Jardim São José, foi encontrado pelos policiais após a prisão de Kléber Henrique dos Santos e Fábio Régis Mendes, suspeitos pelo assassinato de um rapaz, que ainda não foi identificado por peritos do IIRGD (Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt), da Polícia Civil.

O corpo, com marca de tiros, estava em uma caçamba a 200 metros do terreno. Informações levaram os policiais até a dupla, que mora na mesma região e é suspeita de executar desafetos a mando do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios do Estado.

Pelo menos seis corpos estariam enterrados no terreno encontrado pelos policiais, que estiveram no local com os bombeiros. As escavações e buscas devem ser retomadas a partir das 11h.

Sequência de linchamentos na Baixada Santista chama atenção

O primeiro aconteceu perto de um quiosque no bairro da Vila Mirim, em Praia Grande, no feriado de Tiradentes, quinta-feira passada. Por não pagar uma conta de R$ 35,00, um rapaz foi cercado, imobilizado e espancado por populares. No dia seguinte, Sexta-Feira da Paixão, na Via Anchieta, altura do Jardim Casqueiro, Cubatão, um adolescente de 16 anos, suspeito de praticar furto, foi linchado por um grupo de 12 pessoas.

No Sábado de Aleluia, a barbárie mudou de endereço: Um homem de 30 anos foi violentamente espancado a Rua Érico Veríssimo, bairro do Jóquei Clube, São Vicente. Nos dois últimos episódios, as vítimas não resistiram aos ferimentos.
Uma turba ensandecida, justiça pelas próprias mãos, linchamento.

O script não é novo. O que chama a atenção foi a sequência de linchamentos, em tão pouco tempo, e na mesma região: esses três casos similares violência extremada aconteceram no espaço de três dias e fizeram acender o sinal vermelho.

Afinal, trata-se de uma simples coincidência dou, o sintoma de algo ainda mais grave?

Ajudante de 26 anos sobrevive após ser baleado na barriga em São Vicente

Um ajudante de 26 anos foi baleado na Vila Margarida, São Vicente, no domingo. A vítima sobreviveu e a família não faz ideia do que teria motivado o crime.

Por volta das 8 horas, a Polícia Militar foi chamada ao Hospital Municipal de São Vicente onde uma pessoa tinha sido socorrida com ferimentos que seriam de arma de fogo. Conforme a assessoria de imprensa de São Vicente, o rapaz foi ferido com um tiro na barriga. Ele passou por cirurgia e, na tarde desta segunda-feira, seu quadro era estável e não havia previsão de alta.

O ajudante foi encontrado caído na Rua Francisco Maciel dos Santos, mas acredita-se que tenha sido alvejado em uma outra rua próxima. A vítima não chegou a dar sua versão dos fatos após ter sido socorrida.

Filha adotiva executa mãe de 82 anos em Mongaguá

A acusada Hayane Helena da Silva, de 25 anos, filha adotiva e grávida de oito meses e meio, matou a mãe, Esmernia Cirela da Silva, de 82 anos, na madrugada do último dia 22, Sexta-feira Santa, em Mongaguá. A polícia apurou que o crime foi motivado pela dependência química. A acusada, após surtar, tentou asfixiar a vítima e, não satisfeita, esfaqueou-a na cabeça e pescoço.

Mesmo depois de ser internada sete vezes em uma clínica de reabilitação para usuários de drogas, Hayane, mãe de outras duas crianças, não conseguiu evitar o pior naquela noite. Impulsionada pela dependência, alega ter cometido o crime após ouvir vozes.

Horas antes, ainda na quinta-feira, a vítima havia entregado dinheiro à filha, que foi adotada quando pequena, para que ela pudesse realizar o pré-natal esta semana. A quantia, no entanto, foi utilizada para comprar os entorpecentes. Hayane vendeu ainda um computador e bens pessoais da família para conseguir 28 pedras de crack.

O crime aconteceu pouco depois da meia-noite, mas somente às 3 horas a polícia soube do ocorrido. Foi a própria acusada que ligou para o 190 para informar o que havia acontecido. Ela assumiu a responsabilidade da morte. Na casa onde moravam, os soldados encontraram a vítima deitada no sofá da sala, com um travesseiro ensanguentado na face.

Hayane foi levada para a Delegacia Sede da Cidade, onde foi presa em flagrante e, em seguida, encaminhada para a Cadeia Pública de São Vicente, onde deve aguardar o nascimento do filho. O companheiro dela e pai das crianças também é usuário de droga e permanece internado na mesma clínica onde ela tentou cumprir a reabilitação.

O corpo de Esmernia permanece no Instituto Médico Legal de Praia Grande, onde aguarda a identificação de algum parente. O marido, que havia adotado a filha junto com ela, faleceu de causas naturais. O caso será acompanhado pela Polícia Civil.

Advogado afirma que ex-policial Bola planejava executar juíza e delegado

,

O advogado e assistente de acusação do processo que julga o desaparecimento e morte de Eliza Samudio, José Arteiro Cavalcante Lima, protocolou no início da semana passada, na segunda-feira, no Tribunal de Justiça de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, uma denúncia de que o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, teria um plano para matar a juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, que preside o processo; o delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigações da Polícia Civil; e o próprio Arteiro.

Segundo o advogado, ele ficou sabendo da informação por meio de um detento que dividia a cela com o Bola na Penitenciária Nelson Hungria. “A mulher dele [do preso] me ligou na quinta-feira dizendo que o marido dela queria conversar comigo a respeito de um assunto que me interessaria. Achei que fosse sobre trabalho e na sexta-feira fui à penitenciária, mas ele [o detento] me falou sobre o plano”, contou Arteiro.

Os planos de Bola, segundo Arteiro, seriam as mortes dos três da juíza, do delegado e dele mesmo e mais de dois policiais civis do Grupo de Resposta Especial (GRE). “De acordo com [...] seríamos mortos porque estamos prejudicando a vida dele [do Bola]”, afirmou o advogado.

Segundo o documento protocolado por Arteiro na Justiça, Bola teria entrado em contato com traficantes do Rio de Janeiro para que viessem a Minas Gerais e matassem as supostas vítimas.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e o órgão disse que Marixa encaminhará a denúncia para a Corregedoria Geral de Justiça para que as providências cabíveis sejam tomadas.

O delegado Edson Moreira disse à reportagem que ficou sabendo do fato por meio da imprensa e que conversará com Arteiro para se inteirar melhor sobre o assunto. Moreira falou também que entrará em contato com os seus superiores e que o caso será investigado por outro delegado.

Já a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou que Bola e o companheiro de cela foram transferidos na última quarta-feira para a Penitenciária Jason Soares Albergaria, em São Joaquim de Bicas, na Grande BH, e que estão em ambientes separados.

A assessoria afirmou também que a mudança nada tem a ver com o fato envolvendo os dois detentos e que este tipo de alteração “é feita por causa da gestão de vagas dentro do sistema prisional, da movimentação que acontece no sistema”.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Motociclista intimida crianças e atira contra pais

Uma mulher de 43 anos foi baleada e uma outra ficou ferida com um tiro de raspão por volta das 23h deste sábado (23) no Parque Três Marias, em Taubaté.

Segundo testemunhas, dois rapazes em uma moto se desentenderam com crianças que brincavam em uma praça que fica próxima à Avenida Oswaldo Aranha. Eles aceleravam o veículo sobre a praça ameaçando estas crianças quando foram abordados pelos pais. Houve discussão e os rapazes foram embora.

Minutos depois os dois rapazes voltaram armados e entraram atirando em uma residência onde os pais conversavam. Uma pessoa foi atingida na perna e foi encaminhada para o Hospital Regional.

A polícia foi chamada e localizou os dois rapazes em uma outra rua do bairro. Um deles é menor, tem 17 anos foi ouvido e liberado em seguida. O outro tem 18 anos e foi preso em flagrante. Ele foi encaminhado para a cadeia de Guaratinguetá.

Parentes terão prioridade para obter guarda de bebê deixado em caçamba


O Conselho Tutelar de Praia Grande informou que a recém-nascida que foi abandonada em uma caçamba de lixo não será mais encaminhada para a fila de adoção. Como a mãe e o pai foram identificados, os parentes da criança terão prioridade para ficarem com a guarda.

A menina continua internada na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Irmã Dulce e a previsão é que tenha alta da UTI no início desta semana.

A mãe da criança, de 39 anos, foi presa no sábado. Para a polícia, ela disse que fez aquilo porque sofre de depressão pós-parto. A mulher contou que chegou a amamentar a criança, mas a abandonou cerca de sete horas após o nascimento porque seu atual companheiro não aceitou a gravidez. Ela teve a prisão decretada por 30 dias.

O pai da criança, de 58 anos, que não quis se identificar, afirmou que, em momento algum, soube da gravidez de Rosineide. Ele disse que trabalha com Rosineide em uma clínica de repouso.

Ele contou que os encontros com ela fora do trabalho aconteceram quatro ou cinco vezes no segundo semestre do ano passado. “A gente trabalhava junto todo dia e eu não via a barriga. Ela não comentou com ninguém no trabalho. A barriga dela não cresceu”.

Ele ficou sabendo pela tevê que um bebê havia sido jogado em uma caçamba de lixo. Chocado, diz que nunca imaginou que a menina seria sua filha. “Eu acompanhei a matéria sobre o abandono. Não sabia que era minha filha. Quando soube, na última sexta, fiquei muito chateado. A situação em que a criança foi encontrada é muito triste. Eu acho que o fato de ela ter jogado na lixeira foi desatenção”.

O homem, casado e com quatro filhos adultos, garante que não se arrepende do relacionamento, mas diz que não consegue dormir desde que soube da filha. “Ainda não contei para minha família. Fico pensando muito em como ficarão as coisas, em como será a reação quando descobrirem isso. Se ela tivesse me contado teria sido diferente”.

Mesmo chateado, ele acredita que Rosineide não agiu racionalmente. “Ela é trabalhadora. Acho que fez por motivos financeiros. Ela paga aluguel e tem outros filhos”, diz ele, que pretende lutar pela guarda da menina.

Casal usa pit bull para render suspeito de invadir salão em São Paulo

Um homem suspeito de invadir e tentar furtar objetos de um salão de beleza foi rendido por um casal e seu cão pit bull na madrugada deste domingo, em Sorocaba, a 99 km de São Paulo. Segundo a polícia, o criminoso abriu a fechadura do estabelecimento, entrou pela porta da frente e tentou levar um computador e produtos de beleza.

O casal dormia em um dos quartos no momento da invasão. Por causa do barulho, o homem e a mulher acordaram e, com ajuda do cachorro, imobilizaram e renderam o suspeito.

A polícia foi chamada e chegou após cerca de 15 minutos. Durante esse tempo, o cão cuidou para que o suspeito não tentasse fugir. O invasor foi preso e levado para uma delegacia da região.

Homem mata a mãe e passa dez dias junto do corpo em Peruíbe

Apresentando aparentes distúrbios mentais, um homem estrangulou a própria mãe, de 87 anos, com uma corda de varal e permaneceu junto ao corpo durante cerca de dez dias, dentro do apartamento onde moravam de aluguel, em Peruíbe, até o crime ser descoberto na semana passada.

Com o cadáver de Carmelinda Santa Manara Pocas já apresentando adiantado estado de decomposição, a ponto de forte odor começar a exalar do imóvel e a despertar a desconfiança de vizinhos, Waldemar Teixeira Pocas Filho, de 60 anos, decidiu fugir do local.

Alertados sobre o forte cheiro que saía do apartamento, situado na Rua Abílio Augusto Monteiro, 51, no Centro, o delegado Francisco Wenceslau e os investigadores José Carlos Maneira e Wilton Wenceslau se dirigiram até o prédio.

A porta do apartamento foi aberta com a chave reserva que estava com o proprietário do imóvel. Essa testemunha foi uma das que estranharam o fétido odor e acionaram a polícia. Ela disse que Carmelinda e Waldemar alugaram o local há cerca de um mês.

Manchas de sangue na cozinha foram o prenúncio de que algo de grave ocorrera no local. A confirmação veio em seguida, quando o delegado e os investigadores entraram no quarto e viram o corpo da idosa sobre a cama e enrolado a um cobertor. Também havia muito sangue neste cômodo e no banheiro anexo a ele.

Horas antes da chegada dos policiais da Delegacia de Peruíbe ao apartamento, o locador lá esteve sozinho para receber o aluguel. Ele foi atendido na porta por Waldemar, que vestia bermuda bege e camisa azul. O inquilino efetuou o pagamento, se despediu e fechou a porta, sem mais nada dizer.

Não demorou muito, ele saiu do prédio, mas com base nas suas características físicas e, principalmente, nas roupas que trajava, os policiais civis conseguiram localizá-lo na Avenida Padre Anchieta. Conduzido à delegacia, Waldemar confessou ter matado a mãe, mas alegou não se lembrar do que ocorreu na hora do crime.

“Apuramos que o filho da vítima já esteve internado em uma clínica para dependentes de álcool. Waldemar ainda comentou que a mãe sempre foi violenta com ele, mas não apresentou uma razão específica para o homicídio”, disse o delegado.

Waldemar disse que cometeu o assassinato havia três dias, mas essa informação foi rebatida pelo legista que examinou o corpo de Carmelinda. “Segundo o médico, pela fauna cadavérica existente no corpo, o crime ocorrera há pelo menos dez dias”, explicou a autoridade policial.

A presença de sangue no apartamento também sugeriu lesões, como facadas, que provocaram hemorragia. Mas, conforme admitiu o delegado, o adiantado estado de decomposição do corpo e a escassez de recursos no Instituto Médico-Legal (IML) de Praia Grande impossibilitaram detectá-las.

Homem e espancado ate a morte

Carlos Eduardo Santos Souza, de 30 anos, foi espancado por várias pessoas na manhã deste domingo na Rua Érico Veríssimo Frente, no Jóquei Clube. O rapaz morreu no local.

Um caibro de madeira, supostamente utilizado no crime, foi apreendido e encaminhado para perícia. Exame necroscópico foi solicitado para apurar a causa da morte.

Populares não souberam informar a polícia quais pessoas estariam envolvidas no linchamento e qual o motivo do linchamento. Souza já possuía registro criminal.

Dois casos de linchamento ocorreram na última sexta-feira na Baixada Santista. O primeiro aconteceu pela manhã na orla da Vila Mirim, em Praia Grande, e apenas não se consumou devido à rápida intervenção de policiais militares.

Um rapaz foi agredido por um grupo de pessoas após sair de um quiosque sem pagar a despesa de R$ 35,00. Ele estava com outro jovem, que conseguiu fugir de moto.

O acompanhante da vítima e os agressores não foram identificados.

À tarde, no Km 61+100 metros da Marginal da Via Anchieta, no Jardim Casqueiro, em Cubatão, um adolescente suspeito de furtos pelas imediações foi espancado até a morte por aproximadamente 12 pessoas.

O menor de idade morava na Vila dos Criadores, favela situada às margens da Via Anchieta, em Santos, do lado oposto ao da rodovia onde ocorreu o linchamento. Os envolvidos no assassinato conseguiram fugir sem ser identificados.

Advogado sofre sequestro-relâmpago e tem apartamento roubado em Santos

Uma quadrilha formada por pelo menos seis homens sequestrou e roubou um advogado de 39 anos, morador de um edifício de luxo da Avenida Rei Alberto I, na Ponta da Praia, em Santos. O crime aconteceu no início da madrugada de quinta-feira.

O bando portava pistolas e até um fuzil AR-15 e demonstrou conhecimento de diversos detalhes da vida da vítima, até atividade profissional de sua mãe, que é auditora fiscal.

Os dois carros roubados do advogado uma Pajero TR4 ano 2007 e um Mercedes Benz SLK 200 K ano 2006 foram localizados abandonados na própria quinta-feira, respectivamente, na Rua Cipriano Barata, no Estuário, e na Rua Brigadeiro Galvão, na Ponta da Praia. Atrás do banco do motorista da Pajero foram achados dois cartuchos de fuzil AR-15, sendo um intacto e o outro deflagrado.

Segundo a vítima, a abordagem aconteceu momentos após ela sair de uma choperia no Gonzaga. Após entrar no Mercedes Benz e transitar por alguns metros, o advogado foi interceptado por um Fiat Palio dourado, cuja placa não conseguiu visualizar.

Um homem encapuzado, usando colete à prova de balas e armado de fuzil e pistola rendeu a vítima, obrigando-a a entrar no Palio, onde estavam mais dois homens com os rostos cobertos por capuzes.

Em certo momento, os marginais que estavam no Palio e no Mercedes, decidiram entrar no apartamento do advogado. Eles sabiam que ninguém estava no imóvel, porque a mãe da vítima havia viajado na véspera ao Rio de Janeiro.

Para não ser barrada na portaria do edifício, a quadrilha foi buscar a Pajero TR4 do advogado em um estacionamento particular na Rua Egídio Martins, porque só esse veículo tem autorização para ingressar na garagem do edifício.

Em determinado momento, a vítima alegou que passava mal e aproveitou um instante de descuido dos marginais para fugir do apartamento. Ela correu até a escadaria do prédio e se escondeu em uma lixeira.

Esse fato antecipou a fuga do bando, que levou a Pajero e o Mercedes, além de um relógio Omega, quatro óculos de sol de grifes famosas, R$ 3 mil, cartão bancário, celular, documentos, roupas e corrente de ouro.

domingo, 24 de abril de 2011

Turista é baleado em Ubatuba

Um motorista que seguia pela rodovia Oswaldo Cruz foi baleado na madrugada deste domingo (24) no trecho de Ubatuba. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, a vítima é um turista que seguia de Ubatuba para São Luiz do Paraitinga.

Ele foi abordado por três homens armados no quilômetro 90, ainda em Ubatuba. Percebendo a movimentação, o motorista acelerou o veículo. Os homens atiraram contra o carro, na direção da porta. O motorista foi baleado no joelho.

Ele conseguiu chegar até o posto da Polícia Rodoviária Estadual, onde pediu ajuda. A vítima foi encaminhada para o Pronto Socorro da cidade e passa bem. Ninguém foi preso.

Homem tenta roubar duas residências e é morto por turistas em Ubatuba

Um homem de 28 anos morreu neste domingo (24) após tentar roubar duas residências em Ubatuba. Ele invadiu a casa de um comerciante no bairro Itamambuca por volta de 1h15 da manhã acompanhado de mais um rapaz. Os dois estavam armados. A dupla rendeu os donos da casa e em seguida fugiu no carro da família, sequestrando os proprietários.

Ao perceberem que estavam sendo perseguidos pela polícia os ladrões abandonaram o veículo com as vítimas e entraram na praia da Barra Seca, fugindo até o Perequê Açú, onde invadiram uma casa de veraneio.

Segundo a polícia, neste ponto os turistas entraram em luta corporal com os bandidos, um deles conseguiu fugir e o outro foi atingido nas costas por um disparo de arma de fogo feito por um dos turistas.

O baleado ainda tentou fugir, mas na rua foi abordado pelos policiais. Ele foi encaminhado para o Pronto Socorro mas não restiu aos ferimentos.

O homem baleado estava sem documentos. Pela manhã a esposa dele compareceu no IML para reconhecer o corpo. Ela também prestou depoimento à polícia.

Trata-se de um morador do bairro Ipiranguinha que estava em liberdade condicional. Ele já tem passagem por homicídio, em Ubatuba.

Os turistas tiveram apenas escoriações, todos foram ouvidos pela polícia.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Homem morre após ser atacado por abelhas em Natividade da Serra

Um jovem de 24 anos morreu afogado na represa do bairro Pouso Frio, distrito de Natividade da Serra, na madrugada de terça-feira (19).

Ele e o irmão foram atacados por abelhas e, para fugirem das picadas, mergulharam na água, mas a vítima não voltou à superfície. O corpo do rapaz, que morava em Caraguatatuba, foi encontrado por volta das 11h.

Ainda não se sabe o motivo da morte, mas a Polícia acredita que tenha sido alguma reação por conta do estômago cheio, já que o jovem havia comido muito logo cedo.

Justiça condena NovaDutra por morte do cantor Claudinho

A Justiça de São Paulo condenou a concessionária Nova Dutra a indenizar a ex-companheira do cantor Cláudio Rodrigues de Mattos, da dupla Claudinho e Buchecha, em razão do acidente que culminou em sua morte em 2003 na Via Dutra, perto da cidade de Seropédica (RJ).

O juiz Daniel Toscano, da 6ª Vara Cível de São José dos Campos, estipulou uma indenização de R$ 13.460,39 pelos danos causados ao veículo, uma pensão mensal de R$ 2.051,23 até a autora completar 70 anos e R$ 500 mil pelo dano moral sofrido. Cabe recurso à decisão.

Claudinho morreu no dia 13 de julho de 2003, vítima de uma acidente de trânsito na rodovia. O caso foi julgado em São Paulo porque ele havia acabado de deixar um show em Lorena.

A ex-companheira dele entrou com uma ação contra a concessionária por considerar que o acidente aconteceu em razão de irregularidades na via (existência de mureta no acostamento e de uma árvore a apenas dois metros do obstáculo, sem qualquer tipo de proteção) e que a morte prematura dele provocou danos materiais e morais.

Como dano material, ela requereu o ressarcimento do valor do conserto do veículo e o pagamento de pensão. Pleiteou também uma compensação pecuniária pelo abalo psíquico causado pela morte do companheiro e pai de sua filha.

“Se somos obrigados a pagar pedágios semelhantes aos cobrados em países desenvolvidos, que sejamos contemplados, em contrapartida, com rodovias de países desenvolvidos. Consignando ainda que a ré administra a rodovia há mais de uma década, tendo tempo suficiente para erigir as obras protetivas”, disse o juiz, na decisão.

No processo, a empresa apresentou defesa dizendo que o acidente ocorreu por culpa exclusiva do condutor do veículo, que dirigia em alta velocidade, dormiu ao volante e fez uso inadequado do acostamento. Procurada nesta terça-feira (19), a Nova Dutra disse que não irá se pronunciar sobre a decisão.

Para polícia, chacina pode ter sido motivada por disputa entre quadrilhas

A polícia suspeita que a chacina que deixou quatro mortos em uma favela em Guarulhos, na Grande São Paulo, na noite desta terça-feira, tenha sido motivada por uma disputa entre quadrilhas por pontos de vendas de drogas. Segundo as investigações, os criminosos atiraram nas cinco vítimas e fugiram.

Entre os mortos está um adolescente de 15 anos. Um rapaz de 20 anos foi baleado no peito, socorrido e levado a um hospital. Apesar do ferimento, ele se recupera bem e não corre risco de morte.

O crime aconteceu no bairro dos Pimentas, que faz limite com São Miguel Paulista, extremo da Zona Leste de São Paulo. Os corpos foram encontrados na via pelos policiais que atenderam a ocorrência.

Vizinhos passaram a noite na rua, observando o trabalho da polícia. Com medo, nenhum morador quis falar sobre o que aconteceu. “Ninguém sabe dizer como foi exatamente, ninguém viu. Infelizmente não temos nenhuma informação concreta”, disse o tenente da Polícia Militar André dos Santos.

Perto da viela onde aconteceu a chacina, policiais encontraram porções de maconha, crack e cocaína. Um caderno com anotações da venda de drogas também foi apreendido. Ainda de acordo com a polícia, o tráfico era intenso na favela, o que levanta a suspeita de que o crime foi motivado por disputa entre quadrilhas de traficantes.

Quatro pessoas são mortas a tiros em São Paulo, corpos estavam na via pública

Quatro pessoas foram mortas a tiros por volta das 19h15 na Rua Nidaque, no Bairro dos Pimentas, em Guarulhos, na Grande São Paulo, segundo informações da Polícia Militar.

Os corpos foram encontrados na via pública pelos policiais que atenderam a ocorrência.

Uma quinta vítima também teria sido baleada, mas foi socorrida antes da chegada da polícia. Ninguém foi preso pela chacina.

O caso foi registrado no 4º DP de Guarulhos, no Bairro dos Pimentas, que faz divisa com São Miguel Paulista, no extremo da Zona Leste de São Paulo.

Bandidos explodem caixa eletrônico de farmácia em Guarulhos


Assaltantes explodiram um caixa eletrônico em Guarulhos, na Grande São Paulo, na madrugada desta quarta-feira.

O caixa estava instalado dentro de uma farmácia, que foi arrombada. Os criminosos usaram explosivos para abrir o equipamento e destruíram parte da loja. A polícia foi chamada, mas os assaltantes conseguiram fugir levando o dinheiro.

Com carro blindado, casal escapa de tragédia em Guarujá

A blindagem em um carro evitou uma tragédia durante tentativa de assalto no Cachoeira, em Guarujá, na noite de segunda-feira. Um motorista de 46 anos e uma doméstica de 43 anos estavam no automóvel.

De acordo com informações da polícia, o crime foi na Avenida Tancredo Neves, por volta das 21 horas. As vítimas, que segundo apurado estavam com a Pajero prata de seu patrão, contaram que trafegavam pelo local quando viram quatro marginais.

Um deles usava capuz e três estavam armados. O bando teria cercado o carro e apontado os armamentos.

Como o carro é blindado, o motorista teria acelerado para fugir. Nesse momento a quadrilha teria atirado quatro vezes. Três disparos acertaram o vidro lateral traseiro do carro. A blindagem impediu que o motorista e a companheira ficassem feridos.

A Polícia Militar foi acionada mas os autores não foram localizados. As vítimas foram até a Delegacia Sede de Guarujá, onde o caso foi registrado.

Polícia prende guarda municipal de PG por porte ilegal de arma

O guarda municipal de Praia Grande Renato da Silva Júnior, de 36 anos, foi detido em flagrante acusado de porte ilegal de arma de fogo no Campo Grande, em Santos. Ele foi detido após tentar entrar armado em uma casa noturna no Centro da Cidade.

O flagrante aconteceu nesta madrugada, na Avenida Bernardino de Campos (Canal 2). O guarda foi detido após a PM receber denúncia anônima sobre o porte de arma.

O estabelecimento fica na Rua do Comércio, no Centro de Santos, e o homem deixou o local em uma Hilux prata. O carro foi visto e seguido até o canal 2, onde foi dada ordem de parada.

Assim que parou o carro, o indiciado disse que estava com uma arma dentro da Hilux. Uma pistola calibre 380 foi achada municiada embaixo do banco do motorista.

Foi apurado que a arma estava devidamente registrada em nome do acusado. Porém, ele não tinha autorização para portar ou transportar o armamento. Além disso, a funcional do guarda o habilita apenas para portar arma de fogo em serviço, em Praia Grande.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante para o guarda municipal. O caso foi apresentado na Central de Polícia Judiciária (CPJ).

Adolescente é detido ao ser flagrado com porções de maconha prontas para serem vendidas

Um adolescente de 17 anos foi apreendido na madrugada desta terça-feira, em Vicente de Carvalho, Guarujá, após ser flagrado comercializando porções de maconha. Viatura da Força Tática da Polícia Militar realizava ronda nas imediações da Rua Almirante Barroso quando percebeu a ação do rapaz.

Antes que fosse abordado, o suspeito tentou se esconder sob a carroceria de um caminhão, que estava estacionado próximo ao número 142 da via. Ao se aproximarem, ele correu, mas foi interceptado. Ao ser revistado, os policiais descobriram 28 porções da erva, já embaladas.

Questionado sobre o material, o jovem disse que estava ali para vendê-las. As de menor tamanho custariam R$ 5,00, as maiores, R$ 20,00. O material apreendido, assim como o acusado, foram levados para a Delegacia Sede da Cidade, onde o caso foi registrado. Segundo a PM, ele permanece detido.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Menor morre após levar pauladas na cabeça no bairro Olaria

O menor Jean Claudio Correia de 17 anos morreu na madrugada desta terça-feira 19, após ficas algumas horas internado na Casa de Saúde Stella Maris.

O adolescente deu entrada no hospital na tarde de ontem após levar pauladas na cabeça na Rua. Pedro Januario Leite no bairro Olaria em Caraguatatuba.

Socorrido por populares ao hospital, não foi possível colher maiores dados a respeito da agressão.

O crime será investigado pelo distrito policial do bairro Massaguaçu.

Ex-vereador é preso por porte ilegal de arma em Caraguá

O ex-vereador de Caraguá Germino de Souza, 44, foi preso em flagrante na manhã de ontem, por porte ilegal de arma, na casa em que morava no bairro Travessão.
Ele cumpriu mandato pelo PPS na legislatura entre 2005 e 2008.

A Polícia Civil cumpria um mandado de busca e apreensão e encontrou na casa uma espingarda calibre 12 e um revólver calibre 38 com a numeração raspada, além de munição.

Souza já responde processos por violência doméstica e falsidade ideológica.
Ele foi encaminhado ao CDP (Centro de Detenção Provisória) do município.

Prisão. De acordo com Maurício Ahvener, delegado titular da cidade, Souza era investigado por um desentendimento que teve com um ex-assessor após deixar de ser vereador.

“Um denunciou o outro por ameaça de morte. Não sabíamos quem era quem. Conseguimos o mandado e fomos até a casa dos dois”.

Ao chegar na casa do vereador, Souza ainda tentou se livrar das armas, jogando pela janela, mas a polícia conseguiu capturá-lo.

Na residência do ex-assessor, foi encontrado uma pistola calibre 380, mas a arma estava registrada no nome da mulher do suspeito.

“A arma estava em situação legal. Não encontramos nada de errado e após o ouvirmos, ele foi liberado”.


.

Polícia investiga o motivo da chacina em Vicente de Carvalho

Uma apuração prévia da polícia ainda não conseguiu levantar qual o motivo do ataque ocorrido na noite desta segunda-feira nas imediações da Favela Sitio Conceiçãozinha, Distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá. No crime, adolescentes de 15, 16 e 17 anos, todos estudantes, foram mortos a tiros à queima-roupa por um grupo de homens, não identificados, em um carro.

Outras duas vítimas que sobreviveram, um auxiliar de mecânico e um desempregado, de 29 e 51 anos, respectivamente, passam bem.

Sabe-se, porém, que de quatro a cinco homens, em um Fiat Uno modelo novo, de cor verde escura, foram os autores dos disparos. Na Rua Santo Amaro, altura do número 354, as vítimas foram abordadas pelos acusados. Não houve tempo de fuga ou qualquer reação e os tiros foram direcionados para regiões vitais, tanto que dois menores mais velhos morreram no local.

Após a fuga dos atiradores, o ajudante Washington Fonseca de Oliveira e o desempregado Agemiro Gomes da Fonseca foram socorridos para o Hospital Santo Amaro por ambulâncias. O adolescente de 15 anos, que foi alvo de ao menos três tiros, foi levado por populares ao hospital da região, antes mesmo da chegada das equipes de resgate, mas também não resistiu aos ferimentos e morreu logo após ser atendido.

Dos acusados, ao menos três deles estavam armados. A perícia da Polícia Civil e o delegado que esteve no local, João Barbosa Filho, conseguiram identificar projéteis 9, 45 e 380 milímetros. Alguns deles, inclusive, de uso exclusivo e restrito das Forças Armadas. Pistas sobre o paradeiro dos acusados e motivação ainda não foram encontradas, isso porque os homens armados não foram identificados por testemunhas.

As vítimas não tinham passagem pela polícia. Agemiro já foi liberado pelos médicos e aguarda o desenrolar do ataque em casa. Washington passa bem e não corre risco de morrer. Não foi possível determinar quantos tiros foram disparados. O caso está a cargo da investigação do 2º Distrito Policial de Guarujá, em Vicente de Carvalho.

Três menores são assassinados em Vicente de Carvalho

Três menores foram assassinados e outros dois jovens ficaram feridos na noite desta segunda-feira, no bairro Prainha, em Vicente de Carvalho. Todas as vítimas estavam na Rua Santo Amaro, entre 19 e 20 horas, quando foram atingidas por tiros disparados por um homem, que fugiu sem ser identificado.

Segundo moradores e a polícia, um Fiat Uno da cor prata, com a placa riscada, parou diante dos jovens. O motorista desceu do veículo e passou a disparar na direção deles. Todos foram atingidos. Um menor de 17 anos, outro de 16 e um de 15 anos morreram no local.

Os outros dois foram levados para o Hospital Santo Amaro. Segundo o hospital, eles são maiores de idade. Um estava no centro cirúrgico por volta das 23h15 e o outro já havia sido liberado.

Os meninos conversavam na rua, sendo que um deles descarregava uma mercadoria a poucos metros de casa. Moradores disseram que o homem que saiu do carro tinha estatura baixa. Quando começou a atirar, os meninos correram, mas não houve tempo de escapar.

Até as 23h15 desta segunda-feira, não havia informações de quantos tiros tinham sido disparados.

Detido com drogas foge de cadeia enquanto ocorrência é registrada

Algumas horas depois de ser detido com drogas e ser levado à delegacia, o pescador Rafael de Oliveira Valente, de 21 anos, conseguiu escapar da cadeia, em Itanhaém. O jovem deslocou uma grade da cela para conseguir fugir.

A fuga foi por volta das 7 horas na Avenida Condessa de Vimieiros, no Centro, onde funciona o plantão da Delegacia Seccional de Itanhaém. Por volta das 4 horas, a Polícia Militar levou o suspeito até o plantão. Segundo o apurado, ele tinha sido abordado com seis porções de maconha, quatro pedras de crack e R$ 367,00.

Enquanto os PMs eram ouvidos pela autoridade, escutaram um barulho vindo da cela como se o preso estivesse se debatendo. Ele foi alertado e parou.

Ao ser ouvido, o homem alegou ser viciado e que o dinheiro era fruto da pesca. No fim do flagrante, como já tinha ouvido as partes, a autoridade foi até sua sala atender vítimas de uma outra ocorrência.

Em seguida o delegado foi avisado que o preso havia afirmado que o dinheiro apreendido na verdade seria de um furto contra uma pizzaria. Após tentativa de contato com a pizzaria, foi constatado que o preso não estava mais na cela. O local estava trancado com cadeado.

Polícia indicia 3 por morte de garota em pousada de Ubatuba

A Polícia Civil de Ubatuba, no Litoral Norte de São Paulo, finalizou o inquérito sobre a morte de uma jovem de 16 anos dentro de uma pousada da cidade. O amigo dela e dois turistas que estavam com a adolescente no dia em que ela morreu foram indiciados por homicídio qualificado, corrupção de menores e posse de entorpecentes.

No dia 12 de março, Pâmela Fernandes de Oliveira Gouvêa saiu de casa para passear com um amigo. Mas, de acordo com a polícia, a convite de outros dois homens, Pâmela e o rapaz foram para uma pousada no Centro.

No local, ainda segundo o inquérito, todos teriam consumido bebidas alcoólicas e drogas. Na manhã seguinte, a jovem teria sofrido uma crise de convulsão. Ela foi socorrida, mas morreu assim que chegou ao hospital.

Os três indiciados vão responder ao inquérito em liberdade. O caso será encaminhado agora para a Justiça.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Jovem é executado com cinco tiros no Travessão

O jovem Jessé da Silva Oliveira, de 18 anos, foi assassinado na tarde de sábado no meio da rua no bairro Travessão, atrás da Escola Ângelo Barros.

Ele foi atingido por cinco tiros e já chegou morto no pronto-socorro, como a Polícia Militar também o encontrou.

Natural de Caraguatatuba, a vítima morreu em decorrência de hemorragia interna de tórax.

O homicídio foi registrado na delegacia da cidade, cuja autoria ainda é desconhecida. Pela forma de execução (cinco tiros), a polícia não descarta envolvimento com drogas.

Ladrões trocam tiros com a Polícia após tentativa de assalto em Jacareí

Dois homens foram presos em flagrante após tentarem roubar uma residência na rua Guido Martins Moreira, Jardim Santa Maria, em Jacareí, na noite desse domingo (18).

Segundo a PM, os ladrões armados mantinham uma família refém na casa quando a polícia chegou. Os bandidos tentaram fugir e atiraram contra a viatura, mas foram presos em flagrante. Com eles, os policiais encontraram dois celulares e R$163 em dinheiro. Os suspeitos foram levados para o 1º DP de Jacareí.

Homem é encontrado morto no bairro Marlene Miranda, em Taubaté

Mesmo com o reforço de policiamento na cidade, mais um homicídio foi registrado em Taubaté na madrugada deste domingo (17).

Um homem ainda não identificado foi encontrado morto na estrada Amácio Mazzaropi, no bairro Marlene Miranda.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo não tinha marcas de tiros e a suspeita é que a vítima tenha sido morta a pauladas. Esse foi o 25º registro desse tipo de crime na cidade deste o início do ano.

Preso um dos suspeitos de matar PM em Cubatão

O corpo do policial militar Wagner Alberto Figueiredo, de 28 anos, será enterrado no Cemitério Metropolitano, nesta segunda-feira, em São Vicente. O soldado foi executado com seis tiros à queima-roupa, por volta das 21h30 de sábado, em Cubatão.

O crime ocorreu dentro de uma pizzaria, localizada na Avenida das Nações Unidas, na Vila Nova. O estabelecimento era de propriedade do PM. No momento do crime, ele estava à frente do caixa e, segundo relatos de testemunhas, foi surpreendido por um rapaz de bicicleta.

O bandido disparou dois tiros na sua cabeça, dois no braço direito e outros dois na região do tórax. Depois, ele fugiu do local. Nada foi levado pelo desconhecido, o que indica que a execução provavelmente teve motivação pessoal. Wagner, aliás, chegou a comentar que estava recebendo ameaças, conforme relatos de pessoas próximas a ele que prestaram depoimento à Polícia.

Com a ajuda dessas informações e também de uma pessoa que presenciou a fuga do criminoso, em menos de seis horas a PM identificou e prendeu um homem suspeito de participar do homicídio. O nome dele é André Luís Ferreira Gomes (também conhecido como Dedé), de 26 anos. Ele foi preso por volta das 3h20, em um apartamento localizado no Bolsão 8, também em Cubatão.

"A informação que recebemos é que ele estava dando guarda para o assassino, também de bicicleta, e fugiu junto com ele", contou o sargento da PM José Luís Gomes dos Santos, um dos policiais que participaram da operação. No interior do imóvel também foi encontrada uma pequena porção de cocaína que, segundo o acusado, era pra consumo próprio.

Sendo assim, além da acusação de homicídio qualificado, ele também responderá inquérito por posse ilegal de droga. Em depoimento prestado na Delegacia Sede de Cubatão, Dedé negou a participação no crime. Porém, teve a versão desmentida pela testemunha, que o apontou como coautor do homicídio. Esta disse que, no momento dos disparos, o viu segurando a bicicleta do atirador, próximo da pizzaria, e depois fugindo com junto ele. Quanto ao autor, por sua vez, a Polícia Civil disse que investiga o paradeiro dele.

"Já temos um suspeito identificado e vamos ouvi-lo", informou o delegado do 3º DP de Cubatão, Wanderley Mange, que acredita que o caso seja elucidado nos próximos dias. "Que foi uma execução, uma vingança, isso a gente já sabe. Resta agora, descobrir os motivos".

Carpinteiro morre após ser alvejado na Vila Natal

O carpinteiro Wemerson Jerônimo da Silva, de 31 anos foi morto a tiros na noite deste sábado em Cubatão. O crime aconteceu na esquina das ruas São Francisco de Assis com Ulisses Guimarães, na Vila Natal. A vítima constava como procurado da Justiça.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, por volta das 22 horas uma equipe da Polícia Militar foi até a Favela do Caique para levantar informações sobre possíveis envolvidos no assassinato do policial militar, ocorrido em uma pizzaria na Vila Nova.

Os PMs estavam atrás de um colégio quando foram recebidos a tiros por marginais não identificados. Em seguida os atiradores conseguiram escapar por um mangue.

Os policiais militares relataram que não houve tempo para revidar os tiros. Logo após, quando saía da favela, a equipe foi avisada que havia uma pessoa baleada na frente da escola.

O carpinteiro chegou a ser socorrido pelo resgate e levado até o Pronto-Socorro Central da Cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Santos.

Ainda conforme dados do boletim de ocorrência, a mãe da vítima contou que uma dupla de moto, cuja placa não foi anotada, passou atirando contra o rapaz. Ele foi alvejado no pescoço e tórax.

Ex- vereador de Caraguatatuba e preso por porte ilegal de armas


O ex-vereador Germinio de Souza foi preso na manha desta segunda-feira 18 em sua casa na Rua.Lazaro no bairro Travessão na região sul.

Policiais Civis em cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela justiça, localizaram na casa do ex- vereador duas armas, uma delas calibre 12 e um revolver calibre 38.

Os mandados foram cumpridos pelos delegados Jairo Garcia Pereira e o delegado titular de Caraguatatuba Dr. Mauricio, com equipes de investigadores.

As armas segundo a policia civil tinham suas numerações raspadas.

O ex-vereador deve ser encaminha ao CDP (Centro de Detenção Provisória de Caraguatatuba). Segundo a policia o acusado foi indiciado e preso por porte ilegal de armas e munição.

Após fuga, sequestro relâmpago é frustrado em SP

Uma tentativa de sequestro relâmpago foi frustrada pela polícia no início da madrugada desta segunda-feira, no bairro do Socorro, na zona sul de São Paulo. Quatro homens foram presos em flagrante após tentarem fugir com as vítimas. Um deles tinha passagem por porte ilegal de armas e outro cumpria pena condicional por tráfico de drogas.

Em um Celta, um casal aguardava pelo sinal verde num cruzamento entre as ruas Elias Antônio Zogbi e Victor Manzini, quando foi surpreendido pela quadrilha por volta da meia-noite. Os criminosos portavam uma garrucha calibre 38 de dois tiros, que foi apontada para o motorista do veículo. Rendido, ele foi colocado no banco do passageiro; sua acompanhante, no banco de trás.

Enquanto isso, uma viatura, em ronda pela região, percebeu a ação dos criminosos. De acordo com o segundo-sargento da policia militar Luiz Rogério de Abreu, os sequestradores, vendo a aproximação dos policias, tentaram atirar. A arma falhou e o carro partiu em fuga.

A perseguição durou cerca de dois quilômetros. E acabou num poste. Na colisão, o criminoso que guiava o automóvel bateu com o rosto no volante e perdeu um dos dentes. Mesmo assim, tentou fugir a pé com seus comparsas. Eles não obtiveram sucesso e foram detidos.

O casal foi encaminhado para o Pronto Socorro de Santo Amaro. Sem ferimentos, a mulher recebeu cuidados à base de calmantes. Os criminosos também foram atendidos nesse hospital antes da prisão. O caso foi registrado no 102.º Distrito Policial de São Paulo.

Noivo é preso acusado de atropelar idosa em cerimônia no ABC

A polícia de Santo André, no ABC, prendeu na madrugada deste domingo um noivo suspeito pela morte de uma mulher idosa, convidada de uma outra cerimônia que estava sendo realizada simultaneamente no mesmo salão, segundo relatos de um policial civil do 2º Distrito Policial de Santo André.

A mulher morreu depois que, após uma discussão generalizada entre convidados das duas festas, o motorista de um carro entrou no veículo, deu marcha a ré e a atropelou ainda sobre a calçada em frente ao estabelecimento.

Segundo a polícia, após atropelar a mulher, o homem desceu do carro e chutou o corpo. O acusado deixou o local, mas os policiais, avisados pelos convidados, o localizaram em sua casa e o prenderam em flagrante por homicídio doloso.

Testemunhas foram ouvidas neste domingo no 2º Distrito Policial de Santo André.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Jovem de 19 anos é morto com tiro na cabeça, em São José dos Campos

Um rapaz de 19 anos foi morto com um tiro na cabeça no bairro Campos de São José, em São José dos Campos nesta madrugada.

Moradores ouviram disparos e chamaram a Polícia Militar, que acionou o Corpo de Bombeiros. A vítima morreu no local.

Até o momento, não se sabe qual foi a motivação do crime e ninguém foi preso. A polícia investiga o caso.

Homem é preso por abusar de estudante de 16 anos em Guarujá

Um homem de 38 anos, conhecido como Doidinho do Morro, foi preso ao ser flagrado estuprando uma adolescente de 16 anos no Ginásio Municipal de Guarujá, na noite desta quinta-feira. Para intimidar a menina, que estava com amigos, ele disse que era policial militar. Mesmo com a ação rápida dos soldados, o ato foi consumado.

A denúncia via 190 foi feita por um casal de amigos da vítima. A abordagem dos três ocorreu por volta das 23h30, na Rua Valéria Ciccone. O homem estava de moto e, ao se aproximar deles, colocou a mão por dentro da blusa para simular uma arma. Assustados, os amigos foram levados para dentro do ginásio.

O estuprador obrigou a garota, que é estudante, ir para a rampa de acesso à quadra. Foi onde ocorreu o abuso. Enquanto isso, a Polícia Militar era acionada e em pouco tempo chegou ao local. No momento em que percebeu a presença das viaturas, o acusado tentou fugir, mas foi rendido. A vítima foi socorrida para o Hospital Santo Amaro.

Levado à Delegacia Sede da Cidade, os investigadores descobriram que ele já tinha passagem por desacato. O nome verdadeiro do acusado, segundo a Polícia Militar, é Fernando Albino da Silva. O indiciado já foi levado para a Cadeia Pública da região.

Polícia prende quadrilha em posto de combustível assaltado 100 vezes em um ano

A Polícia Civil prendeu quatro homens que tentavam roubar um posto de gasolina em Diadema, na Grande São Paulo, na noite de quarta-feira. Ocorrência corriqueira não fosse um detalhe: o posto foi assaltado mais de cem vezes em 2010 e, apenas neste ano, cerca de trinta vezes, segundo a polícia.

Homens do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) de Diadema foram informados da repetição dos crimes e montaram uma operação para prender os ladrões. Durante dois dias, agentes disfarçados de frentistas trabalharam no posto nos horários de maior incidência dos crimes, mas não houve nenhum assalto. No terceiro dia, os policiais decidiram montar campana em um veículo descaracterizado, em frente ao posto e, por volta das 20h30, flagraram a quadrilha tentando roubar o dinheiro do caixa e o Celta de uma família que abastecia o veículo.

Os quatro ameaçaram as vítimas com uma pistola de plástico e acabaram presos. Apresentados aos frentistas, foram reconhecidos como autores de diversos assaltos ao estabelecimento nas últimas semanas. "Um dos detidos confessou envolvimento em pelo menos trinta roubos naquele local", disse o policial Marcelo Luiz Nascimento.

Luiz Carlos Cerqueira dos Santos, 19 anos, com passagem por roubo e tráfico, José Carlos Vanderlei Gomes, 19, Hamilton Marins de Andrade, 21, e Gilliard da Silva Candido, 21, foram autuados em flagrante no 1º Distrito Policial. Segundo Nascimento, os quatro são moradores da Favela do Pantanal, na divisa de São Paulo com Diadema.

Mais dois caixas são alvos de bandidos no ABC

Mais dois caixas eletrônicos foram alvos de bandidos, desta vez, em duas cidades do Grande ABC, na madrugada desta sexta-feira. Até as 5h45 nenhum suspeito havia sido detido pela polícia.

Às 3h15, uma máquina da rede Banco 24 Horas foi parcialmente destruída por criminosos que tentaram explodi-la para levar o cofre. Policiais foram até a altura do nº 150 da avenida Ayrton Senna da Silva, no Jardim Paraíso, em Mauá, onde fica o mercado Miami, e viram o caixa danificado, com indícios de que os criminosos haviam utilizado explosivos.

Meia hora depois, o mesmo ocorreria também com um caixa da rede Banco 24 Horas no interior de um posto de gasolina na rua Carijós, 455, na Vila Alzira, em Santo André, cidade vizinha.

Segundo testemunhas, suspeitos, após a explosão, teriam deixado o local em um Fiat Uno prata. Em ambos os casos, os criminosos não teriam levado o cofre da máquina, mas somente a perícia poderá confirmar.

Aposentada de 81 anos cai no golpe do bilhete premiado em Praia Grande

O golpe do bilhete premiado fez mais uma vítima na região. Uma aposentada de 81 anos foi assaltada nesta quarta-feira no Boqueirão, em Praia Grande. Ela foi enganada por um trio que prometia lhe pagar R$ 50 mil para ir até a Caixa Econômica Federal e testemunhar a troca do cartão da sorte. No trajeto para o banco, porém, um dos homens apontou uma arma e a obrigou a fazer um saque de R$ 2 mil de sua conta bancária.

Segundo informações da polícia, a aposentada foi abordada por uma mulher mal vestida, de aproximadamente 30 anos, que disse ter ganhado um prêmio de R$ 400 mil, e que daria uma gratificação à aposentada caso ela a acompanhasse até o banco.

Enquanto as duas conversavam, surgiu uma terceira mulher, essa bem vestida e aparentando cerca de 40 anos, que se ofereceu para ajudar a dona do bilhete. Nesse momento, um automóvel Honda Civic prata parou perto das mulheres e o motorista se identificou como marido de uma delas.

Foi então que a aposentada foi convencida a participar da suposta troca.
Durante o trajeto, no carro, os golpistas perguntaram à vítima em qual agência bancária ela possuía conta e, em seguida, uma das mulheres apontou-lhe um revólver e a ordenou que entregasse a senha e o cartão do banco.

Após se apossar dos pertences da aposentada, o trio seguiu para a agência bancária e, ao lado da vítima, o condutor do veículo a obrigou a fazer o saque.
Antes de liberarem a aposentada, os ladrões roubaram a quantia de R$ 200,00 que ela levava dentro da bolsa. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande.

Jovem de 17 anos é esfaqueado por colega em colégio

Um estudante de 14 anos esfaqueou um colega de 17, na tarde desta quinta-feira, dentro do Colégio Estadual Euricles de Matos, na Av. Oswaldo Cruz, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.

A vítima foi levada para Hospital Geral do Estado (HGE) e, segundo a Secretaria de Saúde da Bahia, o garoto passa bem. O agressor foi apreendido e está na Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), no bairro de Brotas. Ele disse a polícia que foi ameaçado pela vítima e que brigou com o colega por causa de um apelido.

O adolescente apreendido contou que o garoto ferido teria lhe dado um soco e que para revidar, ele pegou a faca com outro colega e atingiu a vítima.

Nos últimos dias, revólveres, facas e estiletes foram encontrados em escolas baianas. Só nos três primeiros meses desse ano já foram apreendidas dez armas de fogo em escolas da capital baiana. O número é maior do que o total apreendido em todo ano de 2010 (sete).

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Bandidos explodem caixa eletrônico na Praia das Palmeiras

.


Criminosos explodiram na madrugada de hoje 14/04, um caixa eletrônico do banco Santander, localizado em posto de combustíveis na Avenida Jose Herculano no bairro Praia das Palmeiras.

A quadrilha formada por aproximadamente 6 indivíduos, renderam e trancaram os funcionários do posto e explodiram o caixa eletrônico.

Segundo a policia, a força da explosão foi tão forte que pedaços do caixa eletrônico foram arremessados por cerca de 100 metros.

A quantia roubada não foi divulgada, e uma pessoa foi detida para averiguação.

A policia militar prendeu um casal que estaria envolvido no roubo.

L.G.C de 30 anos e a mulher R.S de 27 anos, estavam em um veiculo Golf de cor prata, e teria dificultado a abordagem policial na ação.

No carro havia ainda uma criança de 1 ano e 2 meses e um cão da raça pit bull.

Segundo a policia o casal é morador de Guarujá na baixada Santista e há fortes indicios que eles faziam parte da quadrilha.

Os criminosos estavam armados de pistolas, mão não descarta a existência de armamentos pesados durante o crime

Homem é baleado no Rio do Ouro

Um homem identificado como Lourival Aparecido Alves de 30 anos, foi baleado por volta das 19:00 horas da noite de ontem 13/04, na Rua Américo Timóteo do Rosario.

O crime aconteceu na Ilha do Sol no bairro Rio do Ouro, e a vitima foi atingida no tórax na frente de sua casa.

Socorrido ao Pronto Socorro, o homem não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Segundo a policia, a vitima tinha antecedentes criminais. Ninguém foi preso.

Corpo do MC Duda do Marapé é enterrado no Cemitério da Areia Branca, em Santos

Foi enterrado na manhã desta quarta-feira o corpo do cantor Eduardo Antônio Lara, o MC Duda do Marapé, de 26 anos. Ele foi assassinado com dez tiros na madrugada de terça-feira no Valongo, em Santos.

O sepultamento aconteceu por volta das 10h30 no Cemitério da Areia Branca. Ainda no velório, na Santa Casa, o irmão de Duda, Emerson Noé Lara, de 38 anos, comentou sobre a apresentação que a vítima fez poucas horas antes de morrer:

"Amigos disseram que no último show ele 'arrebentou', parecia até que sabia ser o último", disse.

Durante o enterro, amigos e parentes cantaram a música Lágrimas, de autoria da vítima, e velas foram acendidas na frente de sua campa. Entre aplausos, algumas pessoas gritaram "valeu Duda".

Duda do Marapé foi assassinado com dez tiros sob o viaduto do terminal rodoviário, no Valongo, em Santos. O local é conhecido como Cracolândia, em razão do comércio e consumo intenso de entorpecentes. Perto do corpo foram achadas cápsulas de calibre .40.

O resgate chegou a ser chamado, mas o cantor faleceu no local.

Policiais militares são baleados por bandidos em fuga em São Paulo

Dois PMs da 2ª Companhia do 3º Batalhão foram baleados, com tiros de fuzil, disparados por ocupantes de três veículos, por volta de 3h30, no momento em que preservavam um veículo incendido na rua Ribeiro Lacerda, no Jardim da Saúde, na zona sul de São Paulo.

Não se sabe ainda a causa do incêndio. Baleado na barriga, o soldado Militão, e o colega dele, também soldado, ferido em um dos braços, foram encaminhados para o Hospital São Paulo. O soldado atingido no abdome passava por cirurgia até as 4h30.

Os criminosos que atacaram os policiais ocupavam um Toyota Corolla preto, um Palio cinza e um utilitário esportivo, de cor e modelo não anotados, e seriam os mesmos que, minutos antes, já haviam trocado tiros com policiais militares do Batalhão de Trânsito em frente a uma agência do Banco do Brasil, por eles invadida, na altura do nº 1.200 da avenida do Cursino, na mesma região.

O tiroteio em frente à agência ocorreu no momento em que os policiais do Trânsito faziam patrulhamento e resolveram abordar os suspeitos que deixavam o banco. A agência teve dois caixas eletrônicos arrombados com o uso de maçaricos. O grupo teria fugido com o cofre das máquinas e ninguém foi encontrado até o momento. O caso foi encaminhado para o 16º Distrito Policial, da Vila Clementino.

Bandidos assaltam segurança dos Correios e um morre

Um bandido foi morto e outro preso, por volta das 16h45 de terça-feira após a dupla entrar em uma agência dos Correios, localizada na altura do nº 2.763 da avenida Jabaquara, na zona sul de São Paulo, e roubar o revólver de um dos seguranças.

Acionados, policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) localizaram o veículo, um Fox roubado, de placa adulterada, no qual a dupla havia fugido. Na avenida Piassanguaba, no Planalto Paulista, ainda na mesma região, os criminosos resolveram abandonar o carro e continuar a fuga a pé.

João Flávio da Silva Santos foi detido e encaminhado ao 16º Distrito Policial, da Vila Clementino, e registrado pelo delegado Nilo José Cunha. Já o comparsa dele, que não portava documentos e era conhecido apenas como "Bola", segundo a PM estava armado e atirou, sendo atingido no revide dos policiais. O assaltante morreu a caminho do hospital. Como se trata de uma resistência seguida de morte, o caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Rapaz de 18 anos é baleado no pé na Esplanada dos Barreiros, em São Vicente

Um rapaz de 18 anos foi vítima de tentativa de homicídio na noite de terça-feira na Esplanada dos Barreiros, em São Vicente. A vítima foi alvejada no pé. Ninguém foi preso.

O crime aconteceu por volta das 23 horas na Rua Engenheiro André Rebouças, perto de uma praça. A vítima relatou à polícia que estava parada pelo local quando um homem pilotando uma moto Twister cinza passou e atirou várias vezes.

Um dos tiros acertou o pé esquerdo da vítima. A arma usada teria sido um revólver calibre 38.
O jovem foi socorrido ao Hospital Municipal de São Vicente. Ele foi liberado após ser medicado.
O caso foi registrado na Delegacia Sede de São Vicente e a investigação seria encaminhada para o 2º DP de São Vicente.

Pessoas que tenham informações que ajudem a polícia a esclarecer o crime podem entrar em contato com a polícia por meio do telefone 181. Não é preciso se identificar para fazer denúncias.

Policial é detido acusado de cobrar propina de familiares de preso

Um policial militar foi preso em Botucatu, no interior de São Paulo, na noite desta terça-feira acusado de cobrar R$ 100 mil para ajudar a libertar um suspeito de tráfico de drogas que ele mesmo prendeu no ano passado. O dinheiro seria pago para que o policial mudasse o depoimento no processo que corre na Justiça.

A conversa foi gravada pela pelo cunhado do suposto traficante, que ainda está preso. O policial diz que tem respaldo de pessoas do judiciário. Em outro trecho da gravação, ele acerta a quantia: R$ 100 mil.

O rapaz tenta negociar e pede um tempo maior, mas o policial não aceita. Dois dias depois, uma nova negociação foi gravada com uma câmera escondida. O policial aparece sem a farda. Em uma estrada de terra, ele fala da propina e diz que aceita um carro como parte do pagamento.

Segundo o advogado Vitor Deléo, que acompanhou a vítima de extorsão, depois de muita conversa o policial reduziu o valor cobrado. O PM foi preso depois de receber R$ 1.500 em dinheiro, que seria a primeira parte do acerto.

O flagrante foi registrado em uma padaria. Segundo a própria Polícia Militar, o soldado fazia a segurança do local, o que também é proibido por lei. O policial foi levado ao presídio Romão Gomes, em São Paulo, e deverá ser expulso da corporação,

Em nota, o presidente da Associação dos Magistrados de São Paulo, Paulo Mascaretti, repudiou as afirmações do policial detido e afirmou que não é possível mudar de vara porque o sistema judicial é informatizado e distribui os processos de maneira aleatória.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Polícia prende dois por assalto contra major no Porto Novo

Investigadores da Polícia Civil prenderam J.G.C., 22 anos, e M.S.S., 22 anos, na última segunda-feira, ambos residentes no bairro Barranco Alto.

Eles estão sendo acusados de terem participado de um roubo ocorrido em dezembro do ano passado, quando quatro homens invadiram um condomínio no bairro Porto Novo e, armados com revólveres e pistola, renderam diversas vítimas, entre elas um major da Polícia Militar , roubando diversos objetos.

Após investigações, ficou esclarecido que um dos autores do crime é adolescente e teve sua custódia representada junto à Vara da Infância e da Juventude local, o menor foi transferido para a Fundação Casa.

Todos os acusados já foram identificados pela polícia, e apenas um dos homens envolvidos no assalto, também residente do bairro Barranco Alto, ainda não foi preso.

As prisões preventivas foram decretadas no início deste mês, pela 3ª Vara Criminal da comarca de Caraguatatuba, a pedido do delegado José Manoel Cardoso do Amaral, responsável pela investigação.