sexta-feira, 30 de julho de 2010

Grupo com metralhadoras entra em prédio com controle remoto da garagem e faz arrastão

Moradores do condomínio Green Park, na Chácara Klabin, zona sul de São Paulo, viveram uma hora de terror na quarta-feira durante o sétimo arrastão do ano na cidade de São Paulo. Treze homens com metralhadoras, pistolas e uma espingarda calibre 12 invadiram seis apartamentos após entrar no prédio em um carro, com o controle remoto da garagem. Ninguém foi preso, apesar de o edifício alvo da quadrilha ficar a cerca de 50 metros de um posto da Polícia Militar (PM).

Durante a ação foram levados, em dinheiro, US$ 15 mil, 5 mil euros e R$ 2 mil, além de celulares, joias e vários relógios de grife. Assustada com a presença dos ladrões, uma mulher de 44 anos, empregada de um dos imóveis, foi agredida com vários chutes na cabeça. Ela foi encontrada caída em um dos elevadores. A maioria dos condôminos foi ameaçada de morte e ficou refém em um único apartamento. Outras vítimas permaneceram na garagem.

“Era uma rapaziada de cara limpa, com 20 e 30 anos. Eram muito violentos, trouxeram meu sobrinho para dentro do apartamento, vasculharam tudo atrás de joia”, contou um morador. Na versão de um funcionário, os assaltantes chegaram ao prédio em dois carros com vidros escuros. Os homens da quadrilha se passaram por moradores. Depois de entrar pela garagem, parte do grupo foi até a guarita e rendeu o porteiro com uma pistola, obrigando o funcionário a deixar a garagem aberta.

Polícia Civil prende 164 pessoas na Baixada, Litoral Sul e Vale do Ribeira

A megaoperação realizada nesta quinta-feira pela Polícia Civil em toda a Baixada Santista, Litoral Sul e Vale do Ribeira resultou na prisão de 164 pessoas, sendo 12 são adolescentes infratores e 72, procurados da Justiça. Entre eles está o homem que furtou uma relíquia de dentro da igreja de Santa Edwiges, em Santos.

A blitz é determinada periodicamente pelo delegado Waldomiro Bueno Filho, diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior-6 (Deinter-6), para reprimir os crimes em geral.

Pela manhã, em Guarujá, policiais encontraram drogas e um revólver calibre 357, de fabricação norte-americana, em uma casa na Rua Caraguatatuba, no Pae Cará, em Vicente de Carvalho. O imóvel era apontado como ponto de tráfico e o morador, Jackson Manuel Gomes, de 21 anos, foi autuado em flagrante por tráfico e posse ilegal de arma de uso restrito.

Em Santos, homens da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) descobriram um laboratório de produção de CDs e DVDs piratas. Ele funcionava em um apartamento da Rua São José, no Embaré, mas o seu morador não foi achado, porque estaria viajando no Rio Grande do Sul, segundo informou a sua mãe.

No local havia dois computadores, duas impressoras, quatro cartuchos com tinta colorida para impressão, gravador de DVD e 1.053 mídias (CDs e DVDs).

Situação de risco

Na periferia de Guarujá foi registrada a ocorrência que mais sensibilizou a Polícia Civil nesta operação. Um menino de apenas 3 anos, filho de uma viciada em crack, foi encontrado em situação de risco. No barraco onde mora com a mãe, uma mulher de 38 anos, a falta de higiene era total. Segundo a polícia, o menino também apresentava sinais de desnutrição.

No entanto, o que mais chocou foi o relato de uma vizinha. De acordo com essa mulher, o menino era largado na rua pela mãe e já foi visto com um cigarro de maconha na boca. A delegada Juliana Buck Gianini acionou o Conselho Tutelar.

A criança foi encaminhada para um abrigo municipal até a Vara da Infância e da Juventude definir o seu destino. A mãe do garoto poderá ser indiciada pelos crimes de abandono de incapaz, abandono intelectual e abandono moral. Dentro do barraco foi achado com cachimbo para fumar crack.

Santa Edwiges

A força-tarefa prendeu Dênis Luís da Silva de Castro, de 34 anos, que confessou ter furtado a relíquia de Santa Edwiges do interior da igreja localizada na Avenida Washington Luiz, no Boqueirão, em Santos. Mas o objeto sacro não foi recuperado.
“Peguei, porque achei que era de ouro. Mas quando tentei avaliar raspando e colocando fogo com um isqueiro, percebi que só era metal. Depois, vi que o caso deu mídia e decidi abandonar a peça para não prejudicar”, declarou o jovem.

Justiça condena PMs acusados de decapitar vítimas a 18 anos e 8 meses de prisão

Os quatro policiais militares acusados de matar e decapitar um deficiente mental na Grande São Paulo foram condenados nesta sexta-feira a 18 anos e oito meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, informou a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). O julgamento dos soldados, acusados também de integrar grupo de extermínio, terminou às 2h15 desta sexta, após pouco mais de 16 horas de debates.

O julgamento, que ocorreu no Fórum de Itapecerica da Serra, começou na quinta-feira pela manhã, às 10 horas. As nove testemunhas - quatro de acusação e cinco de defesa -foram ouvidas. Em seguida, já na parte da tarde, houve o interrogatório dos réus.

Os PMs foram a júri popular pelo assassinato de Antônio Carlos Silva Alves, em outubro de 2008. Deficiente mental, ele foi confundido pelos acusados com um ladrão, segundo a denúncia. Testemunhas viram quando a vítima foi abordada pelos policiais.

'Highlanders'

Os policiais são acusados de integrar um grupo de extermínio que ficou conhecido como “highlanders”. O apelido se deve ao fato de as vítimas, depois de mortas, serem decapitadas.

Imagens flagram morte de vigia

As imagens gravadas pelo circuito interno de segurança de uma farmácia na estrada da Bragantina, 1.515, no bairro São José, em Campo Limpo Paulista (53 km de SP), mostram o momento em que um vigia foi assassinado, na noite da última terça-feira. O motivo da morte seria vingança.

A vítima e um motoboy conversavam quando os suspeitos chegaram. O vídeo mostra que um homem com uma escopeta nas mãos se aproximou do vigia e ficou a menos de um metro de distância dele. Logo em seguida, outro suspeito atirou com um revólver.

O segurança ainda tentou correr, mas não conseguiu escapar. Os clientes que estavam na farmácia ficaram assustados e se jogaram no chão. Pelo menos dez pessoas estavam no local duas delas, crianças. Até ontem, ninguém havia sido preso.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Mesmo com colete a prova de balas, ladrão é morto pela polícia depois roubar colecionador

Um homem de 25 anos, natural de Santa Catarina, morreu ao trocar tiros com policiais civis e militares na manhã desta quarta-feira no interior de um matagal, em Bertioga. Ele, que estava vestindo um colete à prova de balas, e mais dois suspeitos invadiram e roubaram a casa de um colecionador de armas, localizada no Jardim Maitinga. Os outros envolvidos no crime conseguiram fugir e a polícia passa a investigar o caso.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, no final da madrugada, três homens armados invadiram a residência. Eles renderam a vítima e roubaram diversos pertences, entre eles uma coleção de armamentos que englobava uma carabina, calibre 22, dois revólveres, calibres 38 e 22, , duas pistolas 380. Foram levados ainda R$ 600,00 em dinheiro, documentos, talões de cheque, cartão de crédito, jóias, celulares, computador e um relógio de marca. Para fuga foi utilizado o carro da vítima, um Polo.

Mais tarde, por volta do meio dia, os policiais civis localizaram um dos suspeitos entrando em um matagal localizado na mesma região do roubo. Com o apoio da PM, eles o perseguiram em meio à vegetação e, em determinado ponto, trocaram tiros. Sem chances de escapar, o acusado acabou alvejado com diversos tiros e morreu na hora. Com ele, que estava vestindo um colete balístico, foram encontrados certa quantia em dinheiro, celular e uma pistola, ale de um carregador calibre 40.

Em outro carro, um Fusca, próximo do local do tiroteio, os policiais localizaram outro suspeito. Ele acabou rendido e foi levado para averiguação na Delegacia Sede. Dentro dos veículos foram encontrados diversos bens da vítima, assaltada no início da manhã. O caso segue em investigação.

Polícia apreende mil comprimidos de estimulantes sexuais durante fiscalização

A Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem suspeito de contrabandear mil comprimidos de estimulantes sexuais, no km 100 da BR-153, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, na quarta-feira.


A apreensão ocorreu durante fiscalização policial a um veículo. Outras duas pessoas também estavam no automóvel. À polícia, o homem disse que comprou os medicamentos no Paraguai e iria revendê-los em Ribeirão Preto. Ele foi preso e encaminhado à Polícia Federal.

Policiais acusados de fazer parte de grupo de extermínio vão a julgamento

Serão julgados nesta quinta-feira quatro policiais militares acusados de integrar um grupo de extermínio que ficou conhecido como “highlanders”. O apelido se deve ao fato de as vítimas, depois de mortas, serem decapitadas. O julgamento será realizado no fórum de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.


Os quatro policiais irão a júri popular pelo assassinato de Antônio Carlos Silva Alves, em outubro de 2008. Deficiente mental, ele foi confundido pelos acusados com um ladrão, segundo a denúncia. Testemunhas viram quando a vítima foi abordada pelos policiais.


O grupo de extermínio formado por policiais é acusado de atuar no Capão Redondo e no Jardim Ângela, na Zona Sul da capital. Até o início de 2009, pelo menos 15 policiais militares já haviam sido presos suspeitos de envolvimento no caso.


Segundo o delegado que investigou o caso, Pedro Arnaldo Buk Forli, eles cortavam as cabeças e as mãos das vítimas para dificultar a identificação. As vítimas escolhidas pelo grupo, segundo a investigação, eram pessoas com passagem pela polícia. A exceção foi justamente o deficiente mental, morto por engano.

Investigador é morto em órgão de trânsito

Um investigador de 47 anos foi assassinado com três tiros (um deles na cabeça), na manhã de ontem, dentro da Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) de Mogi Guaçu (164 km de SP). Três homens fugiram do local com 5.000 documentos de veículos e carteiras de habilitação em branco, em um Vectra cinza. Até a conclusão desta edição, ninguém havia sido preso.

Segundo a polícia, Edmar Luiz Barbosa Melo, que era chefe de trânsito da Ciretran, foi rendido pelos assaltantes por volta das 8h. Ele foi levado para a sala onde fica o cofre da circunscrição, de onde foi obrigado a tirar os 5.000 documentos de veículos e carteiras de habilitação em branco, e entregá-los aos três suspeitos.

Após receber os documentos, um dos assaltantes atirou contra a vítima e seguiu em direção ao carro usado para a fuga, segundo a polícia. A numeração de todos os documentos roubados foi bloqueada ontem pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito), ainda de acordo com a polícia.

Tiroteio no Ipiranga deixa um morto e 3 feridos

Dois policiais e um adolescente foram baleados em um tiroteio ocorrido na noite de ontem, no Ipiranga (zona sul de SP), depois que uma quadrilha com metralhadoras, pistolas e escopetas invadiu uma loja de som para carros. Um suspeito morreu.

Imagens de segurança da loja mostra os suspeitos baleando um policial na perna --a filmagem foi divulgada pela polícia. Ele se arrasta para fora. Os criminosos o perseguem pela calçada, disparando rajadas de tiros. Um adolescente de 16 anos, que passava na rua, levou um tiro no peito. Levado a um hospital, passaria por cirurgia.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Ocupantes de moto preta praticam dois assaltos em Caraguá

Dois indivíduos, utilizando uma motocicleta XL,250 cilindradas,Honda, Tornado de cor preta, efetuaram dois assaltos no inicio da madrugada desta quarta-feira 28/07, em Caraguatatuba.

O primeiro assalto, ocorreu na Praça. Diórgenes Ribeiro de Lima no Centro, o garupa um indivíduo gordo, chegou até o caixa do Mc D'onalds, e anunciou um assalto e levou uma quantia em dinheiro não informada.

Uma hora depois, um posto de combustíveis foi assaltado pela mesma dupla no bairro Praia das Palmeiras, os criminosos roubaram whisky, e dinheiro.

Após os assaltos,a dupla fugiu tomando rumo ignorado.

Trio é preso em flagrante após chantagear homem com filme erótico

Três pessoas foram presas em flagrante por extorsão nesta terça-feira em Franca, no interior de São Paulo, após chantagearem um industriário com um vídeo erótico em que ele aparece em cenas de sexo com outro homem.

O homem que aparece nas filmagens é um dos presos. A prima e o marido dela também foram detidos.

De acordo com o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Márcio Murari, a vítima já havia dado R$ 7 mil para que o vídeo não fosse divulgado, mas as ameaças continuavam, em telefonemas feitos pela mulher, prima do participante da filmagem.

O trio exigia o pagamento de mais R$ 15 mil. Nesta terça-feira, após avisar a polícia, o industriário marcou a entrega de R$ 3 mil. “Nós acompanhamos o pagamento e fizemos a prisão em flagrante. O vídeo havia sido gravado neste ano e desde então ele recebia as ameaças”, conta o delegado.

Os dois homens foram para a cadeia de Franca. A mulher foi encaminhada para a cadeia de Batatais.

Garota de programa aproveita distração e rouba celular de cliente

Um advogado de 57 anos teve o celular roubado após contratar uma garota de programa em São Vicente.

O crime aconteceu na noite desta segunda-feira. Segundo a vítima, a mulher teria roubado o celular enquanto ele estava tomando banho. Depois do ocorrido, uma outra pessoa teria entrado em contato para saber se ele queria recomprar o aparelho, por R$ 40,00.

Ele acionou a polícia, que chegou à mulher e a um rapaz, que havia comprado o celular da meretriz, por R$ 20,00. Os dois tentavam faturar, após saber a procedência do aparelho, e estão sob averiguação.

Travesti é preso após confessar assassinato de companheiro a facadas

Um travesti de 42 anos é suspeito de ter matado o companheiro a facadas na noite de segunda-feira em uma casa de Itapetininga, a 172 km da capital paulista. Ele foi preso em flagrante e, segundo a polícia, confessou o assassinato. O próprio travesti ligou para o resgate depois do crime.

É o terceiro caso com mortes envolvendo homossexuais registrados apenas neste ano na cidade. Em junho, uma denúncia anônima levou a polícia até o local onde estava o corpo de um professor de 47 anos. Como a carteira da vítima estava dentro do carro, e, aparentemente, nada foi furtado, a polícia descartou, na época, a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte).

No fim de janeiro, um homem de 40 anos foi encontrado morto dentro do córrego que passa ao lado da Marginal do Chá. Ele era agente penitenciário e trabalhava na Fundação Casa. Nos três crimes, a arma utilizada pelo assassino foi uma faca.

Vinte e um suspeitos de abuso sexual e pedofilia na internet são presos

Levantamento parcial divulgado pela Polícia Federal nesta terça-feira mostra que 21 suspeitos de abuso sexual e pedofilia na internet foram presos durante a Operação Tapete Persa, deflagrada simultaneamente em 54 cidades de nove estados brasileiros.

Entre os presos há pelo menos duas pessoas com mais de 60 anos e um coronel de Polícia Militar. A PF informou que também deteve um menor de 18 anos.

Segundo a PF, o número de prisões é recorde no país para casos de pedofilia e ainda pode aumentar, já que pouco mais da metade dos 81 mandados de busca e apreensão haviam sido cumpridos pelos agentes até a divulgação do balanço. Um balanço geral da operação deve ser divulgado no fim do dia.

Cerca de 400 agentes federais foram destacados para atuar na operação, realizada em Alagoas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.

Segundo o chefe do Grupo Especial de Combate aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet (Gecop), delegado Stênio Santos Souza, São Paulo é o estado com o maior número de prisões até o momento. Apenas em Minas e em Santa Catarina os agentes não haviam registrado prisões. Três suspeitos que não foram localizados também foram indiciados pela PF.

Além de encontrar material de pedofilia nas residências dos suspeitos, os agentes encontraram drogas, armas e imagens que constatam a exploração de crianças por parte de parentes e vizinhos dos suspeitos. O que, segundo a PF, evidencia que além de fazer uso e repassar material pornográfico, os supostos pedófilos também abusavam de crianças. A soma dos crimes cometidos pelos suspeitos pode chegar a 15 anos, sem contar as penas por crime de estupro de vulnerável.

Operação

A Operação Tapete Persa foi deflagrada na manhã desta terça, mas a investigação que deu origem ao trabalho começou em janeiro de 2009. A ação tem caráter internacional e foi realizada em cooperação com a Interpol e a Polícia Criminal de Baden-Württenberg , localizada no sudoeste da Alemanha.

Durante a Operação Perserttepich & Collection, deflagrada em junho de 2009, a polícia alemã realizou o monitoramento de programas baseados em redes ponto-a-ponto (P2P) na Internet, utilizadas para o compartilhamento dos mais diversos arquivos digitais, dentre eles imagens e vídeos de violência sexual contra crianças e adolescentes.

O nome da operação faz alusão a um dos vídeos compartilhados pelos pedófilos, em que se notam imagens degradantes de uma criança de aproximadamente seis anos de idade sendo abusada sexualmente, tendo como pano de fundo um tapete persa, que também é o significado do vocábulo "perserttepich", em alemão.

Após realizar a varredura da rede mundial de computadores, em busca de criminosos que estariam distribuindo, compartilhando e divulgando tais materiais criminosos já conhecidos, a polícia alemã identificou milhares de usuários em todo o mundo, inclusive no Brasil, realizando a conduta ilícita.

Mediante cooperação internacional, os fatos foram informados à representação da Interpol, no final do ano de 2008 e, a partir desta, chegou ao conhecimento da Divisão de Direitos Humanos da Polícia Federal.

Ainda no primeiro semestre de 2009, a unidade central da PF para crimes de pedofilia iniciou investigações preliminares para identificação dos locais utilizados pelos suspeitos para cometimento dos crimes no Brasil e individualização de cada um das condutas praticadas.

Justiça nega transferência de Suzane para centro de ressocialização

A juíza Sueli de Oliveira Armani, da 1ª Vara das Execuções Criminais de Taubaté, negou a transferência de Suzane Von Richthofen para um centro de ressocialização. Suzane foi condenada a 38 anos de prisão pelo assassinato dos pais, Manfred e Marísia von Richthofen, em 2002.

De acordo com a sentença, divulgada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), a defesa de Suzane alegou que ela estaria "sofrendo constrangimento ilegal porque vem sendo mantida em uma unidade prisional incompatível com sua aptidão".

Mãe tranca filho no carro por 50 minutos na zona norte de São Paulo

Um bebê de um ano foi trancado pela mãe dentro de um carro e deixado sozinho por pelo menos 50 minutos, ontem, em Santana (zona norte de SP), segundo a polícia. A mãe, uma consultora de 35 anos, foi indiciada por abandono de incapaz. A criança foi entregue ao pai pelo conselho tutelar.

A polícia foi acionada por pessoas que estavam na rua Alfredo Pujol, onde o carro, um EcoSport de vidros escuros, foi estacionado. O alarme havia disparado e o menino chorava preso a uma cadeirinha. A consultora voltou alguns minutos depois, quando os policiais já haviam chegado ao local, e foi levada para a delegacia.

A mulher disse à polícia que resolveu deixar o menino no carro enquanto procurava um flanelinha para comprar um talão de zona azul. Ela pretendia comprar roupas para o filho em uma loja próxima ao local onde estacionou.

Procurado é capturado no Indaiá

Na manhã de ontem 27/07, por volta dàs 08h30min,os policiais militares Sargento J.Carvalho e Soldado Gonzaga,em patrulhamento pela Avenida Goiás no Indaiá, avistaram R.L.C. de 23 anos, em atitudes suspeitas, e ao efetuarem a abordagem, constataram que ao verificarem os antecedentes criminais de R.L.C. constou estar procurado pela justiça.

Diante dos fatos R.L.C. foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento, sendo recolhido.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Imagens das câmeras de Praia Grande ajudam polícia no combate ao crime


A Central de Monitoramento de Praia Grande registrou 902 ocorrências de janeiro a maio. Do total, 267 foram averiguações de pessoas suspeitas, 100 de acidentes com vítimas, 76 de diversas que abrangem atos obscenos, depredação, incêndio, entre outros, além de 14 de roubos e quatro furtos qualificados.

Com essas imagens, segundo o inspetor Alexandre Nascimento, foi possível prender 31 suspeitos e fazer 24 flagrantes. No entanto, ele alerta que não adianta apenas ter uma câmera, é preciso que haja monitoramento constante para que o criminoso não saia impune.

“Algumas vezes os bandidos podem até ignorar a presença da câmera, mas se há alguém monitorando, com certeza ele não terá sucesso no seu ato criminoso. Não adianta um comerciante ou até proprietário de imóvel colocar uma câmera em seu estabelecimento ou residência e ninguém acompanhar a movimentação, então é melhor optar por um alarme”, explica o inspetor.

Na madrugada da última quinta-feira, três homens e uma mulher foram detidos após tentativa de roubo a um supermercado no Bairro Ocian. A ação dos bandidos só foi frustada por causa das câmeras.

Os guardas civis que operam a Central captaram as imagens da quadrilha tentando arrombar a porta do estabelecimento e informaram a Polícia Militar, que prendeu os acusados antes mesmo de eles saírem do comércio.

Mais de 1.500 câmeras em ação

Praia Grande conta com cerca de 1.530 câmeras de monitoramento, sendo 73 do tipo domo (com giro de 360 graus e zoom de até 400 metros). Elas estão presentes em vários pontos da Cidade e também nas escolas. São 64 colégios monitorados e também 24viadutos.

Criada no final de 2002, a Central de Vídeo Monitoramento registrou, no período de janeiro de 2003 até maio de 2009, mais de 11.500 ocorrências. Dessas, 552 foram flagrantes, 808 pessoas foram presas, além de 89 armas e 124 menores apreendidos, ainda segundo o balanço.

Preso algemado consegue fugir pela porta da frente de delegacia no interior

Um homem que estava preso em Dracena, a 634 km de São Paulo, fugiu pela porta da frente da delegacia da cidade nesta segunda-feira. Ele conseguiu sair mesmo estando algemado. O homem havia sido preso por tráfico junto com o irmão. Eles estavam em uma moto em Junqueirópolis, a 624 km da capital paulista, quando foram surpreendidos pela Polícia Militar com 98 gramas de crack. Além da droga e da moto, a polícia apreendeu dois celulares.

Os dois foram levados para a delegacia da cidade. Segundo a Polícia Civil, cerca de dez minutos depois, o preso fugiu algemado pela porta da frente, antes que o boletim de ocorrência fosse elaborado.

Ele estava na sala de custódia enquanto os policiais militares e o escrivão elaboravam o boletim. O delegado responsável, Wagner Storti, afirma que não presenciou o fato, já que o plantão em Dracena é realizado a distância. Ele disse ainda que informou o ocorrido para as corregedorias das polícias Civil e Militar, que vão apurar as responsabilidades pela fuga.

Pedreiro mata criança e fere mulher que moravam no cortiço da ex-amante

Um pedreiro de 44 anos inconformado com o término de sua relação extraconjugal matou um menino de dois anos e baleou uma mulher que moravam no cortiço da ex-amante, na noite de segunda-feira, no Jardim Brasil, zona norte de São Paulo.

Segundo a polícia, o criminoso também queria se vingar do proprietário do cortiço, com quem havia discutido na última semana. Ele foi preso duas horas depois, na casa onde vive com mulher e filhos. A polícia acredita que o autor dos disparos tenha confundido a mulher com a ex-amante dele.

Cícero Batista Sobrinho namorava Camila Cecília, frentista de 22 anos, havia cerca de um ano, mas a garota descobriu que ele era casado e resolveu terminar a relação. Segundo a jovem, Cícero não aceitou e, na tarde de segunda-feira, apareceu no seu trabalho para exigir que mudasse de ideia. Ela manteve sua decisão e Cícero foi embora, após ameaçá-la de morte. "Ele era um homem muito bom, nunca tinha me intimidado antes", disse.

Cícero também havia brigado recentemente com o proprietário do cortiço onde Camila mora por ela ter sido ameaçada de despejo e supostamente queria se vingar. Ao chegar ao local, às 19h30 de segunda-feira, a garota não estava e o criminoso chamou pelo proprietário, que não atendeu. No seu lugar, apareceram Ana Paula de Almeida Barbosa, de 29 anos, Ana Paula Soares, também de 29 e mulher do proprietário, e seu filho de dois anos.

Cícero empunhava um revólver calibre 38, houve uma discussão e ele disparou. O menino foi atingido na nuca e na perna e Ana Paula Barbosa, no peito. "Ele estava bêbado, transtornado, e atirou. Quando vi, estava saindo sangue da cabeça da criança, no meu colo", disse a mãe do menino.

O proprietário do cortiço, que não teve o nome divulgado, havia pedido a Camila que deixasse o imóvel por falta de pagamento e o pedreiro apareceu para tomar satisfações, há cerca de uma semana segundo a polícia. Ele acha que seu filho pode ter sido assassinado como uma forma de acerto de contas.

A ex-amante chegou minutos depois em casa e forneceu o nome e o modelo do veículo de Cícero à polícia, que localizou o endereço do criminoso pelo documento do carro e foi até o local, na Alameda dos Pinheiros, Jardim Joana D'Arc, também na zona norte. Sua mulher atendeu a campainha e disse que Cícero estava no quarto, dormindo. "Ele acordou e, ao nos ver, confessou o crime e entregou a arma", afirmou o sargento José Luis Lourenço.

O menino foi levado pelo pai à Santa Casa, mas não resistiu e morreu por volta das 3 horas desta terça-feira. Ana Paula Barbosa, baleada no peito, foi encaminhada ao Hospital São Luiz Gonzaga e está fora de perigo. O crime foi registrado no 9º DP (Carandiru), onde Cícero passou a noite preso.

Mulher morre após briga em loja de departamentos

Uma briga envolvendo duas clientes da Pernambucanas, no dia 19, no Tucuruvi (zona norte de SP), pode ter provocado a morte de uma delas três dias depois, supostamente em decorrência da agressão. A família da mulher diz que seguranças da loja não evitaram a confusão. A morte é investigada pelo 39º DP (Vila Gustavo), que aguarda exames necroscópicos, imagens do circuito interno e depoimentos para esclarecer o caso.

A webdesigner Juliana da Silva Cravo, 29 anos, subia a escada rolante entre o térreo e o primeiro andar quando foi atingida pelo cuspe de uma criança, segundo testemunhas. Ela procurou, então, a responsável pela menor para tirar satisfações --foi quando a briga começou. "Ela foi agredida por várias pessoas da família e os seguranças não fizeram nada. Depois arrastaram-na para fora da loja, para dizer que não tinha acontecido ali", diz a mãe de Juliana, a doméstica Alice da Silva, 56 anos.

Justiça condena dois por tribunal do crime

Dois supostos membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) foram condenados pela participação em um "julgamento" de traidores da facção criminosa na região de Paraisópolis (zona oeste de SP) no dia 15 de abril de 2008.

Marcelo Costa de Melo, o Marcelo Boy, e Oswaldo Correia da Silva Junior, o Junior Alemão, pegaram, respectivamente, 48 anos e 8 meses e 42 anos de prisão. Eles foram julgados pelo 1º Tribunal do Júri da Capital e podem recorrer da decisão.

De acordo com o promotor de Justiça Maurício Antonio Ribeiro Lopes, os dois participaram de um julgamento ilegal que culminou no assassinato de um gerente de uma boca de tráfico. Além deles, outros três integrantes do "júri do PCC" foram identificados pela Promotoria. Um deles está preso, enquanto os demais estão foragidos.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Homem é espancado até a morte no Olaria

O garçom Anderson Santos de 27 anos foi morto na madrugada da segunda-feira 26/07.

A policia militar foi acionada para comparecer na Rua. Flora Atlântica no bairro Olaria, onde segundo uma testemunha, indivíduos chamaram pela vitima no portão de casa, e quando foi atender acabou agredido com socos, pontapés e pauladas.

Uma viatura do Corpo de Bombeiros esteve no local e constatou que o homem estava em óbito, e com esmagamento de crânio.

O corpo foi removido ao IML (Instituto Médico Legal), que constatou que a causa morte foi por traumatismo de crânio encefálico.

Dupla é presa por tráfico de drogas no Canta Galo

O pintor D.S.P.R e o ajudante geral E.C, ambos de 30 anos, acabaram presos por tráfico de drogas por volta das 22:30, do ultimo domingo 25/07, na estrada do Canta Galo, no bairro Canta Galo.

Os policiais da Força Tática, Cabo Henrique e os soldados Marcelo e Carmo, receberam denúncia anônima que indivíduos estariam comercializando drogas no local, que seria uma espécie de bicicletária.

No local os acusados foram abordados, e após vistoria na residência dos mesmos, foram encontradas 25 cápsulas de cocaína que estava dentro de um porta óculos.

Conduzidos à delegacia, a dupla acabou presa por tráfico de drogas.

Mulher é presa após praticar furto na Prainha

A desocupada S.C.N de 26 anos, foi presa pela prática de furto por volta das 16:55, do ultimo domingo 25/07.

A vitima a comerciante L.D de 50 anos, estava em sua casa localizada na Avenida. Paulo Ferraz da Silva Porto na Prainha, quando passou à escutar barulhos no piso superior, e em seguida a acusada descendo as escadas correndo, levando consigo um mostruário de jóias.

A vitima passou a perseguir a acusada a distância, e com a ajuda de populares, que conseguiram detê-là e chamar a policia militar.

Os policiais militares Sd. Dione e Nunes conduziram à acusada até a delegacia, onde acabou presa por furto.

Segundo à policia, a acusada já possui antecedentes criminais por tráfico de drogas.

Homem é preso por tráfico de drogas no Morro do Algodão

Por volta das 17h00min, do ultimo sábado 24/07, os policiais militares Sd. Carvalho e Mendes, lograram êxito em prender o desocupado R.M.C de 22 anos por tráfico de drogas, após á guarnição passar de frente à uma casa localizada na Rua. Um no bairro Morro do Algodão, local conhecido como ponto de venda de drogas.

O suspeito foi abordado, e teve localizado em seu poder 2 pinos de cocaína, R$22,00 em dinheiro e uma porção de maconha.

Em diligências na casa do acusado, os policiais localizaram mais 42 pinos de cocaína, que estavam dentro de uma sacola que estavam guardadas em um armário.

Conduzido à delegacia central, o delegado de plantão Jairo Garcia Pereira, indiciou e prendeu o meliante pelo artigo. 33 (Tráfico de drogas).

A importância da Perícia técnica na investigação criminal

A Polícia judiciária responsável constitucionalmente pela investigação criminal, investigação policial ou inquérito policial como queiram assim definir e que em verdade é tal instrumento a base, o alicerce, pelo qual o Ministério Público se fundamenta no sentido de oferecer a possível denúncia para levar os criminosos às barras da Justiça, sempre, desde os primórdios tempos, necessitou da ajuda da Perícia técnica que posteriormente ganhou a denominação de Polícia técnica.

A Justiça criminal que busca a verdade real, a verdade absoluta dos fatos delituosos para não cometer o injusto, vez que, entende-se como bem maior a liberdade da pessoa, por isso comungar-se que é melhor deixar um culpado solto do que um inocente preso, procura no alicerce do processo, no inquérito policial o maior número de provas possíveis, dentre as quais as provas técnicas que de quando em vez são até decisivas no seu julgamento.

O inquérito policial que tem o comando do Delegado de Polícia conta com a participação dos seus auxiliares, Escrivães e Policiais civis ou Investigadores que trabalham sob sua orientação em busca de tantas provas quanto forem possíveis e, do auxilio inequívoco e essencial da Perícia técnica aguardando sempre da mesma, laudos perfeitos que podem por fim às dúvidas e até mesmo restar concluída a investigação criminal inerente para o seu relatório final, entendendo-se assim, como sempre foi, que a Polícia técnica faz parte da família Policia civil, ambas são auxiliares da Justiça, ambas formam a força da Polícia judiciária. Uma está atrelada a outra. Uma é parte da outra. Uma é filha legítima da outra e não há como negar tal filiação.

Neste patamar de vida a Perícia técnica cresceu e se desenvolveu dentro da sua necessária atuação por conta da investigação policial e, os policiais civis sempre foram parceiros dos peritos criminais, por vezes até pari passu em alguns Estados do país relacionados aos seus proventos. A evolução da investigação policial também fez com que a técnica pericial apurasse novos métodos de auxilio a esse instrumento.

A Polícia técnica além de ser vital como instrumento de elucidação de crimes, é também um tema muito interessante, enriquecedor e fascinante. Até quem não gosta de Polícia, se interessa pelo tema, basta ver o sucesso dos filmes ou seriados pertinentes em que através daqueles peritos super equipados, principalmente em novas tecnologias científicas dos Estados Unidos resolvem os crimes mais difíceis possíveis.

Uma investigação policial sem provas materiais consistentes, corroboradas por laudos periciais ineficientes, é como um fraco alicerce sob um edifício e, a posterior denúncia oferecida pelo Promotor de Justiça é uma frágil e ineficaz denúncia, facílima de ruir e colocar tudo abaixo.

Assim, a Polícia técnica que abrange o Instituto de Criminalística, o Instituto de Identificação e o Instituto Médico Legal, amadureceu e se tornou sólida ao lado da Polícia civil, uma sempre lutando por melhoras ao lado da outra. Entretanto o que se vê em alguns Estados do país é uma luta inglória desta classe técnica cientifica pela sua desvinculação da Polícia civil, em alguns lugares já conquistado o intento, ao mesmo tempo em que insurgem outras Polícias técnicas a se mostrar arrependidas dessa suposta vitória.

Nesta perspectiva, algumas Polícias Técnicas que se desvincularam da Polícia civil progrediram profissionalmente, outras estagnaram ou regrediram, ao mesmo tempo em que não há um consenso geral se esta dissociação é ou não salutar para o inquérito policial, objeto essencial para a sobrevida dessas duas organizações que formam a Polícia Judiciária.

Dentro deste patamar da suposta independência da Polícia técnica que se deu também há alguns anos atrás no nosso Estado de Sergipe, pude perceber o quanto nós ficamos estacionados no tempo ou até mesmo regredimos. Digo isso em cátedra, pois compulsei, presidi e vivenciei incontáveis inquéritos policiais da época de mais de duas décadas atrás até agora, constatando que os laudos periciais antigos, por vezes eram melhores e mais bem elaborados ou conclusivos que os atuais apesar dos recursos serem inferiores.

Paramos no tempo e no espaço. Não houve, ao longo dos anos, boas políticas de investimento nas novas técnicas e no avanço da tecnologia científica, continuamos praticamente funcionando com os mesmos equipamentos de outrora e o material humano também foi esquecido em governos sucessivos, não houve concurso algum, o corpo de Peritos e Médicos legista foi até reduzido com a evidente saída, aposentadoria ou falecimento de alguns dos seus membros. Não fosse o nosso setor de inteligência policial que é bem equipado e funciona a contento produzindo provas tecnológicas para os Inquéritos policiais atuais estaríamos construindo muitos alicerçares frágeis para dispor à Justiça a verdade real dos crimes e dos seus autores e participes.

Diante das interrogativas dúvidas de melhoras das Polícias técnicas estaduais, vez que os seus respectivos Governos, tanto podem bem contemplar uma ou outra força partilhada ou bipartida, precisamos continuar juntos para fortalecer a nossa força, assim como, necessitamos do aperfeiçoamento técnico, tecnológico científico, de investimentos maciços e reais nesta importantíssima Instituição que em boa parte dos Estados brasileiros também estagnou e permanecem com equipamentos velhos, obsoletos e ultrapassados, em suma, verdadeiras sucatas que já deveriam fazer parte dos seus respectivos museus.

Precisamos também melhor contemplar esses valorosos profissionais, com salários dignos, contratar especialistas em todas as áreas técnico-científicos possíveis para que se fortaleçam ainda mais os procedimentos investigativos e, enfim, venham a satisfazer verdadeiramente os anseios do Mistério Público, do Judiciário e da própria sociedade que passaria a ver menos impunidade para os criminosos.

Não se faz Polícia com pechincha, muito pelo contrário, uma boa e verdadeira Polícia custa muito caro e é isso justamente que o povo exige do poder público, uma Polícia forte, principalmente com o que de melhor houver em técnica e tecnologia internacional para que lhe forneça uma segurança pública adequada e que também torne a impunidade dos criminosos como instrumento negativo do passado.

Autor: Archimedes Marques (delegado de Policia no Estado de Sergipe. Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Segurança Pública pela Universidade Federal de Sergipe) archimedes-marques@bol.com.br

Homem é assassinado no bairro Olaria, em Caraguatatuba

Um homem foi morto a pauladas no bairro Olaria, em Caraguatatuba. De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 2h30 e o homem foi encontrado na rua Flora Atlântica. De acordo com a Polícia Militar, uma testemunha relatou que Anderson Santos, 27, foi agredido por alguns indivíduos. Além de socos e pontapés, ele também foi atingido com pauladas.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, os agressores já haviam fugido. Até o momento ninguém foi preso.

A vítima chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

Homem de 56 anos é baleado durante assalto, em Ubatuba

Um homem de 56 anos foi baleado com dois tiros de raspão na cabeça durante um assalto no centro de Ubatuba. De acordo com a Polícia Militar, quatro homens cercaram a vítima, que reagiu ao assalto.

Os bandidos conseguiram levar o celular e uma bolsa com pertences da vítima, que foi encaminhada à Santa Casa da cidade. Até o momento, ninguém foi preso.

Musa da Copa, Larissa Riquelme é assaltada no Rio


A paraguaia Larissa Riquelme foi assaltada por dois criminosos na tarde de domingo quando passeava em Ipanema, na Zona Sul do Rio, na altura da Rua Farme de Amoedo. De acordo com a Polícia Militar, ela teria tido alguns pertences pessoais roubados.

De acordo com o comandante do 23º BPM, tenente-coronel Rogério Leitão, policiais do 23º BPM (Leblon) foram chamados para a ocorrência, mas o caso foi repassado para o Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (Bptur). Segundo a polícia, a musa da Copa não quis registrar o roubo na delegacia.

Polícia prende suspeito de furtar loja de material de construção enquanto fugia em carroça

Um rapaz de 20 anos foi preso em flagrante, no final da noite deste domingo, enquanto furtava produtos de uma loja de material de construção no Jardim Rádio Clube, em Santos. Policiais militares o capturaram no momento em que ele tentava fugir com bens em uma carroça. O acusado foi encaminhado à Central de Polícia Juciária (CPJ) de Santos, autuado e levado à Cadeia Pública.

Por volta das 23 horas, o Centro de Operações da Polícia Militar recebeu a informação de que um homem estava invadindo a loja Nosso Teto, que comercializa materiais para construção, reforma e decoração. Viaturas foram então deslocadas até o local e flagraram o suspeito saindo do estabelecimento em uma carroça.

O rapaz, que não possui ocupação declarada, tentava fugir com quatro portas de madeira e um aparelho de telefone. Tudo estava dentro do veículo. Quando questionado, confessou o crime e disse que venderia o material para poder se sustentar. A polícia não encontrou a ferramenta que o auxiliou para arrombar o portão do estabelecimento.

Ele foi encaminhado ao plantão da Polícia Civil, onde prestou depoimento e acabou atuado em flagrante pela delegada de plantão. Os bens já foram devolvidos ao dono e a carroça foi levada ao pátio da Cidade. O indiciado já está preso

Menina de 7 anos salva irmão mais novo de incêndio no interior

Uma criança de 7 anos salvou o irmão de 2 anos durante um incêndio em Araçatuba, a 527 km de São Paulo. A mãe, de 24 anos, é viciada em crack e estava inconsciente quando o fogo começou. As crianças dormiam quando o incêndio atingiu a casa. A menina acordou e tentou pedir ajuda à mãe. Como não conseguiu, levou o irmão para a rua e chamou os vizinhos, que acionaram os bombeiros.

Tudo dentro da casa ficou destruído: camas, colchões e roupas foram consumidos pelo fogo. A polícia suspeita que uma vela tenha causado o acidente. As crianças foram para a casa de parentes e a mulher foi levada à delegacia, onde contou à polícia que é viciada em crack e estava desacordada na hora do incêndio. A Secretaria de Ação Social da cidade informou que vai supervisionar a mulher.

Celular de garota salva família de assalto

Uma adolescente de 14 anos salvou a família de um assalto ontem, por volta da 0h30, em Osasco (Grande SP). A menina conseguiu mandar uma mensagem de celular para a prima, que avisou a polícia sobre o roubo. Dois homens foram presos em flagrante e um menor de 17 anos foi detido.

A ação começou quando os suspeitos abordaram dois jovens que estavam em um carro. As vítimas foram obrigadas a levar os assaltantes até a residência delas, no bairro de classe média alta City Bussocaba, em Osasco, segundo a polícia. A família, que estava em casa, foi rendida e teve os celulares tomados.

A adolescente conseguiu esconder o celular dela sob a roupa. Enquanto os bandidos separavam os objetos que iriam roubar, a menina mandou uma mensagem de texto para o celular de uma prima, que logo avisou a polícia pelo telefone 190.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Justiça dá liberdade provisória ao "tarado da Unesp" de Franca (SP)

O professor de dança Célio Ernande Pereira, 47, que ficou conhecido como o "tarado da Unesp" de Franca (a 400 km de São Paulo) teve liberdade condicional concedida pelo TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo na última sexta-feira (16).

Ele deixou a prisão no mesmo dia. Pereira havia sido condenado a 26 anos de prisão em 2006 pelo estupro de uma aluna, que teria ocorrido em 2004. Na época, ele dava aulas em um projeto na Unesp.

Ele era suspeito de outros 18 estupros. Sua advogada, Thereza Ricci, disse que não estava autorizada a comentar o caso, mas afirma que o cliente foi condenado erroneamente. "Há muitas conturbações nesse caso. Se o Célio quiser, vamos entrar na Justiça para limpar seu nome."

Pereira, que estava preso na Penitenciária de Serra Azul, já está em Franca.

Homem embriagado é detido após provocar acidente na Estrada Velha

Um motorista foi preso em Jacareí por dirigir bebado. Ele estava na rodovia Geraldo Scavoni, a Estrada Velha Jacareí/São José, quando bateu em um outro veículo.

O ocupante do veículo ficou ferido. O motorista que provocou o acidente foi detido, pagou fiança de mil reias e foi liberado.

Banco desconfia de movimentação financeira e polícia prende acusadas de estelionato

Após o serviço de segurança de uma rede de bancos desconfiar da movimentação financeira de uma cliente, os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos conseguiram prender duas estelionatárias que tentavam desviar cerca de R$ 100 mil da conta de uma senhora de 77 anos morta. As acusadas foram presas em flagrante no final da tarde desta quinta-feira, em Guarujá, quando sacavam cerca de R$ 5 mil.

Antes de começarem as investigações, no início da semana passada, as indiciadas, uma auxiliar de enfermagem, de 40 anos, e uma dona de casa, de 33, foram até o Cartório de Registro Civil de Bertioga solicitar uma procuração que permitia e dava autonomia para realizar saques e pagamentos por meio da conta da vítima. A primeira passou por afilhada e a segunda se apresentou como a própria senhora morta.

Na segunda-feira, o documento foi apresentado aos gerentes do Banco Itaú, localizado na Avenida Dom Pedro I, na Enseada, Guarujá. Já aceito, a suposta afilhada sacou cheques de R$ 23 mil e de R$ 25 mil no dia seguinte e imediatamente os depositou na conta pessoal do Bradesco. No entanto, quando a atendente do banco verificava o cadastro da vítima, constatou diversas desconformidades de dados.

A central da rede bancária em São Paulo foi contatada e orientou a não liberar mais dinheiro para a afilhada, que justificou ir ao banco no lugar da madrinha por ela estar muito doente. Um supervisor de segurança do Itaú foi então até a casa da cliente, a vítima de 77 anos, e constatou com vizinhos que ela havia morrido há algum tempo. Os cheques foram todos sustados.

Na tarde de quinta-feira, as estelionatárias foram até a agência, mais uma vez, tentar sacar cerca de R$ 5 mil. Enquanto era atendida por um funcionário, o gerente acionou os investigadores da DIG, que após breve verificação constataram a fraude e prenderam-nas em flagrante.

Encaminhada à Delegacia, prestaram depoimento, foram atuadas e já estão na Cadeia Feminina de Santos aguardando parecer do juiz. O Cartório de Bertioga passa a ser investigado, já que há indícios de que existe participação de funcionários no crime. O caso segue em investigação.

Traficante é preso com droga escondida dentro dos tênis no Litoral Norte

Um rapaz de 20 anos, natural de Arapiraca, nas Alagoas, foi preso flagrante na madrugada desta sexta-feira, em Bertioga, por tráfico de entorpecentes. Cerca de 12 pedras de crack foram encontradas dentro do tênis do acusado, que já tinha passagem criminal. Ele já foi recolhido à carceragem da Cidade.

Por volta das 2 horas, policiais militares que realizavam patrulhamento de rotina na Rua São Sebastião Arantes, no Jardim Indaiá, desconfiaram do indiciado que estava sentado no chão da calçada. Após reagir de forma suspeita, ele foi abordado pelos policiais.

Durante a revista foram encontrados cerca de R$ 117,00 em dinheiro, provenientes do comércio da droga e as 12 porções de crack escondidas dentro do um dos tênis dele. Questionado, ele confessou praticar a atividade ilícita e, diante dos fatos, foi dada a voz de prisão.

Levado à Delegacia, o acusado foi autuado em flagrante e preso. Quando o delegado verificou os antecedentes criminais, constatou que ele já tinha passagem por tráfico de entorpecentes.

Micro-ônibus é incendiado em São Paulo

Um micro-ônibus foi incendiado na noite desta quinta-feira, na Vila Albertina, região do Jaçanã, Zona Norte de São Paulo. Quinze passageiros e o motorista estavam dentro do veículo. Ninguém ficou ferido. As imagens gravadas por um cinegrafista amador mostram o trabalho dos bombeiros para apagar o fogo, que praticamente destruiu o veículo que fazia a linha Jardim Marina-Metrô Tucuruvi.

Testemunhas disseram que tudo começou por volta das 23 horas. Um homem subiu no veículo carregando um saco cheio de gasolina e mandou que todos os passageiros descessem.

Quando todos estavam do lado de fora, ele iniciou o incêndio. Um carro da polícia ficou durante a madrugada no local. O micro-ônibus foi levado em um guincho para a garagem. Na empresa, ninguém quis falar sobre o caso.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Dupla é presa por tráfico de drogas no Olaria


Por volta das 20h05m da noite de ontem 21/07 os policiais da Força Tática, equioe do Tenente Monteiro,motorista Cabo Henrique e Sd Jader, ao realizar Operação Saturação pela Rua Sebastião Carneiro, 179, bairro do Olaria, com apoio da equipe de Força Tática, equipe do sargento Lucca, motorista Marcio Batista,e auxiliares Sd Lucca e Sd Carmo, logramram êxito em abordar o desocupado Flavio Alves dos Santos de 23 anos e o menor K.M.S de 16 anos que não portava documentos.

Com o maior foi encontrado em seu poder 28 (vinte e oito) pinos contendo cocaína e com o menor foi encontrado em seu poder 60(sessenta) pinos contendo cocaína, um aparelho celular e a quantia de R$140,00 em espécie.

Conduzidos ao Distrito Policial de Caraguatatuba, o maior foi autuado por tráfico de entorpecentes e o menor por Ato Infracional por tráfico de entorpecentes pelo Delegado de Plantão Dr. Jairo Pereira Garcia.

Ambos ficaram a disposição da Justiça Pública, sendo o maior recolhido ao CDP de Caraguatatuba e o menor apreendido junto a Fundação Casa.

Homens são presos por tráfico de drogas dentro de creche

Dois homens foram presos na tarde desta quarta-feira (21) acusados de tráfico de drogas dentro de uma creche municipal, no bairro Jardim Imaculada, em Taubaté. No local, funciona também um posto de saúde, uma quadra de esporte e uma escola de educação infantil.

Segundo a Polícia, foi recebida uma denúncia de que os homens estariam embalando entorpecentes dentro da creche. Eles cortaram a tela que dá acesso para a quadra e no local organizaram uma espécie de escritório. O ponto de tráfico funcionava durante a noite.

Os dois rapazes, de 18 e 21 anos, foram pegos na área do posto de saúde. com eles, a polícia apreendeu 84 pedras de crack, uma balança, material para embalagem, dinheiro e um celular. Eles não tinham passagens pela polícia.

Segundo o delegado da Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise), os acusados vão ser indiciados por tráfico de drogas e associação ao tráfico e podem pegar de 5 a 15 anos de prisão.

Mulher é encontrada morta a facadas em Bragança Paulista

Uma mulher de 19 anos foi encontrada morta dentro de casa nesta manhã, no bairro Jardim da Fraternidade, em Bragança Paulista. A polícia foi acionada pela família por volta das 8h30 e quando chegou ao local viu que o corpo apresentava várias marcas de facadas.

Ela foi levada à Santa Casa da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com a polícia, o suspeito de praticar o crime é o companheiro da vítima, que ainda não foi localizado.

A perícia está no local. O corpo será encaminhado ao Instituo Médico Legal (IML) de Bragança Paulista. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) investiga o caso.

Investigadores descobrem desmanche de caminhões após denúncia de empresa de rastreamento

Investigadores da Polícia Civil de Itanhaém descobriram um desmanche de caminhões e desmantelaram uma quadrilha que atuava na região metropolitana de São Paulo e na Baixada Santista.

Uma empresa de rastreamento via satélite da Capital identificou que o sinal de um dos veículos furtados era proveniente de imóvel localizado no Balneário Tupi, um bairro da Cidade. Dois homens foram presos e um está sendo procurado.

Na tarde desta terça-feira, os policiais foram informados por uma empresa de segurança que um caminhão da prefeitura de São Paulo havia sido furtado e o sinal do GPS estava indicando que ele estava na Cidade. Equipes foram mobilizadas para verificar a ocorrência e, chegando ao local, na esquina das Ruas Paraguaçu e Tamoios, encontraram uma oficina repleta de peças de veículos e com alguns caminhões estacionados na via.

Dois homens não identificados, que estavam saindo do estabelecimento, foram rendidos pelos policiais. Enquanto alguns investigadores faziam a varredura na região, outros aguardavam a chegada do proprietário da oficina, que poderia ter envolvimento no desmanche. Assim que o suspeito se aproximava do local e percebeu a movimentação, ele correu em direção contrária para um matagal e conseguiu fugir.

Na oficina, foram localizados o veículo furtado na mesma manhã, em São Paulo, e mais dois outros caminhões, que tinham queixa de roubo. Um deles, inclusive, foi o veículo em que o fugitivo, proprietário e possível chefe da quadrilha, chegou.

O caso é investigado e o fugitivo, que não teve o nome revelado, está sendo procurado. Há chances de que existam outras pessoas envolvidas na ação, mas elas ainda não foram localizadas. O boletim de ocorrência está registrado no 1º Distrito Policial de Itanhaém.

Três morrem e quatro ficam feridos em chacina dentro de bar em São Paulo

Três pessoas morreram e quatro ficaram feridas na madrugada desta quinta-feira em uma chacina ocorrida no Jardim Guapira, bairro da zona norte de São Paulo. O grupo foi atacado dentro de um bar ao lado do Centro Educacional Unificado (CEU) Jaçanã que funcionaria como ponto de tráfico de drogas.

Esta é a quarta chacina do ano na Capital, que já deixaram ao todo 16 mortos. Na região metropolitana, são nove chacinas no total, com 35 mortes.

Segundo testemunhas ouvidas pela polícia, o crime foi cometido por três homens, dois vestidos de preto e um de azul-marinho, que chegaram em um carro. Eles estacionaram em frente a uma padaria, caminharam até o bar e abriram fogo. Uma mulher foi poupada e conseguiu fugir do local.

Seis vítimas foram levadas ao pronto-socorro do Jaçanã pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e carros da polícia. O copeiro Marcos André Gomes da Silva, de 38 anos, Carlos Carvalho Filho, de 43, e Alexandre Guimarães dos Santos, de 28 anos, morreram.

Os outros três têm entre 20 e 37 anos e permanecem internados em estado grave. Um sétimo rapaz, de 20 anos, foi baleado nas nádegas e conseguiu buscar socorro. Ele foi operado no pronto-socorro do Mandaqui e passa bem.

Foragido da justiça do interior desde 2009 é encontrado em Peruíbe

A Polícia Militar de Peruíbe, no Litoral Sul, capturou na madrugada desta quinta-feira um procurado de justiça de Itapecerica da Serra, interior do Estado de São Paulo. O eletricista Fábio Vasconcelos Costa, de 28 anos, estava foragido desde maio de 2009, preso por estelionato. Ele foi levado à carceragem da Delegacia Sede e será transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Praia Grande.

Por volta das 6 horas, policiais realizavam patrulhamento de rotina no Jardim Ribamar, no entorno da Rua Araguaia, quando avistaram o homem reagir de forma suspeita. Por essa razão, eles decidiram abordá-lo. Ao realizar a pesquisa, via rádio, com o Centro de Operações da região, descobriu-se que havia um mandado de prisão no nome dele.

Diante disso, o suspeito foi encaminhado à Delegacia Sede da Cidade, onde, após realizar nova consulta, os policiais descobriram que Fábio era procurado há mais de um ano pela justiça do interior. Ele fugiu de uma penitenciária, onde cumpria regime semi-aberto, por estelionato, e desde então nunca mais foi achado.

Foi realizado um novo boletim de ocorrência, este de captura de procurado. Ele foi encaminhado à carceragem da Delegacia Sede da Cidade, mas, nos próximos dias, deve ser transferido para Praia Grande, onde deve aguardar transferência para o interior.

Polícia acha desova de tribunal do crime

Um cemitério clandestino, com cinco corpos enterrados em valas, foi encontrado ontem pela polícia. O terreno fica em Cidade Tiradentes (zona leste de SP) e pode ter sido usado por integrantes de uma facção criminosa do Estado.

O local onde os corpos estavam é de difícil acesso. Fica em um barranco, recoberto por mato, sob a caixa d'água da estação de distribuição de água Santa Etelvina, da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). As vítimas estavam de seis meses há um ano enterradas, segundo estimativa feita pela polícia.

De acordo com informações do Deic (Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado), os corpos, já em estágio avançado de decomposição, seriam de vítimas de um suposto "tribunal do crime", criado para resolver desavenças entre integrantes de uma mesma facção.

Fugitivo é preso por sequestro

Um homem condenado em 2003 pelo sequestro da atriz Vanessa Bueno, 31 anos, da Rede Globo, foi preso na capital, no início do mês, suspeito de ter mantido em cativeiro um universitário de 22 anos. A vítima foi sequestrada em Higienópolis (centro de SP).

André Silva dos Santos, o Carioca, tinha sido condenado no Rio de Janeiro a 37 anos de prisão pelo sequestro de Vanessa, que hoje integra o elenco da novela "Malhação". Ele também foi julgado pelo sequestro de um casal.

Santos cumpria pena em regime semiaberto. Ele fugiu para São Paulo e sequestrou o universitário no mês passado. A vítima passou sete dias em um barraco na cidade. A família teria pago resgate de R$ 300 mil. A polícia prendeu o suspeito no último dia 4. A reportagem não teve acesso ao preso.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Pai agride família e ateia fogo ao filho

A polícia de Sinimbu (RS) prendeu na manhã desta terça-feira um agricultor acusado de agredir a mulher e filhos e atear fogo ao filho mais velho, de 13 anos.

Segundo a polícia, o agricultor, de 34 anos, chegou embriagado em casa, na madrugada de hoje. A mulher e os três filhos --de 8, 10 e 13 anos-- acordaram com o barulho do cachorro de estimação sendo agredido.

De acordo com depoimentos da família à polícia, o agricultor obrigou a mulher --grávida de seis meses-- a segurar o animal enquanto ele o matava a machadadas. A partir daí, começou a ameaçar todos de morte e a persegui-los com o machado.

As crianças se esconderam no banheiro, que teve a porta quebrada pelo agricultor. A polícia disse que então ele jogou gasolina e ateou fogo ao filho, que foi socorrido pelo restante da família.

A mulher do agricultor afirmou em depoimento que ele também ameaçou o garoto com um facão e disse que iria matá-lo enforcado. Após afirmar que iria fugir, ele voltou à casa com uma motosserra para continuar as agressões. A mulher disse que acabou conseguindo acalmá-lo e fazê-lo dormir.

A mulher e os filhos aproveitaram para escapar e procurar ajuda no vizinho, a 10 km da casa. O vizinho avisou a polícia e levou as vítimas para o hospital.

O agricultor foi preso em flagrante, em casa, e admitiu as acusações. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio qualificado por uso de meio cruel (fogo), lesão corporal, ameaça, crueldade contra animais e posse irregular de arma.

O filho de 13 anos está internado no Hospital Beneficente de Sinimbu, em estado regular. Ele tem ferimentos no tórax e no rosto e não há previsão de alta.

Homem é morto com seis tiros, na Vila Cristina em Lorena

Um homem de 21 anos foi assassinado com seis tiros na noite desta terça-feira (20), no bairro Vila Cristina, em Lorena.

O rapaz estava com marcas de tiro, na cabeça, no tórax, no braço e na perna. Ainda não se sabe quem poderia ter cometido o crime. Até o momento, ninguém foi preso.

Adolescentes de classe média furtam computadores e eletrônicos de escola pública

Dois adolescentes de classe média invadiram uma escola pública de educação infantil em São Caetano do Sul, no Grande ABC, e furtaram dois computadores, dois monitores de LCD, duas máquinas fotográficas, uma filmadora e um aparelho de DVD. A dupla foi apreendida instantes depois, fugindo a pé com os bens furtados, à 0h10 desta quarta-feira. Um dos rapazes havia estudado no local.

A Escola Municipal de Educação Infantil Fortunato Ricci atende crianças de até 6 anos e já havia sido assaltada havia duas semanas, segundo a Guarda Civil Municipal, mas ninguém foi preso. Desta vez, uma testemunha viu os jovens passando os objetos por cima do muro e chamou os guardas municipais.

Os adolescentes, de 15 e 16 anos, moram nos bairros Olímpico e Barcelona, considerados de classe média e média alta. "Um deles acabou de voltar da África do Sul, onde assistiu à Copa do Mundo com o pai", disse o guarda civil Dollazi. Segundo o guarda, a mãe de um deles reconheceu na delegacia que o filho tem se envolvido em situações de risco.

A dupla quebrou o vidro de uma janela para abrir o fecho, entrou na escola e arrombou a porta da sala da diretoria, onde estavam os bens furtados. Os monitores de LCD eram novos e ainda estavam sem a etiqueta de patrimônio público. O caso foi registrado no 1º DP da cidade.

Mulher dá remédio tarja preta aos filhos e responde por tentativa de homicídio

Uma vendedora, em Guarujá, ministrou comprimidos de Rivotril 2,5 mg – medicamento de uso controlado, para controlar os filhos gêmeos de apenas 5 anos. As crianças ficaram desacordadas e correram risco de vida. À polícia, ela alegou que as crianças não a deixavam “arrumar o guarda-roupa”.

Embora não haja indícios de que Priscila Firmo Mesquita, de 28 anos, teve a intenção de matar os filhos, o delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior a autuou em flagrante por tentativa de homicídio e determinou a sua remoção à cadeia.

Os gêmeos, só não morreram porque houve rapidez de uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros em levá-los ao Pronto-Socorro de Vicente de Carvalho. As crianças foram submetidas à lavagem estomacal e serão encaminhadas para um abrigo até que a Vara da Infância e da Juventude defina o destino delas.

Marroquina é presa com cocaína escondida em embalagens de coração


Uma marroquina, de 22 anos, foi presa em flagrante por tráfico de drogas no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na última segunda-feira.

Para despistar a polícia, ela escondeu cerca de 3.2 quilos de cocaína em embalagens artesanais em forma de coração.

Segundo a Polícia Federal, se condenada, ela poderá cumprir pena de reclusão de 5 a 15 anos.

Carcereiros descobrem buraco dentro de cela no interior de São Paulo

Carcereiros da cadeia de São Manuel, a 259 km de São Paulo, descobriram um buraco de 30 centímetros que era cavado dentro de uma das celas na terça-feira. Eles aproveitaram o banho de sol dos presos para fazer uma revista. Em uma das salas, onde viviam 29 presos, o buraco foi encontrado.

Os presos usaram uma ferramenta para cavar o buraco e uma mangueira com água para amolecer o cimento. Entre as celas e o pátio externo da delegacia fica um corredor de um metro e meio. Para o delegado, em mais um dia os presos terminariam de cavar o buraco. A cadeia tem capacidade para 40 presos. Atualmente, 201 pessoas vivem no local.

Suspeito vira mendigo por quatro dias

O ex-namorado de Mércia Nakashima Mizael Bispo de Souza vestiu-se de mendigo para não ser preso quando sua prisão temporária foi decretada pela Justiça de São Paulo, no último dia 10 de julho, segundo seu advogado. A prisão foi revogada quatro dias depois pelo juiz da Vara do Júri de Guarulhos, Jayme Garcia dos Santos Júnior.

"Ele disse que ficou com os mendigos na praça. Ele teria tirado dinheiro no banco e colocado uma roupa velha. O Mizael disse que chegou até mesmo a fazer amizade com os moradores", disse o advogado do suspeito, Samir Haddad Júnior. "Segundo ele me disse, até marmitex com os mendigos ele teria comido", afirmou.

Laudo aponta que Mércia morreu afogada

Laudo necroscópico do IML (Instituto Médico Legal) que ficou pronto ontem revela que a advogada Mércia Nakashima, 28 anos, morreu afogada. O corpo da vítima foi encontrado em uma represa de Nazaré Paulista (64 km de SP) no dia 11 de junho. Um dia antes, seu carro foi localizado submerso pela polícia.

Segundo a polícia, Mércia foi atingida por um tiro no braço esquerdo, que o atravessou e atingiu seu maxilar. Ferida, Mércia foi jogada viva dentro da represa e morreu afogada.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Polícia prende traficantes no Travessão suspeitos de terem envolvimento com chacinas da semana passada

A Policia Militar prendeu no último final de semana dois homens acusados por tráfico de drogas no bairro Travessão. De acordo com informações colhidas pela polícia na região, a dupla M.D.S., de 24 anos, e E.P.M., de 23 anos, podem ter ligação com os homicídios ocorridos em chacinas na semana passada, ocasião em que três pessoas morreram e outras três ficaram feridas. O motivo pode ser a disputa pelo comando de pontos de tráfico na região.

Segundo o comandante Interino do 20º BPMI, José Carlos de Campos, todos os esforços estão sendo realizados na tentativa de localizar os autores dos últimos homicídios ocorridos na região de Caraguatatuba e São Sebastião, por meio da intensificação de ações policiais, com apoio do Serviço de Inteligência do Litoral Norte.

M.D.S. e E.P.M., por exemplo, foram presos durante a realização de uma “Ação Força Policial”, na Costa Sul de Caraguatatuba. Eles foram presos sob a acusação de tráfico de drogas. Um jovem menor de idade que estava com a dupla também foi indiciado pelo mesmo delito.
A equipe da policia fazia uma patrulha na Rua Iguape, quando depararam com os três indivíduos em atitudes suspeitas. Eles foram revistados pelos policiais, que localizaram drogas em poder deles. M.D.S. estava com uma porção de maconha, enquanto E.P.M. possuía um tablete da mesma droga.

Posteriormente foi realizada uma vistoria na residência de M.D.S., local onde foram encontradas 16 porções de maconha e certa quantia em dinheiro. Já na residência de E.P.M., foram localizadas 66 pedras de crack, assim como uma quantia em dinheiro.

Devido ao flagrante, todos os envolvidos foram conduzidos ao Distrito Policial, onde os maiores E.P.M e M.D.S. foram autuados por tráfico de entorpecentes. S.R.B., de 16 anos, que acompanhava os infratores, ficou a disposição da justiça. Os homicídios na semana passada aconteceram em dias consecutivos, primeiro no Perequê Mirim e depois na Enseada. Pela similaridade dos crimes, a Polícia Civil que investiga

Ex de Mércia chega para depor, é chamado de assassino e sorri

O promotor Rodrigo Merli Antunes, responsável por acompanhar as investigações sobre o assassinato da advogada Mércia Nakashima, afirmou nesta terça-feira (20) que deverá pedir novamente a prisão preventiva do ex-namorado da vítima e principal suspeito pelo crime, Mizael Bispo de Souza. O advogado e policial militar aposentado chegou por volta das 10h55 ao prédio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro de São Paulo, sob gritos de assassino. Ao ouvir a provocação, ele sorriu.

Ele que já foi indiciado pelo crime será formalmente comunicado que irá responder pelo homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver da vítima. Mizael que deverá responder às perguntas da investigação sempre alegou inocência.

Além do ex-namorado de Mércia, o vigia Evandro Bezerra Silva também já foi acusado por envolvimento na morte da advogada. Assim como o ex, ele nega o crime. Após o segurança ter dito na terça-feira (19) que foi torturado para acusar injustamente Mizael pelo assassinato da vítima e que o ajudou na fuga, a Polícia Civil descartou a possibilidade de fazer uma acareação nesta terça entre os dois.

Antes, Evandro havia dito que o ex matou Mércia por ciúmes. Agora, nega que isso realmente ocorreu. Mesmo assim, a polícia afirma ter provas de que o vigilante estava na cena do crime porque uma viatura da Polícia Militar o viu no local. O segurança está preso temporariamente na carceragem do 1º Distrito Policial, em Guarulhos, na Grande SP.

Após o depoimento de Mizael, que segundo o seu advogado, Samir Haddad Júnior, será o quinto desde que o policial militar aposentado passou a ser considerado suspeito pelo crime, o ex-namorado de Mércia deverá colocar as digitais e assinar um documento do indiciamento que será encaminhado ao Ministério Público e a Justiça. O promotor Rodrigo Merli Antunes já se manifestou favorável a oferecer ao juiz do caso a denúncia contra Mizael e Evandro pelo assassinato da advogada.

Não há previsão se a polícia pretende pedir novamente a prisão de Mizael. Antes a Justiça havia decretado a temporária do suspeito, mas ela foi revogada. A preventiva, solicitada pela Promotoria, também foi negada.

Além do vigia e do ex-namorado, o irmão de Mizael também é investigado como suspeito de participação no crime. Ele ligou 27 vezes para o celular de Evandro antes, durante e depois do crime.

Grupo tenta furtar caixa eletrônico no bairro Itaguá, em Ubatuba

Quatro pessoas foram presas, nesta madrugada, suspeitas de furtar um caixa eletrônico, em uma agência bancária, no bairro Itaguá, em Ubatuba. Segundo a Polícia Militar, duas pessoas foram detidas dentro da agência e outras duas em um carro nas proximidades do local.

Com os dois suspeitos que estavam no veículo, foram encontrados R$ 19 mil. Além do dinheiro, foram apreendidos dois carros, um maçarico, chave de fenda, além de outras algumas ferramentas para arrombar cofre.

Imagens mostram furto de relíquia de Santa Edwiges em igreja de Santos


A polícia usará imagens imagens de câmeras de segurança para tentar identificar o homem que furtou a relíquia de Santa Edwiges da igreja localizada na Avenida Washington Luís (Canal 3), em Santos. O crime ocorreu no fim da tarde de domingo. Essa foi a quinta vez em sete meses que a igreja foi roubada.

As imagens foram gravadas por duas câmeras. Com um paralelepípedo nas mãos, o homem entrou na igreja e foi direto até o altar. Foram três tentativas até ele conseguir quebrar o vidro que envolvia a peça. Depois, ele colocou o relicário na cintura e saiu correndo.

Uma pessoa que saía do elevador e passou pelo corredor escutou o barulho. Ela se aproximou do vidro e viu o ladrão. “Ele só me olhou, enfiou embaixo da roupa e saiu correndo”, disse ela, que não quis se identificar.

A imagem estava na igreja desde fevereiro de 2008. Ela veio da Polônia e tem um significado importante para a Igreja Católica. “Representa uma riqueza espiritual, na fé e na tradição”, explicou o pároco da igreja, padre Samuel Fonseca.

“É uma peça grande, dourada, mas que não tem valor, não é ouro. O que tem valor é o valor sentimental. Levaram um pedacinho da santa”, disse a auxiliar administrativa Maria Regina Tanaka.

Caminhoneiro é assaltado pela segunda vez em menos de 24 horas

Um caminhoneiro foi assaltado na manhã deste domingo, enquanto dormia dentro de seu veículo em Cubatão. Os bandidos levaram o celular da vítima que estava na cabine.

O crime aconteceu por volta das 6 horas, na Avenida Henry Borden, s/nº, no Centro. O motorista, que estava dormindo, foi acordado com uma pedrada no vidro do seu caminhão.

Desconfiado que fosse um assalto, ele saiu correndo levando seus pertences pessoais. Sem objetos de valor para roubar, os bandidos levaram apenas o aparelho celular da vítima que estava na cabine.

Alvo de bandidos pela segunda vez, o motorista Alan Lima Santos, de 28 anos, teve R$ 200,00 e um aparelho celular roubados no sábado, no momento em que parou o caminhão em São Vicente para verificar problemas mecânicos.

Vigilante diz que acusou ex-PM após tortura

vigilante Evandro Bezerra Silva, 38 anos, afirmou ontem, em depoimento à Polícia Civil, que foi torturado por policiais civis de Aracaju, em Sergipe, para acusar o advogado e PM aposentado Mizael Bispo de Souza, 40, de ter assassinado a advogada Mércia Nakashima, 28.

A suposta tortura, que teria sido feita por meio de sufocamento com um saco plástico, foi divulgada ontem pelo advogado de Evandro. Por volta das 13h30, ao deixar o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) e ser questionado pela imprensa sobre quem o teria torturado, Silva respondeu: "Os policiais de Aracaju".

Polícia afasta delegadas que investigavam Bruno

direção da Polícia Civil de Minas Gerais afastou ontem as delegadas Alessandra Wilke e Ana Maria dos Santos das investigações sobre o desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes. A decisão foi tomada um dia após a divulgação de imagens, pela TV Globo, de uma conversa informal do goleiro com policiais no voo que o levou detido do Rio para Minas, há duas semanas.

Na gravação, Bruno diz ser inocente e não poder mais confiar no amigo Luiz Henrique Romão, o Macarrão. Foi aberto procedimento administrativo para apurar o vazamento. Com a saída de Alessandra, o comando do inquérito passou para Edson Moreira, delegado titular da Delegacia de Homicídios.

Questionado se o afastamento tinha relação com o vídeo, o chefe da Polícia Civil, Marco Antônio Monteiro, disse que a medida visa "restringir o acesso a informações para resguardar o trabalho" e agilizar o final do inquérito. No vídeo, Bruno diz que ficou chocado com as atitudes tomadas por Macarrão. Ele afirmou que não sabia o que havia acontecido com Eliza.

Após mais de sete horas de depoimento, o goleiro deixou a sede do Departamento de Investigações da polícia mineira por volta das 19h30 de ontem. Ele chegou por volta das 12h e saiu sem falar com a imprensa. Ele só falou sobre o vídeo, disseram seus advogados.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Homem é morto a tiros na Fapija em Jacareí

Um homem de 25 anos foi morto com dois tiros, na madrugada desta segunda-feira 19/07, dentro da Fapija, em Jacareí.

A feira agropecuária terminou ontem. Segundo o Boletim de Ocorrência, houve uma briga dentro do “Caipiródromo” e um rapaz foi atingido.

A vítima chegou a ser socorrida para a Santa Casa da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A policia vai investigar a autoria do assassinato.

Adolescente leva tiro nas costas durante assalto em São Paulo

Uma jovem de 16 anos foi atingida por um tiro nas costas durante um assalto no Largo da Cachoeirinha, Zona Norte de São Paulo, na noite de domingo. Ela estava de moto com um grupo de amigos quando todos foram abordados por criminosos.

A jovem foi levada para o pronto-socorro do Jaçanã, onde passou por uma cirurgia durante a madrugada e está fora de perigo. Ela seguia com cinco amigos em três motos para uma festa quando eles foram abordados por 12 assaltantes que estavam em outras seis motos.

A quadrilha queria levar os veículos das vítimas. Elas contaram que não reagiram. Entretanto, um dos assaltantes atirou. “Infelizmente veio a acertar uma vítima. Ela estava na garupa de outra moto, que não foi roubada. [O tiro] acertou nas costas e saiu pela frente”, explicou o tenente Oswaldo de Andrade Filho.

Os assaltantes fugiram com uma moto, mas ela foi localizada uma hora depois, também na Zona Norte – graças ao GPS que o dono tinha instalado. Um rapaz de 19 anos foi preso. À polícia ele confessou ter participado do assalto.

“O rastreamento foi indicando os locais onde essa moto se encontrava e felizmente nos deparamos de frente com essa motocicleta. O indivíduo se assustou, veio a cair, empreendeu fuga a pé e foi detido 200 metros depois”, contou o soldado da Polícia Militar Ângelo Mário Beradi. A arma usada pelo preso não foi encontrada. A polícia procura agora os outros assaltantes.

Confusão em jogo de azar acaba na Delegacia de São Vicente

Mesmo sabendo que se tratava de jogo de azar, o ajudante Márcio Roberto Ribeiro fez várias apostas em uma máquina caça-níquel e, ao perder, passou a discutir com o dono do bar onde estava instalado o equipamento.

O ajudante queria de volta os R$ 150,00 que tinha apostado. Em meio à confusão, surgiram policiais militares e um deles acabou sendo desacatado por Leo Florencio, um amigo do apostador.

Todos foram parar na Delegacia de São Vicente. Márcio recebeu R$ 70,00 dos R$ 150,00 que queria, e as três máquinas caça-níqueis foram apreendidas.

O equipamento estava instalado na Rua Ramon Tesse, 129, na Vila Margarida, lugar conhecido como Bar do Didi.

Leo Florencio deverá responder pelo crime de desacato. A polícia instaurará inquérito para apurar a exploração do jogo de azar.

Namorada fica 30 dias em cárcere privado

Uma jovem de 15 anos viveu em cárcere privado durante um mês nas mãos de seu namorado, o cabeleireiro Emerson Ferreira Santos Silva, 27 anos, na Vila Vitória, em São Bernardo do Campo (ABC).

Segundo a polícia, ela foi mantida em uma casa e impedida de falar com parentes e amigos. O rapaz teria até mesmo agredido a jovem com socos e pontapés. "Eu não podia ter amizades e até tive que parar de estudar por causa dele", diz a adolescente.

Câmera inteligente detecta bandidos e avisa policiais

A tecnologia ajuda a Polícia Militar a agir rápido em 267 pontos da capital. Nesses locais, câmeras inteligentes detectam movimentos estranhos e, mesmo sem um operador, são capazes de emitir alerta sobre crimes.

O "big brother" a serviço da segurança, como define o chefe desse setor da PM, tenente Thiago Maniglia, começou a ser implantado há dois anos e custou até hoje cerca de R$ 15 milhões.

As câmeras detectam, por exemplo, quando um grupo sai correndo de um banco. Como o fato não é comum, o sistema é programado para emitir um alerta aos policiais do centro de operações.

A mensagem fica piscando no monitor e chama a atenção dos PMs, que rotineiramente ficam olhando quase que ao mesmo tempo para outras 11 ou 12 câmeras.

O PM, então, revê a gravação, em 360 graus, e, se notar que houve um crime, envia policiais para o local.

O equipamento também pode ser programado para acionar o alerta quando ocorrer luminosidade mais intensa que o normal _o que pode indicar um disparo de arma de fogo, por exemplo.

Diariamente, a PM registra de cinco a dez ocorrências a partir das câmeras. Logo que foram instaladas, em 2008, o número de flagrantes era maior, quase 20. A queda, segundo policiais, ocorreu porque criminosos sabem que ali há um monitoramento. "É um policiamento preventivo", diz o porta-voz da PM, tenente Cleodato Moisés.

Bruno sugere que Macarrão é culpado

O goleiro Bruno Fernandes, 25 anos, mostrou que pode usar a estratégia de jogar sobre o amigo Luiz Henrique Romão, o Macarrão, a responsabilidade pelo desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do atleta. O jogador nega envolvimento no crime.

O programa "Fantástico", da Rede Globo, mostrou ontem uma conversa informal, gravada em vídeo, em que o jogador dá sua versão. Segundo o programa, as imagens foram feitas dentro do avião da Polícia Civil mineira que levou Bruno do Rio para Minas, em 8 de julho.

"Não sei o que deu na cabeça dele [Macarrão]. Hoje, com todos os fatos que tem, é difícil acreditar nele. Pelo que eu estou vendo, tudo em volta, tudo que está acontecendo, estou chocado", afirmou o jogador no vídeo.

O programa não mostra as perguntas que foram feitas, mas Bruno voltou a dizer que o filho de Eliza, achado em uma casa de Contagem (MG) depois de ser visto no sítio dele, em Esmeraldas (MG), chegou a ele por meio de Macarrão.

Bruno afirmou que, ao ver a criança, questionou Macarrão: "Que história é essa? O que está acontecendo?". Segundo ele, o amigo e funcionário disse que deu dinheiro a Eliza e ela "foi embora".

O jogador disse que chegou a achar que o aparecimento da criança era "mais uma" armação de Eliza contra ele. "Ela já tinha armado uma para mim lá no Rio de Janeiro", afirmou.

No Rio, Eliza denunciou Bruno dizendo que ele a forçou a usar abortivos. Bruno disse ter procurado sua mulher, Dayanne Souza, para que cuidasse da criança.

À polícia, após o bebê ser descoberto, Dayanne disse que escondeu a criança a mando de Macarrão depois que o desaparecimento de Eliza veio à tona. Já Sérgio Sales, primo de Bruno, disse que ouviu de Dayanne que a ordem partiu de Bruno.

No vídeo exibido ontem, Bruno afirmou não se importar em pagar pensão a Eliza, caso ficasse comprovado que ele é o pai do filho da estudante. Ele também minimizou seu relacionamento com ela: "Estava ela e mais quatro amigas, eu com meus amigos. Nesse dia, aconteceu, ela ficou comigo, e com vários amigos também. Só fiquei com ela uma vez, coisa de 20 minutos", disse.

Macarrão e outros acusados também negam envolvimento no crime. O inquérito sobre o desaparecimento de Eliza entra em sua fase final nesta semana e pode ser encerrado, segundo a polícia.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Um morre e dois são baleados na Enseada

Um menor morreu e outros dois homens ficaram feridos na noite de ontem 15/07,na Avenida Brasil, no bairro da enseada em São Sebastião.

O atirador usava um capuz quando invadiu um bar onde estavam as vitimas e efetuou os disparos.

O adolescente morreu na hora e os feridos foram encaminhados para o pronto socorro de Caraguatatuba.

A policia acredita em acerto de contas, já que o menor tinha passagem por tráfico. O autor dos tiros ainda esta foragido.

Em menos de 24 horas seis pessoas foram baledas nos bairros Perequê-Mirim em Caraguatatuba, e Enseada em São Sebastião. Três morreram na hora, e as outras três foram hospitalizadas. Os bairros são vizinhos e possuem vários pontos de drogas, a suspeita é que uma disputa estaria ocorrendo na região pelo controle do tráfico de drogas.

Denúncias podem ser feitas nos telefones 181, 197 ou 190 e não precisa se identificar.

Ladrão engana policiais ao se passar por vitima

Um furto foi registrado na madrugada desta sexta-feira em uma loja de celulares, no centro de Taubaté. Desta vez os policiais conseguiram chegar ao local antes do bandido fugir, mas foram convencidos pelo rapaz que ele era a vítima.

Segundo a Polícia, um homem arrombou a porta da frente do estabelecimento, foi até o caixa, pegou R$ 600 e tentou fugir pelos fundos. O alarme disparou e a polícia chegou ao local. O rapaz voltou até a parte da frente do estabelecimento e recebeu os policiais, dizendo ser o proprietário da loja.

Diante desta informação os policiais liberaram o rapaz. Pela manhã o verdadeiro dono chegou ao local e acionou a polícia novamente. Apenas neste momento os policiais perceberam a confusão.

Briga de palmiteiros acaba em morte na Serra do Mar e polícia prende acusado pelo crime

Um homem foi preso pela policia na tarde da última quarta-feira, no bairro Perequê Mirim, acusado de ter matado com golpes de facão a um colega de trabalho em março deste ano. T.S., de 22 anos, teria cometido o crime enquanto trabalhava no corte de palmito na Serra do Mar, caracterizado como uma atividade ilegal, já que trata-se de uma área de Mata Atlântica.

A vítima, que ainda não foi identificada, seria um homem chamado João, também conhecido como Bodoque. Os restos mortais do homem, que tinha aproximadamente 47 anos, foram encontrados pela polícia no início da semana.

Conforme o delegado do 1º Distrito Policial de São Sebastião, Mauricio Ahvener de Siqueira e Silva, que acompanha o caso, tudo começou na última segunda-feira, quando uma pessoa resolveu denunciar o ocorrido. Ela ligou para a delegacia a fim de avisar que um crime foi cometido na Serra do Mar e que a ossada da vítima estaria no local. O delegado chamou a denunciante para prestar depoimento presencial, o que forneceu mais informações para a equipe de investigações. A partir dos fatos registrados, a policia conseguiu localizar os ossos, que estavam espalhados pela área indicada.

De acordo com a denúncia, G.M.M., teria contratado o grupo para cortar palmito. T.S., que é natural de Juquiá, veio para a região a fim de trabalhar nesse segmento. No dia do crime, ele e mais dois colegas de trabalho teriam entrado na mata no bairro Toque Toque Grande por volta das 9h30. Eles caminharam até as 15h30, quando pararam para montar um acampamento. Nesse momento, segundo informações, eles já teriam ingerido entre uma e duas garrafas de pinga.

Bodoque teria começado a uma discussão e falado que iria matar alguém naquele dia. Ele chegou a atirar para o alto com uma espingarda. S. o alertou que parasse de fazer as ameaças, senão ele quem iria morrer. Como o homem não parou de falar, T.S. pegou o facão e deu um golpe fatal no pescoço da vítima. Antes de morrer, Bodoque ainda teria perguntado por que o jovem fez isso, dizendo que estava apenas brincando.

O contratante do grupo teria sido informado do ocorrido, mas assim como o outro homem que presenciou o homicídio, foi ameaçado por S. para que não contassem nada sobre o crime. Ele afirmou ao delegado que por medo, não teria revelado ainda nada a polícia. Para chegar até o local do crime a equipe de busca caminhou cerca de 2h40, partindo de Toque Toque Pequeno.

Segundo o delegado, a partir de todas as informações e o encontro da ossada em meio a Mata Atlântica, a polícia começou a procurar pelo paradeiro do autor do homicídio, que acabou capturado em Caraguatatuba. Silva explicou que a polícia tem feito ações continuas também para evitar o corte do palmito, que destrói todo um ecossistema. Apesar disso, nesse caso específico o que está sendo investigado é o homicídio e não o envolvimento dos suspeitos com o corte ilegal do palmito. Pode ser que o Ministério Público resolva investir melhor o assunto.

Bodoque, a vítima, seria de Santa Rita, um bairro de Miracatu. Até o momento não se tem conhecimento de que familiares tenham registrado a busca pelo homem desaparecido desde março. Agora a polícia espera encontrar familiares para testar o DNA e concluir o inquérito. T.S., que confessou o crime, teve a prisão temporária decretada por 30 dias. Ele ficará recolhido na Cadeia Pública de Caraguatatuba até o fim desse período, quando o caso deverá ser concluído e a justiça defina a penalidade dele.

Homem é preso acusado de estupro e receptação

Um homem de 18 anos foi preso nesta madrugada, acusado de receptação e estupro de vulnerável. A apreensão ocorreu no posto policial da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, no trecho de Pindamonhangaba. Durante abordagem, foi constatado que o chassi da motocicleta conduzida pelo jovem estava adulterado, e de que o veículo havia sido roubado em Pindamonhangaba.

Na garupa, havia uma menina de 12 anos, que acompanha o rapaz. Eles estariam indo para Santo Antônio do Pinhal. Os dois foram conduzidos à delegacia de Pinda. Apesar de afirmar à polícia que não foi forçada, a garota passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), e foi constatado que ela não era mais virgem.

O acusado foi levado para a cadeia de Guaratinguetá e vai responder pelos crimes de receptação de veículo roubado e estupro de vulnerável. A menina foi encaminhada para os pais, em Pindamonhangaba. O veículo foi levado para um pátio no bairro Alto de Tabaú, em Pinda.

Homem é esfaqueado e morto em frente à universidade de Santos

Um homem, ainda não identificado, foi morto na manhã desta sexta-feira em frente à sede de uma universidade localizada na Avenida Rangel Pestana, 99 , em Santos. Ainda não há informações sobre suspeitos, mas a polícia acredita que a vítima, que foi ferida a facadas, seja moradora de rua e que tenha se envolvido em uma briga.

De acordo com as informações do Centro de Operações da Polícia Militar da Baixada Santista, uma testemunha passava pelo local quando o homem pediu ajuda. Ela então acionou a PM, que enviou viaturas até a região. Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros também foram atender a ocorrência.

No entanto, quando os oficiais chegaram ao local, a vítima já estava morta. Investigadores e peritos da Polícia Civil do 2º Distrito Policial da Cidade realizam os trabalhos de análise do local do crime. As circunstâncias do caso devem sem esclarecidas até o inicio da tarde.

Irmão do goleiro Bruno é preso sob suspeita de estupro e cárcere privado

Agentes da Comissão Investigadora do Crime Organizado (Cico), grupo de elite da Polícia Civil do Piauí, com um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça maranhense, prenderam, na quinta-feira, o gari Rodrigo Fernandes, de 24 anos, irmão do goleiro Bruno Fernandes Souza, apontado pela polícia como participante do assassinato de Eliza Samudio, ex-amante do atleta.

Acusado pela polícia de estupro e cárcere privado, crimes cometidos há cerca de dois anos na cidade de Coroatá, no centro leste do Maranhão, a 260 quilômetros de São Luís, Rodrigo foi detido em casa, na cidade de Campo Maior, no norte do Estado, a 85 quilômetros de Teresina.

O gari passará por exame de corpo de delito no IML somente na manhã desta sexta-feira, mas já está encarcerado na sede da Cico.

Guarda civil morre a tiros ao reagir a assalto

Um guarda civil foi morto ao reagir a um assalto em Taboão da Serra, região metropolitana de São Paulo, na noite de quinra-feira. A moto que os ladrões queriam, uma Honda Twister prata, não foi levada, e a namorada da vítima, que estava na garupa, escapou ilesa. Um suspeito foi preso.

Antonio Carlos Tirelli, 32 anos, guarda civil de Santana de Parnaíba, tinha ido buscar sua namorada na casa dela. Quando estavam prestes a sair, foram abordados por dois homens em um Astra vinho, por volta das 19h30.

Um dos ladrões apontou a arma para Tirelli e pediu a moto. O guarda civil, que usava colete à prova de balas, disse que iria pegar o controle do alarme no bolso da calça, mas sacou o revólver. O criminoso disparou quatro vezes: duas balas ficaram no colete, uma perfurou a lateral do tórax e outra atingiu a cabeça da vítima. O ladrão foi baleado uma vez, no ombro.

Tirelli foi levado ao Hospital Pirajussara, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Uma hora depois, Leoni Santos Nolarco, 21 anos, deu entrada no Pronto Socorro de Campo Limpo, na zona sul da capital, ferido no ombro por arma de fogo. Os médicos avisaram a polícia e a namorada da vítima o reconheceu como autor do assassinato.

Nolarco foi preso e encaminhado ao 1º DP de Taboão da Serra, onde teria confessado o crime e indicado o nome do comparsa, segundo o guarda civil Luis Marcelo Borgatto. Até a manhã de hoje, o comparsa não havia sido preso. Um terceiro homem, de moletom vermelho, passou pelo local do crime logo após o tiroteio e furtou a arma de Tirelli, que estava jogada ao lado do seu corpo, segundo testemunhas.

Ex-PM volta a trabalhar após ter prisão temporária revogada

O PM aposentado e advogado Mizael Bispo de Souza, 40 anos, principal suspeito do assassinato da advogada Mércia Nakashima, 28, voltou a trabalhar ontem, em Guarulhos (Grande SP), um dia depois de a Justiça ter revogado a prisão temporária dele. "Amanhã [hoje] eu vou dar todas as explicações no meu escritório, à tarde", disse Souza ontem, por volta das 20h, em frente à sua casa. Ele nega o crime.

Souza não se apresentou ao Fórum de Guarulhos ontem. Um funcionário da sua defesa foi ao local para entregar documentos. "Foi feito um compromisso formal na Justiça para entregarmos um comprovante de residência e de trabalho", afirmou o advogado de Souza, Ivon Ribeiro.

Justiça nega liberdade para Bruno e 6 suspeitos

Um desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais negou ontem uma liminar de habeas corpus (pedido de liberdade) ao goleiro Bruno Fernandes, 25 anos, suspenso do Flamengo, e a outros seis suspeitos de envolvimento na morte de Eliza Samudio, 25, ex-amante do atleta.

Os advogados Ércio Quaresma e sua mulher, Claudineia Calabund, solicitaram a liberação até de um primo de Bruno, Sérgio Rosa Sales, de quem não são defensores.

Os outros habeas corpus são para Dayanne Souza (mulher de Bruno), Elenilson Silva (caseiro do sítio do jogador) e os amigos do atleta Luiz Romão (o Macarrão), Flávio Araújo e Wemerson Souza (o Coxinha).

Na semana que vem, um conjunto de desembargadores vai analisar o mérito dos pedidos dos advogados.

Na solicitação, os defensores falam no princípio da presunção da inocência dos seus clientes e dizem que a carreira de Bruno está sendo prejudicada "em virtude da segregação de sua liberdade, que não se mostra necessária".

Chegou ainda à Justiça um pedido de habeas corpus para Bruno vindo por e-mail do Rio. O autor é João Carlos Augusto Melo, qualquer cidadão pode fazer a solicitação.

Também ontem, a Justiça quebrou os sigilos telefônicos do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos (o Bola), suspeito de matar Eliza, do caseiro Silva, de Coxinha, de Araújo e de um adolescente que está apreendido em Minas.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Chacina é registrada no Perequê-Mirim em Caraguatatuba

Uma chacina foi registrada na noite de ontem 14/07,na rua. Nossa Senhora Aparecida no bairro Perequê-Mirim região Sul de Caraguatatuba.

Segundo a policia, os assassinatos ocorreram após dois individuos armados e encapuzados invadirem um bar e anunciarem um assalto. Durante o crime pelo menos quatro pessoas foram baleadas pelos criminosos que fugiram após o crime.

O aposentado Marcelo da Cruz Lopes de 29 anos e o ajudante Jonatas da Silva Cassimiro de 19 anos morreram no local.

Outras duas pessoas José Carlos de Souza de 31 anos, e Patrick Rodrigues de Jesus de 21 anos, baleados e socorridos e permanecem internados na Casa de Saúde Stella Maris em Caraguatatuba.

De acordo com informações da policia, algumas das vitimas tinham passagem pela policia, por isso não é descartada a hipótse de vingança ou acerto de contas como motivação do crime.

A rua onde ocorreu o crime é conhecida por possuir vários pontos de drogas, e ainda neste local várias assassinatos já ocorreram.

Mulher cheira cocaína dentro da delegacia ao ser ouvida por suspeita de furto

Uma situação atípica chamou a atenção da equipe policial do 2º DP em Boiçucanga, na Costa Sul, ontem pela manhã. Uma mulher surpreendeu os policiais ao fazer uso de cocaína dentro da delegacia, enquanto aguardava para prestar um depoimento.

A falta de respeito da usuária de entorpecentes causou a indignação dos policiais. Ela havia sido intimada pela polícia para esclarecer um furto de bicicleta ocorrida no mês passado e acabou sendo intimada por porte de drogas.
Conforme explicou o chefe da investigação Ricardo Marques, foi um caso inusitado. Ele conta que A.T.S., 36 anos, é conhecida no bairro por ser usuária de drogas e foi apontada como a responsável pelo furto de uma bicicleta no shopping localizado em Boiçucanga no dia 23 de junho.

Os investigadores conseguiram localizar a mulher, que foi intimada a prestar esclarecimentos sobre o furto. Enquanto A.T.S. esperava na delegacia, ela tirou um papelote de cocaína do bolso e cheirou na sala da investigação. De imediato ela foi autuada. Logo após o ocorrido ela se mostrou arrependida e começou a chorar, explicando também que já havia devolvido a bicicleta ao proprietário. Agora, ela responderá em liberdade por dois crimes: o furto da bicicleta e o porte de entorpecentes.

Corretor morto em Praia Grande poderia ser alvo de sequestro

Um corretor e investidor do ramo imobiliário, de 52 anos, foi morto a tiros e o filho dele, de 22, ficou ferido depois que cinco homens, dois deles armados, invadiram a residência das vítimas localizada no bairro da Aviação, em Praia Grande. A suspeita, de acordo com a Polícia Civil, é de que os marginais sequestrariam um dos membros da família. Uma granada, sem carga explosiva, foi deixada no local do crime.

De acordo com as informações da delegada Claudia de Santana Barazal, da Delegacia Sede da Cidade, a execução ocorreu depois que um vizinho, assustado com a movimentação estranha, alertou o corretor de que a casa dele estaria sendo invadida. Ele, que estava na rua, voltou para o local com o filho segurando um facão. No momento em que eles entravam pela parte de trás do imóvel, com a intenção de surpreender os bandidos, a vítima fatal foi atingida por dois tiros, um na barriga e outro na região lateral do abdômen. O rapaz uma levou bala de raspão no braço.

Simultaneamente, a mesma testemunha que alertou os vizinhos chamava a polícia. No momento em que ela falava ao telefone com um oficial do Centro de Operações da PM foram ouvidos os disparos e a gritaria. Viaturas foram deslocadas até o local, mas os cinco suspeitos conseguiram fugir em um carro escuro, de marca e modelo não identificados.

A delegada acredita que são poucas as chances de que o crime se enquadre em um latrocínio, quando existe roubo seguido de morte. A polícia encara o caso como uma tentativa de sequestro. "Os autores do fato conheciam a rotina da família e o local do crime, já que eles invadiram a residência por um acesso pouco utilizado", explicou ela.

Além disso, os marginais deixaram diversos indícios de que teriam ido ao local sequestrar alguém. Toucas pretas e uma granada dentro de uma mochila foram encontradas pelos investigadores e peritos da Polícia Civil. "A ideia seria intimidar as vítimas", disse a delegada.

Ainda não há informações dos suspeitos, mas sabe-se que eram cinco homens, pelo menos dois deles estariam armados com revólveres. O caso segue em investigação pelo DP Sede de Praia Grande a partir das pistas deixadas e pelo veículo utilizado para fuga.

O Esquadrão Anti-Bombas do Batalhão de Operações Policiais Especiais da Polícia Militar da capital paulista foi acionado devido a granada deixada pelos bandidos. Uma equipe veio imediatamente até a região para atender a ocorrência.

A operação que começou no final da noite de quarta-feira e terminou nesta madrugada não deixou nenhum ferido. Após análise, descobriu-se que o artefato não possuía carga explosiva, o que aumenta a tese da polícia de que ele seria utilizado apenas para intimidar as vítimas.

Motorista é achado morto a tiros caído no chão em São Bernardo do Campo

Um homem, identificado como José Carlos Santos Santana, foi encontrado morto com vários tiros ao lado de seu veículo na região central de São Bernardo do Campo, cidade do ABC paulista. Segundo a perícia, ao que tudo indica, a vítima foi baleada dentro do carro e tentou deixar o local a pé, mas acabou caindo e morrendo no local. Foram encontradas pelos policiais perfurações de tiros no teto do carro e na porta do lado do motorista.

Não se sabe ainda se José Carlos, que, segundo parentes voltava do serviço, foi vítima de assaltantes ou se o homicídio trata-se de um crime premeditado. Aparentemente nada foi levado da vítima de 42 anos.

Apesar do horário da ocorrência e do movimento de veículos e pessoas na região da cidade, não há testemunhas. O caso foi registrado como homicídio no 1º Distrito Policial do município.

Preso no Paraná um dos maiores traficantes de drogas da América Latina

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira, no Paraná, Carlos Cabral, o maior traficante de maconha do Paraguai e um dos maiores da América do Sul. O criminoso era responsável pelo envio de grandes carregamentos da droga para o Brasil.

Em escutas telefônicas, a polícia descobriu que Cabral iria deixar a Argentina para levar o filho ao médico, na cidade de Planalto, no sudoeste paranaense. Ele foi preso na casa de um amigo. Outras 11 pessoas da quadrilha também foram presas, sendo que cinco delas são parentes do traficante. Entre os detidos, um policial rodoviário estadual - eles serão transferidos para Curitiba.

O traficante tinha três documentos de identidade. Na Argentina, no Paraguai - onde nasceu - e também no Brasil. Ele vinha sendo investigado havia mais um ano, e há 2 meses a polícia já havia armado o cerco. Só faltava atravessar a fronteira e vir pro Brasil.

“Nós vamos fazer o encaminhamento das mercadorias apreendidas e também dos presos para a Superintendência do Estado do Paraná, considerando a periculosidade dessa quadrilha e a proximidade que nós estamos aqui do Paraguai”, esclarece o delegado da Polícia Federal, Érico Sacconato.

Em um ano, a polícia apreendeu 32 toneladas que seriam da organização criminosa do paraguaio. Na disputa pelo controle do tráfico, Cabral travou, em 2002, uma guerra com o brasileiro Fernandinho Beira-Mar que resultou na morte de mais de 40 pessoas. Cabral acabou conseguindo o controle do tráfico no Paraguai.

Passageiro é morto em assalto a micro-ônibus

Um homem de 26 anos morreu ao ser atingido por uma bala perdida após um assalto a um micro-ônibus, em Campinas (93 km de SP), na tarde de anteontem.

O tiro foi disparado quando um guarda municipal tentava desarmar o suspeito do roubo a bala atingiu um passageiro, que carregava a filha de três anos no colo.

Segundo a polícia, Anderson Batinga da Silva, 32 anos, invadiu um micro-ônibus da linha 369, no centro da cidade, e fez um "arrastão", levando carteiras e celulares de pelo menos quatro passageiros. Após o crime, ele desceu do veículo e entrou em um segundo micro-ônibus, da linha 356, com o objetivo de fugir.

Justiça revoga a prisão temporária de ex-PM

A Justiça revogou ontem a prisão temporária (decretada no último sábado) do advogado e PM aposentado Mizael Bispo de Souza, 40 anos, principal suspeito da morte da advogada Mércia Nakashima, 28 anos, sua ex-namorada. Com a decisão judicial, Souza não é mais considerado foragido e poderá responder ao processo em liberdade.

A professora Janete Nakashima, 53 anos, mãe de Mércia, passou mal ao saber da decisão, segundo seu filho Márcio.

O juiz Jayme Garcia dos Santos Junior, da Vara do Júri de Guarulhos (Grande SP), também negou o pedido de prisão preventiva, feito pelo promotor Rodrigo Merli Antunes. Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, a decisão torna sem efeito o habeas corpus (pedido de liberdade) impetrado, anteontem, pelo advogado Samir Haddad Junior, defensor de Souza.

Polícia acha sangue e cabelos no sítio de Bruno

A polícia anunciou ontem ter encontrado sangue humano em um colchão do sítio do goleiro Bruno Fernandes, 25 anos, em Esmeraldas (região metropolitana de Belo Horizonte). O atleta é suspeito de envolvimento na morte de sua ex-amante Eliza Samudio.

Exame de DNA vai determinar se a substância é da mulher, que está desaparecida. Também serão analisados fios de cabelo colhidos no sítio.

O sangue foi achado no quarto em que Eliza foi mantida em cárcere privado, segundo Sérgio Sales, primo de Bruno. Também suspeito de envolvimento no crime, Sales havia ajudado a polícia em uma busca anterior, realizada anteontem.

Se confirmado como de Eliza, o sangue será a terceira prova material do crime (além do sangue no carro do goleiro e de um álbum queimado com fotos que parecem ser do filho de Eliza --ela dizia que o bebê, de cinco meses, era fruto de relacionamento com Bruno.

A polícia também vai periciar pedaços de concreto e um computador retirados ontem da casa do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola (suspeito de matar Eliza), em Vespasiano (MG).

Na casa de Bola, a polícia chegou a afirmar, ontem, que havia cheiro de cadáver, mas constatou, depois, que era de esgoto.

Na tentativa de achar o corpo de Eliza, a polícia recorreu a um equipamento de radar.

Chamada de GPR, a máquina lança ondas eletromagnéticas em direção ao solo e as recebe de volta em uma antena, gerando uma imagem do que pode estar enterrado.

O radar pode localizar fosseis enterrados em sítios históricos. Um cão farejador da PM e dez bombeiros também participaram da buscas.

Ontem, o adolescente de 17, primo de Bruno, foi novamente ouvido. Ele continua preservando o atleta. A polícia vai intimar uma outra ex-amante de Bruno, Fernanda Sales, que pode ter participado do sequestro de Eliza no Rio.