domingo, 31 de janeiro de 2010

"Galo Cego" é preso com 2 kg de maconha no Morro do Querosene


Policiais da (DISE), Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes,prenderam no início da manhã de ontem, por volta das 6h, o pintor R.S.A., 21 anos, com dois quilos de maconha dentro de uma residência situada na rua José Pedro Barbosa, no bairro Morro do Querosene, na Região Norte da cidade. A ação foi feita após dois meses de investigações.

A prisão, segundos dados fornecidos pelos próprios agentes envolvidos na ocorrência, foi resultado de um mandado de prisão emitido pelo juiz da cidade depois da solicitação feita pela Dise.

Para isso, a delegacia se baseou em provas obtidas durante campanas realizadas em diversos dias e faixas de horário. Isso comprovou, segundo a corporação, que a residência era ponto de comercialização de drogas.

Outro detalhe da investigação foi o fato de R.S.A., inicialmente identificado por “Marco” e apelidado na região por “Galo Cego”, vender entorpecentes com peso acima de 25 gramas. Caso a quantidade de droga solicitada fosse menor, o negócio seria recusado.

Sem oferecer resistência a ação dos policiais, o traficante confirmou a propriedade do material apreendido na casa, porém, preferiu não fornecer outros detalhes, como de quem comprava, para quem vendia, entre outros questionamentos. Os dois quilos de maconha estavam divididos em 34 porções e mais três tijolos.

Também foram apreendidos celulares, máquina fotográfica e documentos.
Do Morro do Querosene, o infrator foi levado ao bairro do Arrastão, na Região central de São Sebastião.

Lá fica a sede da Dise, onde prestou depoimentos ao delegado e foi enquadrado por tráfico de entorpecentes, que segundo o Artigo 33 da Lei 11.343/06 pode punir o indiciado com cinco até 15 anos de reclusão.

Na unidade ainda foi constatado que R.S.A., natural de São José dos Campos, já tinha passagem pelo mesmo crime, praticado em 2006.

Cinco são presos após perseguição e troca de tiros

Cinco pessoas foram detidas esta madrugada após troca de tiros com a polícia, em Potim.

Elas estavam com mais duas pessoas em um veículo roubado em Aparecida, e fugiram dos policiais após se negarem a parar o carro. Houve perseguição. O motorista perdeu o controle e capotou o veículo, no bairro das Correias. Dois homens sairam do carro e começaram a atirar contra a polícia.

Após a troca de tiros, a dupla conseguiu escapar pelo mato. As outras cinco pessoas, entre elas 4 mulheres, foram detidas e levadas para a delegacia da cidade.

PF prende passageiros de cruzeiro que estavam com drogas

Duas pessoas foram presas ontem (30) à noite, em Ilhabela, com 180 comprimidos de ecstasy. Elas estavam em um cruzeiro que chegou ontem à cidade.

Outras 7 pessoas foram detidas e autuadas como usuárias da droga. Elas foram liberadas em seguida. Os outros dois suspeitos ficaram presos e vão responder por tráfico de drogas.

A ocorrência foi feita pela Polícia Federal de São Sebastião. O navio seguiu viagem sem os passageiros.

Polícia liberta família refém com ajuda de menina de 9 anos

Uma menina de 9 anos ajudou a salvar sua família de um assalto em Embu, na Grande São Paulo, na sexta-feira, ao fugir dos assaltantes sem ser vista e avisar os vizinhos, que chamaram a Polícia Militar. De acordo com a PM, três adultos e outra criança que eram mantidos amarrados dentro de casa foram libertados, e dois suspeitos do assalto presos.

Segundo a polícia, a menina percebeu a ação dos criminosos quando eles entraram na casa, e conseguiu sair sem que eles a vissem. Ela procurou um vizinho, que acionou uma base comunitária da PM.

Chegando ao local do roubo, os policiais encontraram um dos suspeitos se preparando para fugir com um veículo das vítimas. O outro homem estava dentro da casa, e se rendeu após uma negociação, de acordo com a PM.

As vítimas estavam amarradas dentro da casa, mas não sofreram ferimentos. O caso foi encaminhado à Delegacia Central de Embu. Os dois suspeitos já eram procurados por roubo e por estupro.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

POLICIA CIVIL APREENDE 2,300 kg DE CRACK E COCAINA EM UBATUBA


A equipe de policiais civis de Pindamonhangaba comanda pela Dra. Marinês Greghi de Carvalho em apoio aos Policiais Civis de Ubatuba na denominada "Operação Verão" apreenderam 2,300 Kg de Cocaina e Crack.

Atendendo denúncia, no dia 27/01/10 às 10:00 horas os Policiais Civis do SIG (Setor de Investigações Gerais), de Ubatuba deslocaram-se a rua Frei Tarciso Correa, no Bairro do Ipiranguinha,onde depararam com os indiciados Fábio Augusto de Castro, 26 anos e Sidnei de Oliveira Lobo, 32 anos.

Em busca no interior da casa,os policiais localizaram uma motocicleta e dentro de um capacete sete ambolas contendo cocaína e algumas porções de maconha embaladas individualmente prontas para o comércio.

Na continuidade das diligências foram encontradas no terreno que dá fundo para a casa mais de 1400 unidades de ambolas para embalagem de cocaina. No interior de um sofá e dentro de uma fogão, os policiais encontraram o restante da droga e um produto químico conhecido como lidocaína utilizado para misturar ao entorpecente.

Anotações encontradas no local, atribui o comando do tráfico a facção criminosa PCC.

Jovem rouba cliente de supermercado no Estufa 2

O jovem J.P.S., 26 anos, também conhecido como “Mossoró”, foi preso na manhã de ontem, por volta das 10h, após roubar documentos pessoas e cerca de R$ 100 em dinheiro de L.F.A.B., 30, cliente de um supermercado situado no bairro Estufa 2, na Região Central do município.

A detenção do infrator foi feita por policiais militares após o acionamento feito pelo serviço de emergência 190, baseado dentro da Central de Operações da corporação (Copom), em São José dos Campos. Com as informações foi feito o patrulhamento, que resultou na localização de Mossoró nas imediações do estabelecimento comercial.

Após serem recolhidos os pertences da vítima, o infrator foi levado à delegacia, onde prestou depoimentos e foi enquadrado por roubo, crime previsto no Artigo 157 do Código Penal brasileiro e que pune o indiciado com quatro a 10 anos de reclusão. O mesmo ficou à disposição da Justiça depois dos procedimentos policiais.

Menor é encontrado em Maresias com carro furtado em Santos

Policiais militares encontraram nesta semana o adolescente F.R.S., 16 anos, dirigindo um veículo, modelo Renault Sandero, produto de furto em Santos no último dia 24. A ação ocorrer durante “Operação Direção Segura”, realizada na avenida Walkir Vergani, em Maresias, Costa Sul da cidade.

No bloqueio, de acordo com informações da 1ª Companhia e do 20º Batalhão da PM, foi verificado que as placas do automóvel eram de uma moto e que o chassi estava modificado. Mesmo assim, uma pesquisa com base na numeração do motor, comprovou que o carro foi furtado.

O caso foi registrado no 2º DP, em Boiçucanga, onde o menor prestou depoimentos e foi enquadrado por ato infracional de furto. Com relação ao automóvel, foi elaborado um Boletim de Ocorrência (B.O) e um auto de apreensão de veículo.

Base da PM é alvejada e micro-ônibus incendiado em noite violenta em Guarujá

Uma base da Polícia Militar do bairro Santa Rosa, em Guarujá, foi alvejada com cerca de 15 tiros na noite de quinta-feira. Segundo a polícia, dois homens passaram a pé atirando, por volta das 23 horas, mas fugiram assim que um dos quatro PMs, que estavam na base, revidou. Não houve feridos.

Ainda na noite de quinta-feira, em Guarujá, bandidos atearam fogo em um micro-ônibus. Os cinco passageiros conseguiram escapar a tempo. Segundo a polícia, o ataque ocorreu em represália contra operação feita na tarde de ontem e que resultou na morte de dois traficantes.

Comerciante liga para 190 da polícia, mas morre à espera de ajuda

Um comerciante de Aracaju foi assassinado, mesmo depois de tentar acionar a polícia e pedir ajuda. Ele ligou para o 190, mas, do outro lado da linha, estava uma operadora de telemarketing que não percebeu a gravidade da situação.

A ligação feita pela vítima foi gravada. O dono de um depósito de bebidas tentou convencer a atendente da ameaça que estava por perto. Veja alguns trechos:

Comerciante: Bom dia, aqui tem dois motoqueiros parados só de olho. Tem mais de cinco minutos.

Atendente: Eles estão fazendo algo suspeito?

Comerciante: Para mim, estão fazendo algo suspeito. Se é motoqueiro, é suspeito ficar parado há muito tempo. Eles não são moradores da rua. Estão parados há muito tempo e não tiram os capacetes da cabeça. Não tiram o capacete.

Atendente: A placa da moto?

Comerciante: Eu não vejo. Não posso ir até lá ver. Só sei que ele está parado olhando.

Atendente: O senhor visualizou a característica dos indivíduos?

Comerciante: Não. Não conheço. Estão com capacete na cabeça, como é que vou saber?

Atendente: Eu peço que o senhor tenha as características do indivíduo para me passar.

Comerciante: Está certo. Está bom. Tchau.

Sem o retorno do chamado da polícia, ele continuou no local e, no fim da manhã, com tempo de sobra, os criminosos colocaram em prática o que planejavam. O comerciante foi assassinado com um tiro na cabeça quando saía do depósito. A família está inconformada. "Essa morte assim dói demais, é difícil esquecer”, comenta a viúva.

A ligação foi atendida no centro de operações em Segurança Pública, por uma funcionária de uma empresa de telemarketing. O serviço de atendimento de emergência foi terceirizado há menos de um ano.

Dezesseis atendentes se dividem em três turnos. As ocorrências são repassadas para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Instituto Médico Legal (IML), mas o socorro só é enviado quando esses funcionários acham necessário.

O sargento Jorge Vieira, da Associação de Militares de Sergipe, diz que "policiais preparados" devem atender os chamados. A reportagem tentou ouvir algum representante da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, mas não teve resposta.

Polícia prende quadrilha acusada de realizar saques ilegais do seguro-desemprego

Uma quadrilha acusada de realizar saques ilegais do seguro-desemprego foi presa em São José dos Campos, nesta quinta-feira (28).

Para sacar o dinheiro do benefício, a quadrilha formada por três homens e uma mulher usava documentos falsos. Eles foram apreendidos junto com um computador, cartões bancários e R$ 11 mil.

Os policiais de São José dos Campos começaram a investigar o grupo depois que o setor de inteligência da Polícia Federal avisou sobre a ação. A rotina dos quatro foi acompanhada de perto e eles foram presos em um shopping da cidade.

Os suspeitos foram interrogados durante a noite. Eles responderão pelos crimes de formação de quadrilha e estelionato qualificado. "Esses que cometem a fraude, fazem se passar por pessoas que têm direito ao seguro-desemprego. Haverá uma comunicação para a Caixa Econômica Federal para tentar ressarcir as pessoas que foram sacar o benefício e já havia sido sacado", assegurou o delegado da PF, André Ricardo Xavier.

Acidente na Tamoios mata um e deixa nove feridos


Um acidente ocorrido na tarde desta quinta-feira 28/01, deixou um saldo de dez vitimas que estavam em dois veículos um Gol e um Zafira.

O acidente ocorreu no KM 64+700 e segundo a policia rodoviária chovia na hora do acidente.

O motorista do Gol Péricles Pereira de Araújo de 40 anos, morreu na hora, a esposa dele está internada em estado grave, o casal é morador de São Sebastião.

As vitimas foram socorridas para a Santa Casa de Caraguatatuba, onde algumas delas estão internadas em estado grave.

Assaltada põe placa de protesto contra autoridades em casa

Moradora da Vila Romana (zona oeste de SP), a administradora Leda Maria Gomide, 62 anos, resolveu protestar após sofrer um assalto: colocou uma placa em frente à própria casa para alertar bandidos e moradores.

Na placa, Leda informa que o local já foi assaltado e agradece, com ironia, a "falta de segurança no bairro". Ninguém escapou da lista: a Polícia Militar, a subprefeita da Lapa, Soninha Francine (PPS), o conselho de segurança local, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) e o governador José Serra (PSDB).

Embora a placa informe que o crime teve direito a "tiro na cabeça", a moradora explica que, na realidade, foi agredida com o cano de um revólver. Ela conta que o assalto ocorreu no último dia 19, quando quatro homens invadiram sua casa. Leda estava com a filha e o neto recém-nascido no local.

A 1ª companhia do 4º batalhão da PM, responsável pela área, informou que já aumentou o patrulhamento e pede para as vítimas não deixarem de registrar ocorrência. A Subprefeitura da Lapa informou que encaminha reclamações como essas a órgãos de segurança e que não tem instrumentos para enfrentar assaltos.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Três são presos por tráfico de drogas no Centro de Caraguá

Em doi flagrantes três pessoas foram presas por tráfico de drogas no centro de Caraguatatuba.

O primeiro flagrante ocorreu por volta das 22h00 de quarta-feira 27/11, policiais militares,durante patrulhamento pela Praça Diógenes Ribeiro de lima no Centro,avistaram um grupo de pessoas, sendo que M.V.V de 18 anos ao avistar a equipe policial tentou evadir do local, sendo contido e abordado.

Em revista pessoa no suspeito foi localizado aproximadamente 00,9gr de cocaína, 00,2gr de crack e R$ 58.00 (cinqüenta e oito reais) em dinheiro.

Diante dos fatos, o infrator da lei foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento, permanecendo à disposição da justiça.

Horas mais tarde por volta dàs 01h55 já de Quinta-feira 28/01, policiais militares novamente durante patrulhamento pela Praça Diógenes Ribeiro de lima,avistaram um casal sentado em um banco da Praça, ao perceberem que estavam sendo observados demonstraram inquietação,levando a equipe policial a aborda-los para averiguações.

Durante a abordagem em J.C.L de 27 anos e F.C.R.L de 23 anos foram localizados com os mesmos no interior de uma mochila aproximadamente 71 (setenta e uma) pedras de crack e a quantia de R$ 321,10 (trezentos e vinte e um reais e dez centavos) em dinheiro.

Diante dos fatos, os infratores da lei foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia, onde prestaram depoimentos, permanecendo à disposição da justiça.

Força Tática encontra menor com 98 pedras de crack na Topolândia

Homens da Força Tática, grupo de operações especiais da Polícia Militar, encontraram no início da noite de terça-feira, por volta das 20h, o adolescente L.A.D., 17 anos, também conhecido por “Pituca”, com 98 pedras de crack nas proximidades da escadaria Travessa Onofre Santos, localizada no bairro da Topolândia, na área central da cidade, considerado um dos principais pontos de tráfico de drogas da cidade.

A ação ocorreu depois do atendimento de uma denúncia anônima que informava sobre a comercialização de entorpecentes no local, além do apelido do infrator e as características físicas.

Contudo, houve uma certa resistência por parte de “Pituca” em relação à abordagem, já que ao perceber a aproximação dos homens do Tático, iniciou fuga.
O mesmo só foi localizado em um terreno baldio, ainda próximo da escadaria. Com ele, além das pedras de crack, também foram apreendido mais sete pinos de cocaína, com peso aproximado de 11 gramas; R$ 331 em dinheiro, dividido em notas de pequeno valor; e, um celular.

O caso foi terminar no 1º Distrito da Polícia Civil, na Vila Amélia, onde o adolescente prestou depoimentos e, por ser menor de idade, foi apenas enquadrado por ato infracional. Caso fosse maior, segundo o Artigo 33 da Lei 11.343/06, poderia ser punido com cinco até 15 anos de reclusão. Na manhã de ontem, o mesmo foi encaminhado para o Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação Casa – antiga Febem).

SP registra aumento de 42% nos casos de latrocínio, aponta balanço

Pelo menos 19 latrocínios (roubos seguidos de morte) foram registrados na capital paulista no quarto trimestre do ano passado, totalizando 98 casos em 2009 contra 69 em 2008, um aumento de 42,02%. Os números são da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

É possível, no entanto, que o total de casos seja maior porque algumas vítimas, feridas na ação criminosa, podem ter morrido dias depois. Além disso, há situações em que a Polícia Civil registra o caso como homicídio e, com as investigações, conclui que foi latrocínio.

As estatísticas oficiais do quarto trimestre do ano passado devem ser divulgadas na sexta-feira pela Coordenadoria de Análises e Planejamento, departamento da SSP responsável pelas pesquisas dos índices criminais. Os números, disponibilizados no site da pasta, mostram que os casos de latrocínio na capital já tinham superado, nos três primeiros trimestres de 2009, o total de ocorrências registradas em todo o ano de 2008. Foram 79 contra 69.

No primeiro trimestre de 2009, a Polícia Civil computou 27 casos de latrocínio. No segundo trimestre foram 25. No terceiro, 27. Para especialistas em segurança, o latrocínio é um roubo que não deu certo - o ladrão, geralmente, atira por achar que a vítima reagiria.

Segundo a SSP, houve redução de 8,44% nos casos de homicídio no terceiro trimestre de 2009 em relação ao anterior. No quarto trimestre de 2009, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) atendeu 151 ocorrências: 136 de homicídios, sete latrocínios e oito de outros delitos - 19 flagrantes.

Segundo o departamento, o índice de esclarecimento dos casos foi de 54%, contra 44% computados no mesmo período de 2008. As informações são do Jornal da Tarde.

Foragido é suspeito de executar dois operários na Rodovia dos Imigrantes

Dois operários foram assassinados durante um assalto na noite desta quarta-feira, na altura do Km 17 da Rodovia dos Imigrantes, em Diadema, na Grande São Paulo. Uma terceira vítima fingiu estar morta para escapar do criminoso. Segundo a Polícia Civil, o principal suspeito do crime é o foragido Rafael Augusto Nascimento, de 19 anos, conhecido como "Rafinha", que tem o nome envolvido em crimes como homicídio, latrocínio, roubo e receptação.

A Justiça de Diadema já expediu um mandado de prisão no nome de Nascimento, referente a um assassinato cometido na cidade, registrado no 2º Distrito Policial. O delegado do 3º DP, Wagner Camargo Gouveia - responsável pelo registro do latrocínio na Rodovia dos Imigrantes - afirmou que Rafinha é também o principal suspeito do assassinato de um policial civil no Jabaquara, na zona sul da capital.

As três vítimas desta quarta-feira saíram de uma empresa de injeção plástica onde trabalham juntas na região do bairro Serraria, em Diadema, por volta das 22 horas. Elas costumam fazer o mesmo trajeto diariamente, de bicicleta. Para chegar ao bairro à Vila Nogueira, onde moram, os operários têm de atravessar a Rodovia dos Imigrantes. Assim que fizeram a travessia, cerca de 20 minutos depois de saírem da empresa, as vítimas foram surpreendidas pelo assaltante, que estava escondido atrás de uma árvore.

O operário de 31 anos que sobreviveu ao crime garantiu que nenhum deles reagiu. "Ele (o criminoso) atirou primeiro em um e depois em outro. Daí, ele atirou na minha direção. Consegui desviar do tiro e caí, daí fiquei caído me fingindo de morto. Depois disso, ele ainda atirou nos meus dois amigos, que já estavam caídos no chão, de novo", relatou. "Eu fechei os olhos e pedi a Deus para não morrer". Em seguida, o bandido fugiu.

A bolsa que continha a carteira do operário, com R$ 10 e cópias de documentos, foi roubada pelo assassino. A polícia ainda não sabe ao certo quais os objetos que foram levados das outras duas vítimas.



Carlos de Sá Teles Machado, de 35 anos, foi atingido no pescoço e na perna e morreu no local. Já Edvaldo José da Mata Nascimento, 33, baleado na cabeça, chegou a ser levado ao hospital Serraria, mas não resistiu ao ferimento. Eles estavam a menos de dez minutos de casa.

As características físicas do assassino descritas pelo sobrevivente do crime batem com as de Rafinha. Além disso, a frieza e o fato de atirar sem que a vítima esboçasse nenhuma reação fazem com que a polícia ligue este crime a outros cometidos na cidade, atribuídos ao procurado. "Ele (Rafinha) não se preocupa em como se comporta a vítima", explicou o delegado.

Socorro

Uma equipe da 3ª Companhia do 45º Batalhão da Polícia Militar havia saído para verificar um possível roubo a uma padaria na Vila Nogueira, que não foi constatado, quando foi surpreendida pelo operário sobrevivente, quando passava pela Avenida Prudente de Morais. "Ele (a vítima) saiu de lá de cima pedindo socorro, avisando dos amigos baleados", contou o sargento Antônio da Rosa Moreira.

Ainda de acordo com o sargento, preocupada com a demora do marido, a esposa de Machado tentou contatá-lo diversas vezes pelo celular. Como não obteve resposta, resolveu fazer o percurso que ele faz diariamente, com a filha do casal de 6 meses nos braços, quando encontrou o marido morto. Nascimento, a outra vítima, tinha quatro filhos.

Polícia de SP identifica sete empresas suspeitas de aplicar golpe do boleto

A Polícia Civil de São Paulo conseguiu identificar sete empresas suspeitas de aplicar golpes em pequenos comerciantes. As vítimas eram obrigadas a pagar taxas que variavam de R$ 100 a R$ 500. As investigações duraram um mês.

Entre terça-feira e quarta-feira, os policiais apreenderam comprovantes fiscais, boletos bancários e computadores. Para a polícia, tudo era usado pelos golpistas. O material foi apreendido em sete empresas suspeitas, que funcionavam em salas comerciais no Centro e na Zona Leste de São Paulo.

Segundo a investigação, eram dois golpes. Em um deles, a quadrilha convencia a vítima a enviar um fax preenchido e assinado para os golpistas autorizando a divulgação gratuita da empresa em uma suposta lista telefônica. Mas, na verdade, a vítima autorizava a cobrança de várias taxas.

No outro golpe, a quadrilha enviava boletos de cobrança aos pequenos empresários. “Eles enviavam o boleto à empresa, como se fossem uma associação comercial, e muitas das empresas pagavam pensando que se tratassem de associações oficiais”, explicou o delegado Paulo Roberto Robles.

As empresas que aplicavam golpes distribuíam manuais para os funcionários. Neles, estavam as perguntas mais comuns feitas pelas vítimas e também as respostas para enganá-las. São 18 questões que ensinam os funcionários a aplicar o golpe. Em um trecho, eles são orientados a dizer para as vítimas que a contribuição empresarial pedida seria voluntária.

“Pedimos que as firmas confirmem se trata-se de uma associação oficial, registrada no Ministério do Trabalho”, disse o delegado. Vinte pessoas que trabalhavam para as empresas foram ouvidas e liberadas. A polícia investiga agora quem são os responsáveis pelos golpes.

PM arranca 3 dentes de GCM em briga

Um guarda-civil metropolitano aposentado foi agredido por um policial militar enquanto aguardava para depor, na sala de espera do4º Distrito Policial (Consolação), na madrugada da última quinta-feira. O depoimento era sobre uma briga entre o guarda e a mulher dele, no apartamento do casal, na rua Augusta (região central de SP), ocorrido na mesma noite.

Antônio Marçal Costa, 53 anos, que integrou a GCM até maio de 2007, denunciou o caso à Corregedoria da Polícia Militar, alegando ter levado um chute no supercílio esquerdo, que abriu um corte e que resultou em oito pontos, e um soco na boca, que, diz ele, arrancou três dentes.

O delegado Humberto de Toledo Neder considerou que o guarda-civil aposentado Antônio Marçal Costa foi autor de um desacato contra o soldado Marcelo Prates de Oliveira.

No depoimento que deu à Polícia Civil sobre o caso, o PM admitiu ter dado "um murro no queixo para neutralizar" o guarda-civil aposentado, mas disse que, antes, Costa lhe xingou, afirmando: "corno, todo policial é corno, onde está sua mulher agora?" Oliveira contou também que a vítima fez menção de agarrá-lo.

Ao informar sobre o afastamento, a PM afirmou que "não compactua com nenhum tipo de desvio de conduta praticado por qualquer policial".

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Polícia Civil apresenta responsável por assaltos a caixas eletrônicos na Costa Sul

Foi apresentando na manhã de ontem, por volta das 11h, no pátio da Delegacia Seccional de São Sebastião, Adriano Ferreira da Silva, 35 anos.

Ele foi preso no último dia 20 no Guarujá, na Baixada Santista, por conta da prática dos assaltos contra caixas eletrônicos em bairros da Costa Sul do município. Além disso, o infrator é considerado um dos integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa coordenada por detentos de cadeias do Estado.

A apresentação do infrator ocorreu após pouco mais de duas horas de viagem entre as duas cidades. Para isso, foi montada uma mega operação, que contou com quatro viaturas e agentes fortemente armados.

De acordo com Múcio Alvarenga, delegado seccional, responsável pela atuação da Polícia Civil no Litoral Norte, todo o aparatado foi feito tendo em vista o alto grau de periculosidade do infrator.

Segundo ele, documento assinado pelo delegado Sérgio Lemos Nassar, diretor da Cadeia Pública do Guarujá, onde Silva estava detido, descrevia o risco até de um possível resgate. “A sua prisão ocorreu por conta de um mandado de prisão expedido aqui na cidade”, justifica. “Esses fatores fizeram que fosse pedido o envio dele para cá”, acrescenta.

Alvarenga ainda frisa que a prisão de Silva foi feita pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Guarujá em parceria com a DIG sebastianense, comandada pelo delegado Vanderlei Pagliarini e que vinha investigando os casos há alguns meses.

Já durante esclarecimentos aos investigadores, o infrator confessou apenas a prática do assalto contra um caixa eletrônico de um shopping, em Maresias, e contra um de um posto de combustíveis, em Juquehy.
Nesse episódio, aliás, ocorrido no último 30 de julho, ele com suporte de uma quadrilha rendeu 10 pessoas e retirou R$ 70 mil do terminal de saque de dinheiro.

Além disso, na fuga o grupo acabou bloqueado a Rodovia Doutor Manuel Hipólito do Rego, a Rio-Santos (SP-55). Também foram registrados roubos e furtos a caixas eletrônicos nos bairros de Barra do Una e Barra do Sahy, ambos na Costa Sul.

Do pátio da Seccional, Silva foi levado para o prédio onde funciona a DIG para prestar depoimentos e, pouco tempo depois, foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP), em Caraguatatuba.

Segundo Alvarenga, o infrator já tinha duas passagens por tráfico de entorpecentes, duas por porte ilegal de armas e outros dois inquéritos abertos devido à prática de roubos.

Prisões buscam desarticular PCC e o tráfico de drogas no Litoral Norte

Entre a segunda-feira e ontem outras quatro pessoas foram detidas por vinculo com o PCC na região. O que chama atenção é a semelhança em relação à especialidade criminal dos infratores: o tráfico de drogas.

Na manhã de ontem, por volta das 11h, foi detido na Estrada do Cascalho, em Boiçucanga, na Costa Sul de São Sebastião, David dos Santos Correia, 21 anos, conhecido como “Tico”. A ação foi feita por investigadores do 2º Distrito da Polícia Civil que atenderam um mandado de prisão temporária de 30 dias, que pode ser renovado após o seu término.

De acordo com Ricardo Marques, chefe dos investigadores do 2º DP, David havia praticado o tráfico de drogas no ano passado. Apesar de ser abordado, o mesmo não reagiu o colaborou para o andamento da ação. “Ele chegou a praticar outros crimes semelhantes quando menor e até chegou a ser internado na Febem [atual Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente – Fundação Casa]”, conta.

Ainda segundo Marques, Tico era amigo direto de Ângelo Passos dos Santos, 24 anos, apontado como o “disciplina”, ou seja, comandante do tráfico de drogas até outubro de 2009, quando foi detido durante uma operação da 2º DP, DIG e Delegacia de Investigações Gerais Sobre Entorpecentes (Dise).

Outro detido na Costa Sul de São Sebastião, mais especificamente no bairro de Maresias, foi Guilherme Arantes da Silva, 21 anos, conhecido como “Tuta”. No entanto, sua prisão ocorreu na última segunda-feira. Já em Boiçucanga, José Wellington, 21, foi preso em Boiçucanga.
Na cidade vizinha Caraguatatuba, por sua vez, foi detido um homem apelidado por “Irmão Fronteira”, comandante do tráfico de drogas. Além disso, ele era o homem mais forte do PCC no município.

Carpinteiro é encontrado com 2 kg de cocaína após bloqueio policial

O carpinteiro Diego de Silva e Silva, 21 anos, foi preso no final da noite da última segunda-feira, por volta das 22h, com dois quilos de cocaína. A detenção ocorreu na Rodovia Doutor Manuel Hipólito do Rego, trecho do bairro Juréia, na Costa Sul da cidade, onde homens da Polícia Rodoviária Estadual desenvolviam uma operação de bloqueio.

Silva conduzia uma motocicleta, modelo Honda Falcon, e foi parado devido às atitudes suspeitas ao perceber que havia a ação dos rodoviários no local. Parado, ele foi alvo de uma revista pessoal, assim como, a mochila em que carrega e guardava dois tijolos da droga, pesando um quilo cada. Já em esclarecimentos aos policiais, o carpinteiro disse que vinha da capital, onde havia comprado a cocaína, porém, preferiu não mencionar para quem venderia e onde.

Da Juréia, o mesmo foi levado ao 2º DP, em Boiçucanga, onde prestou depoimentos e foi enquadrado por tráfico de drogas, crime previsto no Artigo 33 da Lei 11.343/06 e que pune o indiciado com cinco até 15 anos de reclusão. Em seguida, foi encaminhado ao CDP, em Caraguá.
Ainda em São Sebastião, policiais militares prenderam I.S.P., 24, com 18 pedras de crack. Segundo dados do 20º Batalhão da PM (20º BPM/I), ele foi encontrado na avenida Tropicanga, no bairro Boiçucanga. Além disso, o jovem também portava R$ 140 em dinheiro, proveniente da comercialização do produto.

PM apreende 15 papelotes de cocaína no Reino

Policiais militares apreenderam nesta semana 15 papelotes de cocaína no bairro Reino, na Região Central do arquipélago. As drogas estavam em poder do jovem L.S.S., 22 anos, que estava acompanhado do adolescente R.A.S., 15, na rua Aparecida Maria de Azevedo.

No momento da ação, PM’s informaram que estavam em patrulhamento e se atentaram às atitudes que os infratores apresentaram no momento em que avistaram a viatura da corporação.

Os 15 papelotes de cocaína foram encontrados durante a abordagem e revista pessoal e estavam em meio à roupa do jovem. Além disso, no local, ambos confirmaram que eram usuários e que a rua era ponto de comercialização de droga. Do Reino, os dois foram levados à Barra Velha, onde fica o Distrito da Polícia Civil.

Na unidade, tanto o jovem, como o menor, prestaram depoimentos ao delegado plantonista, porém, apenas L.S.S. foi enquadrado por tráfico de entorpecentes, crime previsto no Artigo 33 da Lei 11.343/06 e que pune o indiciado com cinco até 15 anos de reclusão e, em seguida, foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP), em Caraguatatuba. R.A.S., por ser menor de idade, foi enquadrado por ato infracional e liberado mediante presença da mãe.

Homem é atingido por tiro durante tentativa de roubo em Campos do Jordão

Um homem foi atingido por um tiro durante uma tentativa de roubo a um bar, na noite desta terça-feira (26), no bairro do Jaguaribe em Campos do Jordão.

Segundo informações da Polícia Civil, um homem armado invadiu o estabelecimento e após uma discussão, efetuou um disparo na cabeça do dono do bar.

Ele foi levado ao Pronto Socorro de Campos e em seguida encaminhado ao Hospital Regional de Taubaté, em estado grave. A Polícia ainda não tem suspeitos da autoria do crime.

Polícia apreende 10 quilos de cocaína

Dez quilos de cocaína foram apreendidas em São José dos Campos, nesta terça-feira (26). A droga estava em uma casa, no bairro Novo Horizonte, que funcionava como uma mini refinaria de drogas.

Também foram apreendidas balanças de precisão e pinos para embalar a cocaína. Duas mulheres e dois homens estavam no local e foram presos acusados de tráfico de drogas.

Suspeito morre em tiroteio com a PM na zona sul de SP


Um homem armado com um fuzil AR-15 morreu em uma troca de tiros com policiais militares da Força Tática do 16º Batalhão no início da madrugada desta quarta-feira, no Jardim Olinda, região do Campo Limpo, zona sul de São Paulo. Um outro suspeito, que, segundo a PM, seria comparsa do homem morto, foi preso nas imediações.

De acordo com informações da corporação, eles fariam parte de uma quadrilha especializada em roubos a condomínios e caixas eletrônicos, que já era investigada pelo Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado (Deic), da Polícia Civil.

Às 23h15 da terça-feira, a PM recebeu um chamado de averiguação de invasão de domicílio na Rua Gil Simões da Costa. No local, equipes do policiamento de área do 16º Batalhão detiveram Felipe Nicaccio, de 33 anos, armado com uma pistola. Nicaccio disse aos policiais que poderia haver outras pessoas armadas dentro de uma residência na rua de trás, a Alexandre Biagio.

Os PMs resolveram entrar no sobrado indicado pelo suspeito, onde morava o homem morto minutos depois na troca de tiros com os policiais. Protegidos por escudos balísticos, eles revistaram o andar térreo do imóvel e não encontraram nada, mas ouviram conversas vindas do pavimento superior. Entretanto, ninguém foi preso na residência.

Os policiais acreditam que pelo menos cinco pessoas, entre homens e mulheres, tenham fugido do local, a pé, levando armas. Dentro do sobrado, os policiais encontraram uma sacola com uma pistola e um cinturão feito de um suposto artefato explosivo, que será encaminhado à perícia.

Enquanto uma equipe permanecia no sobrado, outra, formada por dois integrantes da Força Tática, foi até a casa ao lado. Eles contaram ter aberto o portão e entrado no jardim, por volta das 0h40, quando foram surpreendidos por tiros disparados pelo suspeito, que pulou o muro do sobrado para tentar se esconder na casa vizinha. Houve revide. O homem, que estava armado com um fuzil AR-15, acabou baleado. Ele chegou a ser levado ao Pronto-Socorro (PS) do Campo Limpo, mas não resistiu aos ferimentos.

Na fuga, os criminosos abandonaram quatro carros estacionados na rua: um Celta vermelho, um Palio Weekend, um Ecosport e um Palio, todos da cor prata. Os dois últimos são roubados. Os materiais apreendidos - entre eles o fuzil, as pistolas de calibre 765 e 380 e a possível bomba - foram apresentados no Deic.

Supervisor é preso sob acusação de pedofilia em Guarulhos

Policiais militares prenderam em flagrante, por volta das 21h30 de segunda-feira, um supervisor, de 25 anos, no Parque Industrial Hamamy, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Ele é acusado de praticar relações sexuais com um estudante, de 14 anos.

Segundo a Secretaria de Segurança Públicda do Estado de São Paulo, os policiais estavam em patrulhamento quando encontraram um carro parado próximo a um matagal. Eles abordaram o carro, onde estavam o supervisor e o estudante, que saiu arrumando a calça.

Quando foram questionados, os dois disseram que estavam sendo ameaçados por uma mulher, que tinha fotos de ambos nus e iria divulgá-las no Orkut, se eles não mandassem imagens e vídeos para ela. Quando foram abordados, os dois estavam no carro fazendo filmagens pornográficas.

Os PMs olharam a câmera digital e o celular do estudante, onde havia mais dois vídeos e fotos de ambos. Eles foram conduzidos até o 4º Distrito Policial de Guarulhos, onde confirmaram ao delegado que já tinham feito outras filmagens do tipo. O delegado requisitou os computadores do supervisor e verificou que neles existiam fotos de adolescentes nus e semi-nus.

Com base nas provas, o delegado pediu a prisão em flagrante do supervisor, que foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Guarulhos, onde ele permanece preso, à disposição da Justiça. A câmera digital, o celular e as CPUs foram apreendidas e encaminhadas ao Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Técnico Científica de São Paulo.

PM localiza laboratório com cerca de 50 quilos de cocaína no Dique Sambaiatuba

Policiais militares do 39º Batalhão de Polícia Militar de São Vicente localizaram nesta terça-feira, por volta das 15h, um local dentro da favela Dique Sambaiatuba, uma refinaria de droga com aproximadamente 50 quilos de substância que aparenta ser cocaína.

No local não foi localizada nenhuma pessoa. A ocorrência foi direcionada para a delegacia local onde será realizada a constatação do entorpecente. Os policiais militares encontraram também balanças e uma estufa.

Em Praia Grande, a Polícia Militar apreendeu cerca de 10 quilos de cocaína dentro de um ônibus no Terminal Tude Bastos. A apreensão aconteceu durante patrulhamento rotineiro de policiais militares na rodoviária, por volta das 23h30 de segunda-feira.

O entorpecente estava dentro de uma mochila no bagageiro interno do ônibus da Viação Útil com destino ao Rio de Janeiro.

Segundo informações do motorista da empresa à polícia, o rapaz teria preenchido o bilhete da passagem com o nome de Diego Bernard da Silva.

Para evitar qualquer surpresa, o passageiro permaneceu do lado externo até a hora da saída do ônibus. Com a chegada dos policiais militares ao local, fugiu do flagrante por tráfico de entorpecentes.

De acordo com a polícia, trata-se de um rapaz que já tem ligações com tráfico. A droga foi levada para a Polícia Federal de Santos.

Segundo o delegado da PF e assessor de comunicação, Luiz Carlos de Oliveira, essa estratégia de deixar a a droga dentro da ônibus, enquanto esperar no lado de fora, é muito comum em rodoviárias. Por isso que muitas vezes, explicou o delegado. é difícil fazer a prisão durante a vistoria.

Homem é morto ao reagir a assalto

Um conferente de supermercado foi assassinado com um tiro no pescoço, por volta das 10h30 de anteontem, dentro de seu carro, um Palio vermelho, a duas quadras de seu local de trabalho, na rua Sarah Velardo Veloso, na Vila Guilherme (zona norte de SP).

A família do conferente diz acreditar que ela possa ter reagido a uma tentativa de assalto (leia mais ao lado). Segundo a polícia, nada foi levado da vítima. Já a Polícia Civil ainda não tem pistas de suspeitos nem soube dizer qual foi o motivo do crime.

Segundo familiares, João Rodrigues de Novaes, 48 anos, saiu de sua casa às 20h30, em Francisco Morato (Grande SP), para levar o filho, o neto e uma sobrinha até a estação do Brás (região central de SP), para que eles pudessem voltar de trem para casa, em Cidade Tiradentes (zona leste).

Motorista reage e é assassinado

O caminhoneiro Gilberto Vicente dos Santos, 42 anos, foi morto ontem na rua do Lucas, próximo do Mercado Municipal (região central de SP), após descarregar uma carga que trazia de Sergipe.

O crime aconteceu por volta das 22h. De acordo com testemunhas, Santos parou o caminhão no local, na zona cerealista, descarregou, recebeu o pagamento e foi comer um lanche. Abordado ao voltar para o caminhão, ele teria reagido ao assalto.

A PM foi chamada em seguida. De acordo com a polícia, a vítima estava caída ao lado do veículo, com um tiro na cabeça. Um único cartucho de pistola foi achado ao lado do corpo. Ninguém foi preso. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial (Brás), mas será investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa).

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Ministério Público quer retirada de todos quiosques e pontos comerciais da orla da praia

Uma recomendação do Ministério Público vai mexer com toda estrutura existente na orla de Caraguatatuba entre o rio Tabatinga, na região Norte, e o rio Juqueriquerê, na região Sul.

Até o dia 4 de fevereiro a prefeitura tem de anular todas as permissões de uso concedidas aos atuais proprietários das empresas instaladas nos quiosques, barracas, trailers e pontos comerciais localizados na faixa da praia. Hoje, a Secretaria de Urbanismo inicia a notificação dos responsáveis. Só quiosques, existem 119 no município.

Ainda há parque de diversão, pistas de skate, pista de voo livre, quadras esportivas, estrutura para locação de bicicletas, entre outros.
Na avaliação do promotor Matheus Jacob Fialdini, o princípio da impessoalidade impõe o tratamento igualitário às pessoas. “Nesta linha, é inadmissível a outorga de permissão de uso de espaços públicos sem a prévia realização de procedimento licitatório”, diz em sua recomendação à administração pública.

Ele cita ainda decisão do Tribunal de Justiça do Estado, sobre Ação Direta de Inconstitucionalidade, de setembro do ano passado, considerando ilegal o Decreto 181, de 30 de dezembro de 1992, que deu a permissão sobre esse trecho. Na avaliação do relator Penteado Navarro, “o referido decreto acabou criando regra que privilegiou um grupo minoritário de pessoas, mostrando-se incompatível com os princípios de impessoalidade de igualdade”.

Na ocasião, a prefeitura chegou a se defender justificando que obteve autorização do Ministério da Marinha para construir quiosques em diversas praias, por isso editou o referido decreto.

Mas, conforme entendimento do relator do Tribunal de Justiça do Estado, “não sendo a autorização da Marinha do Brasil outorgada por meio de lei, não há o que se falar em decreto regulamentador”.
Com essa recomendação do MP, quiosques instalados na Avenida da Praia (região central) e nas faixas de areia da Martin de Sá, Tabatinga, Mococa, Cocanha, Massaguaçu,Prainha, Indaiá, Palmeiras e Porto Novo devem ser demolidos. A desocupação das áreas deve ser feita no prazo máximo de 60 dias a partir da data da comunicação.

Em um dos itens da recomendação do MP, ele determina que a prefeitura se abstenha de outorgar novas permissões de uso de área sem a realização prévia de procedimento licitatória e a devida autorização da União, por intermédio da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) ou outro órgão competente.

Em caso de desobediência à recomendação, o MP informa que vai adotar as medidas legais necessárias a fim de assegurar a sua implementação, especialmente através de ajuizamento de Ação Civil Pública por improbidade administrativa e representação ao Procurador Geral de Justiça por eventual descumprimento de ordem judicial.

O secretário de Urbanismo de Caraguá, Laércio Andrade dos Santos, disse que a prefeitura vai cumprir a recomendação judicial e a partir de hoje começa a notificar os mais 120 permissionários da orla da praia.
Segundo ele, o que foi possível ser feito junto à categoria, a Administração fez por meio de cursos com a Vigilância Sanitária e projeto para a melhoria da orla. Ela antecipou ainda que, como base nessa medida do MP, o prefeito Antonio Carlos da Silva vai elaborar o Plano de Ocupação da Orla, inclusive com autorização da União. O prazo ainda não está definido.

O presidente da Associação dos Quiosqueiros de Caraguá, Renato Lambiasi, disse ontem que não havia sido notificado por isso não teria condições de comentar a respeito da medida.Ele só antecipou que são 119 quiosques no município e que cada um emprega uma média de 15 pessoas, o que dá um universo de R$ 1.785 trabalhadores.

Resposta semelhante foi do presidente da Associação Comercial e Empresarial de Caraguá (ACE), Rui Fernando Coutinho. Ele explicou que não está a par do assunto, por isso não teria como dar uma opinião.

Crime em família: irmãos são presos por tráfico de drogas na Maranduba

O pedreiro J.A.S., 47 o ajudante geral F.M.S., 25, além da jovem J.O.S., 20, todos irmãos, foram presos com 36 trouxinhas de maconha (o equivalente a 112 gramas do entorpecente) e 11 papelotes de cocaína (cinco gramas).

Todos estavam na rua Mario Bário, no bairro da Maranduba, onde comercializavam os produtos próximos a um estabelecimento comercial que promovia bailes de forró.

A ação, segundo informações fornecidas pela 3ª Companhia da Polícia Militar, ocorreu depois do atendimento de uma denúncia anônima. O dado forneceu características e dizia que o grupo já comercializava as drogas durante um certo período nas imediações. Com isso, foi feita uma busca, que resultou na localização dos suspeitos. Nenhum dos infratores, de acordo com a PM, ofereceu resistência à abordagem.

Detidos, os três foram levados ao Distrito da Polícia Civil, no Centro, onde prestaram depoimentos e foram enquadrados por tráfico de drogas, crime previsto no Artigo 33 da Lei 11.343/06 e que pune o indiciado com cinco até 15 anos de reclusão. Da unidade policial, os dois homens foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP), em Caraguatatuba. Já a mulher foi recolhida à Cadeia Pública Feminina, no próprio município.

Presidente de escola de samba é preso suspeito de integrar quadrilha que assalta caixas eletrônicos

O presidente da escola de samba Amazonense, Adriano Ferreira da Silva, de 36 anos, foi preso no Gonzaga por investigadores da Delegacia de Investigações Gerais. Os investigadores cumpriam um mandado de prisão contra o suspeito.

O processo corre em segredo de Justiça, mas de acordo com as informações, o presidente da escola de samba está sendo investigado sobre possível envolvimento com uma quadrilha que pratica roubos em caixas eletrônicos.

Além disso, esta quadrilha é acusada de matar o vigilante José Milton Fonseca durante um assalto a um caixa eletrônico na Av. Ana Costa.

O acusado também é suspeito de participar de um assalto na cidade de Maresias, no Litoral Norte, quando houve troca de tiros com a polícia.

O acusado está na cadeia anexa ao 1º DP de Vicente de Carvalho, em Guarujá.

A Amazonense é a atual campeã do Carnaval de Santos.

Homem mata mulher e duas filhas decapitadas

Um motorista de ônibus aposentado foi preso, anteontem à noite, em São José do Rio Preto (438 km de SP), acusado de matar e decapitar a mulher e as duas filhas, de 18 e 23 anos, e ainda esconder os corpos dentro de casa por pelo menos 36 horas.

Segundo a polícia, o aposentado sofre de esquizofrenia e confessou o crime, mas não soube dizer, em depoimento, o que o teria levado a cometer o triplo homicídio.

Policiais civis apreenderam, ontem de manhã, na casa da família, uma faca, uma serra de pedreiro e uma marreta, mas não souberam informar com qual dessas armas Nilson de Andrade Justino, 47 anos, teria assassinado as vítimas.

O crime foi descoberto, segundo a polícia, após colegas de igreja da família irem até a casa das vítimas para saber do paradeiro delas. Eles estranharam o fato de a estudante universitária Mariana Pinheiro Justino, 18 anos, caçula do acusado, que era coordenadora do grupo de jovens da igreja, ter faltado ao culto da noite anterior.

Vigia é acusado de matar jovem

Um segurança de 24 anos é acusado de matar a tiros uma jovem de 17 anos, com quem vivia em Perdizes (zona oeste de SP). Ela foi assassinada com quatro tiros na cabeça, em uma casa na rua Paris, de acordo com a Polícia Civil.

Um vizinho do casal informou à polícia que Grace Reis Lima Vieira e o acusado, S.M.S., discutiram asperamente na tarde do dia do crime. À noite, segundo o depoimento, ele viu os dois sentados na cama pela janela e minutos depois, por volta das 23h30, ouviu quatro disparos. Equipes de socorro foram chamadas, mas quando chegaram a vítima já estava morta.

O vizinho ainda disse que o acusado pediu para ser levado até a casa de uma tia, mas ele negou a ajuda e chamou a polícia. S.M.S., porém, conseguiu escapar. Ele continua sendo procurado pela polícia.

Avô nega ter recebido dinheiro de assassino

"Não vi a cor desse dinheiro", disse ontem o gari José Navarro Alves, 55 anos. Ele é avô das duas crianças mortas no final de semana pelo pai --que pouco antes do crime escreveu uma carta à mãe de sua ex-mulher dizendo que tinha pago velório das crianças. O assassino se matou depois de esfaquear os filhos.

O crime aconteceu na cidade de Jaú (287 km de SP). O dinheiro, segundo a carta, teria sido depositado na conta de Alves. O manuscrito, de cinco páginas, citava inclusive o número da conta. Alves, porém, afirma que o dinheiro prometido pelo vendedor não chegou.

O gari teve de negociar com a funerária o pagamento do enterro de Nathan Gabriel Barreto, 9 anos, e Ana Beatriz Barreto, 5 anos. "Dei três cheques de R$ 433, mas não tenho isso tudo", conta Alves. "Pedi para o rapaz da funerária esperar um pouco porque eu vou fazer empréstimo na Caixa."

Alves reclama da Justiça. Segundo ele, apesar de a Lei Maria da Penha impedir o acusado de se aproximar de sua filha, Barreto podia ficar com os filhos.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Advogado e familiares são amarrados durante assalto no Britânia

O advogado V.G.F de 52 anos e familiares, passaram momentos de tensão por volta das 1:20 da madruagada da ultima sexta-feira 22/01, na casa onde moram na Rua. Quatorze no Jardim Britânia.

Segundo a vitima, três indivíduos invadiram a casa armados, e após renderem todos que estavam na residência os familiares foram amarrados com fio de nylon e levados para um dos cômodos da casa.

Já com o advogado os criminosos foram mais violentos, utilizando cabo de aço o mesmo foi trancado em outro local.

O trio roubou objetos pessoais, talões de cheques, cartões de crédito, celulares e fugiram levando o veiculo da família um Ford Ka que posteriormente foi localizado abandonado na Rua Yoshio Shibata no Perequê-Mirim.

Usuário de drogas é detido pela vitima praticando furto

O desocupado J.S.R de 21 anos, que alegou ser usuário de drogas foi detido pela vitima quando praticava um furto na casa do autônomo S.N.S de 53 anos.

O marginal se deu mal, por volta das 11h40min da manhã da ultima sexta-feira 22/01, quando furtava um receptor de antenas após desparafusar a grade de proteção da janela da residência.

A policia militar foi acionada, onde estiveram os policiais Sd Carvalho e Monteiro, que deram voz de prisão ao acusado, conduzindo o mesmo à delegacia onde acabou preso em flagrante por tentativa de furto.

O criminoso utilizou uma chave de fenda para soltar a grade de proteção e ter acesso ao interior da residência.

Menor é surpreendida com pedras de crack nas vestes intimas no Rio do Ouro

Por volta das 19h10min, da ultima sexta-feira 22/01, os policiais da viatura do Comando de Força, Tenente Gonzalez, Quirino e Rafael Brito, realizavam patrulhamento pela Avenida Américo Timóteo do Rosário no Rio do Ouro, quando depararam com uma moça que tentou fugir ao avistar a viatura.

Os militares detiveram a menor S.L.C de 16 anos, e acionaram a policial feminino Sd. Quérico, que em revista pessoal na suspeita logrou êxito em localizar nas vestes intimas da menor 32 pedras de crack.

Após a descoberta da droga, a infratora relatou que vendia a droga para um homem de apelido “Madruga”, que seria traficante no bairro.
Conduzida ao DP, foi registrado o Ato Infracional de Tráfico de Drogas.

Mulher é presa por tráfico no Canta Galo

Na noite da ultima sexta-feira 22/01, os policiais militares Leonel e Douglas, estavam em patrulhamento pela Estrada do Canta Galo no bairro de mesmo nome, quando depararam com a desocupada M.M.G.A de 44 anos, que dispensou algo no chão ao avistar a viatura.

Abordada nada de ilícito foi localizado com a suspeita, mas ao verificar o que a mesma havia dispensado, os policiais localizaram cinco pedras de crack.

Indagada sobre a droga, a acusada contou que era viciada, mas após ser interrogada sobre a quantidade acabou confessando comercializar entorpecente.

Em diligências na casa da mulher os militares localizaram mais dezenove pedras da droga, totalizando 24 pedras de crack.

Conduzida à delegacia, ela acabou presa em flagrante por tráfico de drogas, e foi encaminha para a cadeia feminina de Ubatuba onde aguardará julgamento.

Pai mata filhos após pagar funeral à ex

O vendedor Edson Muniz Barreto, 30 anos, matou anteontem seus dois filhos, Nathan Gabriel Barreto, 9 anos, e Ana Beatriz Barreto, 5, com um punhal. Em seguida, ele cravou a arma no próprio peito. Antes, tinha enviado um bilhete à ex-mulher dizendo que o funeral dos três já estava pago. O caso aconteceu em Jaú (287 km de SP).

Barreto, que morava em Santa Catarina, foi para Jaú na quarta-feira, de acordo com a polícia, quando foi pegar as crianças na casa de sua ex-mulher (o casal estava separado havia um ano). Pai e filhos ficaram em um hotel.

Policial é morto em assalto na capital

Um investigador do Denarc (Departamento de Investigações sobre Narcóticos) foi assassinado ontem de madrugada na Barra Funda (zona oeste da capital). De acordo com uma testemunha que acompanhava o policial civil, ele foi baleado depois de reagir a um assalto.

Segundo a polícia, a testemunha contou que estava com o policial Fernando Del Nero, 45 anos, no Astra prata dele, às 5h, na rua Edgard Theotonio Santana. Ela disse que três criminosos apareceram e anunciaram o assalto.

Homem é preso com 4 Kg de cocaína dentro do guarda-roupa em São Paulo

Policiais civis da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Jales, a 601 quilômetros da Capital, detiveram um homem, de 38 anos, com 4,1 quilos de cocaína e crack, escondidos em um guarda-roupa.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, por das 15 horas de sábado, policiais civis, em cumprimento a mandado de busca domiciliar expedido pelo Fórum de Jales, foram à Rua dos Ipês, no Jardim dos Ipês, e, ao vistoriar a residência, encontraram, ocultados em um guarda-roupa e dentro do carro, um Gol branco, 4.16 quilos de cocaína e 10,7 gramas de crack.

Diante do flagrante, o acusado foi conduzido ao Plantão Policial Permanente de Jales e indiciado por tráfico de drogas, permanecendo preso, à disposição da Justiça.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Homem é vítima de homicídio em Peruíbe

Clarismundo Viana da Silva, de 48 anos, foi assassinado a facadas na noite desta sexta-feira em Peruíbe. O crime aconteceu por volta das 21h30 no Bairro dos Prados. O acusado é Marcelo Gonçalves Santos Souza.

O motivo do crime é passional. O acusado não aceitava o fim do relacionamento com Natália Alves, que já estava namorando Clarismundo. Na noite de sexta-feira, Gonçalves foi até a casa de Natália e começou a gritar no portão. Com medo, Natália não saiu, e sim o namorado, que acabou sendo assassinado com cinco facadas. Após o crime, Gonçalves fugiu.

De acordo com Natália, ela já recebia ameaças de morte há alguum tempo e chegou a registrar dois boletins de ocorrência contra o ex-companheiro.

A Polícia Militar foi acionada e Clarismundo foi levado ainda com vida ao Pronto-Socorro da cidade, mas não resistiu.

No final da madrugada deste sábado, o filho de Clarismundo foi até a casa de Natália e a agrediu com socos e pontapés. Ele a culpa pela morte do pai, Clarismundo Viana. A vítima registrou boletim de ocorrência por lesão corporal.

O caso foi registrado e está sendo investigado pela Delegacia-Sede de Peruíbe. O acusado está foragido.

Polícia Militar apreende 50 quilos de cocaína em Mongaguá

Policiais Militares da Força Tática do 29º Batalhão de Polícia Militar do Interior, durante patrulhamento e abordagem para fiscalização, detiveram três pessoas e apreenderam 50 quilos de cocaína em Mongaguá.

Por volta das 5h30, em patrulhamento pela Rodovia Padre Manuel da Nóbrega, os policiais abordaram dois veículos. Durante a vistoria, foram localizados aproximadamente 25 quilos de cocaína em cada carro.

Os condutores e um acompanhante foram detidos e levados para o Departamento da Polícia Federal de Santos, onde estão sendo autuados em flagrante por tráfico de Entorpecentes.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Adolescentes fingem estar armados e roubam turistas no Tenório

Os estudantes F.S.S., M.E.J. e N.C.M., de 17 anos, além de C.A.R., 18, moradores de Taubaté, no Vale do Paraíba, foram assaltados por um grupo formado por dois adolescentes e um jovem em plena avenida Capitão Felipe, situada no bairro Tenório, na Região Central do município. O crime, de acordo com a 3ª Companhia da Polícia Militar, foi praticado no final da madrugada de quarta-feira, por volta das 5h.

Os estudantes caminhavam no momento da ação criminosa em sentido ao condomínio onde estavam hospedados e aproveitavam o recesso escolar. Entretanto, apesar de estarem em grupo, os turistas se intimidaram pela forma em que os infratores atuavam, fingindo possuir uma arma. Com isso, foram recolhidos um celular e R$ 60 em dinheiro.

Após o roubo, as vítimas acionaram a PM para elaborar um Boletim de Ocorrência (B.O.), porém, ao mesmo tempo uma viatura que fazia o patrulhamento na Área Sul de Ubatuba avistou três pessoas em atitudes suspeitas e acabou localizando os produtos roubados. Diante disso e da informação de que um roubo havia sido realizado, foi feita uma verificação do caso na Central de Operações da corporação (Copom), que confirmou as suspeitas.

Identificados como J.C.S. e F.G.S., ambos de 17 anos, e A.L.S., 19, os três foram levados ao Centro, onde prestaram depoimentos na delegacia. O maior de idade foi enquadrado por roubo, crime previsto no Artigo 157 do Código Penal brasileiro e que pune o indiciado com um a 10 anos de reclusão e, em seguida, foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP), em Caraguatatuba. O menor, por sua vez, foi apenas enquadrado por ato infracional e liberado da unidade policial após a chegada de seus responsáveis.

Em São José, polícia prende quadrilha que comemorava assalto a escritório

Uma festa acabou com a prisão de uma quadrilha de São José dos Campos nesta quinta-feira (21). Os bandidos comemoravam um roubo em uma empresa da cidade quando foram surpreendidos pela Polícia Militar.

Rua movimentada, vai-e-vem de carros a todo instante. Mas nem isso intimidou os bandidos. O alvo era certo, o escritório de contabilidade de um espaço comercial da Avenida Cassiano Ricardo, zona oeste da cidade. O que eles queriam eram os malotes de pagamento de todos os funcionários de uma rede de oficinas de São José dos Campos. Uma delas fica em um supermercado.

A ação foi rápida. Dois homens abordaram a proprietária e uma funcionária, fugiram no carro roubado e deixaram as vítimas na zona sul e seguiram com o dinheiro.

Uma denúncia anônima mudou o desfecho dessa história. Policiais receberam a informação de que os assaltantes estavam numa festa no bairro Vila Araújo, na zona leste, para comemorar o assalto. A polícia fez campana e abordou os suspeitos no fim da comemoração. “Quando eles saíram da festa, a Polícia conseguiu fazer o cerco e achar o dinheiro”, diz o Tentente Rodrigo Barra Dias.

Na casa deles foram apreendidos parte do dinheiro, duas armas, uma de brinquedo, munição, um colete a prova de balas, uma granada de luz e som de uso das forças armadas e drogas.

A Polícia Civil diz que vai investigar quantas pessoas fazem parte da quadrilha e se há envolvimento de ex-funcionários de rede de oficina.

Os homens serão processados por roubo, tráfico de drogas e uso de armas. A polícia conseguiu recuperar 6 mil, dos 24 mil roubados. Com o restante do dinheiro, os suspeitos disseram à polícia que pagaram dívidas e compraram dois carros, que também foram apreendidos.

Polícia encontra homens com drogas em posto de gasolina na Castello Branco

Dois homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas na rodovia Castello Branco, na chegada a São Paulo, na quinta-feira. Com eles, a polícia apreendeu 100 kg de cocaína.

A droga estava embalada em pacotes e dentro de sacos plásticos. Eles estavam escondidos no meio de bagagens numa carreta engatada no veículo. O carro estava parado num posto de combustíveis na altura do km 29.

Segundo a Polícia Federal, os homens chegaram durante a madrugada de quinta e não conseguiram entrar na cidade por causa do temporal e dos congestionamentos. Preferiram esperar no posto de combustíveis, onde foram presos. De acordo com as investigações, a cocaína vem da Bolívia e entrou no Brasil pela cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul.

Homem que matou a ex-mulher no salão de beleza é preso

O homem que matou a tiros a ex-mulher em Belo Horizonte foi preso, nesta quinta-feira, no município de Biquinhas, em Minas Gerais.

Câmeras de segurança instaladas no salão onde a vítima trabalhava como cabeleireira gravaram o crime, que ocorreu na quarta-feira. As imagens mostram quando o ex-marido entra no salão. Ele chega armado, afasta quem está perto, para diante da cabeleireira e começa a disparar. Ele continua a atirar mesmo quando a vítima está caída no chão.

De acordo com a Central de Operações de Telecomunicações da Polícia Civil, após ser preso em Biquinhas, o homem foi levado para a delegacia de Morada Nova de Minas (MG). O ex-marido será levado para a Delegacia de Homicídios de Belo Horizonte, onde deve prestar depoimento.

A cabeleireira já havia sido ameaçada de morte pelo ex-marido e tinha registrado oito queixas contra ele na delegacia. Ela pedia proteção à polícia por causa das ameaças.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Força Tática prende um dos braços direitos do principal traficante do Itatinga


As equipes da Força Tática da Polícia Militar prendeu na noite de terça indivíduo considerado um dos braços direitos do comandante do tráfico na região da Olaria e Itatinga, região central de São Sebastião.

D.L.S.N, de 20 anos, conhecido por “Aleluia”, foi preso após uma operação conjunta de policiais militares de plantão nas cidades de Ilhabela e São Sebastião.

Na terça pela manhã, por volta das 7h30, “Aleluia” e dois comparsas tentaram roubar uma agência bancária do Bradesco, no bairro do Perequê, em Ilhabela. No local estavam o vigia e o gerente. Como não conseguiram ter acesso ao banco, os bandidos agrediram os funcionários e mantiveram o gerente amarrado, levando apenas seus pertences pessoais. Com a tentativa frustrada do roubo, os bandidos então fugiram do local.

Por volta das 14h, o comando da PM de Ilhabela Tenente Scott, fez contato com os policiais de plantão de São Sebastião alegando que pelo menos um dos suspeitos seria desta cidade. Com a troca de informações, a Força Tática então se dirigiu para Ilhabela com fotos de bandidos procurados pela polícia e mostrou ao vigia do banco.

Para surpresa de todos, o funcionário da agência reconheceu um deles: “Aleluia”.

Os policiais da Força Tática então retornaram para São Sebastião e iniciaram uma incursão atrás do bandido pelo Itatinga e Morro do Olaria. Para não chamar a atenção, o Grupo de Operações Especiais percorreu o local a pé, encontrando “Aleluia” na escadaria do Itatinga. Ao perceber a presença dos policiais, o bandido saiu correndo em direção a um barraco, mas como não estava armado foi rendido pelos policiais tentando se desfazer de drogas que estavam em sua posse. Com ele, os policiais recolheram um celular e 143 pedras de crack, que estavam embaladas e prontas para comercialização.

“Aleluia” foi preso em flagrante e conduzido a Delegacia Seccional, no Centro, e vai responder pelo crime de tráfico de drogas, que prevê pena de cinco a 15 anos de detenção. Ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Caraguatatuba.

“Aleluia” poderá ser ainda incriminado por roubo com violência, depois de a Polícia Civil de Ilhabela ouvir os funcionários do Bradesco e, então, concluir o caso. O acusado já tinha passagem por tráfico de drogas.

Homem é morto no Centro de Santos

Wellisson Cláudio Barreto de Sousa, de 18 anos, foi morto com pelo menos dez tiros na cabeça na madrugada desta quarta-feira no Centro de Santos. A massagista Edilei dos Santos Silva, de 19 anos, estava com o rapaz no momento dos disparos, mas sobreviveu.

O crime aconteceu por volta das 4h30 na esquina da Rua João Pessoa com Avenida Senador Feijó. De acordo com as informações do boletim de ocorrência, a vítima bebia cerveja em frente a uma lanchonete e estava acompanhado de Edilei antes de ser baleada.

Uma moto teria parado em frente às vítimas. Em seguida, o garupa desceu, sacou duas armas e começou a atirar. Após o rapaz cair no chão, o autor do assassinato se aproximou e disparou outras vezes.

Os marginais estavam de capacete e conseguiram fugir sem ser identificados.

Autor dos disparos que matou policial militar em São Vicente é identificado


Policiais do 2º DP de São Vicente identificaram o autor dos disparos que mataram o policial militar Valdemir Xavier de Lima Filho, de 43 anos, nesta terça-feira, em uma tentativa de assalto na Vila Margarida. Johnny da Silva Farias, de 25 anos, foi reconhecido pelas testemunhas.

“Recebemos a informação de que o autor dos tiros morava na favela México 70, no mesmo bairro onde ocorreu o crime”, disse o delegado Wagner Milhardo.

O policial levou um tiro na cabeça e morreu no pronto-socorro de São Vicente. Ele estava de folga e viu quando dois assaltantes tentavam roubar entregadores de material de limpeza de uma mercearia do bairro.

O acusado também já tinha sido preso em 2005 por roubo e receptação.

Homem invade salão de beleza e atira sete vezes contra a ex-mulher

As câmeras de segurança instaladas em um salão de beleza no bairro Santa Mônica, região norte de Belo Horizonte, registraram o assassinato de Maria Islaine de Moraes, de 31 anos. Ela foi executada a tiros pelo borracheiro Fábio Willian da Silva, de 30 anos, seu ex-marido.

Por volta de 8h40, armado, Fábio invadiu o estabelecimento de propriedade da ex-mulher. Bastante nervoso, ele discutiu com Maria Islaine, apontou a arma e disparou sete vezes contra a cabeça e o tórax da vítima, que morreu no local.

Pelo menos duas pessoas estavam no salão no momento e presenciaram o crime. De acordo com as testemunhas, o borracheiro fugiu em um carro e até o fim da tarde permanecia foragido.

Parentes da vítima disseram que ela vinha sendo ameaçada pelo ex-marido e já havia registrado boletins de ocorrência contra ele.

Rapaz que agrediu a mãe tinha mania de perseguição, diz pai

O rapaz de 21 anos, que furou o olho da mãe com cabo de vassoura, é esquizofrênico e estava com mania de perseguição em relação à mãe, segundo relatos do pai à delegada Edna Pacheco Fernandes Garcia, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Santos.

"A mãe se preocupava e devia perguntar para onde ia e querer saber o que fazia", disse o paí à polícia. O jovem está detido na cadeia de Guarujá. A família tenta obter um laudo para interná-lo em uma clínica.

Marilin Nunes Martins, de 52 anos, foi atacada pelo filho na tarde de segunda-feira. Ela teve o olho furado com um pedaço de cabo de esfregão dentro de seu apartamento, na Rua Adolfo Lutz, na Ponta da Praia, em Santos. O rapaz foi detido na Rua Enguaguaçu em flagrante e confessou o crime. Vizinhos teriam ido atrás do rapaz e um deles ficou conversando com o suspeito até a chegada da polícia.

A delegada titular da DDM contou que, após ser abordado, o acusado fugiu pela janela da viatura, mas logo foi recapturado e encaminhado à delegacia. A delegada contou que o jovem admitiu o crime de forma fria e não teria demonstrado arrependimento.

A dona de casa foi encontrada por outro filho, de 24 anos, caída em um corredor do imóvel e levada para a Santa Casa de Santos, onde foi submetida a uma cirurgia para a retirada do globo ocular direito.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Casal de idosos são presos com 1 kilo de cocaína em Ubatuba



Na noite de segunda-feira,18 de janeiro, às 23h30min, policiais militares da Força Tática em Operação na cidade de Ubatuba,equipe do Sub-Tenente Lazzari e equipe do Sargento Nilson, durante patrulhamento pela Avenida Governador Abreu Sodré, Pereque-açú, vieram a abordar M.E.A.P de 68 anos conhecida como "Tia do Pó" e J.B.A. de 66 anos, que se encontravam na entrada de um estabelecimento onde seria uma Casa de Exploração ou Favorecimento à Prostituição.



M.E.A.P e J.B.A. são proprietários do local onde no interior foi localizado pelos policiais militares da Força Tática aproximadamente 1Kg de cocaína pronta para consumo, dividida em aproximadamente em 3.000(três mil) papelotes e R$ 1.074,00(um mil setenta e quatro reais) em espécie.

Após receberem voz de prisão, os infratores da lei foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia, onde prestaram depoimentos, sendo recolhidos posteriormente, M.E.A.P na cadeia feminina de Ubatuba e J.B.A ao CDP de Caraguatatuba.

Policial militar de folga é morto durante tentativa de assalto em São Vicente

O policial militar Valdemir Xavier de Lima Filho foi assassinado nesta terça-feira, no bairro Esplanada dos Barreiros, em São Vicente. A vítima tentou impedir um assalto.

Tudo começou quando dois assaltantes tentaram roubar entregadores de material de limpeza de uma mercearia do bairro. Assim que o motorista saiu do estabelecimento em direção ao caminhão, foi abordado pelos homens, que estavam armados.

O policial militar estava de folga, mas passava pelo local e viu o assalto. Ele se identificou como policial. Foi quando, de acordo com testemunhas, os assaltantes reagiram atirando.

Um dos disparos atingiu a cabeça do PM. Ele foi socorrido, mas morreu no pronto-socorro de São Vicente. Os assaltantes conseguiram fugir. A polícia faz buscas no bairro.

Técnico em telefonia é morto com cerca de 10 tiros na Avenida Conselheiro Nébias

O técnico em telefonia Ricardo Andrade de Sousa, de 34 anos, foi assassinado a tiros na madrugada desta terça-feira, na Vila Mathias, em Santos. Ninguém foi preso e, por enquanto, não há pistas sobre motivação e autoria.

A vítima levou cerca de 10 tiros, quando estava na esquina da Avenida Conselheiro Nébias com Rua Bitencourt. Por volta da 1h30, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para ir até o endereço e quando chegou apurou que o rapaz já tinha sido socorrido. Ricardo não resistiu aos ferimentos e morreu.

Não foram localizadas testemunhas do crime. O caso foi registrado no 3º DP de Santos mas está sendo investigado pela equipe do 4º DP da Cidade. O encarregado da unidade, Anselmo Ferreira, contou que a vítima tinha passagem por tráfico.

“Ainda é cedo para determinar a causa e autoria do crime”.
Ferreira afirmou que a polícia está buscando levantar dados de como o assassinato aconteceu.

Pessoas que tenham informações que auxiliem na elucidação do homicídio podem entrar em contato com o 4º DP pelo telefone 3232-3939. Não é necessário se identificar.

Mãe agredida com cabo de vassoura pelo filho continua em estado grave

Os médicos ainda consideram grave o estado de saúde de Marilin Nunes Martins, de 51 anos, que teve o olho direito furado pelo filho com um cabo de vassoura, no apartamento onde mora com a família, na Ponta da Praia, na tarde de segunda-feira. Segundo o último boletim médico divulgado pela assessoria da Santa Casa de Santos, ela está sem sedativos, acordada e consciente.

A vítima passou por uma cirurgia para a retirada do globo ocular direito. Segundo os médicos, o estado ainda é grave pois eles aguardam a reação de Marilin à lesão. A visão do olho esquerdo foi preservada.

Ainda de acordo com o hospital, nenhuma função cerebral foi comprometida. O rosto da vítima também está machucado por causa da pancada.

Assim que furou o olho da mãe, o rapaz de 21 anos fugiu, mas foi detido na noite de segunda-feira. Ele confessou à polícia o crime.

O crime ocorreu durante a tarde no apartamento da família, na Ponta da Praia, em Santos. Segundo as investigações da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde o caso foi registrado, testemunhas ouviram uma discussão e, posteriormente, pedidos de socorro.

De acordo com informações da delegada Edna Pacheco Fernandes, o pai do menino disse que ele tem esquizofrenia e parou de tomar os remédios há algum tempo. O rapaz vinha com uma mania de perseguição em relação à mãe.

O acusado, que não tinha passagem pela polícia, está na cadeia de Guarujá. A família vai tentar um laudo para tirá-lo da cadeia e interná-lo em uma clínica.

A mulher foi encontrada com o cabo de vassoura no olho direito por um de seus dois filhos, que, ao se deparar com a cena, entrou em estado de choque. Ele também foi encaminhado para a Santa Casa. A polícia realizou na segunda-feira uma perícia no apartamento da vítima, na Rua Adolfo Lutz, Ponta da Praia.

Dise apreende 1,2 quilo de maconha e cocaína na Aparecida

A polícia prendeu dois homens em flagrante sob acusação de tráfico de drogas na Aparecida, em Santos, na noite desta segunda-feira. A PM apreendeu cerca de 1,2 quilo de maconha e cocaína.

A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) recebeu informações sobre uma entrega de drogas ocorrida na Rua Vergueiro Steidel e uma equipe foi até lá. No local foram achados 28 tabletinhos de maconha e 19 flaconetes com cocaína.

O delegado titular da Dise, Francisco Garrido Fernandes, informou que ao todo foram apreendidos cerca de 900 gramas de maconha e 300 gramas de cocaína.

Mulher descobre na internet homem que estuprou o filho

A mãe de um adolescente de 14 anos descobriu que o filho se comunicava pela internet com um homem que o convenceu a ter relações sexuais. Ela percebeu mudanças no comportamento do filho, e resolveu investigar.

A mulher começou as buscas pelo computador e achou uma estranha troca de mensagens entre o garoto e um homem.

Numa conversa com o filho, descobriu que há sete meses ele se comunicava pela internet com o suposto amigo, até que um dia foi à casa dele. Lá, foi convencido a ter relações sexuais com o homem.

Para descobrir a verdadeira identidade dele, a mãe fez o filho voltar a trocar mensagens com ele. Só que dessa vez, ficava sempre ao lado, orientando as respostas e fazendo perguntas para conseguir informações.

A investigação da mãe ajudou a polícia. O acusado foi preso em casa. E, segundo a polícia, confessou crime. Ele foi preso por estupro e pode pegar até 12 anos de prisão.

A mãe, agora, chora, já que gostaria de ter evitado tudo isso. “Isso pode acontecer com qualquer mãe, qualquer pai, assim, que prestem mais atenção nos filhos”, lamentou.

Prestar atenção nos filhos é também a orientação da psicóloga Maria Luiza Bustamante, especialista em casos de abuso sexual. Ela diz que os pais devem conversar sobre o assunto com os filhos desde cedo.

“Bloquear o computador e trancar o computador não vai resolver. O que a gente tem que dar é a informação sobre o quê que a gente tem medo e do quê que a gente precisa se prevenir. E por isso a gente precisa falar sobre pedofilia, falar sobre abuso sexual, sobre assédio sexual, precisa conversar.”

Segundo a psicóloga, quem comete esse tipo de crime pode parecer uma pessoa comum. O homem preso hoje é auxiliar de escritório, tem 26 anos, casado - e em breve vai ser pai.

“Em uma das conversas eu fiquei sabendo que a esposa está grávida. E se fosse com o filho dele? E se alguém fizesse também com o filho dele?”, desabafou a mãe da vítima.

Quadrilha é presa acusada de roubos, sequestros e tráfico de drogas

Criminosos de uma das maiores quadrilhas do interior de São Paulo foram presos depois que a Justiça monitorou conversas telefônicas feitas pelos próprios suspeitos.

Além de planejar assaltos, eles negociavam pelo celular a venda de armas e o resgate de presos. Pelo telefone, os bandidos planejavam a invasão de uma casa.

O roubo de residência era só um dos crimes praticados pela quadrilha, uma das mais violentas do interior do estado. Os criminosos são acusados de assaltos a indústrias, lojas, sequestros e tráfico de drogas.

“Eram roubos com várias pessoas, todas armadas, armas pesadas e com muita violência. Eles ameaçavam muito as vítimas, agrediam e colocavam muito medo, até com o objetivo de evitar que denunciassem e viessem a reconhecê-los posteriormente”, disse Luciano Coutinho, promotor de Justiça.

Em pouco mais de dois meses de investigação, os policiais conseguiram prender 13 pessoas e apreender celulares, drogas e arsenal pesado. A polícia investiga agora se os criminosos tinham ligações com quadrilhas que agem em outros estados.

Eletricista é morto em assalto no lotação

Um eletricista de 48 anos foi assassinado ontem durante um assalto dentro de um lotação, em Embu (Grande SP). De acordo com a polícia, Ailton Bonfim Santos Paiva havia acabado de sacarR$ 5.545 do seu FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) em uma agência da Caixa Econômica Federal.

R.L.P., 28 anos, foi detido logo depois do crime, com uma arma de numeração raspada. O revólver calibre 38 tinha quatro cápsulas deflagradas e duas intactas.

Bandidos assaltam Correios e são mortos após troca de tiros, em Vargem

A agência dos Correios de Vargem foi assaltada na tarde desta terça-feira (19), por volta das 16h. Segundo a Polícia, os dois assaltantes fugiram e foram abordados em uma estrada que liga Vargem à Joanópolis.

Houve troca de tiros e os dois assaltantes morreram ao chegar no Pronto Socorro de Joanópolis.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Filho fura os olhos da mãe com cabo de vassoura na Ponta da Praia e foge

Uma mulher de 52 anos foi atacada nesta segunda-feira pelo seu filho, que fugiu. Marilin Nunes Martins teve os dois olhos perfurados por um cabo de vassoura. Ela foi internada em estado grave na Santa Casa de Santos.

O crime ocorreu durante a tarde. Segundo as investigações preliminares da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde o caso foi registrado, a mulher foi encontrada por um de seus dois filhos, que, ao se deparar com a cena, entrou em estado de choque. Ele também foi encaminhado para a Santa Casa.

A polícia realizou perícia no apartamento da mulher, que fica na Rua Adolfo Lutz, na Ponta da Praia. De acordo com informações, um dos filhos é deficiente mental, mas não havia confirmação de qual dos dois cometeu o crime.

Polícia investiga duplo homicídio em clínica de São Paulo

A Polícia Civil investiga a morte de duas pessoas dentro de um consultório médico no bairro do Jaguará, na zona oeste de São Paulo.

Os dois corpos, de um homem e de uma mulher, foram encontrados na sexta-feira no chão de um consultório, que estava todo revirado e com os medicamentos abertos sobre a mesa, informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Duas testemunhas reconheceram a vítima que trabalhava como recepcionista da clínica e disseram nunca ter visto o homem, identificado posteriormente.

As testemunhas também contaram que viram o marido da vítima perto do consultório no período da manhã, e que à tarde ele voltou e entrou na clínica. Os homicídios foram registrados no 33º Delegacia de Polícia (Pirituba) e o delegado solicitou ajuda do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para investigar o caso.

Dupla é presa por tráfico no Indaiá

Por volta das 04h30min da madrugada do ultimo domingo 17/01, os policiais militares Tenente Pelegrine, Cabral e Ruan, patrulhavam pelo bairro Indaiá, quando depararam com dois indivíduos em uma moto Yamaha XT 225 cor prata, que não obedeceram a ordem de parada e empreenderam fuga.

Várias viaturas foram acionadas, e após um cerco pelo bairro os policiais interceptaram o veículo na Avenida Geraldo Nogueira da Silva, próximo a pista de bicicross.

Abordados o condutor da moto R.L.S de 23 anos e o garupa C.A.K.O de 20 anos, foi constatado que o condutor não era habilitado e a documentação estava vencida.

Além das infrações de trânsito, o motociclista portava 25 porções de crack e R$550,00em dinheiro.

Conduzidos à delegacia, ambos acabaram presos por tráfico de drogas.

Traficante é preso pelo Tático Comando no Barranco Alto

O desocupado L.R.F de 24 anos, foi preso na noite
do ultimo sábado 16/01, portando crack e maconha.

O flagrante ocorreu quando os policiais do Tático Comando, equipe do Tenente Monteiro, Cabo Henrique e os soldados Eimert e Marcelo, realizavam patrulhamento pela Travessa Jordão Pedro no Barranco Alto, e depararam com o suspeito que correu para dentro de uma residência.

Informados que o suspeito estaria armado, e estava comercializando drogas no local, os militares foram franqueados pelo irmão do acusado para entrar na casa para conversar com o mesmo.

No quarto do acusado sobre uma cama, os policiais localizaram uma porchete onde haviam 59 gramas de maconha e 52 gramas de crack.

Dada voz de prisão ao acusado que já possuía antecedentes por Homicídio e Porte de Drogas, acabou desta vez preso por Tráfico de Drogas.

Pedreiro é preso com crack na cueca na Avenida Rio Branco

O pedreiro G.F.S de 43 anos, foi preso em flagrante por volta das 4:30 da madrugada da ultima sexta-feira 15/01, na Avenida Rio Branco no Indaiá, local conhecido como ponto de prostituição e tráfico de drogas.

Os policiais Felix e Marcio realizavam patrulhamento pelo local, quando depararam com o suspeito que empreendeu fuga ao avistar a viatura.

Abordado o acusado teve localizado em seu poder no bolso da bermuda R$269,00 em dinheiro em notas trocadas e na cueca dentro de um porta moedas 34 pedras de crack.

Indagado sobre a droga, o individuo disse que estava guardando a droga para uma prostituta.

Já com passagens por homicídio e assalto, ele acabou preso por tráfico de drogas.

Dupla suspeita de homicídios é presa no Tinga

O assessor político A.C.V.A de 20 anos e o desocupado J.A.G de 29 anos, foram presos portando arma e drogas, além de serem suspeitos de assassinatos no bairro Tinga que registra alto índice de homicídios.

O flagrante ocorreu por volta das 18h00min do dia 13/01, quando os policiais militares Cabo Nunes e o soldado Leite, patrulhavam pela Rua Elvira Peupeta no bairro Tinga, e depararam com o desocupado J.A.G que seria autor de um homicídio ocorrido no dia anterior.

Abordado o suspeito teve localizado escondido na cueca seis porções de cocaína.
Após receber voz de prisão devido o encontro da droga, o acusado ofereceu aos policiais dinheiro, droga e uma arma para que fosse liberado.

Os militares solicitaram apoio da viatura do Comando de Força Tenente Gonzáles e soldado Quirino, e o marginal a fim de negociar com os policiais levaram o mesmos até uma casa onde estava o comparsa de crimes o assessor político A.C.V.A, que tentou fugir porém acabou detido e teve localizado no bolso da bermuda três porções de cocaína e uma pedra de crack.

Em diligências na casa, foi localizado um revolver calibre 38, mais seis porções de cocaína, e balança digital.

Os acusados confessaram terem praticado homicídios e tentativas no bairro, as vitimas seriam Ricardo e Gordo da Prata “assassinados”, e Galego e Nega Gorda, que foram baleados em tentativas de homicídio.

O desocupado J.A.G, disse ser integrante da Facção criminosa PCC, e que dominava o tráfico de drogas no bairro do Tinga.

A dupla foi presa por tráfico de drogas e porte ilegal de arma, e serão investigados sobre a autoria dos assassinatos e tentativas.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Eletricista é preso por dirigir bêbado


O paraibano L.B.S., 37 anos, eletricista residente na Topolândia, foi preso na madrugada de sábado dirigindo bêbado na Avenida Guarda Mor Lobo Viana, no centro de São Sebastião.

Os policias realizavam um bloqueio de fiscalização na avenida, quando observaram um veículo cujo condutor brincava de fazer zig-zag na avenida. Interceptado no bloqueio por volta das 3h40, os policiais logo perceberam que o homem estava visivelmente embriagado. Submetido ao teste do bafômetro, não deu outra.

O equipamento registrou 0,85 mg/l (miligramas de álcool por litro) no sangue do bebum. O limite máximo aceitável é 0.32 mg/l.

Rapaz é preso por tráfico no ‘Carandiru’

Ajudante geral, nascido em Ilhabela e residente no Itatinga, em São Sebastião, o jovem D.C., de 20 anos, foi preso na madrugada de sábado, no Conjunto Residencial dos Servidores Públicos Municipais, prédios conhecidos no bairro como “Carandiru”. D.C. foi preso em flagrante por uma equipe da Força Tática da PM. A corporação já vinha investigando o local, suspeito de ser um ponto de tráfico de entorpecentes.

Na madrugada de sábado, elementos da equipe desembarcaram nas proximidades da Rua Ana Brum do Canto e mantiveram o local em observação. Logo constataram que o jovem, sentado numa cadeira entre dois blocos de apartamentos, estava em plena comercialização da droga. Abordado por volta das 2h, a polícia encontrou com ele 60 gramas de cocaína, 100 gramas de maconha, um celular e R$ 93 em dinheiro.

Comediante Zina continua preso e deve ser transferido para CDP


O comediante Marcos da Silva Herédia, de 28 anos, mais conhecido como o Zina do programa “Pânico na TV”, da Rede TV!, deve ser transferido nesta segunda-feira para um Centro de Detenção Provisória (CDP), segundo informações da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.

O humorista foi preso em flagrante no início da tarde de sábado, após policiais militares localizarem um revólver calibre 38 com a numeração raspada, dentro da casa dele, no Jardim Panamericano, Zona Norte de São Paulo.

Zina está preso no 72º Distrito Policial, na Vila Penteado. Ainda não foi decidido para qual CDP ele será transferido. De acordo com a secretaria, testemunhas disseram que o humorista atirou diversas vezes para o alto em um matagal que fica nas proximidades da casa onde ele mora e chamaram a Polícia Militar. Ao chegarem ao terreno, os policiais encontraram cinco cápsulas deflagradas.

Quando os policiais chegaram à residência, ele foi buscar a arma em um dos cômodos e a entregou aos policiais. Zina foi levado para a delegacia, onde recebeu voz de prisão em flagrante por posse ou porte ilegal de arma de fogo. Segundo a secretaria, o humorista preferiu permanecer em silêncio e se manifestar somente na presença de um juiz. O crime de posse ilegal de arma é inafiançável. A Polícia Civil solicitou exame residuográfico para saber se o comediante efetuou disparos com arma de fogo. O revólver e as cápsulas também serão periciados. O resultado dos laudos irá esclarecer se o artista efetuou disparos ou não.

Esta é a segunda vez que o comediante é detido em menos quatro meses. No final de outubro de 2009, Zina foi detido por suspeita de porte de droga. Na época, a Polícia Militar informou que o humorista estava com um invólucro de plástico contendo pó branco semelhante a cocaína e que teria resistido à prisão.

O Instituto de Criminalística (IC) confirmou que a substância era cocaína, mas Zina foi solto após assinar um termo circunstanciado, documento usado em ocorrências de menor potencial ofensivo. Ele foi qualificado como usuário de drogas e responderia em liberdade. Na época, os advogados da Rede TV! não falaram com a imprensa.

Homem mata Guarda municipal que o prendeu em Campinas

Um guarda municipal de Campinas, a 93 quilômetros de São Paulo, morreu no domingo após ser baleado por um fugitivo da polícia que ele tinha acabado de prender. O suspeito conseguiu pegar a arma de um dos guardas após pedir para que eles afrouxassem sua algema.

A vítima, de 33 anos, trabalhava na Guarda Municipal da cidade há 10 anos. Foi a primeira vez que um homem da corporação morreu em serviço. Ele estava com um outro colega em um carro da guarda quando abordou um usuário de drogas fugitivo da polícia. O bandido foi levado para o carro.

O criminoso preso pediu para afrouxar a algema. Foi o momento em que ele tirou a arma de um dos guardas e disparou cinco vezes. Dois tiros atingiram a vítima, que morreu após passar por uma cirurgia.

“Isso acontece em algumas situações, e vai muito do momento, da guarnição da equipe que está ali, para atender ou não essa solicitação”, explicou o comandante da guarda, Wagner Alves de Carvalho, sobre o procedimento de afrouxar as algemas.

Outro ponto que será avaliado pela corporação é o colete usado pelo guarda que foi morto. “Se nós olharmos a disposição do colete, ele não abarca realmente toda a parte do tronco”, disse o comandante.

Testemunha viu grupo levando pessoas para cemitério clandestino

O autor da denúncia anônima que levou a polícia a encontrar cinco corpos em um cemitério clandestino no Jaraguá, Zona Norte de São Paulo, contou aos policiais que via pessoas sendo levadas ao local, onde eram mortas a tiros e enterradas por um grupo de cerca de 20 homens. A denúncia foi feita na manhã de domingo. Nenhuma das vítimas foi identificada até o momento.

O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O cemitério, localizado na Travessa Cândido Nazaré, fica em uma área de difícil acesso, com mata fechada, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública.

Inicialmente foi localizada apenas uma vítima. Instantes depois, os policiais encontraram outras quatro covas, todas próximas à superfície e ao lado de árvores. Foram encontrados dois corpos estavam em estado avançado de putrefação e três ossadas humanas completas.

De acordo com a polícia, um dos corpos foi enterrado recentemente – entretanto, a secretaria não soube precisar quando. Outro tinha uma corda ao lado, indicando que ele havia sido amarrado antes da morte.

Segundo a secretaria, os policiais tentaram obter informações sobre suspeitos com moradores da região, mas não tiveram sucesso. Foi realizada perícia na área onde estavam os corpos.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

PM prende acusado de estupro no Morro do Algodão

Policiais militares prenderam na noite da última terça-feira, por volta das 20h, R.B.A., 34 anos, acusado de estuprar uma criança, sem sexo e idade divulgados.

O infrator foi preso na Travessa Cinco, situada no bairro Morro do Algodão, na Região Sul da cidade.
O acionamento foi realizado pela Central de Operações da PM (Copom) e resultou na localização do homem acusado pela pratica do crime foi encontrado em meio a um grupo de pessoas.

Colocado em uma viatura da corporação, o infrator foi levado à delegacia, onde prestou esclarecimentos. Em seguida, o mesmo foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP), no bairro Porto Novo.

Menor é encontrado com 61 pedras de crack na Topolândia

O adolescente M.N.S., 17 anos, foi encontrado por policiais militares no início da tarde da última terça-feira, por volta das 14h, com 61 pedras de crack nas proximidades da Travessa Onofre Santos, situada no bairro da Topolândia, na Área Central e considerada um dos principais pontos de comercialização de drogas do município.

A ação foi realizada após o acionamento feito pela Central de Operações da corporação (Copom), cujas instalações ficam em São José dos Campos.

O menor, segundo dados fornecidos pelo 20º Batalhão da Polícia Militar do Interior (20º BPM/I), estava ao lado de mais dois jovens, que ao perceberem a aproximação dos PM’s começaram a fugir. Diferentemente dos companheiros, o adolescente não conseguiu escapar e acabou sendo abordado, o que resultou na localização das pedras de crack.

Da Topolândia, o infrator foi levado para a Vila Amélia, também na Região Central, onde fica localizado no 1º Distrito da Polícia Civil. Na unidade, o mesmo prestou depoimentos, porém, por ser menor de idade, foi apenas enquadrado por ato infracional de tráfico de entorpecentes. Em seguida, ficou à disposição do Juizado de Menores.

Foragido da polícia pede para voltar à cadeia

Foragido de uma penitenciária desde o início do ano passado, um homem de 29 anos ligou para a Polícia Militar e pediu para ser preso, em Sorocaba. Ele alegou que estava doente e não conseguia tratamento no sistema público de saúde. "Sou Reginaldo Pezzini, uma pessoa que vocês estão procurando", disse, por telefone, ao policial plantonista. Inicialmente, o policial achou que era trote, mas depois de algumas checagens, encaminhou uma viatura para o endereço dado por Pezzini.

O homem esperava no portão e, depois de ser revistado, entrou na viatura. Ele cumpria pena por roubo, furto e desacato na Penitenciária de Itirapina, região de Araraquara. Em abril do ano passado, beneficiado pelo indulto da Páscoa, foi visitar a mãe em Sorocaba e não retornou.

Ele contou aos policiais que, na penitenciária, tem garantido o tratamento médico que não conseguiu no sistema de saúde pública de Sorocaba. Pezzini foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), onde aguarda remoção para uma penitenciária. Ele tem ainda seis anos de prisão para cumprir.

Ladrão rouba perna mecânica de turista na praia

O estoquista Vinício Lopes da Silva, 26 anos, voltou a andar sem precisar de muletas. Ele, que teve a perna mecânica roubada na praia do Cibratel, em Itanhaém (106 km de SP), retornou anteontem à cidade para receber a prótese, encontrada em uma sarjeta do município.

"Foi pura maldade", diz ele ao lembrar o crime. Ele conta que eram 4h do dia 1º de janeiro, as comemorações tinham acabado, e que havia pouca gente na areia. Silva estava sozinho, já que sua mulher havia voltado para a casa da mãe dela, que mora na cidade, perto da praia.

Segundo a vítima, ela foi abordada por dois assaltantes, sendo que um deles estava armado. Eles pediram dinheiro e o celular do rapaz.

Acusado de assassinar carcereiros é morto pela polícia em Suzano

A Polícia Militar de Suzano matou, ontem pela manhã, um dos acusados de participar de um ataque a policiais de Suzano (Grande SP) em 2006, que causaram a morte de dois carcereiros e um civil. Três policiais ficaram feridos na ação.

O ataque, ocorrido há quatro anos, teria sido ordenado pelo PCC em represália uma extorsão --cujo acordo não foi cumprido. De acordo com o tenente-coronel Carlos Gomes de Moraes, comandante do 32º Batalhão, Júlio Cesar Ribeiro da Silva recebeu à bala uma equipe da polícia que foi checar uma denúncia de receptação de gás roubado, em uma casa na rua Benedito Salomé da Anunciação.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Ladrão é preso ao tentar furtar oficial da aeronáutica

O desocupado R.I.S., 18 anos, também conhecido por “Chiquinho”, foi preso por volta da meia-noite de ontem após tentar furtar pertences do oficial da aeronáutica W.D.F., 50.

O crime foi realizado dentro do quarto de uma pousada, situada na rua Laudelino Meuchias Mazagão, no bairro do Perequê, na Região Central, onde a vítima estava hospedada.

O oficial, de acordo com o Pelotão da Polícia Militar, é de São José do Rio Preto e aproveitava as férias de início de ano na cidade. Ele percebeu que o infrator estava próximo quando escutou barulhos dentro do banheiro, onde o mesmo teria entrado pela janela. Diante disso, foi até o cômodo e conteve o individuo até a chegada dos PM’s.
Do Perequê, Chiquinho foi levado para a Barra Velha, onde prestou depoimento ao delegado e foi enquadrado por furto, crime previsto no Artigo 155 do Código Penal brasileiro e que pune o indiciado com um a quatro anos de prisão. Com ele, foram apreendidos um óculos de Sol e uma bicicleta, esta última, utilizada para ir até a pousada.

Filho agride a própria mãe com cabo de vassoura no Itaguassú

Uma ocorrência chamou a atenção de moradores da rua Morro da Cruz, localizada no bairro Itaguassú, na Região Central do arquipélago. No início da tarde da última segunda-feira, por volta das 14h, o pedreiro J.D.C., 30 anos, foi preso após agredir a própria mãe, a dona de casa E.M.G., 65.

Para a ação, motivada pelo recebimento de uma intimação judicial, o acusado utilizou um cabo de vassoura.
Tanto o agressor, quanto a vítima, estavam no quintal da casa onde residiam. Segundo o Pelotão da PM, o pedreiro estava bem alterado e já havia ameaçado e agredido a mãe em outras vezes. Ainda de acordo com a corporação, os golpes resultaram em escoriações em diversas partes do corpo da vítima.

O caso foi terminar no Distrito da Polícia Civil, na Barra Velha. Na unidade, o pedreiro prestou depoimentos e foi enquadrado na Lei 11.340, também conhecida como Lei Maria da Penha. O infrator foi levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), em Caraguatatuba. Já a mãe foi encaminhada ao Hospital Mário Covas para ser medicada e passa bem.

Trio armado rouba caminhão, bate em muro e se joga no rio Paraíba em São José

Três assaltantes em fuga da Polícia Militar tentaram escapar nadando pelo rio Paraíba, na zona norte de São José dos Campos. Na noite desta terça-feira (12), o trio armado roubou um caminhão no bairro Altos de Santana. Minutos depois eles foram abordados por uma viatura da PM.

Durante a perseguição, eles bateram no muro de uma casa na Avenida Rui Barbosa e logo em seguida se jogaram no rio. Um dos bandidos não sabia nadar e pediu socorro, sendo preso pelos policiais. Com ele, foi apreendida uma arma calibre 38.

O assaltante foi encaminhado ao 1º DP, autuado em flagrante por roubo e porte ilegal de arma. Os outros bandidos continuam foragidos. Eles são suspeitos de terem realizado outros roubos semelhantes na região norte da cidade.

Presos garis suspeitos de assaltar duas motoristas na Marginal Tietê

Dois homens que trabalhavam como garis foram presos na terça-feira em São Paulo por suspeita de assaltar motoristas na Marginal Tietê. Eles foram detidos por uma equipe da Polícia Civil que estava próxima ao local onde ocorreu um dos roubos.

Os suspeitos trabalhavam em uma empresa que limpa bueiros na cidade e é contratada pela prefeitura. Eles foram presos em flagrante, em horário de serviço e uniformizados.

Os dois trabalhavam próximo à Ponte da Casa Verde, e se aproveitaram do congestionamento para roubar um carro com duas mulheres. Entretanto, eles não perceberam que logo atrás, também parado no trânsito, estava um carro da Polícia Civil.

“Quando passamos pela Ponte da Casa Verde, um motoqueiro nos parou e informou que havia ocorrido um roubo, dois homens vestidos de garis tinham roubado uma moça”, contou a delegada Alexandra de Agostini.

“O trânsito na marginal estava muito congestionado, e as duas vítimas estavam com os vidros abertos. Nesse momento, os dois se aproximaram, mas como estavam com uniformes, elas nem imaginaram que fossem ser assaltadas”, completou a delegada.

Os policiais conseguiram chegar a tempo e prender os suspeitos. Eles foram levados para o prédio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo a polícia, um deles estava em liberdade condicional – já tinha sido preso por roubo. O outro tem passagem por porte ilegal de arma.

A Prefeitura de São Paulo, que contratou a empresa Monte Azul, onde os garis trabalhavam, informou que não há nenhuma irregularidade em contratar presos na condicional, e que neste caso, a responsabilidade não é nem da empresa nem da prefeitura. Os dois serão afastados do trabalho.

Ex-vereador de Itanhaém é preso por crime de estelionato

O ex-vereador de Itanhaém, Raul Cury Júnior, foi preso na madrugada desta terça-feira na casa de sua filha, em São Paulo. Ele foi trazido para a Delegacia de Itanhaém no início da tarde. Ele é foragido da Justiça há 12 anos e é procurado por crimes de estelionato.

Segundo a polícia, o ex-vereador já foi condenado há mais de 20 anos de prisão pelo crime. Ele vendia o mesmo terreno para várias pessoas e teria feito mais de 30 vítimas, 17 de uma só vez.

O delegado Luiz Alves Batista explica que, apesar de condenado, Cury Júnior não deve cumprir toda a pena. "A prescrição do crime saiu a favor do acusado. Ele não precisa mais cumprir a pena".

Raul Cury Júnior foi vereador de Itanhaém no período de 1993 a 1996. Dois anos depois de deixar a Câmara, foi preso pela primeira vez. Ele conseguiu o direito de responder o crime em liberdade, mas fugiu e ficou foragido por 12 anos.

Com o acusado, a polícia apreendeu RG, CPF e título de eleitor falsos. "Ele responderá a um inquérito policial por falsidade ideológica e por uso de documentos falsos, com pena prevista de cinco anos de reclusão. Também vai cumprir a pena do mandado de prisão pelo qual foi detido, de 4 anos de reclusão em regime fechado", concluiu o delegado.