quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Cabo Bruno vai seguir para regime semiaberto

A Justiça de São Paulo decidiu ontem que Florisvaldo de Oliveira, 50 anos, mais conhecido como Cabo Bruno, ex-policial militar condenado a 103 anos de prisão por homicídios, cumprirá o restante de sua pena em regime semiaberto --no qual só passará a noite na prisão.

Preso há 18 anos, e atualmente cumprindo pena na penitenciária de Tremembé (147 km de SP), Cabo Bruno foi acusado de, nos anos 1980, chefiar um grupo de extermínio na zona sul de São Paulo, contando com o apoio de comerciantes da região, que lhe pagavam para ter proteção. A direção do presídio tem prazo de até uma semana para fazer a transferência. A sentença é da juíza Sueli Armani de Menezes, da 1ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté (140 km de SP).

A manifestação da Promotoria levou em consideração que o ex-PM nunca cometeu uma falta grave enquanto esteve preso, além de trabalhar e ser um dos capelães do presídio. Contudo, Bruno fugiu três vezes do presídio militar.

Além de já ter cumprido um sexto de sua pena e ter bom comportamento prisional, Bruno teve o resultado de seu exame criminológico --que avalia se o preso tem condições de conviver em sociedade-- amplamente favorável à progressão de regime.

Hoje evangélico, o ex-policial militar se casou em julho de 2008 com Dayse França, de Pindamonhangaba (156 km de SP), que fazia serviço voluntário de evangelização na penitenciária de Tremembé.

Em entrevista concedida em novembro de 1991, Cabo Bruno disse nunca ter matado ninguém. Sobre um depoimento à imprensa em que admitiu ter participado de mais de 50 homicídios, afirmou que o caso foi uma invenção, pela qual recebeu dinheiro e um texto pronto.

5 comentários:

  1. Ele tem mais é que sair da cadeia,porque ele não é bandido,quem tem que ficar na cadeia é bandido!!!!
    sou fã do cabo bruno,pq nesse pais não tem justiça,se tivesse uns 100 pms igual cabo bruno,não teria tanta violencia hj!!!
    CABO BRUNOtem que ficar solto!!!

    ResponderExcluir
  2. CABO BRUNO TEM QUE FICAR SOLTO!!!!

    ResponderExcluir
  3. É por isso que tá essa caca, os nóias nas ruas matando o pai de família que sai pra trabalhar, enquanto muitos condenam os justiceiros.
    Ah que saudade daquele tempo...

    ResponderExcluir
  4. O Bruno tem é que ficar preso, não se combate violência com violência, O governo tem que fazer a sua parte e olhar para o seus eleitores e dar opções para periferia.

    ResponderExcluir
  5. O cabo bruno tem que ficar na rua!!!

    ResponderExcluir