quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Homem mata ex-namorada de 15 anos a facadas em Atibaia

Um rapaz, de dezessete anos, matou a ex-namorada, de quinze anos, em Atibaia. O crime aconteceu no bairro Alvinópolis.

A jovem, de 15 anos, saiu da escola e seguia para a casa dos tios. No caminho foi abordada pela ex namorado. Houve discussão e adolescente foi esfaqueada. Segundo a família, a menina se mudou para Atibaia há dois meses porque não queria mais continuar o relacionamento.

A vítima foi socorrida até a Santa Casa de Atibaia, mas não resistiu aos ferimentos. O ex namorado tem 17 anos e era cobrador de ônibus em São Paulo. Ele foi detido em flagrante por homicídio e a faca usada no crime foi apreendida.

Como é menor de idade, o rapaz foi levado para a delegacia e colocado à disposição da Vara de Infância e Juventude de Atibaia.

Polícia prende acusado de tentar estuprar garota de 17 anos nas Pitangueiras

Um homem de 34 anos foi preso em flagrante na tarde desta quarta-feira, em Guarujá, acusado de tentar estuprar uma garota de 17 anos. O crime, que não chegou a ser consumado, ocorreu nas Pitangueiras. A vítima passa bem e O indiciado já está na Cadeia Pública.

Uma viatura da Polícia Militar que fazia ronda nas imediações foi abordada pela garota nas esquinas da Rua Puglisi com a Rua Washington. Ela pediu ajuda e disse que um homem, não identificado, a abordou momentos antes. Depois de tocá-la, ele tentou tirar a roupa dela, que conseguiu fugir.

A adolescente entrou na viatura e passou a fazer buscas com os policiais pela região. Em determinado ponto, o acusado foi encontrado. Detido, o homem foi encaminhado para a Delegacia dos Direitos da Mulher da Cidade, onde acabou indiciado por tentativa de estupro. Ele está preso.

Polícia prende homem acusado de mandar executar ex-mulher com banho de ácido

Com golpes de faca e um banho de ácido, Elessandro Lino dos Santos, de 35 anos, tentou matar uma dona de casa, no apartamento onde a vítima reside, em São Vicente. O mandante do crime, segundo a polícia, foi o ex-marido da vítima, o funileiro Sílvio Estácio Aparecido dos Santos, de 37 anos.

Residindo atualmente em Guarujá, Sílvio causou estranheza aos familiares de Tatiana Correa da Silva, de 30, ao visitá-la. A mulher mora no conjunto da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU), no Samaritá, e foi atacada por Elessandro logo após a saída de Sílvio.

Averiguando possível relação entre a visita de Sílvio e a investida de Elessandro, policiais militares obtiveram do executor a confissão de que o funileiro fora o mentor da tentativa de homicídio. Os dois homens foram presos e autuados em flagrante pelo delegado Juvenal Marques Ferreira Filho. A vítima não corre risco de morrer.

Elessandro relatou à polícia que Sílvio lhe contratou para “dar um fim” em Tatiana, mas não ficou estipulado o valor pela empreitada criminosa. Para o sucesso do crime, o funileiro visitou a ex-mulher e ao sair, deixou a porta do apartamento aberta. Logo em seguida, o acusado entrou na moradia e tentou golpear Tatiana.

Ao se defender, a mulher teve a mão cortada. Sobre a sua cabeça, ainda foi jogado ácido acondicionado em um balde. O agressor, que fugiu logo em seguida, foi capturado pela polícia durante a fuga.


Antes de ser desmascarado por Elessandro, o funileiro retornou ao apartamento da ex-mulher, como se não soubesse de nada. Quando os PMs chegaram ao imóvel e se depararam com a vítima sangrando na mão, Sílvio já estava lá. Após a revelação do executor do crime, os policiais só tiveram o trabalho de lhe dar voz de prisão e conduzi-lo à Delegacia de São Vicente.

Irmão de deputado é morto ao sair de agência

O empresário Ali Said Mourad, 51 anos, irmão do deputado estadual Said Mourad (PSC), membro da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, foi morto ontem em um latrocínio (roubo seguido de morte), em Heliópolis (zona sul de SP).

Ali Said, segundo a assessoria do deputado, foi baleado com um tiro nas costas na saída de um banco --ele tinha deixado uma agência bancária no trecho urbano da rodovia Anchieta.

O empresário foi socorrido no Hospital de Heliópolis, mas morreu depois de ser operado. Ali Said foi atacado por dois homens em uma moto. Os ladrões acreditavam que ele havia sacado dinheiro, mas, na verdade, ele havia ido fazer depósitos. Os criminosos fugiram.

Na noite de ontem, Fernando Trevinio Gonçalves, 26 anos, um dos acusados pelo crime, foi preso. Ele não tinha advogado até a conclusão desta edição.

Ali Said é a terceira vítima morta por ladrões na última semana na capital.

Há uma semana, o advogado Antonio Carlos Rodrigues Ribeiro, 71 anos, foi morto por um ladrão na região da Sé (centro), depois de sacar R$ 4.000. A polícia prendeu um acusado pelo latrocínio.

Segunda-feira, André Luis Dantas de Souza, 37 anos, foi morto numa tentativa de assalto em frente a uma agência bancária no Tatuapé (zona leste de SP).

Na comparação entre 2009 (100 casos com 101 vítimas) e 2010 (76 casos e o mesmo total de mortos), os latrocínios caíram 24% na capital, segundo as estatísticas do governo paulista.

Pela gratuidade da violência dos criminosos, o latrocínio é um dos crimes que mais assustam a população.

Na maior parte dos latrocínios em 2010, o crime foi cometido por 'desconhecidos' --conforme registrado no boletim de ocorrência.

Dos 76 latrocínios, em 60 (79%) não havia informação sobre o(s) criminoso(s).

Desde 31 de janeiro, a reportagem pede à Secretaria de Estado da Segurança Pública dados dos principais tipos de crime em cada uma das regiões da capital, mas a pasta não fornece os dados públicos. Também não revela quantos dos 76 latrocínios na capital em 2010 foram solucionados pela polícia.

Homem tenta matar zelador a facadas

Um zelador, identificado apenas como Jailton, de 37 anos, quase foi morto a facadas por um homem desconhecido na manhã desta quinta-feira na Enseada, Guarujá. O crime aconteceu diante da mulher da vítima.

Conforme informações da Polícia Militar, a testemunha acionou o 190 pouco antes das 7 horas. No local da ocorrência, um apartamento na Rua Inácio Miguel Estéfano, próximo a um hotel, os oficiais encontraram o zelador caído no chão da sala com diversas perfurações pelo corpo.

A esposa da vítima disse que acordou com gritos de ajuda de Jailton. Quando ela o encontrou, viu um homem, não identificado, ferindo o marido com uma faca de cozinha. Em seguida, o suspeito fugiu sem deixar pistas do paradeiro. A vítima foi encaminhada ao Hospital Santo Amaro.

A arma do crime foi deixada no local. Durante a manhã, a perícia criminal da Polícia Civil esteve no imóvel para apurar as circunstâncias da tentativa de homicídio. O motivo ainda é desconhecido. O caso será investigado na Delegacia Sede da Cidade.

Estelionatários que se passavam por 'caça talentos' são presos

Três estelionatários que se passavam por 'caça talentos' do futebol foram presos na noite desta quarta-feira, em Campo Mourão (PR), na região Central do Paraná. Eles faziam parte de uma quadrilha de Guarapuava e foram presos em um hotel, onde fariam uma reunião com pais para definir os detalhes de uma seletiva de jogadores.

De acordo com a polícia, para os jovens participarem, os pais precisavam levar uma lata de leite em pó para fazer a inscrição dos meninos. Depois tinham que vender cinco ingressos no valor de R$ 10 para que os filhos pudessem jogar na etapa inicial. Os aprovados nesta fase teriam que pagar R$ 1500 para que o jovem participasse de um jogo especial, com a presença de olheiros de vários clubes brasileiros.

A polícia apreendeu materiais publicitários que eram distribuídos por toda a região para atrair participantes, e estima que centenas de famílias da região caíram no golpe. O líder da quadrilha está foragido.

PF apreende 121 quilos de cocaína em hotel e prende quatro


A Polícia Federal em São Paulo apreendeu 121 quilos de cocaína e prendeu em flagrante quatro homens, na última terça-feira. A ação aconteceu num hotel localizado na Avenida Senador Teotônio Villela, na região de Interlagos, onde foram presos 2 equatorianos, 1 brasileiro e 1 uruguaio. Eles negociavam a entrega de grande quantidade de cocaína, que se encontrava no fundo falso de um veículo com placas do Equador.

As investigações foram iniciadas após a PF ter recebido informações de que estrangeiros tentavam negociar a droga na capital paulista. Após confessarem o crime, os homens foram presos em flagrante e responderão pelo crime de tráfico internacional de drogas, cuja pena varia de 5 a 15 anos de reclusão.

Estudante é morto a tiros em bar ao lado de faculdade em São Paulo

Um estudante de 22 anos da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) foi executado a tiros na noite de quarta-feira, em um bar ao lado da faculdade, na Bela Vista, região central de São Paulo. Outro aluno, de 23 anos, também foi atingido e permanece internado em estado grave no Hospital das Clínicas.

Ambos estavam em uma mesa na calçada quando dois homens chegaram em uma moto, atiraram pelo menos quinze vezes na direção dos jovens e fugiram sem levar nada. Júlio César Grimm Bakri morreu antes de chegar ao hospital. Ele era de Curitiba e cursava o 4º ano do curso de Administração de Empresas. Seu colega Christopher Akiocha Tominaga, também do 4º ano de Administração, passou por cirurgia e seu estado é estável.

Segundo testemunhas, os criminosos chegaram em uma moto preta, desceram sem tirar o capacete e entraram no bar, na Avenida Nove de Julho. Instantes depois, saíram com as armas em punho e abriram fogo contra as vítimas uma das armas era uma pistola ponto 45, de uso exclusivo do Exército. Três estudantes que também estavam na mesa se refugiaram no bar.

O delegado Ricardo Prezia, do 4º Distrito Policial, na Consolação, conversou com amigos das vítimas e o dono do estabelecimento - todos disseram que os estudantes não aparentavam ter inimigos. Na delegacia, o irmão de Tominaga contou que o rapaz se envolveu há cerca de um mês numa briga em um bar no Bexiga, também na região central, após desconhecidos provocarem sua namorada.

Ex-jogador do Flamengo joga bola com amigo em presídio

O goleiro Bruno, acusado de participação na morte da ex-amante Eliza Samúdio, jogou bola nesta quarta-feira na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, segundo a Secretaria de Defesa Social (Seds) de Minas Gerais.

Foi a primeira vez, segundo a secretaria, que Bruno praticou futebol no Nelson Hungria, onde está preso desde julho de 2010. Bruno era jogador do Flamengo na época.

O jogo foi com o amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, que também está preso no mesmo pavilhão. De acordo com a secretaria, um terceiro detento também participou da atividade, que foi feita durante o banho de sol à tarde, das 14h às 16h.

De acordo com a secretaria, o goleiro usou caneleiras, meiões e uma bola diferenciada das oferecidas aos outros detentos. A Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) avaliou, na segunda-feira, que a permissão para que o goleiro usasse materiais esportivos para atividades físicas na hora do banho de sol não coloca em risco a segurança do presídio. Segundo a Seds, além do uso do material esportivo, Bruno não tem mais nenhuma regalia, se comparado a outros detentos, e faz a atividade em espaço e tempo compartilhado com outros presos.

Uma determinação do 1º Tribunal do Júri de Contagem, assinada pela juíza Marixa Fabiane Lopes, já havia permitido que o pedido do advogado do goleiro, Cláudio Dalledone, fosse atendido. Mas faltava a avaliação da Suapi, que foi dada nesta segunda-feira. De acordo com a secretaria, a prisão já oferece algumas bolas para os detentos se exercitarem durante o banho de sol.

O ex-jogador está preso e é réu no processo relacionado à morte de Eliza Samudio, ex-amante, e com quem, segundo a própria Eliza, teria um filho. Outros três réus no processo também estão presos, entre eles o amigo Macarrão; o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola; e o primo de Bruno, Sérgio Rosa Sales.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Delegado da Polícia Civil de Cubatão flagra assalto em Santos e prende bandidos

O delegado da Polícia Civil de Cubatão, Angel Gomes Martinez, frustrou um assalto a um casal na Avenida Bernardino de Campos, no Canal 2, em Santos. Dois bandidos abordaram as vítimas que andavam pela via.

O crime ocorreu pouco depois das 3 horas desta quarta-feira. Coincidentemente, tanto as vítimas, um homem, de 23 anos, e uma mulher, de 20, como o delegado, tinham acabado de sair da Santa Casa de Santos. Eles não se conheciam e estavam acompanhando parentes internados.

O casal caminhava pelo Canal 2, quando foi abordado por dois homens, os ajudantes Rodrigo Luiz da Silva, 30 anos e Jeferson Alves dos Santos, de 29. Um deles estava com armado e anunciou o assalto. Metros antes, o policial, que estava dirigindo o próprio carro, percebe a ação e parou.

Angel se identificou e conseguiu deter os acusados. Eles já tinham recolhido dinheiro, joias e relógios das vítimas. Na abordagem, o policial viu que o revólver era de brinquedo. A Polícia Militar, ao ser acionada, prestou apoio a ocorrência.

Os acusados foram levados para a Central de Polícia Judiciária de Santos, onde prestaram depoimento e foram presos em flagrante. A ocorrência não deixou feridos. Ao verificar os antecedentes, a polícia verificou que Rodrigo era procurado pela Justiça. O motivo é desconhecido.

Após crise de ciúmes, homem é preso ao espancar a própria mulher em Santos

Um homem de 28 anos foi preso em flagrante na madrugada desta quarta-feira, em Santos, depois de agredir a própria mulher de 33. O crime ocorreu no apartamento do casal, localizado na Rua Barão de Paranapiacaba, na Encruzilhada. O acusado foi liberado nesta manhã, após pagar fiança.

Conforme registro da Polícia Civil, os envolvidos apresentaram versões diferentes e conflitantes, mas que culminaram na agressão contra a mulher.

Ela foi espancada com socos e chutes e ficou com diversas escoriações espalhadas pelo corpo. Foi necessário a realização do exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de Santos.

A agressão não foi presenciada por outra pessoa além dos envolvidos, mesmo assim o acusado foi enquadrado na Lei Maria da Penha, depois de constatada a agressão. Ele não tinha passagem pela polícia e nunca havia cometido algo semelhante.

Em depoimento, o acusado disse à delegada que ao chegar em casa, depois do trabalho, por volta da 0h30, flagrou a esposa conversando, por um programa de bate-papo, pela internet com outro homem. Ao pedir explicações, ele se revoltou e a agrediu.

A vítima, por sua vez, disse que uma pessoa, não identificada, havia dito ao marido que ele estava sendo traído. Segundo ela, o homem surtou e, mesmo após explicações e garantia de que isso não acontecia, ele a espancou.

O acusado foi detido em flagrante, mas, no início da manhã, familiares estiveram no 1º Distrito Policial de Santos e pagaram a fiança de pouco mais de R$ 300,00. Ele foi liberado em seguida.

Maranhense é espancado na região da Paulista

A região da avenida Paulista foi palco de mais uma agressão na madrugada de domingo. Desta vez, a vítima foi um homem de 59 anos, gerente de uma empresa de dedetização, que ia a pé da Bela Vista para casa, em Pinheiros (zona oeste), após sair de um bar onde estava com amigos.

João Batista Reis Freitas, nascido no Maranhão e morador de São Paulo desde 1972, diz acreditar que foi agredido por ser nordestino.

Ele conta que estava na alameda Santos, na esquina com a rua da Consolação, por volta das 3h, quando um grupo de oito a dez jovens se aproximou. Um deles o empurrou. Freitas tentou se defender, mas os demais membros do grupo, segundo o gerente, começaram a agredi-lo com chutes e ele caiu no chão.

Polícia prende empreiteiros suspeitos de usar trabalho escravo

Três empreiteiros foram presos nesta terça-feira pela Polícia Federal em Campinas, a 93 km de São Paulo, por suspeita de manter 26 operários em regime de trabalho escravo. Eles estavam em um alojamento com péssimas condições de higiene.

Foi por meio de uma denúncia de um morador do bairro que a Guarda Municipal chegou ao alojamento. Os operários foram aliciados no interior do Maranhão para trabalhar na construção civil. Eles pagaram R$ 230 para viajar em um ônibus clandestino sem condições de segurança.

Os homens saíram de casa com a promessa de ganhar mais de R$ 2 mil por mês. Ao chegarem a Campinas, foram parar no alojamento improvisado. A maioria não tinha cama para dormir.

Os operários eram mantidos no local ainda em reformas desde domingo. O empreiteiro que os atraiu disse que eles estavam mal alojados porque chegaram antes do programado.

Com a chegada da PF, ficou constatado que os operários eram submetidos a condições de trabalho escravo. Três pessoas foram presas. De acordo com a polícia, os empreiteiros trabalham para a empresa Mestra Engenharia.

Os trabalhadores foram levados para um hotel em Campinas, e ainda não sabem quando vão voltar para casa. A Mestra Engenharia não foi encontrada para comentar o caso. A construtora Goldfarb, responsável pela obra, comprometeu-se a pagar o hotel para os trabalhadores.

Adolescente é baleada em Cubatão

Uma adolescente de 14 anos foi baleada no início da tarde desta terça-feira na Vila dos Pescadores, em Cubatão. Segundo a polícia, a jovem foi atingida com um tiro no braço.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a menina foi atingida enquanto conversava com uma amiga na calçada de uma das ruas do bairro. Próximo a elas, indivíduos manuseavam armas de fogo quando um tiro foi disparado e feriu o braço da garota. Esse projétil pode ter alcançado outras partes do corpo.

Socorrida ao Pronto-Socorro Central da Cidade, a jovem foi submetida a uma cirurgia no fígado. A família da adolescente alega que ela foi baleada no braço, no fígado e em uma outra parte do corpo não especificada.

O caso foi registrado no 2° DP de Cubatão. Ninguém foi capturado pelo crime. Pessoas que tenham informações que possam ajudar a polícia nas investigações podem entrar em contato por meio do telefone 3364-2513. Não é preciso se identificar para fazer denúncias.

Acusado de matar irmão a facadas é preso em Franco da Rocha

Um operador de telemarketing, de 31 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) após matar a facadas o irmão dele, um ajudante, de 27, na madrugada desta terça-feira. O crime ocorreu em uma residência, na Avenida Israel, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo.

A mãe dos rapazes procurou a base da PM para apresentar o operador de telemarketing, que havia esfaqueado o ajudante. Os policiais militares foram até a casa e encontraram o jovem com diversos ferimentos na cabeça e no corpo. De acordo com o acusado, o irmão foi morto após uma discussão sobre o alto volume da televisão.

O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas o ajudante não resistiu aos ferimentos. A mãe, em estado de choque, foi socorrida ao Hospital do Juquery, onde permanece em observação.

O operador de telemarketing foi preso em flagrante, levado à Delegacia de Franco da Rocha e indiciado por homicídio qualificado consumado. Ele foi encaminhado à Penitenciária III de Franco da Rocha, onde permanece preso, à disposição da Justiça.

Professora acusada de traficar drogas vai entrar na Justiça contra o Estado

A defesa da professora Angélica Jesus Batista, que recebeu voz de prisão após policiais confundirem um tablete de rapadura com crack em Santa Cruz do Rio Pardo, a 378 km de São Paulo, irá entrar na Justiça contra o Estado. O advogado José Beraldo afirmou que irá alegar abuso de autoridade na ação de danos morais.

Na sexta-feira, a professora estava dentro de um ônibus que foi revistado pelos policiais. Com informações de que uma mulher iria transportar drogas de São Paulo até a cidade, eles revistaram vários veículos em uma base da Polícia Rodoviária.

Em um dos coletivos parados durante a operação, eles encontraram o tablete dentro da bolsa da professora e pensaram que era droga. A polícia deu voz de prisão ainda dentro do veículo. A mulher chegou a ser algemada.

No fim de semana, o delegado seccional de Ourinhos, Amarildo Aparecido Leal, disse que os policiais agiram conforme procedimento padrão diante da situação, mas que, mesmo assim, o caso será investigado. “Essa avaliação que foi feita pelos policias é que pode ser avaliada. Em principio foi um procedimento padrão, até para garantir a segurança dos policiais e dos demais passageiros”, disse.

O defensor afirmou discordar com o procedimento adotado pela Polícia Civil. Ele disse que também pretende fazer uma representação na corregedoria e uma notícia crime ao Ministério Público para que um inquérito seja instaurado.

Segundo Angélica, a policial que a abordou disse que era muita droga e a algemou na frente de todo mundo, enquanto ela era retirada do ônibus. Depois, constatou-se o engano. O que os policiais pensavam ser crack era, na verdade, um tablete de rapadura que a professora levava de presente. Em seguida, a professora foi liberada.

Angélica registrou boletim de ocorrência por constrangimento. Uma outra mulher foi presa horas depois em outro ônibus por suspeita de carregar 2kg de crack.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Rapaz é preso após tentar roubar mulher

Na ultima segunda-feira 21/02, por volta dás 18h18min, policiais militares de Caraguatatuba, foram acionados por meio do COPOM na Avenida Piauí no bairro Jardim Primavera para atendimento de ocorrência de roubo.

No local em contato com vítima que informou ter sido abordada por individuo, após anunciar o assalto, com uma das mãos embaixo da camiseta, simulou estar armado utilizando um celular, porém a vítima reagiu, pois percebeu que não havia arma, o meliante diante da reação empreendeu fuga.

Os policiais de posse das informações iniciaram diligências nas adjacências, e localizaram pelo bairro Ponte Seca o desocupado L.S., de 21 anos, que durante abordagem foi pesquisado os antecedentes criminais que constou que este era procurado pela justiça pelo crime de furto.

Diante dos fatos L.S., foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento e autuado em flagrante pelo crime de roubo, ficando recolhido.

Homem é preso por porte ilegal de arma


Na ultima sexta-feira 18/02, por volta dás 22h26min, policiais militares de Caraguatatuba, prenderam individuo armado após serem acionados via 190 para averiguar uma denuncia de um individuo armado.

Em patrulhamento com vistas pela Rua José Benedito de Faria no bairro Ponte Seca, populares apontaram um indivíduo afirmando que o mesmo estaria armado e mataria a esposa.

Os policiais efetuaram abordagem e revista pessoal em P.S.F de 38 anos, localizando um revolver calibre .38 com 03 (três) munições intactas.

Diante dos fatos P.S.F foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento, ficando a disposição da justiça..

Rapaz é preso por tráfico de drogas no Casa Branca

Na ultima quinta-feira 17/02, por volta dàs 11h00min, os policiais militares Tenente Diniz e Sd. Kellermann, prenderam um individuo que estava comercializando droga pela Rua Benedito Antonio de Oliveira Barbosa no bairro Casa Branca

Os policiais avistaram I.A.L de 30 anos em atitudes suspeitas, de imediato a equipe policial efetuou a abordagem e busca pessoal, localizando com I.A.L 60 (sessenta) pedras de crack, logo após os policiais se deslocaram com I.A.L. até sua residência onde localizaram 03 (três) pedras brutas de crack pronta para manipulação.

Ao verificar os antecedentes criminais de I.A.L. foi constatado que era procurado pela justiça e seus os documentos que apresentou eram falsos.

Diante dos fatos I.A.L de 30 anos foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento, sendo recolhido.

Uma Polícia que o povo abomina

Junto a uma sociedade em que se clama por Justiça e que se tem a Policia como arbitrária, corrupta, abusiva e violenta, está entre todas as instituições policiais como exemplo maior de dignidade e disciplina, a figura da Corregedoria da Polícia, espécie de Polícia da Polícia a policiar os atos indevidos, apurando e encaminhando para Justiça os supostos ilícitos penais praticados pelos seus membros. A Corregedoria de Polícia é também o Juízo da Polícia, vez que julga administrativamente os desvios de conduta e as transgressões disciplinares dos componentes da sua instituição.

A Corregedoria de Polícia tem como missão preservar e promover dentre outros, os princípios da legalidade, impessoalidade e moralidade dos atos de gestão, bem como da probidade e responsabilidade dos policiais da sua instituição. No nosso sistema democrático de direito, o bom trabalho da Corregedoria é uma das garantias dos cidadãos de que policiais de má conduta sejam investigados, punidos, advertidos, afastados e enfim, demitidos a bem do serviço público.

Em contra ponto a tais atributos, o Jornal da Band mostrou nesta sexta-feira, 18/02/2011, um caso de humilhação, aparente abuso, desrespeito aos direitos individuais e constitucionais, no qual Delegados e seus comandados representando a Corregedoria de Polícia Civil de São Paulo, tiraram à força a roupa de uma colega Escrivã depois de algemá-la, em busca de provas que supostamente a incriminariam em corrupção ativa. O fato aconteceu no 25° Distrito Policial em Parelheiros, zona sul de São Paulo em 15/06/2009, mas as imagens filmadas foram mantidas em sigilo e somente agora veio a tona para espanto e repudio de grande parte da sociedade brasileira.

A reportagem televisiva teve acesso com exclusividade às imagens gravadas pela própria Corregedoria da Polícia Civil, que mostram o flagrante dado pelos seus integrantes a um suposto crime de concussão praticado então por uma Escrivã de Polícia. Segundo a denúncia, a policial teria recebido R$ 200,00 para ajudar um suspeito a se livrar de um inquérito policial.

A apuração inicial para comprovar a suposta corrupção com a conseqüente prisão em flagrante delito da Escrivã transcorria normalmente e dentro da legalidade até que um Delegado decidiu que a suspeita teria que ser revistada e despida a qualquer custo. Usando dos seus preceitos constitucionais, a Escrivã não se recusou a ordem, mas pediu a presença de policiais femininas para a conseqüente revista.

Entretanto, com o acirramento dos ânimos, a emoção sobrepõe a razão e inclusive é dado também voz de prisão por supostos crimes de resistência e desobediência à revoltada policial, que então algemada indevidamente não restou outra alternativa a não ser relutar em força reduzida contra a ilegalidade e da ação despiram brutalmente a sua calça e calcinha, para enfim ser aparentemente encontrado escondido o dinheiro procurado e almejado, objeto material do suposto crime de concussão.

Assim, o que era para se tornar uma prisão de rotina tão comum em atos correcionais nas unidades policiais do país, transformou-se aos olhos de todos, em flagrante desrespeito aos direitos humanos. A cena daquele corpo vencido seminu, obtida de forma violenta, degradante e cruel, mostrou além do constrangimento, o ultraje a uma Constituição cidadã, uma Constituição que zela acima de tudo pelos direitos do cidadão. A cena feriu de morte todos nós cidadãos brasileiros.

Dos fatos geraram administrativamente a exclusão da suspeita dos quadros da Policia civil paulistana e criminalmente um processo ainda está em andamento na Justiça desse Estado por crime de concussão contra a mesma, enquanto que, para os aparentes e possíveis atos abusivos e lesivos praticados pelos policiais da Corregedoria, restou o procedimento arquivado com aval do Ministério Público e do Judiciário.

É comum a imprensa brasileira divulgar imagens de abusos policiais, torturas em presos, maus tratos contra populares e outras tantas cenas não convencionais, contudo, a comprovação de atos abusivos e lesivos praticados por policiais de alguma Corregedoria de Polícia, o órgão policial exemplo, ainda não havia chegado ao conhecimento público.

É ensinamento precípuo que os Juízes e Corregedores em geral devem agir sempre com moderação e circunspecção refletindo e trabalhando com equilíbrio, razoabilidade e proporcionalidade para que os seus atos sejam considerados justos.

A Polícia representa o aparelho repressivo do Estado que tem sua atuação pautada no uso da violência legitima, contudo, quando se fala em violência legítima, se fala em ordem sob a Lei e não sobre a Lei. O chamado Poder de Polícia que possui a força pública é limitado pela própria Lei e não pode ser ultrapassado sob pena de se praticar o abuso previsto com a conseqüente quebra dos direitos constitucionais inerentes do cidadão.

Bem nos ensina a Professora, Jurista e Escritora CRISTINA BUARQUE DE HOLLANDA, ao discorrer na sua obra “O problema do controle da Polícia em contextos de violência extrema”: “Quando as agencias encarregadas de manter a lei e a ordem descambam para a arbitrariedade e para o comportamento desregrado, instalam inconscientemente o risco de instabilidade do Estado, periclitando suas instituições. Por certo que se alguma margem de desvio do universo formal não compromete a normalidade da rotina de funcionamento do Estado, os contextos de grave disparidade entre desempenho ideal e real das polícias podem alcançar efeitos devastadores de controle na dinâmica de legitimação da ordem pública”.

Em verdade a filmagem mostra, além do brutal e inconcebível ato contrário ao nosso regime democrático de direito, um excesso desnecessário dos Delegados e seus comandados correcionais. Comprovaram que todos são despreparados e atrabiliários. Não restaram equilíbrio e razoabilidade na presente ação policial. Afinal a Escrivã só não queria passar pelo constrangimento de ficar nua na frente de homens, um justo direito. Tudo poderia ser resolvido sem maiores prejuízos com a chamada ao feito de uma

Delegada e suas agentes policiais para fazer a revista designada e necessária ali mesmo naquela delegacia, ou então conduzirem a Escrivã suspeita até a Corregedoria de Polícia para as medidas legais e pertinentes, o que em absoluto em nada prejudicaria o flagrante.

Medidas devem ser adotadas, administrativamente e judicialmente para que a ordem seja resgatada na Policia civil de São Paulo, sob pena de serem abertos precedentes idênticos nas demais Corregedorias de Policia do Brasil.

(*Delegado de Polícia. Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Segurança Pública pela UFS. Exerceu o cargo de Corregedor-Geral de Polícia civil de Sergipe em duas ocasiões) archimedes-marques@bol.com.br

Rapaz de 18 anos é morto por colega durante briga em São Vicente

O estudante Thyago Vinicius da Silva Oliveira, de 18 anos, morreu no início da noite desta segunda-feira, em decorrência de graves ferimentos na região da cabeça. Ele foi agredido por um colega, de mesma idade, mas de nome não informado, na Praça Jorge Amado, Jóquei Clube, em São Vicente. A disputa por uma garota foi o motivo do crime.

O rapaz acusado de espancar Thyago conseguiu fugir e já está sendo procurado pela Polícia Civil. Na Delegacia Sede da Cidade, onde testemunhas prestaram depoimento, o tio do agressor disse aos investigadores que não sabia do paradeiro dele, da mesma forma que não tinha conhecimento do real motivo da briga.

Segundo apuração prévia, descobriu-se que a vítima teve um desentendimento com um colega porque ambos tinham interesse em uma garota e disputavam a atenção dela. O agressor, então, pegou um pedaço de madeira e espancou o estudante com diversas pauladas.

Thyago foi levado ao Pronto Socorro da região, mas os médicos não conseguiram controlar o quadro de saúde dele, devido aos profundos ferimentos na cabeça. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Santos para realização de exames necroscópico.

Homem é esfaqueado e morto após briga no Pernambuco

Uma briga terminou em assassinato no Pernambuco, em Guarujá. O autônomo Rafael Martins, de 27 anos, foi morto com uma facada no pescoço, no domingo.
O empresário Alessandro Rebello, de 37 anos, foi acusado pelo crime.

Inicialmente, ele alegou aos policiais ter sido vítima de um roubo. Depois disse o que ocorreu realmente.

Como Alessandro se apresentou espontaneamente, não foi detido em flagrante. A tese de legítima defesa será analisada durante inquérito policial.

O crime aconteceu por volta das 6 horas na esquina da Avenida Marjory Prado com Rua das Hortências.

Uma equipe da PM foi até o local e, em primeiro contato com o empresário, ele alegou que estava de moto quando foi abordado por uma pessoa, armada com uma faca, anunciando um assalto. Alessandro alegou ter reagido e chamado a polícia, que o levou até a Delegacia Sede de Guarujá.

Na unidade policial, Alessandro disse que havia mentido. Na verdade, o empresário disse então que estava perto de um bar quando viu uma briga generalizada.

O acusado disse que atravessou a rua e houve nova briga. Como ele estava sozinho e Rafael teria ficado com a mão no bolso, Alessandro afirmou ter dado apenas uma facada em Rafael para proteger sua integridade física. Rafael foi atingido no pescoço.

Em seguida, acreditando que poderia ser linchado, o acusado acionou a PM e foi até a delegacia.

Rafael foi socorrido por populares e encaminhado ao Hospital Santo Amaro. Ele não resistiu ao ferimento e morreu. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarujá para realização de exame necroscópico.

Aposentado morre durante assalto em pescaria no interior de São Paulo

Um aposentado de 67 anos morreu durante um assalto na tarde desta segunda-feira às margens de um rio em Piracicaba, a 160 km da capital paulista. Segundo uma testemunha que estava na margem oposta do rio, ele havia deixado a moto perto do Rio Piracicaba, onde pescava, quando foi abordado por dois homens com capacetes. A vítima teria reagido e brigado com um dos assaltantes, que atiraram contra ele. A testemunha ouviu pelo menos cinco disparos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e os bombeiros foram chamados para prestar socorro, mas o aposentado não resistiu. O telefone celular da vítima sumiu. A polícia não sabe se o aparelho caiu no rio ou se os criminosos levaram o celular. Os assaltantes não levaram a moto da vítima, que foi encaminhada para o pátio da polícia.

Dois quilos de maconha são encontrados dentro de túmulo

A Polícia Militar (PM) encontrou cerca de dois quilos de maconha dentro de um túmulo, nesta segunda-feira, em um cemitério de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. De acordo com a PM, o local é usado por usuários e pessoas envolvidas com o tráfico de drogas.

A ação da polícia ocorreu depois de uma denúncia anônima. Segundo a PM, os militares receberam uma ligação informando que o cemitério era constantemente usado para o consumo de drogas durante a noite.

Os policiais revistaram diversos túmulos violados e, em um deles, encontraram as drogas. De acordo com os militares, o esconderijo fica na parte antiga do cemitério e o mato alto facilita o uso do local para armazenamento das substâncias.

Segundo a PM, os nomes de alguns suspeitos foram reconhecidos e eles vão ser investigados. A polícia informou que, de acordo com testemunhas, o grupo teria entre 15 e 20 integrantes.

Mulher tenta impedir prisão do ex-marido no Litoral Sul

Policiais de Sorocaba localizaram nesta segunda-feira, escondido em Peruíbe, o mecânico Marcelo Batista Cardoso, de 31 anos, acusado de espancar brutalmente sua ex-mulher, Simone Rozires de Assis, de 31 anos, e a mãe dela, Maria de Lourdes Assis, de 68.

Cardoso estava com prisão decretada por tentativa de homicídio e era procurado desde o mês passado. Para surpresa dos policiais, ele estava escondido na casa de praia da própria vítima, na companhia da ex-mulher. Simone ainda tentou enganar os policiais para impedir a prisão do acusado.

As agressões ocorreram no dia 3 de janeiro porque o mecânico não aceitava a separação. Eles eram casados havia sete anos, mas estavam separados há três meses porque o marido proibia que a mulher trabalhasse fora de casa. Simone recebeu socos, pontapés e golpes com um cabo de vassoura. Sua mãe interveio e também foi agredida.

Quando as duas mulheres saíram para pedir ajuda, o acusado avançou com o carro sobre a calçada e as atropelou. As duas mulheres foram internadas com ferimentos no corpo e fraturas no tórax. O acusado prestou depoimento em Peruíbe e foi transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba. Ele responderá por dupla tentativa de homicídio.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Policial militar tenta executar cunhada em pizzaria de Guarujá

O policial militar José Teotonio Silva Júnior, de 34 anos, tentou matar a tiros a própria cunhada, de 26 anos, no início da madrugada desta segunda-feira, em Guarujá. O acusado, a esposa dele e a vítima estavam em uma pizzaria no Paecará. O motivo do crime: uma brincadeira com a derrota do Santos no jogo contra o Corinthians.

O trio estava em um estabelecimento localizado na esquina das Avenidas Guarujá e Santos Dumont. Segundo a Polícia Civil, o PM já estava embriagado, quando a cunhada, de nome não identificado, fez um trocadilho com o resultado da partida, que havia ocorrido naquela tarde. Santista fervoroso, Júnior não gostou e sacou a arma, disparando um tiro contra ela.

O projétil atingiria a cabeça, se a vítima não tivesse se esquivado. Entretanto, a mulher ficou ferida de raspão no braço. Assustadas, a cunhada e a esposa do policial correram para dentro da pizzaria, enquanto o oficial foi contido por populares até a chegada de outros soldados da PM. No local, cientes da situação, eles detiveram José Teotonio.

O acusado foi levado para o plantão do Distrito Policial Sede da Cidade, onde o Delegado determinou a prisão em flagrante por tentativa de homicídio. O oficial até duas semanas, estava lotado no 21º Batalhão do Guarujá, mas, com o término parcial da Operação Verão, transferiu-se para a capital paulista. A vítima foi levada para o Hospital Santo Amaro, mas passa bem.

Vizinho de igreja mata pastor evangélico a tiros

Um pastor evangélico foi morto a tiros, no final da noite de domingo, na igreja localizada na Rua Teixeira Campos, em Santíssimo, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com a PM, o homem foi morto com dois tiros na porta da igreja. O suspeito, segundo testemunhas disseram à PM, é um vizinho da igreja que reclamava do som alto dos cultos.

Testemunhas contaram que, na véspera do Natal, o suspeito ameaçou o pastor de morte, caso o som alto dos cultos continuasse.

No domingo, após o culto, o suspeito teria discutido com o pastor mais uma vez e disparado dois tiros e fugido em seguida. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios (DH), na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Moradores de Caraguá morrem em acidente na Bahia


Um acidente envolvendo uma Kombi e uma carreta deixou cinco pessoas mortas na tarde deste sábado 19/02, na BR-116, próximo à Lagoa das Flores, em Vitória da Conquista. De acordo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor da Kombi, com placa EAY-4654, de Caraguatatuba/SP, teria invadido a pista contrária e batido de frente com a carreta.

Equipes da Via Bahia estiveram no local e fizeram a remoção dos corpos (João Gonçalves Menezes, 60 anos, Benetida Creuza Guimarães, 53, Jessé Almeida, 34, Ivanilde Almeida de Carvalho, 57, e Ernesto Guimarães Almeida, 61) das ferragens que foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Vitória da Conquista (IML). O bloqueio parcial da pista causou um congestionamento aproximado em dez quilômetros. O motorista do caminhão, Reginaldo Santos Paixão, 44 anos, saiu ileso.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Tribunal de Justiça mantém prefeito Peixinho na prisão

O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve nessa quinta-feira (17) a prisão preventiva do prefeito de Santa Branca, Odair Leal da Rocha Junior, o Peixinho, detido em janeiro sob a acusação de tráfico de drogas.

Ele chegou a conseguir liberdade provisória, mas foi novamente recolhido à P-2 de Tremembé porque teria ameaçado testemunhas do processo.

Policial aposentado é esfaqueado durante briga com motorista em SJC

Um policial aposentado foi esfaqueado na Avenida São José, em São José dos Campos, depois de uma briga no trânsito, nesta quarta-feira (16) de manhã. Segundo o boletim de ocorrência, o motorista de um veículo fechou o ex-PM no trânsito. Eles pararam para conversar e o ex-policial foi atingido com uma facada no peito.

O homem fugiu sem prestar socorro. O filho da vítima anotou um número de telefone que estava adesivado no veículo. Nesta quinta, depois do almoço, a polícia encontrou o motorista no trabalho. O homem foi detido e encaminhado até a delegacia, onde é ouvido e liberado para responder o processo em liberdade.

Ele irá responder por tentativa de homicídio. O homem disse à polícia que ganhou a faca, que ficava no porta-luvas do carro. Ainda segundo a polícia, o aposentado teve alta na noite desta quarta, mas deve passar por uma cirurgia.

Ex-árbitro Godói está consciente e respira com aparelhos

O ex-árbitro de futebol e comentarista esportivo Oscar Roberto Godói, de 55 anos, permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo. Segundo o boletim médico divulgado pelo hospital nesta manhã, Godói está consciente e respira com a ajuda de aparelhos. O estado de saúde dele ainda é grave, mas estável.

Na noite de quarta-feira, Godói levou três tiros ao reagir a um assalto em Perdizes, na zona oeste da capital paulista. Por volta das 22 horas, ele chegava em seu Honda Civic para jantar no apartamento de um amigo na Rua Diana, altura do n.º 531.

Após o assalto, o ex-árbitro foi internado no HC e passou por uma cirurgia no pescoço, onde uma das balas estava alojada entre a veia jugular e a coluna cervical. Ele também levou um tiro no tórax que perfurou seu pulmão e outro na barriga, de raspão.

O caso é investigado pelo 23º Distrito Policial. A polícia já tem imagens que podem ajudar na identificação de quem atirou no ex-árbitro. A gravação do circuito de segurança do prédio onde Godói encontraria amigos para um jantar mostra que um homem de calça jeans clara o abordou. A polícia não sabe se houve reação ou briga, mas o homem dispara três vezes e Godói cai. Ele revira os bolsos do ex-árbitro e, aparentemente, não leva nada.

Pedreiro se passa por delegado no interior de SP e é preso

Um pedreiro foi detido nesta quinta-feira em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, por suspeita de se passar por delegado. De acordo com a polícia, ele fazia isso para impressionar a amante.

O pedreiro usava várias carteiras funcionais para tornar a farsa real de detetive, agente de segurança e até de diretor regional de uma associação internacional de investigação. Ele também tinha um distintivo de detetive e usava no carro que dirigia sirene e até um giroflex.

O homem é casado, mas se passava por delegado para impressionar a amante. O delegado verdadeiro disse que em 11 anos de Polícia Civil nunca havia visto um caso semelhante. “As pessoas ali com quem ele convivia, o tratavam como doutor. Por vezes pessoas o viram portando o distintivo de policial”, afirmou Márcio Pirondi.

O pedreiro se aproveitou do cargo falso para pedir empréstimos aos amigos da amante, mas pagou com cheques sem fundos. Como não foi preso em flagrante, o homem foi ouvido e liberado. Ele vai responder pelo crime de estelionato.

Idosas são presas em flagrante com mercadorias de supermercado na bolsa

Três senhoras, de 72, 69 e 51 anos, pensaram que não levantariam suspeitas em hipermercado na Vila Andrade, zona sul da Capital, na tarde de quarta-feira. Elas tentaram furtar garrafas de bebidas, caixas de leite e óleo, macarrão e artigos de papelaria, perfumaria e limpeza, mas acabaram presas em flagrante.

Também foi detido o filho de uma delas, de 44 anos, que estava dentro do carro no lado de fora do estabelecimento esperando as mercadorias, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Funcionários do hipermercado notaram que o trio de senhoras colocava mercadorias dentro de suas bolsas e se dirigia ao estacionamento. Neste momento, os seguranças acionaram a Polícia Militar, que foi ao local e flagrou a ação.

Os produtos furtados foram devolvidos ao hipermercado e o veículo entregue ao dono, um amigo do filho de uma das suspeitas. A Polícia Civil apreendeu e encaminhou à perícia as bolsas e três alicates utilizados durante a tentativa de furto. O grupo responderá por formação de quadrilha e furto qualificado.

Mais um túnel cavado por ladrões é achado no interior de São Paulo

Funcionários da prefeitura de Bauru, no interior de São Paulo, descobriram mais um túnel cavado por criminosos embaixo de uma das principais vias da cidade. É o segundo túnel descoberto na Avenida Nações Unidas em 15 dias. Próximo aos túneis está localizada uma empresa de transporte de valores.

O segundo túnel foi descoberto no início da noite de quinta-feira, quando funcionários da prefeitura realizavam trabalhos em uma galeria pluvial. Nesta manhã, as quadras 1 e 2 da Nações Unidas, sentido centro, ficarão interditadas, pois a polícia irá periciar o local.

Até o momento, ninguém foi preso e o caso é investigado pela Delegacia Seccional da cidade. Ainda não foi calculada a extensão do segundo túnel. A prefeitura não informou quando irá iniciar as obras para fechar o túnel.

No dia 3 de fevereiro, após o asfalto de parte da avenida ceder, funcionários da prefeitura descobriram um túnel de aproximadamente 18 metros, que chegava aos cofres de uma empresa transportadora de valores.

Perseguição e troca de tiros assustam comerciantes no Gonzaga

O assalto a um popular no Gonzaga, nas imediações da Rua Floriano Peixoto, assustou comerciantes do bairro na tarde desta quinta-feira.

Segundo apurou a reportagem, por volta das 15 horas, bandidos teriam visto um rapaz com uma alta quantia em dinheiro e o abordaram. Um policial, que estava à paisana, viu o assalto e seguiu os ladrões, que levaram o montante. Um deles conseguiu fugir.

Ao ser abordado pelo policial, um dos bandidos sacou uma arma e foi atingido pelo policial no tórax. Mesmo baleado, o marginal fugiu à pé e foi visto por um segundo PM, que o atingiu na perna. Ainda assim, o acusado conseguiu fugir.

A ocorrência está sendo registrada no 7º DP de Santos. Os envolvidos no assalto permanecem foragidos.

Polícia prende jovem com 60 Kg de maconha em Minas Gerais

Um jovem de 18 anos foi preso com quase 60 quilos de maconha escondida em casa nesta quinta-feira, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), parte da droga estava enterrada em um galinheiro e o resto da droga estava em um porão da casa.

A polícia informou que abordou o suspeito em um ponto usado por traficantes. Com o jovem, foram encontrados uma bucha de maconha. Em seguida, policiais seguiram para a casa do suspeito.

De acordo com a polícia, o jovem negou ser o dono da droga. A PM acredita que o suspeito estaria guardando a maconha para um traficante da região.

Comerciante acusado de matar ex-mulher na frente da filha é preso

O comerciante Edilson Alves de Araújo, de 39 anos, acusado de matar a ex-mulher na frente da filha, no Canal 3, em Santos, foi preso nesta quinta-feira descendo de um ônibus em Praia Grande. O crime aconteceu em setembro do ano passado, no Bairro Encruzilhada, em Santos.

A secretária-executiva Maria Carolina Reis Café, de 30 anos, foi morta com três tiros ao chegar no apartamento onde morava, no Canal 3, em Santos, acompanhada pela filha de 10 anos.

Edílson quebrou o vidro de uma das portas do carro e atirou cinco vezes contra ela. Três tiros a atingiram no tórax. Com a mãe desacordada, a menina foi até o interfone do edifício para avisar a avó sobre o crime. O casal estava separado havia seis meses. Ele não teria aceitado o fim do relacionamento.

De acordo com o delegado Marcello Marinho, o acusado estava escondido. “Sabíamos que ele estava perto da divisa do País, mas houve uma negociação com o advogado e ele foi pego saindo de um ônibus, em Praia Grande”.

O advogado da defesa, José Anibal de Carvalho, afirma que o mecânico não sabia que a filha estava na parte traseira do carro. “Ele era muito apaixonado por ela. Lamentavelmente foi uma crise de ciúmes. Segundo ele, os dois brigavam constantemente e ele tinha esperança de reatar, voltar a conviver com ela. Aquele dia ele foi realmente discutir com ela, mas acabou cometendo aquele ato”, disse.

O irmão da vítima, Cleiton Reis Café da Silva, disse que está aliviado. “Eu já o perdoei, mas quero que ele pague perante à Justiça”.

Edilson vai ser encaminhado para a Cadeia Pública de Vicente de Carvalho e em seguida para o Centro de Detenção Provisória. Se condenado, pode cumprir pena de 12 a 30 anos. O advogado de defesa disse que vai recorrer.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Mulher é esfaqueada pelo namorado da filha em Cunha

Uma história de amor terminou em tentativa de homicídio nessa quarta-feira 16/02 em Cunha.

O acusado de 25 anos, invadiu a casa da vizinha, de 15 anos, porque ela não queria namorar com ele.

A mãe da adolescente tentou defender a filha, e foi esfaqueada. A mulher foi levada para o hospital e o homem foi preso.

Delegacia de São José do Rio Preto-SP é roubada

O 4º Departamento Policial (DP) de São José do Rio Preto (SP) foi roubado na madrugada de ontem16/02. Os bandidos levaram duas carabinas calibre 12, uma máquina fotográfica e quatro caixas de munição.

Os ladrões desligaram os disjuntores de energia e cobriram as câmeras de segurança na ação. Não havia nenhum funcionário no local no momento do crime.

Ao chegar na delegacia, os policiais encontraram o alarme disparado e a porta de ferro do setor de investigações arrombada. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), foi solicitada perícia do local e será aberto inquérito policial para apurar o ocorrido. O caso foi registrado como furto qualificado.

Suspeito de balear ex-árbitro aparece em imagens de circuito interno

A Polícia Civil de São Paulo analisa nesta quinta-feira as imagens gravadas pelo circuito interno de câmeras de um prédio que mostram o suspeito de balear o ex-árbitro e jornalista Oscar Roberto Godói, de 55 anos. O ex-juiz de futebol e atual comentarista esportivo está internado em estado grave após ser ferido por um criminoso em uma tentativa de assalto na noite de quarta-feira em Perdizes, na Zona Oeste da capital paulista. Godói passou por uma cirurgia no Hospital das Clínicas.

“Estamos analisando as imagens para tentar identificar o homem que baleou o ex-árbitro. Até o momento, sabemos que é um homem que usava camiseta branca e calça jeans. Pelas imagens, é possível ver esse homem se aproximando da vítima assim que ela deixa seu carro, após estacioná-lo na rua", disse o delegado Marco Aurélio Batista, titular do 23° Distrito Policial, em Perdizes. Godói estava indo jantar no prédio de um amigo e as câmeras de segurança do edifício registraram o crime.

Ainda segundo o delegado, no momento em que o criminoso anuncia o assalto, não dá para saber se o ex-árbitro reage ou se assusta. "O que dá para saber é que os dois entram em luta corporal, que dura entre cinco e dez segundos, e então ele é baleado. Em seguida, o assaltante vasculha a roupa do ex-juiz procurando alguma coisa para roubar e foge”, diz. Apesar da ação do criminoso, a princípio, nada foi levado da vítima.

Segundo a autoridade policial, assim que o criminoso for identificado, as imagens das câmeras deverão ser disponibilizadas à imprensa para divulgação. A polícia recomenda nunca reagir em assaltos.

Oscar Roberto Godói permanecia internado por volta das 9 horas desta quinta-feira na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas de São Paulo, após passar por uma cirurgia durante a madrugada. De acordo com a assessoria do hospital, ele está sedado e seu estado é grave.

De acordo com o HC, o ex-árbitro deu entrada no hospital às 22h31 e ficou em cirurgia entre 1h45 e 3h50. Ele foi atingido por quatro tiros dois de raspão. Um terceiro disparo atravessou o tórax e perfurou um dos pulmões. Outro projétil atingiu a região cervical esquerda e se alojou perto da coluna, que não foi atingida. Os dois ferimentos foram tratados durante a cirurgia. Segundo o hospital, uma das balas continua alojada próxima à coluna do paciente.

Morte de casal no interior de São Paulo intriga polícia

A polícia de Tietê, a 143 km da capital paulista, investiga a morte de um casal encontrado dentro de uma casa. Dois jovens, filhos de uma das vítimas, também estavam na residência, mas não se feriram.

O casal foi encontrado morto em uma casa em um bairro de classe média em Tietê. A mulher, que faria 40 anos nesta quinta-feira , ainda estava na cama, no quarto do casal. O marido, de 38 anos, estava na garagem. Em quase todos os cômodos da casa, havia marcadas de sangue.

De acordo com a polícia, não foram encontrados sinais de arrombamento nas portas e nada foi roubado, o que afasta a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte). A perícia esteve no local e recolheu amostras de sangue.

O que mais intriga a polícia é o fato de os filhos da mulher assassinada, uma menina de 13 anos e um rapaz de 20, estarem na casa durante o crime. Eles contaram à polícia que não viram nem ouviram nada. Os irmãos não tinham nenhum ferimento.

São Paulo registra a terceira chacina de 2011

Três pessoas morreram e uma ficou ferida na noite de quarta-feira, na região do Jardim São Luís, zona sul de São Paulo. O crime ocorreu às 23h15 na Rua Domingos Furtado, no Parque Figueira Grande. Esta é a terceira chacina registrada em São Paulo e região metropolitana neste ano, com um total de 9 mortes.

A Polícia Militar chegou ao local após receber chamado dos moradores, que ouviram os disparos. A PM encaminhou dois homens para o pronto-socorro do Campo Limpo, mas eles não resistiram aos ferimentos.

As outras duas vítimas foram levadas por testemunhas para a Santa Casa de Santo Amaro e para o pronto-socorro do M' Boi Mirim. Apenas o homem internado em M' Boi Mirim sobreviveu.

A polícia ainda não sabe a identidade das vítimas. A chacina será registrada no 92º Distrito Policial, do Parque Santo Antonio.

Bandido invade imóvel, amarra dona de casa e é capturado pela polícia

Uma dona de casa de 79 anos foi agredida e amarrada durante assalto em sua residência na Aparecida, em Santos. O servente Edivaldo Aparecido da Silva, de 44 anos, foi preso acusado do crime. Quando a polícia chegou ao local, na tarde de terça-feira, encontrou a idosa quase inconsciente.

O assalto foi na Rua Nabuco de Araújo. Por volta das 13 horas, policiais militares foram acionados para ir até o endereço onde estava ocorrendo um roubo.

A PM encontrou o acusado dentro do imóvel. Ele tentou fugir com uma bolsa com pertences da dona de casa, mas foi abordado no quintal. Segundo dados da polícia, o servente tentou resistir e foi preciso uso de força para contê-lo.

A idosa foi encontrada amarrada em uma cadeira, com lesões no rosto e sua dentadura estava no chão. Ela foi levada ao Pronto Socorro da Zona Leste, onde foi liberada após ser medicada.

Homem escondia documentos falsos em geladeira de bar em São Paulo

Vendedor autônomo, conhecido como 'João Grandão', de 54 anos, foi preso em flagrante quando retirava uma carteira de identidade falsificada e atestados em branco da parte superior da geladeira de um bar na Rua 24 de Maio, em São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, ele é apontado como o principal coordenador de vendas de documentos falsos na região central da Capital. A prisão ocorreu na tarde desta terça-feira.

Segundo o delegado José Roberto Arruda, titular da Delegacia de Repressão a Crimes Contra Fé Pública (DRCCFé Pública), a equipe desenvolve um trabalho de identificação da rede de falsificadores que age na região compreendida como "centrão". Os policiais passaram a acompanhar a movimentação a partir dos "plaqueiros", cuja função é oferecer serviços nas ruas. "Verificamos que, em alguns casos, é por meio do plaqueiro que se chega ao falsificador", explicou Arruda.

O trabalho dos policiais permitiu identificar quem era o suspeito avaliado como o principal intermediário na falsificação. A equipe acompanhou uma negociação para adquirir carteira de identidade. 'João Grandão' foi flagrado com o documento na mão. Outro envolvido, um garçom, de 59 anos, conseguiu fugir. Mas foi preso minutos depois na avenida Duque de Caxias.

No esconderijo, a geladeira do bar, foram encontrados atestados de saúde em branco. A dupla responderá por falsificação de documento público. "Vamos localizar agora onde fica o lugar onde são confeccionados os materiais", completa o delegado.

Comentarista esportivo é baleado durante assalto na zona oeste de SP

O comentarista esportivo e ex-árbitro Oscar Roberto Godoi foi baleado na rua Diana, na região Perdizes, zona oeste de São Paulo, na noite desta quarta-feira 16/02.

Ele foi encaminhado para o Hospital das Clínicas, em São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa, por volta das 23h30, ele passava por cirurgia.

Ainda segundo a assessoria, ele levou dois tiros, uma na região do tórax e outro na região cervical. A cirugia deve acabar na madrugada desta quinta-feira.

De acordo com testemunhas, ele foi baleado durante uma tentativa de assalto. Elas afirmaram ainda que ele estava consciente e falou com pessoas na rua.

A Polícia Militar foi acionada para o local às 21h56. Uma viatura dos bombeiros também foi encaminhada ao local.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Homem acusado de estupro é preso em flagrante

O funcionário público municipal, A.G.S.de 43 anos, foi preso em flagrante na noite de anteontem 14/02 em Ubatuba, no bairro Ipiranguinha. O crime de estupro aconteceu por volta das 19h dentro do carro do acusado.

A Polícia Militar foi informada do delito através de denúncia anônima. Segundo a PM, a denúncia foi apenas de prática sexual em local público e que quando dirigiram-se à Rua do Saneamento presenciaram a violência sexual.

A vítima, L.F.S., menor de idade, 14 anos, e portadora de deficiência mental foi encontrada dentro do veículo Chevette do acusado no momento do ato sexual.

Na sequência, os policiais deram voz de prisão ao suspeito e juntamente com a mãe da adolescente foram todos encaminhados para a Delegacia Central de Polícia.

O delegado Fausto Geraldo Cardoso Moro decretou a voz de prisão a A.G.S. e o indiciou por crime de estupro de vulnerável, que se caracteriza pela prática de qualquer ato libidinoso com menor de 14 anos, ou com pessoa de qualquer idade, que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o discernimento necessário, não podendo então, oferecer resistência, a pena prevista é de reclusão entre 8 e 15 anos.

O indiciado foi transferido para o Centro de Detenção Provisória, (CDP), de Caraguatatuba. A PM informou ainda que foi instaurado um inquérito para apuração da motivação do crime, para averiguações sobre o envolvimento de terceiros, e também para investigar se o acusado já praticou o crime com outras menores.

De acordo com a PM, a menor L.F.S., foi submetida ao exame de corpo e de delito na própria delegacia com o médico legista plantonista, no qual foi constatado o crime de estupro de vulnerável. O laudo oficial vai ficar pronto em dois dias e através dele será divulgada a pena de reclusão do acusado.

A Prefeitura de Ubatuba declarou que o funcionário público já foi desligado do quadro de funcionários municipais.

Três morrem em tiroteio no Altos de Santana, em São José dos Campos

Quatro homens foram baleados ontem à noite no bairro Altos de Santana. Segundo a PM, três vítimas morreram no local.

A outra foi levada em estado grave ao Pronto Socorro da Vila Industrial. Uma das vítimas tinha passagem pela Polícia.

Ainda no local, os policiais encontraram 19 cápsulas de pistola 380 e dois veículos foram apreendidos.

Ladrões roubam caixa eletrônico em Atibaia

Quatro homens assaltaram um caixa eletrônico na Rodovia Fernão Dias, em Atibaia. Segundo a Polícia, o grupo estava armado com fuzis.

Técnicos faziam a manutenção no caixa eletrônico que fica em um posto de combustível. O serviço era acompanhado por três vigias de uma empresa de segurança.

Segundo a Polícia Militar, quatro bandidos armados com fuzis chegaram em um carro, renderam os funcionários e anunciaram o roubo. Além do dinheiro do caixa, eles também levaram duas armas e um colete à prova de balas que pertenciam aos seguranças.

O carro usado na fuga foi localizado pelos policiais no bairro Ribeirão dos Porcos, a dois quilômetros do local do roubo. O veículo foi roubado no mês de agosto em São Paulo e a placa era clonada.

A quantia levada pelos bandidos não foi informada e ninguém foi preso. Segundo as investigações, os bandidos trocaram de carro e fugiram pela Rodovia Dom Pedro em direção a Campinas.

Cansada de ser agredida, mulher denuncia o próprio marido à polícia em São Vicente

Um homem de 35 anos foi preso em flagrante, no início da madrugada desta quarta-feira, em São Vicente, depois agredir e colocar em risco a vida da própria mulher, de 30 anos. O crime ocorreu no apartamento do casal, localizado na Biquinha, e foi motivado por um atraso.


A vítima, que já tinha sido alvo de agressão por pelo menos duas vezes, foi quem chamou a polícia. Ela tentou se defender jogando um banco e um ventilador em direção ao marido. Em depoimento, a mulher explicou que seu marido, identificado como Luciano dos Santos Fernandez, tinha esse comportamento.

Desta vez, no entanto, a briga ocorreu em razão do atraso da mulher. Segundo a polícia, ela passou o dia na casa da mãe, mas, no final da tarde, quando voltaria para casa, a lotação não chegou no horário ao ponto e, por isso, ela se atrasou. Ao chegar tarde ao apartamento, o marido surtou.

À polícia, ela disse que essa não era a primeira vez que isso acontecia. Quando acionou o 190, o acusado fugiu, mas voltou logo em seguida para local do crime. Lá, ele foi detido e levado para Delegacia Sede, onde permanece preso. Para ser libertado, precisa aguardar o final do processo ou pagar R$ 1 mil. Luciano foi enquadrado na Lei Maria da Penha.

Polícia prende ladrão com granada em Guarulhos

Uma granada modelo M-4, de fabricação nacional e uso exclusivo das Forças Armadas, foi encontrada na madrugada desta quarta-feira em posse de um ladrão em Guarulhos, na Grande São Paulo. O homem foi preso, e o artefato apreendido por policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate).

Jefferson Pereira dos Anjos, de 31 anos, havia roubado R$ 40,00 de um pedestre de cerca de 40 anos na Rua 12 de Maio, na Vila Galvão, por volta das 2h30, usando como arma uma chave de fenda. A vítima ligou para o 190 e minutos depois policiais do 15º Batalhão encontraram o assaltante na Avenida Adelaide, a poucos metros do crime. Jefferson, que tem passagem por furto, segurava a granada na mão e se entregou sem oferecer resistência.

Aos policiais, ele disse que buscava um comprador para o artefato, a pedido do verdadeiro dono, identificado apenas como "Bahia". O Gate imobilizou a granada com uma fita, para evitar seu acionamento, e a levou para a sede do esquadrão antibombas. Jefferson foi reconhecido pela vítima do assalto e encaminhado ao 2º Distrito Policial de Guarulhos.

Despachante é assassinado na formatura da filha em São Paulo

Um despachante de 52 anos morreu na segunda-feira em decorrência de um traumatismo craniano causado por um bloco de concreto que o atingiu durante a formatura de sua filha, na sexta-feira, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo. O objeto foi jogado na vítima durante uma briga. A polícia tenta agora identificar os responsáveis pelo crime.

No dia da festa, na Expo Barra Funda, a família de Hélio de Souza Ribeiro comemorava a formatura da caçula de três irmãos, Carla, em Educação Física. Segundo a nora da vítima, Patrícia Pereira Ribeiro, o sogro saiu para fumar na calçada quando uma briga teve início dentro da festa. A confusão começou depois que uma mulher teve a bolsa roubada, segundo Patrícia. Ela afirma que os próprios seguranças brigaram entre si.

A confusão acabou envolvendo pessoas que estavam do lado de fora da Expo Barra Funda. Na rua, Carlos, filho de Ribeiro, apanhou de seis pessoas. “Quando vi, meu sogro já estava no chão. Não sabemos quem jogou a pedra”, diz Patrícia. Ribeiro ficou internado em coma por três dias no Hospital das Clínicas, mas morreu na segunda-feira.

TJ-SP nega pedido de transferência para Suzane


O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou o pedido de transferência de Suzane von Richthofen da Penitenciária Feminina de Tremembé para um Centro de Ressocialização. A decisão é da juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª Vara das Execuções Criminais de Taubaté.

A defesa de Suzane alegou que a transferência seria necessária pelo estado de saúde significativamente agravado da detenta. Em sua decisão, a juíza afirma que o relatório médico apresentado demonstra que Suzane goza de perfeita saúde física e mental, com um leve quadro de hipotireoidismo e hipercolesterolomia, e que ela tem trabalhado normalmente na unidade prisional.

Segundo a decisão, o problema de saúde não é motivo para a pretendida inclusão no Centro de Ressocialização. Não é a primeira vez que a defesa de Suzane tenta sua transferência, já analisada e negada em outras ocasiões.

Homem é acusado de matar e enterrar corpo da enteada em Santo André

Após denúncia anônima, Johnny Conceição dos Santos, de 25 anos, foi preso em flagrante nesta terça-feira acusado de matar a enteada Steffany Santos de Oliveira, de 17 anos, e tentar enterrar o corpo em um terreno nos fundos da casa onde ambos moravam, no Jardim do Estádio, em Santo André.

A jovem estava desaparecida desde sábado, quando a mãe registrou o boletim de ocorrência no 6º Distrito Policial da cidade. Ao chegarem no local, por volta das 18 horas, os PMs encontraram Johnny perto do corpo da jovem, que estava enrolado em um lençol e coberto de areia e entulho. Johnny confessou o crime e foi autuado em flagrante por homicídio e ocultação de cadáver.

O assassino já tem diversas passagens pela polícia, uma delas por receptação. Após uma primeira análise da perícia nas roupas da vítima, a polícia acredita que a jovem foi violentada. Segundo a família, o relacionamento entre Steffany que já era mãe de uma criança , e o padrasto sempre foi muito conturbado.

Tiroteio durante perseguição atinge apartamento próximo à praia em Santos

Um dos tiros disparados durante a perseguição iniciada após um assalto a uma joalheria no Super Centro Comercial do Boqueirão, atingiu a janela de um apartamento no quinto andar, na Avenida Washington Luíz, no Gonzaga, próximo à praia. No imóvel estavam um casal de 74 e 78 anos e os netos de 9 e 20 anos. Ninguém ficou ferido.

A joalheria foi assaltada na manhã desta terça-feira. Segundo informações da polícia, oito homens teriam entrado no estabelecimento por volta das 12 horas. Eles levaram joias das prateleiras e fugiram em dois veículos.

Durante a fuga, os marginais viram a viatura da polícia e abandonaram os veículos, seguindo a pé. Um deles rendeu um funcionário da Usiminas, que não quis ser identificado, e ordenou que o mesmo o levasse ao Morro do Tetéu.

Durante o percurso, o funcionário jogou o carro para a esquerda, o que fez com que o marginal se assustasse e saísse de dentro do veículo. Na sequência ele acabou sendo detido.

Um outro envolvido foi preso enquanto se preparava para entrar no mar. Outros seis envolvidos conseguiram fugir.

Ainda não se sabe as circunstâncias do crime. Mas, de acordo com a administração do Super Centro, ninguém ficou ferido no estabelecimento comercial. A quantia roubada não foi revelada.

Após a apreensão, os envolvidos foram encaminhados ao CDP de São Vicente. Com eles foram apreendidos uma pistola e um revólver. A polícia acredita que o assalto tenha sido encomendado de dentro do presídio. A corporação investiga possível ligação com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Suspeitos de matar turista são presos no Perequê-Mirim

Dois suspeitos de matar um turista foram presos na segunda-feira 14/02, na Rua. Santo Ambrósio no Perequê-Mirim zona sul de Caraguatatuba.

A policia civil suspeita da participação da dupla na morte de um turista de 46 anos ocorrida no sábado durante um assalto. De acordo com a polícia, um dos suspeitos é um adolescente de 17 anos.

O menor foi o primeiro a ser preso. Em seguida, os policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais), seguiram para a casa do segundo suspeito, onde foram encontradas 115 cápsulas de cocaína, 43 pedras de crack, 75 trouxinhas de maconha e 2000 cápsulas vazias para acondicionar cocaína. Lá, também estavam duas armas, uma pistola calibre 380 e um revolvér calibre 22 e farta munição.

O morador da casa W.B.C de 22 anos, vulgo “Zóio”, tentou fugir e trocou tiros com a polícia e foi baleado.

Ele passou por uma cirurgia no hospital Stella Maris, mas não corre risco de morte. De acordo com a polícia, o suspeito será indiciado por tráfico de drogas, porte de arma, resistência à prisão e latrocínio.

O crime ocorreu na noite de sábado em uma casa de veraneio. Segundo a polícia, dois homens armados invadiram a residência, que pertence a uma família de Jacareí. Durante o assalto, o genro do dono do imóvel chegou com a mulher e a filha e, ao perceber que a casa estava sendo roubada, pediu para as mulheres não entrarem no local.

As duas conseguiram fugir. Quando o homem também se afastava, um dos criminosos disparou um tiro que acertou a cabeça da vítima. Ele morreu no local e os assaltantes fugiram levando dinheiro, celulares e jóias da família. O homem que trocou tiros com a polícia continua internado. O adolescente deve ser encaminhado para a Fundação Casa.

Mulher é presa por abandono de incapaz

Na ultima sexta-feira 11/02, por volta das 19h52min, policiais militares foram acionados para se deslocaram até a Rua Pica-Pau, Jardim Gaivotas, onde encontraram a testemunha V.L.C de 15 anos que os informaram que cuidava desde as 4h da tarde de três crianças, uma de 4 anos, uma de 2 anos e uma de dois meses de vida, que haviam sido abandonadas pelos pais.

Ainda segundo a testemunha os pais estariam em algum bar bebendo, as crianças e a testemunha foram conduzidas a Delegacia de Polícia, onde foi acionado o Conselho Tutelar que encaminhou as crianças para um abrigo.

Em patrulhamento pelo bairro Tinga os policiais vieram a localizar em um bar de nome “Brisas” E.L.D a mãe das crianças.

A mulher que estava embriagada foi presa e conduzida a Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento, ficando a disposição da justiça.

Mulher é presa por abandono de incapaz

Na ultima sexta-feira 11/02, por volta das 19h52min, policiais militares foram acionados para se deslocaram até a Rua Pica-Pau, Jardim Gaivotas, onde encontraram a testemunha V.L.C de 15 anos que os informaram que cuidava desde as 4h da tarde de três crianças, uma de 4 anos, uma de 2 anos e uma de dois meses de vida, que haviam sido abandonadas pelos pais.

Ainda segundo a testemunha os pais estariam em algum bar bebendo, as crianças e a testemunha foram conduzidas a Delegacia de Polícia, onde foi acionado o Conselho Tutelar que encaminhou as crianças para um abrigo.

Em patrulhamento pelo bairro Tinga os policiais vieram a localizar em um bar de nome “Brisas” E.L.D a mãe das crianças.

A mulher que estava embriagada foi presa e conduzida a Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento, ficando a disposição da justiça.

Mulher é presa por abandono de incapaz

Na ultima sexta-feira 11/02, por volta das 19h52min, policiais militares foram acionados para se deslocaram até a Rua Pica-Pau, Jardim Gaivotas, onde encontraram a testemunha V.L.C de 15 anos que os informaram que cuidava desde as 4h da tarde de três crianças, uma de 4 anos, uma de 2 anos e uma de dois meses de vida, que haviam sido abandonadas pelos pais.

Ainda segundo a testemunha os pais estariam em algum bar bebendo, as crianças e a testemunha foram conduzidas a Delegacia de Polícia, onde foi acionado o Conselho Tutelar que encaminhou as crianças para um abrigo.

Em patrulhamento pelo bairro Tinga os policiais vieram a localizar em um bar de nome “Brisas” E.L.D a mãe das crianças.

A mulher que estava embriagada foi presa e conduzida a Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento, ficando a disposição da justiça.

Polícia detém suspeitos de matar turista em casa de veraneio em Caraguá

Dois homens foram presos nesta segunda-feira em Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo, por suspeita de participação na morte de um turista de 46 anos ocorrida no sábado durante um assalto. De acordo com a polícia, um dos suspeitos é um adolescente de 17 anos.

O jovem foi o primeiro a ser preso. Em seguida, os policiais seguiram para a casa do segundo suspeito, onde foram encontradas 100 cápsulas de cocaína, 40 pedras de crack e 75 trouxinhas de maconha. Lá, também estavam duas armas e munição.

O morador do local, de 22 anos, tentou fugir, trocou tiros com a polícia e foi atingido. Ele passou por uma cirurgia no hospital de Caraguatatuba, mas não corre risco de morte. De acordo com a polícia, o suspeito será indiciado por tráfico de drogas, porte de arma, resistência à prisão e latrocínio.

O crime ocorreu na noite de sábado em uma casa de veraneio. Segundo a polícia, dois homens armados invadiram a residência, que pertence a uma família de Jacareí. Durante o assalto, o genro do dono do imóvel chegou com a mulher e a filha e, ao perceber que a casa estava sendo roubada, pediu para as mulheres não entrarem no local.

As duas conseguiram fugir. Quando o homem também se afastava, um dos criminosos disparou um tiro que acertou a cabeça da vítima. Ele morreu no local e os assaltantes fugiram levando dinheiro, celulares e joias da família. O homem que trocou tiros com a polícia continua internado. O adolescente deve ser encaminhado para a Fundação Casa.

Suspeito de estuprar menor deficiente mental é preso

Um homem foi preso em flagrante, em Ubatuba, suspeito de estuprar uma menina com deficiência mental, de 14 anos.

Segundo a PM, ele foi pego com a vítima dentro de um carro, no bairro Ipiranguinha, ontem (14) à noite.

O homem tem 43 anos e é funcionário da prefeitura de Ubatuba.
A administração informou que ele será demitido.

Dona de casa é baleada em Guarujá

Uma dona de casa de 59 anos foi baleada na perna na manhã desta segunda-feira quando estava em sua casa na Vila Alice, em Guarujá. O alvo do tiro seria seu filho, um ajudante de 35 anos, que não foi ferido e acredita que o autor do disparo foi um policial militar. Há cerca de um mês o ajudante foi agredido pelo PM e registrou queixa. A polícia apura o caso.

O disparo aconteceu por volta das 6 horas na Rua Guilherme Guinle. De acordo com o irmão do ajudante, um zelador de 33 anos, o irmão é viciado em cocaína há alguns anos e estava na frente de casa após ter consumido drogas.

Em seguida apareceu um carro ocupado por duas pessoas. Ainda de acordo com o zelador, uma delas gritou “polícia” e sacou um revólver.

O ajudante correu para casa e escutou o barulho de um tiro. Conforme o apurado, a dona de casa estava no quintal da residência, percebeu a movimentação e foi ver o que estava acontecendo. O disparo atravessou o portão da casa e acertou a perna esquerda da mulher. O atirador foi embora.

A vítima foi socorrida por vizinhos e na sequência medicada. Segundo o zelador, seu irmão alega saber quem atirou e aponta um policial militar. A família acredita que foi uma forma de represália.

Homem morre com duas mil picadas de abelha em São Paulo

Um homem de 52 anos morreu na tarde desta segunda-feira depois de ser picado por mais de 2 mil abelhas no município de Nova Guataporanga, no interior paulista. A vítima é o servidor municipal Luiz Carlos de Oliveira, de 52 anos.

Ele foi atacado por um enxame de abelhas africanas quando preparava um terreno para o plantio. Oliveira era tratorista da prefeitura de Nova Guataporanga e, segundo a polícia, bateu o trator sem querer em uma colmeia.

Irritadas, as abelhas passaram a dar ferroadas no servidor. Ele saiu correndo e gritou por socorro. O tratorista percorreu uma distância de cerca de 150 metros e caiu. Ele chegou a ser socorrido e levado para atendimento médico na cidade de Tupi Paulista, mas não resistiu às picadas, que, segundo a polícia, foram mais de 2 mil.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Turista é morto em assalto no Perequê-Mirim

O representante comercial Avelino Ferreira Batista Filho, 46 anos, foi baleado e morto em um assalto por volta das 22:00 de Sábado 12/02, quando passava o final de semana com a família na casa de veraneio dos sogros, no bairro Perequê-Mirim, zona sul de Caraguatatuba.

Segundo informações da polícia, a vítima voltava de um passeio com a família quando foi abordada por dois adolescentes, em frente à casa. Batista Filho teria pedido para a esposa e a filha correrem e tentou fugir também, mas acabou atingido por um tiro na cabeça. Os criminosos fugiram e não haviam sido identificados até a conclusão desta edição.

Antes de atirarem na vítima, os adolescentes invadiram a residência, localizada no bairro de Perequê-Mirim, e renderam os sogros da vítima, o aposentado Valdemir Souza Neves, 58 anos, e a dona de casa Irene Neves, 56. Ambos foram amarrados com pedaços de pano e foram presos em um dos cômodos da casa.

Dupla é capturada em matagal do Morro da Asa Delta depois de roubar e abusar de mulher

Dois homens, de 25 e 27 anos, foram presos na noite deste domingo, em Guarujá, depois de serem encontrados escondidos em matagal no Morro da Asa Delta. Eles são acusados de assaltar e molestar uma mulher de 35 anos. A fuga dos bandidos mobilizou o helicóptero Águia da Polícia Militar.

A abordagem de vítima ocorreu no cruzamento das Avenidas Puglisi com a Leomil, próximo à praia da Enseada. Ela dirigia um Ford. A dupla entrou no carro e a fez dirigir em direção ao morro.

O indiciado mais novo, Rodrigo Santos do Nascimento e o outro acusado, identificado como Renato Rodrigues Tint, antes de tentarem fuga, ainda molestaram a vítima. Após isso, eles fugiram com celulares, dinheiro e objetos de valor.

Minutos depois do ocorrido, a vítima viu uma viatura da Polícia Militar e explicou a situação aos policiais. A busca pelos bandidos teve uma operação especial e contou com o apoio do helicóptero Águia.

Os fugitivos estavam escondidos em uma trilha na mata que serve acesso ao topo do morro da Asa Delta. Com eles estavam os objetos roubados, que foram devolvidos à vítima. Ela foi submetida a exame no Instituto Médico Legal e os dois foram presos.

Corpo de jovem desaparecida tinha sinais de violência

O corpo da supervisora de vendas Vanessa de Vasconcelos Duarte, de 25 anos, encontrado na noite deste domingo em um matagal na Grande São Paulo, tinha sinais de violência, segundo informações da Polícia Civil. Vanessa desapareceu na manhã de sábado, após deixar a casa do noivo em Barueri, também na região metropolitana. A jovem estava com casamento marcado para novembro.

O corpo foi encontrado por dois policiais militares amigos da família ao lado da Rodovia Raposo Tavares. Durante as buscas, os policiais encontraram um broche e um colar de Vanessa em uma estrada de terra. Eles continuaram procurando e localizaram o corpo abandonado no meio do matagal.

Para a polícia, a jovem foi violentada e morta por dois homens. “Ela tinha os punhos cerrados, e um semblante pelo que eu deduzi de revolta, eu acredito que ela deve ter agido em defesa de seu próprio corpo”, explicou o delegado Ricardo Pagrion Filho.

Duas embalagens de preservativos e uma camisinha usada foram encontradas no local. A polícia vai analisar o material para tentar identificar os suspeitos.

Vanessa deveria encontrar duas amigas para ir a um curso no Jaguaré, na Zona Oeste de São Paulo, na manhã de sábado. Ela não apareceu no local combinado e seu carro acabou localizado na tarde de sábado, abandonado em uma rua de Vargem Grande Paulista. Uma testemunha viu o carro sendo deixado no local por um homem, que depois foi embora a pé.

A bolsa da jovem desapareceu, mas nenhuma movimentação financeira foi feita com seus cartões. Neste domingo, policiais refizeram o provável caminho feito pelos criminosos, procurando por câmeras de segurança que podem ter gravado o crime. Uma escola que fica na rua da casa do noivo de Vanessa terá suas imagens analisadas. A polícia acredita que o crime começou na porta da casa, quando ela saía.

Motorista é morto durante assalto em Santo André

O motorista de um Toyota Corolla prata foi morto após ter seu carro roubado na noite de ontem, na Vila Amábile Pedroso, em Santo André, na Grande São Paulo.

A vítima foi encontrada caída na Rua Chambre e acionaram a Polícia Militar, que o encaminhou com vida ao pronto-socorro municipal. O homem, que não teve o nome e a idade revelados, morreu enquanto recebia atendimento.

O veículo foi abandonado no bairro Condomínio Maracanã, na mesma cidade, e localizado mais tarde pela PM. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Santo André e até esta manhã ninguém havia sido preso.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Cinco são detidos por receptação de bebidas em Praia Grande

Cinco homens, quatro deles menores de idade, foram detidos sob a acusação de receptação de uma carga de bebidas roubadas, avaliada em R$ 5 mil, em Praia Grande. A maior parte do carregamento era de cerveja e pinga, além de refrigerante e água.

A quadrilha alegou ter sido obrigada, por uma dupla armada, a guardar o material. O flagrante acontece nesta quarta-feira.

O crime aconteceu na Rua Itibere da Cunha, no Parque das Américas. O motorista e seus ajudantes foram levados até a Rua Afonso D’Esgragnolle Taunay, no Esmeralda, onde os ladrões tentaram arrombar o cofre do caminhão.

As vítimas foram obrigadas a descarregar as bebidas. Em seguida, os autores alegaram estar sendo perseguidos por um motoqueiro e fugiram.

Posteriormente, uma equipe da Polícia Militar recebeu denúncia sobre pessoas que estariam guardando bebidas roubadas em uma residência. Quando a viatura se aproximava, dois homens foram vistos correndo para um matagal. Eles conseguiram fugir.

Na sequência, Edmilson Conceição Mercedes, de 45 anos e quatro adolescentes, de 13,14,15 e 16 anos, foram vistos carregando parte da carga, que foi recuperada. A dupla acusada de obrigar os indiciados a guardar o material fugiu.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Homem é morto com três tiros em Cruzeiro

Um homem de 23 anos foi morto com três tiros no peito na madrugada dessa quinta-feira 10/02 na Rua Jandira Tomas, na Vila Pontilhão, em Cruzeiro.

Quando a ambulância chegou ao local, a vítima, Tiago Pereira, já estava morto.

Segundo a Polícia, o rapaz acumulava uma série de passagens por furto e agressão. A PM desconhece o autor dos disparos e investiga o caso.

Joias roubadas da Tiffany são enviadas à China

A chinesa Ceng Chumee, 35 anos, dona de uma loja popular na rua 25 de Março (região central de SP), foi presa por policiais civis sob a acusação de ser a receptadora de parte das joias roubadas da joalheria Tiffany. O assalto ocorreu em 16 de maio do ano passado, no Shoppping Cidade Jardim, Morumbi (zona oeste de São Paulo). Os ladrões levaram 232 peças avaliadas em R$ 1,5 milhão.

Ceng Chumee foi presa em sua loja, no último dia 4, por policiais da 3ª Delegacia de Repressão a Desmanches Ilegais, do Deic (Departamento de Investigações sobre Crime Organizado). Uma equipe de investigadores chegou à chinesa depois de prender, em Santos (72 km de SP), Nelson José da Silva, 51 anos.

Segundo o delegado Adilson Aquino, Silva conhecia um dos ladrões da joalheria e intermediou a venda das peças roubadas para a chinesa. Ceng Chumee contou ao policial que pagou R$ 100 mil por um lote de 30 peças.

Delegado é investigado por terreno de R$ 15 mi

Você acharia normal um delegado comprar um terreno por R$ 15 milhões? A Corregedoria da Polícia Civil de São Paulo e o Ministério Público não acham. Os dois órgãos investigam o delegado Ivaney Cayres de Souza sob a suspeita de lavagem de dinheiro teria usado dinheiro desviado do Detran-SP para adquirir uma área em Brasília, segundo documentos sigilosos obtidos pela reportagem.

Souza dirigiu o Detran de setembro de 2005 a dezembro de 2006, período em que o órgão contratou novos fornecedores de placas. Ele é acusado pela Promotoria de ter fraudado a licitação com preços superfaturados para beneficiar duas empresas.

A Justiça ainda não decidiu se a acusação será aceita. Souza diz que a ação tem motivações políticas e refuta a acusação de fraude. Sobre o terreno, diz que seu filho foi procurador da empresa que o comprou.

O delegado diz que foi por um erro do cartório de Brasília que o nome dele aparece como comprador. O tabelião Ramilo Correia diz que não pode confirmar o erro.

Criança de 1 ano é levada presa à cadeirnha durante assalto de carro

Uma menina de um ano de idade, presa à cadeirinha de segurança, foi levada por um ladrão na noite de quarta-feira, durante o furto de um Honda Fit cinza na região do Paraíso, zona sul de São Paulo. O carro foi encontrado pela polícia cerca de uma hora depois, abandonado no mesmo bairro, e a criança estava ilesa.

O drama dos pais começou por volta das 20h30 na Rua França Pinto onde mora a avó paterna da criança. Os dois conversavam do lado de fora do veículo quando o ladrão entrou no carro e aproveitou que a chave estava no contato.

Com um segundo veículo, a mulher e o marido seguiram o carro roubado por cerca de dez quarteirões, mas perderam o carro de vista. Policiais militares que faziam um bloqueio na região foram alertados pelas vítimas e encontraram o carro às 21h30, abandonado na Rua Capitão Macedo, a cerca de 500 metros do local do furto. O carro estava com os vidros fechados e a criança permanecia presa à cadeirinha.

A menina chorava, segundo os policiais, que a encaminharam ao Hospital do Servidor Público Estadual para se certificar que ela estava bem. O ladrão continua foragido e o caso foi registado no 36º Distrito Policial, do Paraíso.

Homem é assassinado com 12 tiros no Embaré

Marcos da Costa Caldeira, de 33 anos, conhecido como Juan, foi executado na tarde de quarta-feira com 12 tiros na porta do prédio em que morava, na Rua Sampaio Moreira, no Embaré. Ele residia no local junto com a namorada, desde que deixou a prisão, há dois meses.

Juan era um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios, na Baixada Santista. A polícia informa desconhecer as razões do crime.

De acordo com testemunhas, a vítima chegava ao condomínio a bordo de uma moto, quando dois indivíduos, também de moto, efetuaram disparos contra ele. Juan foi atingido por um tiro nas costas e caiu do veículo. Ao tentar levantar foi novamente alvejado.

Um dos assassinos se dirigiu à vítima, estirada no chão, e efetuou mais dez disparos. Nove deles na cabeça. Em seguida, os matadores, não identificados, fugiram em alta velocidade pela contramão da rua.

O Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado e conduziu Juan até o Pronto Socorro Central. Ele não suportou os ferimentos e morreu.

Segundo dados da polícia, Juan esteve detido durante o último ano, condenado por roubo, e obteve a liberdade no dia 29 de dezembro. A reportagem apurou que ele era um dos homens fortes do PCC na Baixada Santista e estava envolvido com roubos a banco, joalherias e sequestros.

A delegada do 3˚ DP de Santos, Ligia Christina Villela Ribeiro de Mello, informou que vai solicitar as imagens dos sistemas de seguranças dos demais imóveis do endereço da ocorrência, na tentativa de identificar os matadores.

Criminosos abandonam fuzil durante perseguição e acidente na Dutra

Dois criminosos que eram perseguidos por policiais rodoviários na madrugada desta quinta-feira jogaram um fuzil AK-47 pela janela na Rodovia Presidente Dutra, perto do município de Arujá. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o carro bateu em um caminhão e na defensa da pista e os dois ocupantes do veículo conseguiram fugir, correndo por um matagal.

Os policiais solicitaram que o veículo parasse próximo ao pedágio de Arujá, no sentido capital paulista da Dutra. O motorista acelerou o automóvel e duas equipes da polícia iniciaram a perseguição. Policiais que estavam em um dos carros pararam para pegar o fuzil, com 27 projéteis, que foi jogado pela janela, enquanto outro veículo continuou a perseguição.

Na altura do km 204, o automóvel com os criminosos bateu e os dois suspeitos correram para um matagal. Eles conseguiram fugir e não tinham sido presos até o início da manhã desta quinta-feira. O carro foi levado para a delegacia de Arujá, onde deve passar por perícia.

Cerca de 1,5 tonelada de maconha é apreendida em lava-rápido de Carapicuíba

A polícia apreendeu na madrugada desta quinta-feira cerca de 1,5 tonelada de maconha em um lava-rápido em Carapicuíba, na Grande São Paulo. A droga estava embalada e escondida dentro de 24 caixas de som no estabelecimento que fica na Avenida Inocêncio Seráfico.

“Provavelmente foi para despistar a polícia. A fiação delas (caixas) está toda ligada corretamente e pode ser até que elas funcionem”, afirmou o tenente Caio Mozart, da Polícia Militar.

A polícia chegou até o local depois de receber uma denúncia anônima. Foi preciso usar um caminhão para levar toda a droga para a delegacia. Dois homens que estavam no lava-rápido quando a polícia chegou conseguiram fugir. Ainda não se sabe quem é o dono do estabelecimento.

Morre guarda municipal esfaqueado nas costas por ambulante

O guarda civil municipal Gediael Pereira da Silva, de 27 anos, morreu a caminho do Pronto Socorro Central de Praia Grande nesta quarta-feira. Segundo o apurado no PS, ele teve uma parada cardiorrespiratória.

No dia 6 de janeiro, o guarda civil havia sido esfaqueado durante uma operação de combate ao comércio irregular na orla da praia do Bairro Aviação. Ele estava acompanhado de outro funcionário, que também havia sido esfaqueado por um menor de 16 anos, que está internado em uma unidade da Fundação Casa.

As vítimas foram internadas no Hospital Irmã Dulce, onde dias depois foram liberadas para tratamentos e fisioterapias. O quadro de Gediael inspirava cuidados devido à lesão sofrida nas costas, que atingiu sua medula óssea. Durante uma sessão de fisioterapia nesta quarta-feira, ele teve uma parada cardíaca.

O guarda foi levado para o Pronto Socorro Central, mas durante o trajeto acabou tendo nova parada cardíaca e não reagiu. De acordo com a equipe médica, não se pode ainda dizer quais teriam sido as causas da morte.

O garoto estava no canteiro central da Avenida Presidente Castelo Branco, em frente à praia e próximo à arena de eventos montada para a realização de shows. Ele não tinha autorização da vigilância e da prefeitura para comercializar bebidas e lanches e, por essa razão, foi autuado e teve todos os materiais apreendidos.

O jovem, segundo apurou a polícia, foi até a casa onde mora, nas imediações, e pegou uma faca de cozinha. Ele voltou então até o entorno da arena e encontrou o fiscal e o guarda municipal. Após breve discussão, eles foram esfaqueados nas costas e ficaram gravemente feridos. O acusado acabou detido por populares.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Homem é executado com dois tiros na cebeça

Um homem branco ainda não identificado, aparentando ter entre 50 e 60 anos, foi morto a tiros no final da noite desta terça-feira, em Praia Grande. O crime ocorreu no Balneário Flórida e não deixou testemunhas. Dois projéteis atingiram a cabeça da vítima, que chegou a ser socorrida.

A Polícia Militar foi acionada pouco depois das 22 horas para verificar a existência de um possível baleado nas imediações. Ao chegar no local, a equipe encontrou a vítima sendo socorrida por uma ambulância para o Pronto Socorro do Quietude. Depois, ele foi transferido para Santa Casa da Cidade, onde morreu.

O homem não portava documentos e, por isso, não foi possível identificá-lo. Após a apresentação da ocorrência na Delegacia Sede da Cidade, os investigadores estiveram no local do crime, mas não encontraram pistas do paradeiro dos acusados assim como a motivação dos disparos.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal da Cidade e aguarda identificação de familiares ou conhecidos. O caso, que será investigado, foi encaminhado para o 3º Distrito Policial da Cidade.

Discussão sobre horas extras resulta em morte no interior de São Paulo

Uma briga entre dois vigilantes de uma empresa que presta serviços para a América Latina Logística terminou com a morte de um deles na noite desta terça-feira, em São Carlos, a 232 km de São Paulo. O desentendimento ocorreu na Rodovia Domingo Inocentini, próximo ao um assentamento de sem-terra.

Segundo a polícia, a discussão teria começado por causa de horas extras. Os dois homens trabalhavam juntos havia oito anos e seguiam para fazer a segurança de vagões tombados.

Um dos vigilantes, de 36 anos, atirou três vezes contra o outro homem, de 35 anos, que morreu no local. O autor do disparo fugiu e continua foragido. A assessoria da empresa informou que vai apurar o caso para depois se pronunciar

Pichadores esfaqueiam dono de escola de música em Guarulhos

Um proprietário de uma escola de música em Guarulhos, na Grande São Paulo, foi esfaqueado por um grupo de pichadores na noite de terça-feira, e está internado em estado grave no Hospital Carlos Chagas.

A agressão ocorreu por volta de 22h30, quando o homem tentou evitar pichações nas paredes do conservatório, que fica no Jardim Maia. O dono do estabelecimento sofreu perfurações nas costas, na cabeça e na barriga, e foi socorrido por bombeiros.

Ao menos seis pessoas estariam pichando a escola. Três suspeitos foram presos por uma equipe da Guarda Civil Municipal (GCM). Os demais suspeitos foram localizados e presos pouco depois. Dois agressores seriam adolescentes.

Mulher é presa em loja de bijuteria no Boqueirão por crime de estelionato

A autônoma Valéria do Nascimento, de 44 anos, foi presa em flagrante na tarde de segunda-feira, por crime de estelionato depois de tentar efetuar uma compra em uma loja de bijuterias no Boqueirão, em Santos. Na ficha criminal da acusada foi constatada outras passagens pelo mesmo crime.

De acordo com testemunhas, Valéria chegou ao estabelecimento localizado na Rua Doutor Lobo Viana, por volta das 16 horas.

A indiciada, que havia comprado R$ 1.030,00 em diversas peças de prata, se passou por Ana Lucia Costa da Silva apresentando dois documentos com esse nome: uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Entretanto, ao pesquisar o CPF sugerido por Valéria, o representante da loja observou que existiam problemas envolvendo a titular dos documentos.

Desconfiado, ele entrou em contato com Ana, que afirmou estar sendo vítima de golpes em lojas e magazines da Cidade. Ela também disse que não possuía CNH. Diante dos fatos, policiais militares foram acionados.

Ao chegarem no local, encontram com a acusada um talão de cheques em nome de Ana retirado da agência bancária de forma fraudulenta. Em consulta os arquivos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), foi confirmado que a CNH não ostentava nenhum registro.

Em depoimento, Valéria confessou o crime dizendo ter encontrado a tal CNH na rua junto com extratos bancários da vítima. Em razão disso, encomendou com um sujeito, que não quis revelar o nome, a falsificação dos documentos. Ela ainda admitiu ter tentado realizar compras na semana passada da mesma forma, porém, sem obter sucesso.

Valéria foi autuada em flagrante por infração ao artigo 171 do código penal.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Briga de casal termina em homem morto em Praia Grande

Marcos Paulo Ferreira, de 40 anos, foi assassinado pela própria esposa após um desentendimento entre o casal. O crime ocorreu no final da noite desta segunda-feira, em Praia Grande. A mulher está presa.

A vítima, que é acusada de matar um policia civil em São Carlos, chegou em casa de uma viagem por volta das 22 horas. Ao encontrar a esposa, Débora Filomeno, de 30 anos, iniciou uma discussão. Segundo depoimento da mulher, ele tentou agredí-la, mas para se defender, ela pegou uma faca e o perfurou no abdômen.

Débora acompanhou Marcos até o Pronto Socorro Central da Cidade, em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).Entretanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu momentos depois. A polícia foi acionada e deteve a mulher em flagrante.

Ao delegado, a acusada alegou legítima defesa, mas ela permaneceu presa. O caso foi registrado na Delegacia Sede da Cidade e será investigado.

Após consulta ao sistema, a polícia descobriu que Marcos Paulo também era acusado de cometer um homicídio. O crime, que não teve a data informada, envolveu a morte de um polícia civil em São Carlos, cidade natal da vítima. Segundo apuração, depois da fuga, ele passou a viver no litoral com a mulher.

Mulher assiste a morte do próprio marido durante assalto em Praia Grande

Um homem de 33 anos foi morto, no final da noite desta segunda-feira, em Praia Grande, durante um assalto a mão armada no Bairro Quietude. Ele estava prestes a entrar na garagem de casa, quando dois bandidos em uma moto se aproximaram. A mulher da vítima, que abria o portão de casa, viu toda a ação dos bandidos.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 22 horas pela equipe médica do hospital do Bairro, momentos depois que o homem, gravemente ferido, havia entrado na emergência. No local, eles encontraram a esposa da vítima, nervosa, que explicou a situação. O crime foi enquadrado como latrocínio, quando há roubo seguido de morte, já que o carro do casal foi levado pelos marginais.

De acordo com a esposa da vítima, o marido voltava para casa no próprio carro, um Volkswagen Saveiro de cor preta. Enquanto ele aguardava que o portão de casa fosse aberto para estacionar, os bandidos apareceram em uma moto e anunciaram o assalto.

Ao perceber a ação, a esposa começou a gritar para pedir ajuda. Foi neste momento, segundo a polícia, que os ladrões atiraram. Agitados e assustados, efetuaram dois disparos, que atingiram a cabeça e o braço da vítima. Uma ambulância o encaminhou ao Pronto Socorro, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso foi registrado na Delegacia Sede da Cidade e será acompanhado pelo setor de investigação. O veículo foi levado pelos bandidos.

Quatro são presos e um morre durante operação no Morro do Bufo

Uma operação da Polícia Militar no Morro do Bufo, em Santos, terminou com a prisão de quatro pessoas e a morte de outra na noite desta segunda-feira.

Com os presos foram encontradas 24 porções de cocaína, 22 de maconha e 52 pedras de crack, além de um colete à prova de balas, uma pistola calibre 380 e dois rádios comunicadores.

A operação começou por volta das 17 horas, com uma viatura e oito policiais, sendo quatro apenas para apoio. Logo que chegaram ao morro, eles avistaram um grupo de pessoas em atitude suspeita. Uma delas, ao avistar os policiais, atirou contra eles, que reagiram, atingindo o autor dos disparos. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Pronto Socorro Central.

Depois disso, os policiais ainda requisitaram a presença de um helicóptero da PM para ajudar no controle da operação.

O boletim de ocorrência foi registrado no 1º DP de Santos.

Foragido da Justiça é preso após assaltar salão de beleza em Santos

Sandoval Pereira Paixão, de 39 anos, foi preso em flagrante na noite de domingo após tentar furtar um salão de beleza no Centro de Santos. Após a ação, o indiciado foi capturado por populares que estavam próximos ao estabelecimento. Ele foi detido por policiais militares.

O crime aconteceu por volta das 20 horas. Segundo testemunhas, Paixão arrombou uma porta de vidro com um extintor de incêndio nas mãos.

Depois de furtar R$ 200, o acusado tentou fugir pela porta de vidro estilhaçada e acabou com um profundo corte na cabeça, sendo capturado por populares.

Após a Polícia Militar chegar ao local, o acusado recebeu voz de prisão. Ele foi conduzido ao Pronto Socorro Central da Zona Leste, na Aparecida, onde recebeu medicação.

Paixão era foragido da Justiça desde o ano passado. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública anexa ao Primeiro Distrito Policial do Guarujá.